WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque1’

Avião de pequeno porte cai ao sobrevoar plantação em SC

Share Button
whatsapp_image_2017-02-23_at_10-53-09

Piloto foi encontrado com vida, mas morreu | Foto: Arcanjo/Divulgação

Uma aeronave de pequeno porte caiu em Garuva, no Norte de Santa Catarina, no início da manhã desta quinta-feira (23) e deixou uma pessoa morta. Segundo a equipe do helicóptero Águia da Polícia Militar, a queda foi em uma área de vegetação no Monte Crista, por volta das 7h15. Conforme a 2ª Companhia do Batalhão de Aviação da Polícia Militar, a aeronave é um avião de pulverização agrícola, com capacidade apenas para o piloto. Segundo o G1, o homem morreu no local. A identidade dele ainda não foi divulgada. “Quando chegamos, ele estava consciente, recebeu os primeiros atendimentos da equipe do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência], teve uma parada cardíaca e veio a óbito”, disse o capitão Leandro Edison da Rosa, comandante de operações aéreas da PM. Colegas de trabalho do piloto foram ao local da queda, conforme o comandante, e informaram que a vítima tinha cerca de 55 anos. 

Queimadas: vereadores governistas tentam reduzir pela metade correção salarial de professores e votação é adiada após categoria lotar a Câmara

Share Button
whatsapp-image-2017-02-22-at-20-11-00

Professores lotaram a Câmara Municipal para evitar manobra de vereadores governistas | Foto: Notícias de Santaluz

Professores da rede municipal de ensino de Queimadas por pouco não foram pegos de surpresa por uma manobra de vereadores governistas durante a sessão desta quarta-feira (22). De acordo com informações do diretório local da Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB), parlamentares da base aliada do governo municipal tentaram reduzir de 8% para 4% uma correção do salário dos docentes. Ainda de acordo com a entidade, a proposta foi elaborada em acordo com o poder executivo.

A suposta tentativa de promover a manobra teria sido arquitetada antes da sessão e gerou intensas reclamações e revolta entre os professores, que lotaram a galeria da Casa para acompanhar o pronunciamento do presidente da APLB, Israel de Oliveira Lima, que usou a tribuna para esclarecer aos vereadores que o percentual de 8% é um direito da categoria assegurado pela Lei do Piso Nacional do Magistério e que mesmo com a aprovação da medida, a defasagem salarial dos professores ainda chega a mais de 11% em relação ao Piso Nacional, na base do plano de Cargos e Remuneração do Magistério Municipal.

Depois de ouvirem o presidente da APLB, os professores esvaziaram a câmara. Enquanto isso, os vereadores governistas decidiram recuar diante da repercussão sobre a pretensa tentativa de promover a manobra, e a mesa diretora adiou a votação. A APLB informou que continuará negociando com a Secretária Municipal de Educação com o objetivo de corrigir a defasagem salarial dos professores, bem como de todos os servidores da Educação, em relação ao salário mínimo também com base no plano de cargos e salários da categoria.

Notícias de Santaluz

Ala de escola de samba terá 40 casais simulando sexo na Sapucaí

Share Button
rtemagicc_salgueiroput_01-jpg

Foto: Divulgação

A escola de samba Salgueiro vem com uma proposta ousada para o Carnaval este ano, no Rio de Janeiro. Inspirado pela “Divina Comédia”, de Dante Allighieri, a escola vai narrar a viagem ao inferno e trará uma ala com 40 casais que irão simular sexo na Sapucaí. A encenação vai começar no trecho do samba enredo do verso “do jeito que o diabo gosta”. A partir daí, a interação vai rolar solta. A ideia é do coreógrafo Carlinhos Salgueiro. “Vou vir vestido de diabo, que atiça a vontade das pessoas. Virei ainda com dez negros, que serão guardiões da ala, e, ao meu comando, os 40 casais vão interagir simulando o sexo. Também terei um momento especial em que beijarei um homem e uma mulher. É a primeira vez que faço algo tão diferente porque tenho hetero e homossexuais na ala. Vou usar movimentos fortes. Tem todo um trabalho, uma conversa. Mas a Regina aceitou de boa a minha ideia e falou: ‘Beija muito, meu filho. Mostra o veneno do beijo'”, disse ao site Ego, citando parte do samba enredo. O beijo não foi ensaiado e acontecerá somente na hora do desfile. “Minha ala vem na frente da bateria. É mais difícil ainda porque tem que dividir a atenção com a Viviane Araújo. Aí tenho que fazer alguma coisa diferente”, brinca Carlinhos.

Santaluz: Embasa descobre fraude em sítio que chegou a receber 114 mil litros de água em uma semana

Share Button
img_0369

Somente em uma semana, a propriedade chegou a receber 114 mil litros de água de forma fraudulenta, segundo a Embasa | Foto: Notícias de Santaluz

Um sítio localizado às margens da rodovia BA-120 em Santaluz, na saída para o município de Queimadas, foi flagrado pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) com uma ligação irregular de água, na tarde desta quarta-feira (22). De acordo com a empresa, a ligação clandestina funcionava há pelo menos seis meses e, somente em uma semana, a propriedade chegou a receber 114 mil litros de água de forma fraudulenta. Depois de ir até o local acompanhado de policiais militares e constatar a irregularidade, o gerente do escritório local da Embasa em Santaluz, Diego Correia Lopes, registrou boletim de ocorrência na delegacia de cidade. Segundo ele, um inquérito policial deverá ser aberto para que o proprietário do imóvel, que não teve a identidade revelada, responda pelo furto da água. “A princípio, será aplicada uma multa e a Embasa cobrará o valor equivalente à água desviada, volume que está sendo estimado em 114 metros cúbicos. Além disso, o responsável pela propriedade pode responder por crime de furto”, explica o gerente. “É uma situação lamentável. Cerca de 114 mil litros de água potável sendo desviados para irrigação apenas em uma semana, um desperdício justamente no momento em que o município atravessa uma crise hídrica e que a Embasa está tendo que promover uma série de ações para preservar o bom abastecimento à população”, completa.

Notícias de Santaluz

Aos 42 anos, catadora de lixo aprende a ler com filho de 11 anos: ‘Perdi a vergonha’

Share Button
_94766867_a7e8db7a-502d-4008-bec2-92d150e4ce88

Aos 42, Sandra aprendeu a ler e a escrever com o filho Damião, de 11 | Agil Fotografia / BBC Brasil

“Mãe, mãe, quer ler comigo? É uma historinha. E tem figuras”. “Desmaiada” em uma rede após horas garimpando lixo na rua, para vender, foi assim – aos sussurros de Damião Sandriano de Andrade Regio, 11, o mais novo dos sete filhos– que Sandra Maria de Andrade, 42, começou a decifrar as letras do alfabeto e a despertar para o mundo da leitura. Até um ano atrás, não sabia ler nem escrever. Em uma casa encravada numa rua de areia em Jardim Progresso, periferia de Natal, no Rio Grande do Norte, ela era o retrato dos 758 milhões de adultos no mundo apontados em um estudo da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), na semana passada, como incapazes de ler ou escrever uma simples frase.

Sandra não sabia fazer nem o próprio nome. “Espiava” quem visse lendo um livro e pensava “ah, se eu soubesse também. Se tivesse uma coisa que eu pudesse roubar, queria que fosse um pouquinho daquela leitura”. Ela tentou estudar, mas não pôde. Foi forçada a trabalhar desde cedo. Abandonada pela mãe aos três anos, diz que a avó, com quem passou a morar, lhe entregou a um casal que a impediu de ir à escola. Ela teve de trabalhar na lavoura, em casas de farinha (locais em que mandioca é ralada ou triturada) e fazendo faxina. Em um dia, quando ajudava no cultivo de bananeiras, viu crianças passando na porta com cadernos debaixo do braço. “Queria ir para onde iam, mas diziam: vá trabalhar. E eu chorava”. Aos 12 anos, na tentativa de reencontrar a mãe, fugiu. Foi rejeitada. Passou a viver nas ruas e a comer o que achava no lixo.

O mais próximo que ela havia chegado da escola foi em uma turma de jovens e adultos em que aprendeu o “ABC”, mas que acabou abandonando por não parar de ter dúvidas e travar sempre que chegava no “e”, letra que traduz como “uma agonia de vida”. Ela ficava “apavorada” por não saber. “Sentia revolta”.

_94766870_3661228a-d0b2-4608-906e-a577f86a1e53

Mãe e filho leram, juntos, 107 livros em 2016, se considerados apenas os contabilizados na escola | Agil Fotografia/ BBC Brasil

“Quando eu aprendi, disse: vou fazer outra identidade que é pra quando chegar nos cantos eu dizer: eu sei fazer meu nome. Pra mim, já era tudo eu saber. Chegar lá, o povo dizer assine aqui e eu dizer: agora eu já sei, não sinto mais vergonha”. Escrever o próprio nome foi uma conquista. A palavra “mãe” também. Em uma reunião da escola, “morreu de felicidade” ao assinar a primeira vez como responsável da criança. “Tinha que escrever o que eu era dele. Eu escrevi mãe, caprichado, bem grande”. Damião, devotado à mãe, quer ir além. “Eu quero ver ela aprendendo comigo. Quero que aprenda as palavras que ela sente aqui dentro. Ela gosta de falar amor, paixão. Já sabe um monte de palavras. Ela sabe as mais simples”.

Mãe e filho leram, juntos, 107 livros em 2016, se considerados apenas os contabilizados na escola. A lista, porém, fica maior se incluir outros títulos que Sandra encontrou no lixo. O preferido dela, faz questão de dizer, “é Ninguém nasce genial“. “Escrevi meu nome nele. Porque ninguém nasce gênio. Porque eu achava que não precisava mais saber, achava que era tarde pra saber”.

Para Damião, outro livro foi mais impactante. Tratava da história de um anjo que vivia acorrentado e só conseguiu se libertar quando ensinou um ser humano a rezar e os dois viraram amigos. “É tipo eu e minha mãe. Eu estou ensinando uma coisa a ela e ela me ensina outra. Eu era novinho, ela me cuidava, eu cuidava dela. Ela dava um abraço em mim eu dava dois. Foi assim que nós começamos a nos amar”.

Deputados aprovam criação do Documento de Identificação Nacional

Share Button
Modelo da nova carteira de identidade nacional, divulgado em 2008 pela PF | Foto: Divulgação

Modelo da nova carteira de identidade nacional, divulgado em 2008 pela PF | Foto: Divulgação

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (21), o Projeto de Lei 1775/15, do Poder Executivo, que cria o Documento de Identificação Nacional (DIN) para substituir os demais documentos cujos dados estejam inseridos nele por meio de tecnologia de chip. De acordo com a Agência Câmara Notícias, a matéria, aprovada na forma de um substitutivo do deputado Julio Lopes (PP-RJ), será enviada ao Senado. De acordo com o projeto, o DIN dispensará a apresentação dos documentos que lhe deram origem ou nele mencionados e será emitido pela Justiça Eleitoral, ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a outros órgãos, podendo substituir o título de eleitor. Nesse documento, que será impresso pela Cada da Moeda, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) será usado como base para a identificação do cidadão. Já os documentos emitidos pelas entidades de classe somente serão validados se atenderem os requisitos de biometria e de fotografia conforme o padrão utilizado no DIN. As entidades de classe terão dois anos para adequarem seus documentos aos requisitos exigidos pelo novo documento.

Câmara aprova tornar crime divulgação de foto ou vídeo de nudez sem autorização

Share Button
3111293844-nudes

Foto: Reprodução

Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (21) um projeto que torna crime o ato de divulgar fotos ou vídeos, sem autorização, com cenas de nudez ou de ato sexual de caráter privado de outra pessoa, atitude conhecida como “vingança virtual”. De acordo com o G1, o texto segue para análise do Senado. Atualmente, quando isso acontece, o ato pode ser configurado como crime de injúria ou difamação. Sa mudança na legislação for aprovada pelo Senado e sancionada pelo presidente Michel Temer, passará a ser um crime específico. A proposta aprovada pelos deputados altera a Lei Maria da Penha e reconhece que a violação da intimidade da mulher consiste em uma das formas de violência doméstica e familiar. O projeto inclui a divulgação, por meio da internet ou outro meio, de dados pessoais, vídeos, áudios, montagens e fotos “obtidos no âmbito das relações domésticas, de coabitação ou hospitalidade”. A Lei Maria da Penha se refere somente às mulheres, mas, como a proposta prevê mudanças no Código Penal, o projeto, se aprovado também valerá para homens.

Com presença do prefeito Nininho Gois, Sec. de Educação de Quijingue realiza Encontro Pedagógico para docentes da Rede Municipal

Share Button
whatsapp-image-2017-02-22-at-08-01-31

Foto: Ascom PMQ

“Sempre é tempo de educar”! Esse foi o tema gerador do primeiro encontro pedagógico para professores da rede Municipal de Quijingue, na gestão do prefeito Nininho Gois. Na presença de centenas de docentes, que lotaram o espaço do evento, o prefeito fez uma rápida e sincera avaliação da situação precária deixada pela gestão anterior. Reafirmando o compromisso do seu plano de governo na área da educação – “que é o de respeitar e valorizar os anseios da categoria”.

Para ele isso já ficou claro com “o esforço feito para quitar, em sua integralidade, a folha do FUNDEB do mês de dezembro, de 2016. Uma vez que, o governo anterior deixou saldo insuficiente, aproximadamente 70%, do total necessário para efetivar o pagamento. Isso fez com que, fossem empregados mais de R$ 300 mil dos recursos da atual gestão para honrar com os direitos dos/as professores/as, utilizados para realizar o pagamento”.

whatsapp-image-2017-02-22-at-07-48-15

Prefeito Nininho Gois | Foto: Ascom PMQ

Nas palavras do prefeito, esse valor pode “fazer falta, mas, jamais ele deixaria de respeitar os professores”. Lembrou ainda que o pagamento do “1/3 férias foi pago de forma integral, e não com base no salário base como foi realizado no governo passado”. Considerando-se, ainda, que o 1/3 férias de 2015 foi divido em três parcelas, sendo que uma delas não foi paga pela gestão anterior. Nininho reafirmou que o planejamento e o zelo com a máquina pública permitirá que “até a próxima sexta-feira, dia 24/02, seja realizado o pagamento do mês de fevereiro”.

Para Nininho Gois “essa valorização, além de dever, é para demostrar à classe a nossa clara disposição de respeitar a cada um/uma. Discutiremos, também, de forma gradativa, um plano de recuperação das nossas escolas, com a participação de todos/as”. O prefeito lembrou, de modo bem objetivo, “ser necessário mostrar os equívocos e os problemas que encontramos da gestão passada”. Embora, não seja do seu perfil ficar reclamando. “Precisamos agir e trabalhar, para isso contaremos com cada um/umas de vocês. E, amanhã, poderemos olhar nossos avanços e virarmos está página, afinal Sempre é tempo de educar! Um abraço a todos, meu muito obrigado”, agradeceu o prefeito Nininho Gois.

whatsapp-image-2017-02-22-at-07-59-11

Secretário de Educação Wagner Antônio da Silva | Foto: Ascom PMQ

Além do Prefeito, a mesa contou com a presença do vice-prefeito Romero Rocha Filho; do coordenador da APLB, Marcelo Cardoso, do Secretário de Educação Wagner Antônio Silva, do presidente da Câmara de vereadores, José Mário Nunes, e o pastor evangélico Vilson Amorim, que proferiu uma benção especial. O grupo de teatro do Distrito de Algodões fez uma bela encenação de trechos do espetáculo “Capitulina”. O secretário de Educação ressaltou a importância da realização do evento para a formação continuada de docente. Também participaram da cerimônia de abertura vários vereadores e secretários municipais.

Durante todo dia os profissionais da educação tiveram a oportunidade de conhecer a visão dos palestrantes convidados sobre os principais temas que norteiam o fazer pedagógico; as dificuldades no processo de ensino-aprendizagem em espaços formais e não formais de educação; o financiamento educacional, dentre outros temas. Os historiadores Leonir Floriani e Edigleide Souza e o economista Alessandro Fernandes conquistaram a atenção de todos/as.

whatsapp-image-2017-02-22-at-07-56-45

Economista Alessandro Fernandes | Foto: Ascom PMQ

A parte lúdica do Encontro Pedagógico ficou a cargo de Jailson e Banda tocando vários ritmos musicais. Nesta quarta-feira os trabalhos de planejamento pedagógico serão finalizados em cada unidade escolar.

A secretaria municipal de educação informa aos pais, responsáveis e toda a comunidade escolar que as aulas da rede municipal de ensino terão início dia 02 de março de 2017.

Ascom Prefeitura de Quijingue

Prefeitura de Santaluz antecipa pagamento dos salários dos servidores em virtude do carnaval

Share Button
dinheirosp4

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Santaluz antecipou para esta terça-feira (21) o pagamento integral do salário referente ao mês de fevereiro para todos os funcionários do município. Em nota, a Secretaria Municipal de Administração e Finanças informou que a folha já foi liberada e a previsão é de que o dinheiro esteja disponível para saque nos caixas eletrônicos até o fim do dia. “A antecipação foi determinada pela prefeita Quitéria Carneiro de Araújo para que os servidores municipais possam se planejar melhor para comemorar o Carnaval”, informou a pasta, lembrando que embora a Lei determine que o salário deva estar à disposição do trabalhador até o 5º dia útil do mês subsequente ao vencido, esta é a segunda vez consecutiva que a prefeita Quitéria realiza a antecipação do pagamento dos salários. “Em tempos de forte crise econômica, onde a maioria dos municípios brasileiros passa por dificuldades em relação à pontualidade de pagamento de seus funcionários, a Prefeitura de Santa Luz se destaca por continuar conseguindo honrar seus compromissos com os fornecedores e antecipando o pagamento dos servidores públicos”, destacou.

Notícias de Santaluz

Secretaria de Educação de Queimadas realiza encontro pedagógico e supera expectativas

Share Button
whatsapp-image-2017-02-21-at-21-45-44

Encontro pedagógico foi realizad nesta terça-feira em Queimadas | Foto: Ascom PMQ

Na manhã desta terça-feira (21), aconteceu o I Encontro Pedagógico relativo ao ano letivo 2017 da rede municipal de ensino de Queimadas. A cerimonia de abertura foi realizada no Lions Club e contou com a presença do Prefeito André Luiz Andrade, Presidente da Câmara dos Vereadores Paulino Ferreira, o ‘Paulo do Riacho’, Secretário Municipal de Educação Rogério Reis, o presidente da APLB Sindicato Israel Oliveira, presidentes dos conselhos do Fundeb e da Educação, coordenadores, gestores escolares, professores e as palestrantes Dra. Iris Verena, do Campus XIV da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), e professora Maria Adevanucia Neres Santos.

whatsapp-image-2017-02-21-at-21-45-441

Mesa foi composta pelo prefeito André Andrade e demais autoridades | Foto: Ascom PMQ

O evento teve como objetivo discutir o processo ensino-aprendizagem, a qualidade do ensino e as práticas pedagógicas, além de traçar ações inovadoras para o ano de 2017. O secretário de educação Rogério Reis abriu a solenidade dando as boas vindas a todos os colegas e falou que este é um ano de grandes desafios para educação de Queimadas.

“Meus queridos amigos professores e colegas, nós temos um grande desafio para este ano que aumentar os nossos índices na educação, sei que cada um tem o seu compromisso com a educação de Queimadas, mas é preciso maior empenho para possamos levar a nossa educação a patamares que a cidade merece”. E, por fim, anunciou a parceria firmada com Uneb, onde serão disponibilizadas vagas para cursos de mestrado.  “Nosso objetivo é investir na qualificação dos profissionais de educação como forma de valorizá-los ainda mais”, declarou o secretário.

whatsapp-image-2017-02-21-at-21-47-42

Prefeito André Andrade discursou durante abertura do evento | Foto: Ascom PMQ

O prefeito André Andrade saudou a todos com e disse que este ano as responsabilidades são maiores e desafiadoras. “Este ano os resultados precisam aparecer muito mais, porque a sociedade cobra isso da gente e é isso que a gente espera, o resultado de cada escola é o resultado dos professores que estão em sala de aula, porque tudo que acontece na educação é esforço de um conjunto de pessoas, que em 2017, a gente possa ter todas as condições de avançar e vamos trabalhar juntos para vencer todas as dificuldades”, afirmou.

whatsapp-image-2017-02-21-at-21-45-461

Evento reuniu coordenadores, gestores escolares e professores da rede pública municipal de ensino de Queimadas| Foto: Ascom PMQ

No período da tarde, o encontro pedagógico foi divido em dois locais, no Lions Club, gestores e as equipes de apoio participaram das palestras “Relações Interpessoais” e “Valorizando o Ser e o Saber Processo Educativo” com a palestrante prof.ª Maria da Conceição Marques Dourado. E no Colégio Estadual Santo Antônio das Queimadas (Cesaq) foram realizadas atividades nos eixos: Educação Infantil, Anos Iniciais e Anos Finais do Ensino.

whatsapp-image-2017-02-21-at-21-45-46

Foto: Ascom PMQ

No final da tarde o secretário de educação, Rogério Reis, avaliou o encontro como positivo e destaca as principais metas para os próximos meses. “Nós analisamos de uma forma bem positiva devido à quantidade de profissionais que compareceram. Na oportunidade, destacamos que o número de alunos do município vem diminuindo a cada ano. Um dos nossos grandes desafios à frente da Secretaria de Educação é, junto com os professores, resgatar esses alunos para a sala de aula e aumento das matrículas. Outro desafio que foi colocado para os professores é melhorar a qualidade do ensino, e, consequentemente, melhorar o índice que mede o ensino aprendizagem no município”, explica a secretário.

Por Professor Sérgio de Mainar – Notícias de Santaluz



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia