WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque1’

Prefeitura de Santaluz realiza desinfecção de ruas, avenidas e praças como prevenção ao coronavírus

Share Button
Foto: Reprodução/Facebook Prefeitura de Santaluz

Foto: Reprodução/Facebook Prefeitura de Santaluz

Como medida para conter a disseminação do novo coronavírus, a prefeitura de Santaluz realizou na noite desta quarta-feira (27) a desinfecção de ruas, avenidas e praças da cidade, onde há maior circulação de pessoas. Foi utilizado hipoclorito de sódio e dois veículos com pulverizadores. A medida reforça as ações que a prefeitura vem realizando desde o início da pandemia, como montagem de barreiras sanitárias para controlar acessos ao município, ajuda na organização das filas em agências bancárias, correspondentes bancários e casa lotérica, distribuição de máscaras e instalação de pontos de higienização das mãos. Até a manhã desta quinta-feira (28), Santaluz havia registrado 10 casos confirmados de coronavírus, com 3 pacientes recuperados.

Notícias de Santaluz

Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Santaluz

Foto: Reprodução/ Facebook Prefeitura de Santaluz

Suspeito de homicídio é preso acusado de estuprar a própria neta de 1 ano na Bahia

Share Button
Foto: Ilustração

Foto: Ilustração

Um homem de 56 anos foi preso em flagrante na quarta-feira (27), acusado de abusar sexualmente da própria neta, de um ano e dois meses, em Simões Filho, região metropolitana de Salvador. De acordo com a delegacia local, a criança foi socorrida para um hospital, onde a equipe médica acionou a polícia ao verificar ferimentos compatíveis com a violência. O avô da menina, que não teve a identidade revelada, foi conduzido à delegacia e confessou o crime. Autuado em flagrante por estupro de vulnerável, ele deverá ser encaminhado para Audiência de Custódia da Justiça. Conforme a polícia, o homem já responde por um homicídio em São Sebastião do Passé, cidade localizada na mesma região de Simões Filho.

Notícias de Santaluz

‘O prefeito de Valente não criou uma estrutura para o combate à Covid-19’, acusa vereador

Share Button
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

O município de Valente registra até o momento 49 casos da Covid-19, com dois óbitos. De acordo como o vereador Lomanto Queiroz (Solidariedade), desde o início, “são inúmeros os erros do prefeito Marcos Adriano (PSDB) no combate à pandemia”.

Segundo o vereador, o prefeito Marcos Adriano participou na terça-feira (26) de uma entrevista a uma emissora de TV, “quando informou que Valente não tem uma estrutura hospitalar preparada para atender os casos da Covid-19 e que ainda busca a compra de equipamentos para montar a estrutura”.

Lomanto Queiroz questiona porque o prefeito não estruturou a cidade desde o aparecimento do primeiro caso. “Nós estamos no ciclo da epidemia, estamos numa alavanca epidemiológica, essa preparação já deveria ter acontecido. E hoje, Valente é o município da região do Sisal com o maior número de casos da Covid-19”, disse.

“O Hospital de Valente está sucateado, a cidade não tem estrutura para receber casos mais graves da Covid-19”, declarou Lomanto Queiroz.

Segundo o parlamentar, era necessário adotar medidas rápidas como Isolamento social verticalizado apenas nos horários de funcionamento do comércio local de bens e serviços essenciais; medidas de bloqueio (barreiras) de forma rígida e com aparelhos medidores de temperaturas desde o início da pandemia, principalmente em pessoas de fora que chegam no município; distribuição em massa de máscaras reutilizáveis (de pano) para todos os munícipes como forma de proteção; testes em massa das famílias em linhas de risco, como pessoas hipertensas, diabéticas e com problemas renais, entre outras iniciativas.

“O prefeito, no início da pandemia se comportava igual a fole de sanfona – não sabia se abria ou se fechava o município. Erros primários foram cruciais para o avanço da pandemia em Valente”, disse Lomanto Queiroz.

As informações são do site Política Livre

Adolescente de 17 anos é o 2º caso confirmado de coronavírus em São Domingos

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A prefeitura de São Domingos, na região sisaleira da Bahia, divulgou no fim da tarde desta quarta-feira (27), o segundo caso confirmado de coronavírus no município. Trata-se de um adolescente de 17 anos, que mora com o pai, que é caminhoneiro. Segundo o prefeito da cidade, Izaque Júnior, o paciente começou a sentir sintomas como dor de cabeça, tosse e perda de paladar após o pai retornar de uma viagem no dia 15 de maio – o destino não foi revelado. O exame que confirmou a Covid-19 foi realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen). O paciente está em isolamento e sendo acompanhado pela vigilância epidemiológica municipal. O prefeito disse que o pai do adolescente não apresentou sintomas de Covid-19, mas não informou se o homem foi submetido a algum exame. São Domingos foi a primeira cidade do território do sisal a confirmar um caso de infecção pelo novo coronavírus, no dia 25 de março. Desde então, a cidade não havia registrado outro diagnóstico positivo da doença.

Notícias de Santaluz

Idoso morre com Covid-19 e, com medo, moradores de distrito de cidade baiana impedem enterro

Share Button

Por TV Bahia e G1 BA

Foto: Reprodução/TV Bahia

Foto: Reprodução/TV Bahia

Um idoso morador de Salvador, que morreu na madrugada de terça-feira (26) com Covid-19, foi impedido por moradores de um distrito da cidade de Palmeiras, na região da Chapada Diamantina, de ser enterrado no jazigo da família. Armando Carlos tinha 70 anos e estava internado na UTI do Hospital Português. A esposa dele, de 73 anos, também está com o novo coronavírus e está na UTI do mesmo hospital. De acordo com a família, o carro da funerária com o corpo do idoso foi impedido de entrar no cemitério de Campo de São João, a 50 quilômetros do centro de Palmeiras. Alguns moradores fizeram um protesto, alegando que o enterro no local significava risco para a população. Conforme informou Thíssia Ramos, filha de criação de Armando, ele era natural de São Paulo, mas morava em Salvador há mais de 40 anos. Ele era casado com uma mulher natural de Palmeiras e, no distrito de Campo de São João, a família tinha um jazigo. A família detalhou que, como era desejo do idoso ser enterrado no distrito de Campos de São João, o corpo saiu de Salvador ainda na terça e chegou ao distrito por volta das 17h, quando começou toda a confusão no local. Os familiares disseram que tentaram realizar o enterro até às 20h30 mas não conseguiram. por causa disso, o corpo do idoso foi enterrado em um cemitério do centro de Palmeiras. Agora, a preocupação de Thíssia é que, caso a esposa do idoso venha a falecer, a família passe pelo mesmo problema. “A gente passou por essa questão e estamos preocupados. Minha tia está em estado grave e, infelizmente, a gente não descarta a possibilidade da morte. Se ela vier a falecer, a gente vai passar por isso de novo? Ela nasceu lá”, lamentou Thíssia.

‘Se o baiano quer curtir festa, tem um preço a pagar: a morte’, diz virologista que identificou o Zika

Share Button

Por G1 BA

Foto: Imagens / TV Bahia

Foto: Imagens / TV Bahia

Para o virologista Gúbio Soares, pesquisador responsável por identificar o Zika Vírus no país, as pessoas só poderão voltar a se aglomerar na Bahia em 2021.

Soares acredita que o coronavírus permanecerá ativo na população pelos próximos dois ou três anos, por isso o baiano precisará repensar o seu modo de vida, isso inclui a realização de festas de grande porte, a exemplo do carnaval.

“Não pode ter nenhuma festa com aglomerações – réveillon, festa de largo, shows. Isso tem que ser evitado e só pode acontecer em 2021, depois de uma avaliação de como estará a pandemia. Não deve ter carnaval, principalmente, porque será um desastre total. O vírus está circulando e vai continuar circulando, as pessoas vão estar infectadas e vão transmitir em qualquer aglomeração”, afirmou.

Mas não é preciso ir tão longe. Não serão apenas festas como Lavagem do Bonfim, carnaval ou réveillon que deverão ser evitadas. De acordo com Gúbio Soares, passou de dez pessoas, já é aglomeração.

“Mais de dez pessoas já é aglomeração. Se você pegar dez pessoas e colocar no mesmo ambiente, já é aglomeração para o vírus. O vírus só necessita que uma pessoa esteja infectada para transmitir para outras pessoas em qualquer tipo de aglomeração”, disse.

“É o momento de a gente reavaliar as nossas posições em nossas vidas, no sentido de festas. Temos que evitar de qualquer maneira aglomeração, porque isso vai levar a um novo pico, a uma nova pandemia impressionante no Brasil, com muito mais mortes do que a atual”.

Foto: Imagens / TV Bahia

Foto: Imagens / TV Bahia

Professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Soares identificou o Zika Vírus em 2015, junto à pesquisadora Silvia Sardi.

A Bahia já totaliza, de acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), mais de 14 mil casos da Covid-19 e se aproxima de 500 mortes.

É esperado pelas autoridades municipal e estadual, para o mês de junho, um aumento no número de casos, avaliação compartilhada por Gúbio Soares, que acredita que o número de mortes vai dobrar no estado.

“Eu acredito que o número de mortes na Bahia vai dobrar e que o número de casos vai aumentar significativamente, porque a própria população não respeita a recomendação de ficar em casa”, disse.

Em entrevista ao jornal Correio* no dia 29 de fevereiro, quando a Bahia ainda não havia casos registrados de coronavírus, o virologista afirmou que havia sido criado um pânico exagerado em relação ao vírus, porque ele não teria capacidade de se propagar devido ao calor de Salvador.

Hoje, ele assume que fez uma avaliação equivocada.

“Havia um erro, porque a gente não pensava que o vírus se adaptasse tão bem à temperatura. Sendo um vírus que aconteceu em um período bastante frio na China, a gente acreditava que ele não se proliferasse aqui. Mas isso foi um pensamento errado, que a gente reavalia hoje que o vírus se adaptou muito bem ao clima e continua se adaptando. Ele não vai desaparecer de Salvador por causa do calor”, afirma.

Bandidos armados invadem casas, rendem moradores e fazem arrastão em distrito de Queimadas

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Homens armados e encapuzados fizeram um arrastão no Riacho da Onça, distrito do município de Queimadas, região sisaleira da Bahia, na noite desta terça-feira (26). Ninguém ficou ferido. De acordo com relatos de populares, cerca de seis criminosos chegaram ao local em três motocicletas, invadiram cinco casas e renderam os moradores. Somente em um dos imóveis, os bandidos teriam roubado cerca de R$ 12 mil em espécie,  segundo uma das vítimas, que prefere que não se identificar. Pertences pessoais e aparelhos celulares também foram levados pelos ladrões, que fugiram em seguida. Com o apoio da Polícia Militar de Santaluz, equipes da Guarda Civil Municipal e da PM de Queimadas fizeram buscas pela região, mas ninguém foi preso. As vítimas foram orientadas a registrar queixa na Delegacia de Polícia Civil de Queimadas.

Notícias de Santaluz

Jovem de 20 anos é 10º caso confirmado de Covid-19 em Santaluz

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

Foi confirmado na noite desta terça-feira, 26 de maio, a 10ª pessoa positivada para Covid-19 em Santaluz. O novo caso é filha de uma funcionária da enfermeira que trabalha no setor administrativo da Secretaria Municipal de Saúde. A funcionária, que é doméstica da enfermeira, e todos os familiares dela passaram por testagem rápida, dia 19 de Maio (quando a enfermeira testou positivo, porém, todos os demais deram negativo e se mantiveram em isolamento domiciliar. Obedecendo a norma técnica do Ministério da Saúde, após 07 dias, todos passaram por uma nova testagem, e apenas a jovem, de 20 anos, positivou. No novo boletim a cidade descartou mais 01 caso e registrou mais 05 suspeitos.

Por Departamento de Comunicação da Prefeitura de Santaluz

Nº de casos confirmados de coronavírus sobe para 49 em Valente; nº de curas chega a 5

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

O número de pessoas que testaram positivo para o novo coronavírus subiu para 49 em Valente, na região sisaleira da Bahia. Foi registrado um aumento de 8 casos confirmados com relação ao último boletim, segundo informou a secretaria de Saúde do município na noite desta terça-feira (26). De acordo com a pasta, 22 pacientes testaram positivo em exames feitos pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen), e 27 pelo teste rápido. Deste total, 39 estão em isolamento domiciliar, quatro estão internados, cinco estão curados [a 5ª cura foi anunciada nesta terça-feira] e há uma morte. Para tentar frear a disseminação do coronavírus, a prefeitura da cidade determinou, desde o dia 15 de maio, medidas radicais como fechamento total do comércio e toque de recolher. Desde então, 33 novos casos foram confirmados, representando um aumento de 206%.

Notícias de Santaluz

Mais 2 pessoas estão curadas da Covid-19 e mais 2 casos são descartados em Santaluz

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

Nesta terça-feira (26), mais dois casos de cura da Covid-19 e duas suspeitas descartadas foram anunciadas pela secretaria de Saúde de Santaluz, na região sisaleira da Bahia. Segundo a pasta, foram liberados do isolamento domiciliar dois caminhoneiros, um de 50 anos e o outro de 39 anos, que testaram positivo para a doença após retornarem de viagem aos estados de São Paulo e Pernambuco. Agora o município soma 3 pacientes recuperados. Além das curas e dos casos descartados, um caso suspeito foi computado nesta terça-feira. Até o momento, nove diagnósticos positivos para o novo coronavírus foram confirmados em Santaluz. Ao todo, 39 casos foram descartados e dez estão sendo investigados.

Notícias de Santaluz

Prefeitura de Teofilândia antecipa férias escolares de janeiro de 2021 para junho

Share Button

Por TV Subaé

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Com o crescimento do número de casos de Covid-19, a prefeitura de Teofilândia, na região sisaleira da Bahia, decidiu antecipar as férias escolares do mês de janeiro de 2021 para junho deste ano. A medida foi tomada porque ainda não é possível retomar as aulas no próximo mês. As férias acontecerão do dia 1º a 30 de junho. De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia na noite desta segunda-feira (25), foram registrados cinco casos de Covid-19 em Teofilândia.

MEC suspende pagamento de parcelas do Fies devido à pandemia do coronavírus

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução site Fies

Foto: Reprodução site Fies

O Ministério da Educação (MEC) publicou, nesta segunda-feira (25), uma resolução com as diretrizes para que beneficiários do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) possam suspender pagamento de parcelas enquanto durar o estado de calamidade pública, aprovado em função do enfrentamento ao novo coronavírus. O prazo aprovado pelo Parlamento brasileiro vai até 31 de dezembro de 2020.

De acordo com a portaria, poderão ser suspensas até duas parcelas para os estudantes com contratos em fase de utilização ou carência. Para os contratos em fase de amortização, poderão ser suspensas até quatro parcelas.

A resolução define ainda que não serão cobrados juros ou multa por atraso de pagamento sobre as parcelas suspensas. Os valores serão incorporados ao saldo devedor do contrato do estudante, nos termos e condições contratados.

O estudante interessado em suspender as parcelas deverá fazer o pedido perante o agente financeiro do Fies – Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil -, por meio dos canais de atendimento que serão disponibilizados pelos bancos para essa finalidade.

Financiados pelo P-Fies (Programa de Financiamento Estudantil), operado por bancos privados, não terão parcelas suspensas por essa medida.

A suspensão estará disponível apenas para contratos que estavam em dia antes da vigência do decreto de calamidade pública, decretado em 20 de março.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia