Os rodoviários da cidade de Alagoinhas, cidade distante cerca de 120 Km de Salvador, pararam as atividades nesta quarta-feira (21). De acordo com Gilberto Alves, presidente do sindicato municipal da categoria, as cinco empresas que prestam o serviço em Alagoinhas estão paradas. Cerca de 850 rodoviários suspenderam as atividades. Ainda segundo Alves, a greve é por tempo indeterminado. A categoria pede reajuste de 15% no salário e no ticket alimentação, além do cumprimento do acordo coletivo feito com o empresariado em 2012. O presidente do sindicato dos rodoviários de Alagoinhas disse ainda que houve seis reuniões com as empresas antes da paralisação, mas não foi feita nenhuma proposta. “A nossa data base é no mês de maio. Já houve seis reuniões e não teve acordo. Não foi oferecida nenhuma proposta”, disse Gilberto Alves. Através da Secretaria de Comunicação (Secom), a prefeitura informou que vai se posicionar sobre a greve ainda nesta quarta-feira. (G1)