WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio






Laboratório Checap

drogaria_santana

:: ‘Destaque1’

Após reajuste de 8,8% na conta, Embasa diminui quantidade de água que consumidor pode utilizar na tarifa mínima

Share Button

Por G1 BA

Atualmente, consumidor paga R$ 25,30 na tarifa mínima e pode utilizar até 10 metrso cúbicos de água. Com mudança, ele pagará 27,50 e só poderá usar 6 metros cúbicos | Foto: Reprodução/ TV TEM

Atualmente, consumidor paga R$ 25,30 na tarifa mínima e pode utilizar até 10 metros cúbicos de água. Com mudança, pagará 27,50 e só poderá usar 6 metros cúbicos | Foto: Reprodução/ TV TEM

Além do reajuste de 8,8% na conta de água, que será cobrado a partir do mês de junho, a Embasa foi autorizada pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa) a diminuir a quantidade de água que o consumidor pode usar para pagar a tarifa mínima. Atualmente, a tarifa mínima é cobrada para quem utiliza até 10 metros cúbicos de água no mês mas, a partir de agosto, para pagar o valor mínimo, o consumidor só poderá gastar até 6 metros cúbicos de água. Na prática, um metro cúbico equivale a 1.000 litros, quantidade média de água utilizada durante uma semana por uma família de quatro pessoas. No sistema atual, o valor da tarifa mínima é de R$ 25,30, ou seja, o consumidor paga R$ 25,30 e pode gastar até 10 metros cúbicos de água. Com o reajuste de 8,8% e mais a mudança de sistema, o consumidor só poderá gastar 6 metros cúbicos para pagar a tarifa mínima, que será reajustada para R$ 27, 50. Na nova faixa (7m³ a 10m³), cada metro cúbico excedente do volume mínimo terá o valor de R$ 1,09 na categoria residencial normal, R$ 0,98 na categoria residencial intermediária e R$ 0,76 na categoria residencial social.

Prefeita Quitéria acompanha assinatura de edital de licitação de recuperação da BA-120 que liga Santaluz a Queimadas

Share Button
Documento foi assinado na manhã desta segunda-feira (15), no gabinete da Secretaria da Infraestrutura da Bahia

Documento foi assinado na manhã desta segunda-feira (15), no gabinete da Secretaria da Infraestrutura da Bahia | Foto: Divulgação

A prefeita de Santaluz Quitéria Carneiro acompanhou na manhã desta segunda-feira (15), a assinatura do edital de licitação das obras de pavimentação, drenagem e sinalização do trecho de 42 quilômetros da BA-120 entre Santaluz e Queimadas. O documento, assinado no gabinete da Secretaria da Infraestrutura da Bahia (Seinfra), pelo secretário Marcus Cavalcanti, deve ser publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta desta terça-feira (16). A previsão é de que sejam investidos R$ 17 milhões na recuperação da rodovia. Quitéria, que participou do encontro acompanhada do ex-prefeito e atual secretário de Administração de Santaluz, Júnior do Max, e do senador Otto Alencar, ressaltou a importância da obra. “Acompanhei a assinatura da ordem de serviço pelo governador Rui Costa [lembrar] e fiz questão de estar presente também no lançamento do edital, por se tratar de uma obra que vai beneficiar milhares de moradores de Santaluz e da nossa região, oferecendo a estrutura necessária para que os motoristas economizem tempo e possam viajar com mais conforto e segurança. Por isso, estamos felizes em fazer parte da realização de mais este desejo do povo luzense”, comemorou a prefeita.

Notícias de Santaluz

Corpo é encontrado em Gavião e polícia diz que família acredita que seja de homem levado por encapuzados em Coité

Share Button
Polícia diz que família acredita que corpo encontrado seja de coiteense desaparecido desde sexta-feira (12)

Polícia diz que família acredita que corpo encontrado em Gavião seja de ex-presidiário desaparecido em Coité | Foto: Arquivo Pessoal

O corpo de um homem foi encontrado com marca de tiro na cabeça no sábado (13), em uma propriedade rural entre os povoados de Cabaças e Santo Antônio, no município de Gavião, na Bacia do Jacuípe, região nordeste da Bahia. De acordo com informações da delegacia da cidade, familiares acreditam que o corpo seja do coiteense Bruno Leonardo Brito Pinheiro, de 34 anos, que desapareceu na região do distrito de Salgadália, em Conceição do Coité, na noite de sexta-feira (12), após ser levado por homens encapuzados. Ainda de acordo com a polícia, o corpo estava sem identificação, mas familiares de Bruno teriam feito o reconhecimento por meio de fotografia. O corpo foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Jacobina, onde foi necropsiado e em seguida encaminhado para o DPT de Itaberaba. A polícia aguarda a família para fazer o reconhecimento oficial. O caso será investigado pela Polícia Civil, que ainda não tem informações sobre a autoria e nem o que teria motivado o crime. Segundo a polícia, Bruno havia cumprido pena recentemente por tráfico de drogas e estava em liberdade há quase um ano.

Notícias de Santaluz

Opinião: “Eu não serei livre enquanto houver pretas que não são, mesmo que suas algemas sejam muito diferentes das minhas”

Share Button
Foto: Jonathas Ferreira/ Reprodução

Foto: Jonathas Ferreira/ Reprodução

Por Jonathas Ferreira:

Ei, deixa eu te dar um recado: Quando falamos em empoderamento negro, não queremos ser maior/melhor que você, é inspirar e mostrar que as nossas características físicas não devem ser uma limitação para chegar onde queremos e que podemos SIM ocupar qualquer espaço. É enxergar e respeitar a beleza que existe na diversidade das nossas cores de pele, tipos de cabelo e formas do corpo. Inspirar e ensinar a cuidar da nossa estética também é empoderar. Não queremos dizer que seu cabelo liso está errado, pelo contrário, queremos dizer que nós merecemos e devemos ser lindas do jeito que somos, não há forma correta de ser, há diferentes formas de viver, e nós?! Ah, nós aprendemos que os crespos/cachos são os nossos símbolos, sim, nós somos o poder, a ousadia, ousadia de dizer que temos beleza para distribuir, então respeite nosso jeito, nossos cachos, nosso black, nosso crespo, nossa etnia, porque aqui É o poder!! “Eu não serei livre enquanto houver pretas que não são, mesmo que suas algemas sejam muito diferentes das minhas.”

* O fotógrafo e estudante luzense Jonathas Ferreira tem 18 anos e reside no distrito de Pereira, pertencente à Santaluz.

Posto de combustíveis e kombi são destruídos em incêndio durante abastecimento na Bahia

Share Button
incendio-posto_02

Foto: Reprodução/ Euclidesdacunha.com

Uma kombi pegou fogo durante o abastecimento em um posto de combustíveis na cidade de Euclides da Cunha, por volta das 21h30 deste domingo (14). Segundo informações do site Euclidesdacunha.com, o incêndio foi de grandes proporções, e tanto o veículo quanto o posto ficaram destruídos pela chamas.

De acordo com a publicação, o motorista da Kombi sofreu queimaduras e foi socorrido para o hospital da cidade, onde recebeu atendimento médico. O estado de saúde da vítima é desconhecido. O fogo foi controlado cerca de meia depois com a ajuda de um carro-pipa. A área do posto de combustíveis foi isolada e passará por uma vistoria do Corpo de Bombeiros.

incendio-posto_05

Foto: Reprodução/ Euclidesdacunha.com

incendio-posto_04

Foto: Reprodução/ Euclidesdacunha.com

Jovem é preso por tráfico de drogas após denúncia anônima

Share Button
marcley_sd

Acusado foi preso pela Polícia Militar após denúncia anônina | Foto: Notícias de Santaluz

Marcley Oliveira Santos, de 24 anos, foi preso por tráfico de drogas, na noite de sábado (13), na cidade de São Domingos. Segundo as informações da Polícia Militar, a prisão ocorreu após uma denúncia anônima de que ele estaria vendendo drogas na Praça do Centro de Abastecimento. Conforme a PM, uma guarnição da 5ª Companhia, sediada em Santaluz, que estava dando apoio a polícia local no patrulhamento pela cidade, foi até a área indicada na denúncia e encontrou o acusado com quatro papelotes de cocaína. Ainda de acordo com a corporação, após o flagrante, os policiais foram até a casa do acusado e encontrarm mais uma porção de cerca de 50 gramas de maconha, além da quantia de R$ 127. O acusado foi encaminhado juntamente com a droga apreendida para a delegacia da cidade. 

Notícias de Santaluz

Papa Francisco revela que Vaticano tem dois mil casos de abuso sexual

Share Button
Foto: Mazur/catholicnews.org.uk

Foto: Mazur/catholicnews.org.uk

O Papa Francisco disse que o Vaticano tem dois mil processos de casos de abuso sexual e admitiu que o ritmo está lento. Ele informou, contudo, que mais funcionários estão sendo adicionados e que o Vaticano está “no caminho certo”. De acordo com informações da Associated Press, o pontífice comentou as críticas de Marie Collins, uma irlandesa que renunciou à comissão de abuso sexual em março. Ela chamou, na época, de inaceitável a resistência do Vaticano de implementar as propostas do grupo para melhor cuidar das vítimas e proteger as crianças. Segundo o Papa, Marie Collins é “uma grande mulher” e admitiu que estava “um pouco certa” ao reclamar do ritmo lento dos processos. O pontífice conversou com a imprensa no avião, ao retornar de Portugal, onde canonizou os pastorinhos Jacinta e Francisco Marto em missa campal na praça do Santuário de Fátima, na comemoração do centenário das aparições de Nossa Senhora do Rosário, em 13 de maio de 1917.

Homem leva garrafada no pescoço em bar e passa por cirurgia no hospital de Santaluz; vítima não corre risco de morte

Share Button
Vítima foi socorrida para hospital de Santaluz e em seguida transferida para Feira de Santana ou Salvador

Vítima foi socorrida para o hospital da cidade e precisou passar por cirurgia, mas não corre risco de morte | Foto: Notícias de Santaluz/ Arquivo

Um homem identificado como Nascenildo Araújo Duarte, conhecido como ‘Na’, ficou gravemente ferido após ser atingido com uma garrafa de vidro no pescoço dentro de um bar localizado na Rua 31 de Março, em Santaluz, na tarde deste sábado (13). Segundo informações de testemunhas, a vítima estava entre amigos quando foi surpeendida por um homem identificado como ‘Kinho’, que quebrou uma garrafa de vidro e desferiu um golpe em seu pescoço. Ainda de acordo com testemunhas, vítima e agressor são amigos, e a agressão teria ocorrido por motivos fúteis. O homem foi encaminhado por populares ao hospital da cidade e precisou passar por cirurgia, mas não corre risco de morte, segundo familiares. O agressor fugiu e não foi localizado até a publicação desta reportagem. Guarnições da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal fazem buscas pela região.

Notícias de Santaluz

Corretor de empréstimos luzense é preso em Quijingue acusado de agiotagem e estelionato contra aposentados

Share Button
José Renato é acusado de crimes contra idosos |

José Renato é acusado de crimes contra idosos | Foto: Divulgação

O corretor de empréstimos José Renato dos Santos Santana, natural de Santaluz, foi preso pela Polícia Civil na sexta-feira (12) por crimes contra idosos em Quijingue. Conforme as informações passadas ao Notícias de Santaluz pelo delegado Equiber Alves, titular da delegacia da cidade, o empresário, que é dono de uma financeira,  teve mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça por envolvimento em esquema de fraudes de empréstimos consignados a aposentados e agiotagem. De acordo com o delegado, a investigação teve início com a prisão de um homem identificado como Antônio Marcos de Oliveira Almeida, o ‘Marquinhos’, em março desse ano.

Segundo Equiber Alves, a partir desta prisão, a polícia apurou que os acusados emprestavam dinheiro aos aposentados e retiam os cartões e as senhas das vítimas como garantia do recebimento da dívida. A polícia suspeita que o esquema criminoso fez dezenas de vítimas, conforme explicou o delegado. “Os crimes estão ligados diretamente a efetivação de empréstimos consignados realizados de forma fraudulenta, a apropriação de valores dos benefícios de aposentados, indução à outorga de procuração e retenção de cartões de benefícios com garantia do recebimento de dívida. Há casos em que aposentados que recebem até dois salários mínimos tinham acesso apenas a R$ 300”, disse.

O delegado conta que foram apreendidas notas promissórias assinadas pelas vítimas, cartões e comprovantes de depósitos. Foi localizado, ainda, um livro de registro com a contabilidade da agiotagem e detalhes do esquema. “Aos poucos, estamos devolvendo os cartões às vítimas, o que significa devolver a dignidade aos idosos que foram lesados pelo esquema criminoso. Alguns aposentados ainda não foram localizados, e os cartões continuam na delegacia”, informou Equiber Alves. A investigação continua, segundo o delegado.

José Renato foi encaminhado para a carceragem da sede da 25ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin), em Euclides da Cunha, onde ficou preso à disposição da Justiça.

Notícias de Santaluz

Mãe se torna catadora de recicláveis para que filha se forme em direito

Share Button

Por G1 GO

Simone batalha nas ruas para ajudar a filha a se formar | Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Simone batalha nas ruas para ajudar a filha a se formar | Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Aos 46 anos, Simone Domingues Fonseca Santos batalha nas ruas como catadora de materiais recicláveis para que a filha Haiane Domingues dos Santos se forme em direito, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Mãe de duas jovens, ela diz que faz qualquer coisa para realizar o sonho das filhas. “Quando estou pegando o que é resto das pessoas, que elas pensam que não tem valor, o valor é grande porque por meio disso estou realizando o sonho das minhas filhas, elas são a razão do meu viver, se continuarmos unidas, vamos vencer todas essas dificuldades”, disse em entrevista à TV Anhanguera.

Simone começou a trabalhar como catadora no ano passado, ao ver a tristeza de Haiane por não ter condições financeiras de bancar o curso sozinha. “Ela passou no vestibular para o curso de direito e no mesmo instante se entristeceu. Disse: ‘Não adianta nem eu seguir porque não vou dar conta de pagar’. Falei: ‘Não. Vou fazer alguma coisa para te ajudar’”.

Simone mora no galpão em que guarda os materiais que recolhe na rua | Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

Simone mora no galpão em que guarda os materiais que recolhe na rua | Foto: Reprodução/ TV Anhanguera

De acordo com Simone, ela não deseja que a filha passe pela mesma situação que ela, pois a catadora iniciou o curso de pedagogia, mas não teve como concluir. “Eu sei o tanto que é gratificante para a gente prestar um curso e conseguir chegar ao fim porque eu já fiz pedagogia, mas não cheguei a concluir. Por isso, dou força para ela chegar ao final”, afirma.

Para economizar, Simone alugou um galpão para morar e guardar os materiais recolhidos. Já as filhas, vivem em uma quitinete de um cômodo. “É desconfortável, mas nesse momento o objetivo maior é pagar a faculdade dela, que é R$ 714, tem livros também”, destacou. Simone reconhe que a rotina não é fácil, mas a fé faz com que ela não desista. “É só confiar que Jesus está ali, te guiando. Já senti ele, ele já um puxou o carrinho para mim, sei que a força não era minha, não daria conta”, conclui.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia