Share Button

Por G1 BA

Agentes penitenciários fazem manifestação na frente do Complexo Penitenciário de Salvador, no bairro da Mata Escura | Foto: Raphael Marques/TV Bahia

Agentes penitenciários fazem manifestação na frente do Complexo Penitenciário de Salvador, no bairro da Mata Escura | Foto: Raphael Marques/TV Bahia

Um grupo de agentes penitenciários faz manifestação na frente do Complexo Penitenciário de Salvador, no bairro da Mata Escura, na manhã desta terça-feira (13). A principal reivindicação do grupo é segurança. A mobilização ocorre quatro dias depois que o agente penitenciário José Carlos Batista Santos Júnior, de 32 anos, foi morto a tiros no bairro do Cabula VI, também na capital baiana, no final da tarde de sexta-feira (9). Testemunhas contaram que ele estava em um bar com amigos, quando um homem chegou em um carro e atirou contra ele. O suspeito fugiu em seguida. Com o protesto da categoria na frente da penitenciária, familiares de presos não puderam entrar no local para fazer a visita. Policiais militares acompanham a manifestação e negociam com os agentes.