Share Button
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (19) que exigirá de outros países respeito à soberania do Brasil. A declaração dele foi feita em meio à polêmica gerada pela decisão de Cuba de suspender a parceria com o país no Programa Mais Médicos. “Para voltarmos a crescer como nação precisamos fazer valer nossa soberania e nossas leis. Devemos respeitar o mundo todo, mas também ser respeitados. Seremos um Brasil amigo, mas que tem seus valores e princípios básicos”, disse Bolsonaro em seu perfil no Twitter.  Segundo a Agência Brasil, nas últimas declarações sobre a parceria com Cuba, o presidente eleito tem ressaltado as condições do trabalho desenvolvido pelos profissionais cubanos, mas disse que só apresentará uma solução para a ausência dos médicos estrangeiros quando assumir o governo em 1º de janeiro. Na mesma mensagem, Bolsonaro acrescentou que “o Brasil, paraíso de criminosos e fonte de renda de ditaduras desumanas, deverá dar lugar ao Brasil cujo brasileiro e as pessoas de bem serão nossa maior prioridade”.