WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque1’

Moto furtada em Retirolândia é encontrada em Conceição do Coité

Share Button
moto_recuperada

Foto: Divulgação/ PM

Uma motocicleta Honda/CG 150 Titan, de cor vermelha, com placa de Retirolândia foi encontrada abandonada próximo ao Parque de Exposições da cidade de Conceição do Coité na noite de terça-feira (27). De acordo com informações da Polícia Militar, uma guarnição da 4ª Companhia do Décimo Sexto Batalhão foi acionada e se dirigiu ao local. Após realizar consulta ao Sistema de Mobilidade em Operações Policiais (MOP) os militares constataram que se tratava de um veículo que havia sido furtado na noite anterior, no povoado de Jiboia, zona rural do município de Retirolândia. A moto foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil da cidade de origem, para adoção das medidas cabíveis.

Redação Notícias de Santaluz

Hidrelétrica aumentou vazão de água do rio enquanto Domingos Montagner mergulhava, diz site

Share Button
rtemagicc_fabdbd572b-jpg

Domingos Montagner estava acompanhado da atriz Camila Pitanga quando desapareceu nas águas do São Francisco | Foto: Reprodução/TV Globo

A morte do ator Domingos Montagner durante um mergulho em um trecho do Rio São Francisco, na cidade de Canindé do São Francisco, em Sergipe, pode ganhar um novo capítulo. De acordo com informações divulgadas pelo site The Intercept Brasil, do jornalista Gleen Greenwald, o fluxo de água do rio foi aumentado no momento em que o ator estava se banhando. O local em que Montagner morreu fica a cerca de dois quilômetros da Hidrelétrica de Xingó e o aumento e diminuição de água é comum de acordo com a necessidade de mais ou menos energia. A alteração causa mudança na velocidade da água, e provoca o aumento da correnteza. Segundo documentos divulgados pelo site, a usina provocou aumento da vazão entre 13h e 14h, enquanto o chamado de socorro recebido pelo Corpo de Bombeiros aconteceu às 13h56. Apesar das informações da Companhia, não é possível cravar que o aumento do fluxo tenha causado a morte do ator. Domingos Montagner morreu no dia 15 de setembro, afogado no Rio São Francisco. Ele estava em Canindé de São Francisco gravando cenas da reta final de Velho Chico. Após as gravações, saiu para um mergulho com a colega Camila Pitanga, que também foi arrastada pela correnteza, mas conseguiu se segurar em uma pedra. O ator foi levado pelo rio e morreu afogado.  

Morre em Salvador, ex-prefeito de Coité Hamilton Rios de Araújo

Share Button
hamilton-rios

Hamilton Rios na convenção que homologou os nomes de Vertinho e Renato ao lado do seu herdeiro político deputado Tom Araújo | Foto: Reprodução/ Calila Notícias

Morreu por volta das 7h30 desta quinta-feira (29), no Hospital Aliança, em Salvador, o ex-prefeito de Conceição do Coité Hamilton Rios de Araújo, aos 81 anos. Mitinho como era conhecido no meio politico vinha tratando de um câncer no estômago. Sua situação se agravou quando ele caiu da cama em sua casa e acabou sofrendo fratura no fêmur e precisou passar por mais uma cirurgia e consequentemente seu quadro de saúde foi se agravando. Ex-prefeito de Coité, Hamilton Rios foi o fundador da Radio Sisal e na vida empresarial era tido como uma dos maiores exportadores de sisal do Brasil.

O ato de assinatura da ordem de serviço para restauração dos 28 quilômetros da Rodovia BA-120, no trecho entre Riachão do Jacuípe e Conceição do Coité, pelo governador Rui Costa, que estava previsto para às 09h desta quinta-feira foi suspenso. 

Com informações do Calila Notícias

Bancários rejeitam nova proposta salarial e greve continua

Share Button
caixasantaluz

Foto: Notícias de Santaluz

A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) desta quarta-feira (28) terminou sem acordo, e os bancários decidiram manter a greve, que entrará no 24º dia nesta quinta (29). De acordo com informações do G1, a greve dos bancários chegou ao 23º dia com 13.254 agências e 28 centros administrativos com atividades paralisadas nesta quarta. O número representa 57% das locais de trabalho em todo o Brasil. A greve já é mais longa do que a realizada pelos bancários no ano passado, que durou 21 dias. Segundo a Contraf-CUT, a greve mais longa da categoria na história foi em 1951 e durou 69 dias. Nos últimos anos, a mais longa foi a de 2004, com 30 dias.

Pai de candidato tenta proteger filho de assalto e morre durante ato político em Cuiabá

Share Button
imagem_noticia_5-4

Foto: Reprodução / Olhar Direto

O pai do candidato a vereador Julio Cesar Maia Pereira, o Julio da Power (PTdoB), morreu ao tentar protegê-lo de um assalto, durante ato político em Cuiabá (MT), no final da tarde desta quarta-feira (28). O candidato e outras duas pessoas foram baleadas. A Secretaria de Segurança Pública (Sesp) informou que pelo menos dois homens armados em uma moto exigiram que Julio da Power entregasse uma pulseira de ouro. Testemunhas disseram à polícia, segundo a Folha de S. Paulo, que Custódio Alves Pereira, pai do candidato, teria reagido ao roubo e o ladrão disparou vários tiros. Pereira foi levado a um hospital da região, onde morreu. Julio da Power foi baleado no peito e no braço, e permanece internado em um hospital. As outras duas vítimas são uma criança de 12 anos e um adulto, mas seu estado de saúde não foi informado. Até a madrugada desta quinta-feira (29), nenhum suspeito foi preso. Também nesta quarta-feira, desta vez em Goiás, o vice-governador José Eliton e o candidato à prefeitura de Itumbiara José Gomes da Rocha (PTB) sofreram ataque a tiros durante carreata. Gomes foi socorrido, mas morreu no hospital. 

Bancários decidem manter a greve após reunião terminar sem acordo

Share Button
imagem_noticia_5-2

Foto: Reprodução / Facebook

A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) desta terça-feira (27) terminou sem acordo, e os bancários decidiram manter a greve. De acordo com o G1, uma nova rodada de negociações foi marcada para quarta-feira (28), às 15h. No 22º dia de greve, 13.449 agências e 36 centros administrativos tiveram as atividades paralisadas, segundo o último balanço da Contraf-CUT. É a greve mais longa já realizada pela categoria dos bancários.

Eleitor não pode ser preso ou detido a partir desta terça

Share Button
preso

Nenhum eleitor pode ser preso ou detido a partir de hoje, a não ser em flagrante ou para cumprimento de setença criminal | Foto: Divulgação

A partir desta terça-feira (27) e até 48 horas depois do encerramento da votação, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou, ainda, por desrespeito a salvo-conduto. A determinação consta do Código Eleitoral (artigo 236). No entanto, o eleitor poderá ser preso em flagrante delito se arregimentar outros eleitores ou fizer propaganda de boca de urna no dia da eleição, segundo informa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também constitui crime usar alto-falante e amplificador de som, promover comício ou carreata e divulgar qualquer espécie de propaganda de partido político ou candidato. Conforme o TSE, o eleitor que for flagrado praticando tais crimes será punido com detenção de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa no valor de 5 mil a 15 mil UFIR, a Unidade Fiscal de Referência.

Redação Notícias de Santaluz

Feira de Santana: PF prende três em flagrante por fraude contra o INSS

Share Button
Rio de Janeiro - Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão no escritório do presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, no centro da cidade do Rio de Janeiro (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Foto Tânia Rêgo/Agência Brasil

Três pessoas foram presas em flagrante por policiais federais no momento em que tentavam obter benefício previdenciário com a utilização de documentos falsificados junto a uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (26). Logo no início do dia, a Polícia Federal foi acionada para verificar a veracidade dos documentos apresentados por uma dessas pessoas na agência da Previdência Social do bairro Muchila, já que os servidores do INSS suspeitaram da idoneidade da certidão de nascimento e da carteira de identidade apresentadas. Conforme a PF, ao chegar na agência, os policiais federais constataram que o documento de identidade apresentado pelo suspeito era falso, já que não constava o número de registro daquele documento no sistema do Instituto de Identificação da Bahia. Logo em seguida foram identificados outros dois integrantes do esquema, que aguardavam o primeiro do lado de fora da agência, e que, suspeita-se, seriam os responsáveis pela falsificação. Todos foram conduzidos ao Posto da Polícia Federal em Feira de Santana, para lavratura da prisão em flagrante. Foi ainda apreendido o carro em que estavam os criminosos. Segundo a Polícia Federal, foi constatado que o veículo estava financiado em nome de um “laranja”, porém sem nenhuma prestação quitada. Os presos foram indiciados por estelionato, previsto no artigo 171 do Código Penal, e, após lavrado o auto de prisão em flagrante, foram encaminhados para o presídio da cidade, onde ficarão à disposição da Justiça Federal.

Redação Notícias de Santaluz

Santaluz: Terceira etapa do projeto ‘Literaturas Luzenses’ é culminada no Colégio José Leitão, com a Literatura Prosaica

Share Button
coro

Foto: Divulgação

Com a colaboração da escritora luzense, Tayane Sanschri, na tarde desta segunda-feira (26), o Colégio Estadual José Leitão culminou a terceira etapa do projeto pedagógico ‘Literaturas Luzenses’, com a Literatura Prosaica. O auditório da escola foi ocupado por alunos da primeira série dos turnos vespertino e noturno (público alvo do projeto), além de outros ouvintes, dentre eles, professores, alunos de outras séries, egressos e estudantes de ensino superior.

O público alvo teve a oportunidade de conhecer e de trabalhar com a Literatura Prosaica através de oficinas aplicadas pelo professor Hamilton, com a disciplina Literatura e de explanar a obra ‘Estação das Flores’, de Tayane Sanschri. Dessa forma, esta etapa do projeto abriu possibilidades, também para o estudo de diversos outros autores luzenses (livremente trazidos pelo alunado) que, igualmente, produzem os seus constructos através da Literatura Prosaica.

O tema abordado nesta fase foi ‘A literatura prosaica e o sentimentalismo feminino’. O professor Hamilton (aplicador do projeto) frisou que os estudos acerca da Literatura Prosaica objetivaram “Possibilitar a absorção do sentimentalismo contido na linguagem peculiar à prosa poética, sob o aspecto auditivo, melódico e analítico que se caracteriza pelo ritmo sinestésico, capaz de aguçar os diversos sentidos do leitor”.

Como nas demais etapas, o professor Hamilton contou que foi auxiliado por 22 monitores protagonizados por alunos voluntários. Quanto ás oficinas, em primeira instância foram realizados estudos acerca da vida e da obra da escritora representante desta fase: a luzense Tayane Sanschri. Ademais, cada aluno teve a liberdade de escolher um autor adepto deste tipo de literatura e de fazer estudos da sua biografia e análises e exposições das suas obras, aspecto que serviu de aprendizado até para o professor aplicador que assumiu desconhecer alguns nomes e obras belíssimas que vieram à tona, provindos de diversas localidades das quais os estudantes fazem parte.

coro1

Foto: Divulgação

Neste ínterim, a escritora Tayane Sanschri foi aplaudida de pé pelos ouvintes, teve o prazer de ver trechos do seu livro ‘Estação das Flores’ serem expostos pelo alunado e, numa sabatina interativa, prestou informativos valiosíssimos como o fato de ela sentir tudo em grandes proporções (motivo que a faz guardar para si qualquer tristeza que lhe chegue); como o seu contato com a música que aconteceu por conta do seu pai (músico profissional, que sempre era convidado para tocar para grandes artistas da época como Sarajane, Dominguinhos e outros e, então, a levava para todos os shows, a fim de que ela se interessasse por este ramo), no entanto, ela preferia as artes cênicas; como as peças teatrais que ela mesma escrevia e atuava para serem apresentadas para a sua família nas reuniões de Natal ou outras festividades;  como a sua participação na companhia teatral Guido Guerra (aos 13 anos) e a fundação da sua própria trupe, com a qual percorreu várias cidades e ganhou diversos prêmios.

Tayane contou ainda, que por conta da paixão pelo teatro, acabou ingressando no curso de Artes Cênicas, da Universidade Federal da Bahia – UFBA, logo que terminou o Ensino Médio. Neste ramo, teve colegas bem conhecidos na dramaturgia como: Vladimir Brichta, Zéo Brito, Audry de Assuncion, Jarbas Oliver, Laila Garin, e Wagner Moura (que não era aluno da escola de Teatro, mas da escola de Comunicação e Jornalismo, porém, vivia no Campus, na sua turma, conquistando seu espaço como ator).

Sobre a sua prática da escrita, Tayane expôs que a literatura fez parte da sua rotina desde a sua infância, tanto, que aos treze anos, perseguindo um sonho, ela escreveu o seu primeiro livro, mas infelizmente não chegou a publicá-lo. Este livro era um romance. Na época, como ainda não tinha a certeza acerca do título que daria, deixou provisória a designação de ‘Cortinas do coração’. Sempre movida pelas letras, Tayane Sanschri criou o blog ‘Cuecas no Varal’, onde compartilha seus textos e de outros escritores. Segundo a escritora, este blog já chegou a ter a visitação diária de cerca de 5.000 internautas de todos os países.

Quanto ao ‘Estação das Flores’, lançado em novembro de 2014 pela editora Penalux, Tayane o descreve como um livro que conta uma história de amor, que apesar de não ter durado, o ‘felizes para sempre’, isto é, a felicidade é revelada sobre asas de um lindo pássaro cortejando o sol até a partida dos amantes. O amor, em Estação das Flores, é vivido com intensidade até que os amantes resolvem seguir sozinhos por outros caminhos. O eu lírico se entrega com devoção à exposição dos seus sentimentos em todos os textos da obra. O livro é composto por vinte e duas prosas poéticas e conta uma triste e doce história de amor, além de permitir que o leitor mergulhe em seu próprio interior e refletia sobre a importância de se permitir enxergar o melhor do amor. A autora nesta obra compara o amor à primavera: estação perfumada e colorida, que propicia nas pessoas a sensação de paz pelos caminhos que percorrer no dia a dia. Com isso, Tayane Sanschri pretende “favorecer a uma reflexão sobre quanto deixarmos de lado a ideia de que um amor não foi bom só porque um dos amantes resolve ir embora ou por conta de o amor ter acabado”, diz Tayane.  A escritora deixou claro que “os momentos de amor devem ser vividos com intensidade, entregas e respeito, pois viver o amor é algo que tanto almejamos, no entanto, quando encontramos este amor, corremos o risco de vê-lo escapar por entre os dedos sem ter vivido de fato tudo o que ele tinha para oferecer”.

coro2

Foto: Divulgação

A palestrante, atriz e escritora luzense, Tayane Sanschri explicou que “A prosa poética, também considerada poesia, não possui aquelas características de um poema, como métrica, ritmo, rima e outros elementos sonoros peculiares. Este tipo de escrita nos permite exprimir as emoções e sentimentos do eu lírico”. Focando no tema da palestra em ênfase: ‘A literatura prosaica e o sentimentalismo feminino’, a escritora Tayane proferiu: “Ao se falar de prosa poética e sentimentalismo feminino, sinto como se fosse um casamento perfeito, pois a mulher, mesmo a feminista, possui em sua essência o romantismo, além de ser mais emotiva. Muitas vezes somos movidas através da emoção, portanto, na escrita, abuso deste lado emotivo e romântico para falar de amor, saudade, tristeza, desilusão, sonhos…”. Desfazendo mal-entendidos, Tayane Sanschri fez questão de frisar que narrador não é autor e que o eu poético não expressa os anseios do autor, pois narrador e eu poético são elementos da escrita e autor é o produtor oficial das suas tessituras, com a seguinte fala: “Quanto as minhas inspirações, diferente do que muitos pensam, a maioria dos meus escritos não falam sobre a minha pessoa ou alguma situação da minha vida. Basicamente, inspiro-me no cotidiano de amigos, de colegas, de depoimentos dos leitores e dos seguidores; minhas inspirações vêm até mesmo de algumas sugestões que me chegam sobre determinados temas para compor a minha escrita”.

Ao final, Tayane Sanschri fez as considerações finais, dizendo da sua satisfação de estar fazendo parte do projeto ‘Literaturas luzenses’, o qual ela classificou como belíssimo e de suma importância para os alunos e o escritor da terra; humildemente agradeceu ao alunado por ter se debruçado sobre a sua vida e essencialmente, sobre a sua obra ‘Estação das Flores’; descreveu a emoção e o prazer de ter feito parte dos grupos de WhatsApp de cada turma (interagindo com cada jovem estudante, postando seus textos para eles, inteirando-se das novidades das suas linguagens e, até, rindo muito das postagens, reações e discussões dos mesmos, situações estas que muito aprendizado e informações lhe trouxeram e que, certamente servirão de inspiração para seus próximos textos); além de parabenizar o professor Hamilton pela iniciativa direcionada estritamente ao estudo da literatura local e de agradecer pela oportunidade e pela escolha da sua pessoa como representante da Literatura Prosaica. Doravante, professor Hamilton deu o evento como encerrado e entre aplausos, Tayane deu oportunidade para que os ouvintes tirassem as desejadas fotografias com ela.

Redação Notícias de Santaluz

Santaluz: família procura por jovem com deficiência intelectual desaparecida durante comício

Share Button
edenilza

Edenilza desapareceu enquanto participava de comício político na noite deste domingo | Foto: Arquivo Pessoal

Parentes e amigos estão em busca de uma jovem que está desaparecida desde a noite deste domingo (25) em Santaluz. Edenilza Almeida de Oliveira, de 23 anos, sumiu durante um comício político realizado na Rua Rosendo Lopes. Ela é portadora de deficiência intelectual e aluna da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). A dona de casa Zenilda Almeida de Oliveira, conhecida como ‘Badinha’, que é irmã de Edenilza, disse que estava acompanhando a jovem quando percebeu que ela tinha desaparecido. “Resolvi retornar para casa antes de o comício terminar e quando percebi, ela não estava mais ao meu lado. Tentei procura-la, mas não a encontrei. Ela já desapareceu outras vezes e foi encontrada, mas a gente fica preocupada”, afirma. Informações sobre o desaparecimento de Edenilza podem ser passadas à Rádio Comunitária Santa Luz FM, através do número (75) 3265-3588 ou na casa dos familiares da jovem, que fica localizada na Avenida Santa Luzia (depois do britador).

Redação Notícias de Santaluz







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia