WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio






Laboratório Checap

drogaria_santana

:: ‘Destaque1’

Colisão entre ônibus escolares deixa mortos e feridos no interior de Alagoas

Share Button

Do G1 AL

Dois ônibus que levavam universitários batem de frente em Junqueiro, Alagoas | Foto: Jair Santos/Arquivo pessoal

Dois ônibus que levavam universitários batem de frente em Junqueiro, Alagoas | Foto: Jair Santos/Arquivo pessoal

Uma colisão frontal entre dois ônibus escolares deixou vítimas mortas e feridas na rodovia AL-110 no interior de Alagoas, no trecho que compreende o município de Junqueiro, nesta quinta-feira (30). Os veículos envolvidos no acidente são das prefeituras de Junqueiro e de Teotônio Vilela. O Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar vítimas das ferragens e contabilizou 6 mortes no local. A assessoria de comunicação da Unidade de Emergência do Agreste (UE) informou que 45 pessoas deram entrada na unidade de emergência. Duas delas foram operadas em estado grave e encaminhadas para a Área Vermelha. Os demais pacientes estão fora de perigo. O secretário de Comunicação e Eventos de Junqueiro, Jair Santos, esteve no local e disse que os motoristas dos dois ônibus morreram antes da chegada do socorro médico. Segundo informações de testemunhas, o ônibus estudantil de Junqueiro seguia com alunos universitários para a cidade de Arapiraca. E o de Teotônio Vilela voltava de Arapiraca para a cidade, também com estudantes. A estimativa é que cada veículo transportava ao menos 35 pessoas.

Força-tarefa da Lava Jato move ação contra PP e cobra R$ 2,3 bilhões

Share Button

Veja

mario-negromonte-roberto-britto-1

Mário Negromonte, Negromonte Jr e Roberto Brito estão entre os políticos citados na ação | Foto: Reprodução

A força-tarefa da Operação Lava Jato ajuizou ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o Partido Progressista (PP). Esta é a primeira vez que é atribuído a um partido político delitos cometidos no âmbito da Lava Jato. Pela mesma infração, o MPF também pede a responsabilização de dez políticos filiados ao PP. A ação foi impetrada no último dia 22 de março, mas só foi divulgada nesta quinta-feira (30). No processo, a procuradoria do Paraná solicita à Justiça que obrigue os alvos a ressarcirem os cofres públicos em pelo menos 2,3 bilhões de reais. Segundo as investigações, a sigla recebia o porcentual dos contratos firmados com a diretoria de Abastecimento da  estatal, que era comandada por Paulo Roberto Costa, o delator número 1 da Lava Jato.

Entre os políticos citados na ação, estão os deputados federais Nelson Meurer (PP-PR), Mário Negromonte Júnior (PP-BA), Arthur Lira (PP-AL), Otávio Germano (PP-RS), Luiz Fernando Faria (PP-MG) e Roberto Britto (PP-BA); os ex-deputados federais Pedro Corrêa (PP-PE), Pedro Henry (PP-MT), João Pizzolatti (PP-SC) e Mário Negromonte (PP-BA); e o assessor do ex-deputado José Janene (PP), morto em 2010, José Genu.

O MPF pretende puni-los pela Lei 8.429/92, de Improbidade Administrativa, que prevê a suspensão dos direitos políticos por dez anos, a proibição de contratar com o poder público, a vedação de receber benefícios fiscais ou creditícios e a cassação da aposentadoria. A lei diz que essas sanções são aplicáveis a agentes públicos em casos de enriquecimento ilícito, dano ao erário e que atentam contra princípios da administração pública.

Cabral negocia delação premiada com MPF e PGE

Share Button
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Fontes ligadas ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), preso desde novembro do ano passado, suspeito de chefiar esquema de corrupção e lavagem de dinheiro, está negociando um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) e a Procuradoria-Geral da República (PGR). De acordo com informações do jornal Valor Econômico, os depoimentos podem atingir integrantes do Judiciário e do próprio Ministério Público. Ele foi alvo da Operação Calicute, braço da Lava Jato no território fluminense. Os advogados de Cabral ainda não se pronunciaram sobre o assunto. Mas, ainda de acordo com o Valor, as conversas estão na fase em que o candidato a delator apresenta a procuradores os fatos que está disposto a entregar. Na etapa seguinte, o material será encaminhado ao MPF, que decide se as informações são ou não relevantes. A decisão do ex-governador foi motivada pelo receio de ele receber uma pena de prisão muito alta, que poderia chegar a 50 anos.

Cavalos vão usar ‘fraldão’ em cidade na Bahia para evitar fezes em vias públicas

Share Button
fraldoes

Foto: Reprodução / Blog do Anderson

Uma decisão da prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, vai exigir que os cavalos que circulam em carroças nas ruas da cidade usem “fraldões”. A medida polêmica seria para evitar que as fezes sejam despejadas nas vias públicas. Segundo o Blog do Anderson, a decisão foi anunciada nesta quarta-feira (29) pelo coordenador de Limpeza Pública, Joaquim Ernesto Vieira Santos. “Tem que usar. É um bolsão. Os animais ficam no meio da rua e aquilo quando vai secando, vai se tornado em pó e causa doença, suja, além do odor que é muito forte. É muito problema”, disse Santos. O custo do bolsão será pago pelo próprio carroceiro. Com a adoção da medida, as carroças serão emplacadas, e os condutores terão de passar por curso para receber a sua carteira de habilitação. Uma reunião está marcada nesta sexta-feira (31) para mais orientações à categoria.

Moro condena Cunha a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem e evasão de divisas

Share Button
Guilherme Artigas/Fotoarena/Folhapress

Foto: Guilherme Artigas/Fotoarena/Folhapress

O deputado federal cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi condenado nesta quinta-feira (30) a 15 anos e quatro meses de prisão. A decisão é do juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância. Segundo o Uol, o ex-deputado, que está preso desde 19 de outubro do ano passado, recebeu uma condenação por corrupção passiva por conta de solicitação e recebimento de vantagem indevida no contrato de exploração de petróleo em Benin, na África; três condenações por lavagem de dinheiro; 14 por evasão de divisas. Na decisão, Moro considerou que Cunha tem “bons antecedentes” já que esta é a primeira condenação dele na Lava Jato. O peemedebista “responde a outras ações penais [uma na 10ª Vara Criminal Federal de Brasília e outra no Supremo Tribunal Federal], mas não foi ainda por elas julgado. Então será considerado como tendo bons antecedentes”. A defesa de Cunha informou que vai recorrer da sentença ao TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre.

Oito macacos são encontrados mortos em Feira de Santana; um tem diagnóstico de febre amarela

Share Button
Foto: Reprodução/ O Globo

Foto: Ilustração/ O Globo

Oito macacos foram encontrados mortos em Feira de Santana. Um deles foi diagnosticado com o vírus da febre amarela. Segundo informações da TV Subaé, a Sesab [secretaria de saúde do estado] informou que do começo do ano até o dia 28 de março, foram notificados 194 casos suspeitos em macacos no estado, com 16 casos suspeitos em humanos. Em Feira, cinco mil doses foram ofertadas em todos os postos de saúde neste ano, mas no momento não há vacina contra a febre amarela na cidade. A pasta municipal de saúde espera a chegada de 50 mil doses. Ainda segundo a emissora, 17 mil pessoas foram vacinadas no município. As secretarias de saúde estadual e municipal alertam para a população não matar macacos, já que os animais são importantes para o equilíbrio do meio ambiente. A doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti.

Vereadores de cidade na Paraíba aprovam homenagem para grupo de WhatsApp

Share Button

Do G1 PB

vereadora_luciene_de_fofinho

Vereadora Luciene de Fofinho tirou fotos com integrantes do grupo de WhatsApp, após volto de aplauso aprovado | Foto: Reprodução/Facebook

A Câmara de Vereadores de Bayeux, na Paraíba, aprovou na terça-feira (28) um voto de aplauso para um grupo do aplicativo WhatsApp. O requerimento, feito pela vereadora Luciene de Fofinho (PSB) para um grupo do qual ela faz parte, foi acatado pela casa, após justificativa de que os integrantes “respiram” a cidade. Na mesma sessão, outro vereador pediu para estender a homenagem ao criador do aplicativo e também a Bill Gates – que seria o “inventor da internet”, segundo o parlamentar. Na tribuna, Luciene de Fofinho explicou que chegou a ser mal interpretada por alguns colegas da casa, mas defendia a homenagem. “Venho prestando muita atenção para todos os componentes do grupo. Todos se preocupam muito com a cidade, por isso, achei-me no direito de privilegiá-los com um voto de aplauso. Sei que vou ser muito mal compreendida por alguns, mas sei que outros muitos que ficam online nos grupos de WhatsApp vão entender”, declarou a vereadora, que comemorou a aprovação do requerimento no seu perfil em uma rede social.

Senado da Argentina aprova uso de maconha medicinal

Share Button
Mulher segura cartaz com mensagem a favor do uso terapêutico da cannabis nesta quarta-feira (29) do lado de fora do Senado da Argentina (Foto: AP Foto/Natacha Pisarenko)

Mulher segura cartaz com mensagem a favor do uso terapêutico da cannabis do lado de fora do Senado da Argentina | Foto: AP Foto/Natacha Pisarenko

O Senado da Argentina aprovou nesta quarta-feira (29) uma lei que autoriza o uso de óleo de maconha com fins medicinais no país. O projeto recebeu todos os 58 votos no plenário do Senado, sendo aprovado com unanimidade e na presença de um grupo de mães com filhos doentes. O projeto de lei foi aprovado na Câmara dos Deputados em novembro. A iniciativa aprovada permite importar óleo de cannabis para pacientes com indicação médica, mas não contempla o cultivo pessoal, uma queixa das famílias que já tratam seus filhos com este produto. De acordo com ao jornal “El Clarín”, a lei estabelece um marco regulatório para a pesquisa médica e científica sobre o uso da substância e seus derivados e garante o acesso gratuito ao óleo que é extraído da planta. Ainda segundo o jornal, a lei foi impulsionada por famílias de pacientes usuários de óleo de cannabis, a planta da maconha, e por setores da comunidade médica e científica que defendem o uso terapêutico da substância.

Vice-prefeito de município baiano morre em acidente de moto

Share Button

Do G1 BA

Vice-prefeito dirigia motocicleta que se envolveu em acidente, na tarde de terça-feira (Foto: Luciano Castro/ Central Notícia)

Vice-prefeito conduzia motocicleta que se envolveu em acidente, na tarde de terça-feira | Foto: Luciano Castro/ Central Notícia

O vice-prefeito da cidade de João Dourado, no norte do estado, morreu após um acidente entre a motocicleta que dirigia e uma van, na noite de quarta-feira (29). Adriano Alves Nunes estava na zona rural de América Dourada, região de Irecê, quando aconteceu o acidente. Testemunhas que estavam no local disseram que o vice-prefeito permaneceu consciente depois de cair do veículo. Ele chegou a ser levado para o Hospital Regional de Irecê, mas não resistiu aos ferimentos. Não há informações sobre o motivo do acidente.

Grupo de criminosos explode cofre de posto de gasolina na BR-324

Share Button
Posto foi alvo de ataque na madrugada desta quinta-feira (30) | Foto: Vanderson Nascimento/ TV Bahia

Posto foi alvo de ataque na madrugada desta quinta-feira (30) | Foto: Vanderson Nascimento/ TV Bahia

Um grupo de criminosos explodiu o cofre de um posto de gasolina na BR-324, no trecho da cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. Segundo o G1, a ação ocorreu na madrugada desta quinta-feira (30). As informações são da Central de Polícias (Centel). De acordo com a Centel, o cofre é localizado na área administrativa do estabelecimento. A ocorrência foi por volta das 4h. Segundo a polícia, os criminosos fugiram sentido Salvador. O valor roubado não foi informado. Ninguém ficou ferido no ataque.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia