WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque1’

Papa ‘xinga’ vendedores de ingressos para missas no Vaticano

Share Button

ANSA

Pope Francis shows a ticket of free entry during his general audience, at the Vatican, on January 11, 2017 in Vatican city. / AFP / ANDREAS SOLARO

Foto: AFP / ANDREAS SOLARO

O papa Francisco chamou de “aproveitadoras e delinquentes” as pessoas que vendem ingressos para as missas no Vaticano, que são gratuitas. “Preciso dizer algo que não queria, mas tenho que dizer. Para entrar nas audiências gerais, existem entradas em um, dois, três, quatro, cinco, seis idiomas que explicam ‘que a entrada é totalmente gratuita”. Não tem que pagar para entrar na Sala Paulo VI nem na Praça São Pedro. É uma visita gratuita”, desabafou o líder católico. A crítica foi feita diante de um público de seis mil pessoas nesta quarta-feira (11), justamente durante a semanal audiência geral, que, no inverno europeu, ocorre dentro da Sala Paulo VI, no Vaticano. Quando as temperaturas estão mais amenas, a audiência acontece ao ar livre, na Praça São Pedro. “Eu soube que existem uns aproveitadores que fazem as pessoas pagarem as entradas. Fiquem atentos, aqui se visita sem pagar, porque esta é a casa de todos. Quem exige pagamento, comete um crime, esse homem ou essa mulher é delinquente, isso não se faz, entenderam?”, criticou Francisco. Atualmente, sites em vários idiomas oferecem serviços de venda de ingressos para as audiências com o Papa a preços que chegam a US$ 45.

Santaluz: após 7 meses, amigos e familiares dão o último adeus ao segundo professor achado em carro incendiado

Share Button
img_0065

Corpo foi enterrado na tarde desta quarta-feira (11), sete meses após o professor ter sido encontrado morto | Foto: Notícias de Santaluz

O corpo do professor Jeovan Bandeira de Lima foi enterrado no fim da tarde desta quarta-feira (11) no cemitério do distrito de Pereira, distante 63 quilômetros de Santaluz. No início da manhã, os restos mortais do docente foram retirados por parentes no Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana, onde permaneceram por quase sete meses aguardando identificação, que só foi possível através de exame de DNA.

jeovan

Antes de velório no distrito de Pereira, corpo de Jeovan passou por Santaluz, onde foram prestadas homenagens ao professor | Foto: Notícias de Santaluz

O velório, que teve início por volta das 15h30, foi encerrado pouco antes das 17h, quando familiares, professores, alunos, amigos e autoridades deram o último adeus ao professor que é a segunda vítima do crime ocorrido no dia 10 de junho do ano passado, quando dois corpos foram encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro incendiado às margens da BA-120, em Santaluz. Outro professor, Edivaldo Silva de Oliveira, de 32 anos, conhecido como ‘Nino’, também foi achado carbonizado dentro do mesmo veículo, mas foi identificado e enterrado logo em seguida.

img_0057

Homenagem feita a Jeovan por colegas e alunos do Centro Educacional Nilton Oliveira Santos | Foto: Notícias de Santaluz

Antes do velório no distrito de Pereira, onde a família do professor reside, houve uma homenagem de familiares, amigos, alunos e ex-colegas no pátio do Colégio Estadual Nilton Oliveira Santos, na sede do município, onde Jeovan trabalhava. A sala dos professores da instituição ganhou o nome do educador e passou a se chamar ‘Sala Jeovan Bandeira’. Uma placa com a foto do professor e uma frase atribuída a ele foi colocada no local.

O crime
Dois corpos foram encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro incendiado às margens da BA-120, no município de Santaluz, no dia 10 de junho do ano passado. O veículo estava capotado na rodovia que dá acesso ao município de Queimadas. Segundo a PM, guarnições da corporação e da Guarda Municipal foram acionadas após receberem a informação de que um acidente teria ocorrido e, quando chegaram ao local, constataram que havia dois corpos carbonizados no porta-malas.

dsc_0270-recuperado

Professores foram encontrados carbonizados dentro de porta-malas de carro em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

Na ocasião, o corpo do também professor Edivaldo Silva de Oliveira, 32 anos, conhecido como Nino, foi identificado por meio de prontuário odontológico, no DPT de Feira de Santana, e liberado para ser enterrado pela família. Já o outro corpo, que a família acreditava desde o início ser do professor Jeovan Bandeira, seguiu sem identificação até a última segunda-feira (9), um dia antes de o crime completar sete meses.

No dia 8 de dezembro do ano passado, quando a morte dos professores estava prestes a completar seis meses, a Polícia Militar prendeu uma jovem identificada como Gleice da Costa Anjos, de 19 anos, e apreendeu um adolescente de 17, após ambos confessarem envolvimento no crime. Em depoimento à polícia, a dupla informou o envolvimento de uma terceira pessoa no crime: Alan Militão Pires, 19 anos, que foi morto dois dias antes na cidade de Valente, após deixar a delegacia local, onde estava preso por tráfico de drogas.

b4860bb3-69fd-4b7e-a0f6-5eebdf14f053-945-000001b6597c1af8_tmp

População se aglomerou em frente à delegacia após jovem ser presa e adolescente apreendido por participação na morte dos professores | Foto: Notícias de Santaluz

Gleice teve prisão preventiva decretada pela Justiça e foi levada para o Conjunto Penal de Feira de Santana, onde permanece presa. Já o adolescente, foi encaminhado para um Centro de Internação para Menores Infratores, na mesma cidade, e também permanece no local.

Notícias de Santaluz

Familiares e amigos fazem homenagem ao professor Jeovan em Santaluz e corpo segue para velório no Pereira

Share Button
jeovan2

Professor foi homenageado em cerimônia realizada no Centro Educacional Nilton Oliveira Santos, onde lecionava | Foto: Notícias de Santaluz

Vestindo camisetas brancas e em clima de muita tristeza e comoção, familiares e amigos do professor Jeovan Bandeira de Lima, encontrado carbonizado dentro do porta-malas de um carro em Santaluz, se despediram do docente com homenagens no fim da manhã desta quarta-feira (11). O corpo do professor saiu do departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana no início da manhã e chegou por volta das 12h15 ao Centro Educacional Nilton Oliveira Santos, onde ocorreu uma rápida cerimônia.

jeovan1

Sala dos professores do Centro Educacional Nilton Oliveira Santos ganhou o nome de Jeovan Bandeira, em homenagem ao docente | Foto: Notícias de Santaluz

Em seguida, os funcionários e a direção do Cenos inauguraram uma placa em homenagem ao docente. A sala dos professores ganhou o nome de Jeovan Bandeira, em homenagem póstuma ao professor que lecionava na instituição. Na placa, além da foto de Jeovan, foi colocada uma frase de autoria do educador: “Nunca permita que alguém corte suas asas, estreite seus horizontes e tire as estrelas do teu céu. Nunca deixe seus medos serem maiores que a tua vontade de voar. O valor da vida está nos sonhos que lutamos para conquistar”.

jeovan3

Após homenagem em Santaluz, corpo do professor seguiu para o distrito de Pereira, onde será velado e sepultado | Foto: Notícias de Santaluz

“É uma homenagem bastante justa. Jeovan foi um ser humano incrível, inteligente, alegre, um verdadeiro exemplo para todos que conviveram ao seu lado. Sentiremos muito a falta dele”, disse comovida a professora Maria Amélia.

O corpo do professor foi levado no começo da tarde para o distrito de Pereira, onde será velado e sepultado. O enterro está previsto para acontecer por volta das 17h.

O crime
Dois corpos foram encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro incendiado às margens da BA-120, no município de Santaluz, localizado na região nordeste da Bahia, no dia 10 de junho do ano passado. O veículo estava capotado na rodovia que dá acesso ao município de Queimadas. Segundo a PM, guarnições da corporação e da Guarda Municipal foram acionadas após receberem a informação de que um acidente teria ocorrido e, quando chegaram ao local, constataram que havia dois corpos carbonizados no porta-malas.

dsc_0270-recuperado

Professores foram encontrados carbonizados dentro de porta-malas de carro em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

Na ocasião, o corpo do também professor Edivaldo Silva de Oliveira, 32 anos, conhecido como Nino, foi identificado por meio de prontuário odontológico, no DPT de Feira de Santana, e liberado para ser enterrado pela família. Já o outro corpo, que a família acreditava desde o início ser do professor Jeovan Bandeira, seguiu sem identificação até a última segunda-feira (9), um dia antes de o crime completar sete meses.

No dia 8 de dezembro do ano passado, quando a morte dos professores estava prestes a completar seis meses, a Polícia Militar prendeu uma jovem identificada como Gleice da Costa Anjos, de 19 anos, e apreendeu um adolescente de 17, após ambos confessarem envolvimento no crime. Em depoimento à polícia, a dupla informou o envolvimento de uma terceira pessoa no crime: Alan Militão Pires, 19 anos, que foi morto dois dias antes na cidade de Valente, após deixar a delegacia local, onde estava preso por tráfico de drogas.

Notícias de Santaluz

Santaluz: caminhonete carregada com palma fica destruída após pegar fogo

Share Button
img_0039

Incêndio teria sido causado por vazamento de gás | Foto: Notícias de Santaluz

Uma caminhonete D10 carregada com palma pegou fogo na Rua Rosendo Lopes, em Santaluz, na manhã desta quarta-feira (11). A cabine do veículo e parte da carroceria ficaram destruídas, mas ninguém se feriu. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e quando chegou ao local o dono do veículo junto com alguns populares já tinham conseguido apagar o fogo.

img_0045

A cabine do veículo e parte da carroceria ficaram destruídas, mas ninguém se feriu | Foto: Notícias de Santaluz

O dono do carro, que não quis ser identificado, contou que seguia com outro homem para uma fazenda no povoado de Anjos quando aconteceu o incêndio, que segundo ele foi causado por um vazamento de gás. “O fogo começou muito rápido. Só deu tempo de parar o carro e a gente descer. Não consegui nem tirar algumas roupas e pertences, inclusive documentos. Perdi tudo o que tinha dentro da cabine”, lamentou. Segundo ele, a carga será transferida para outro veículo e a caminhonete será guinchada para outro local.

Notícias de Santaluz

Criminosos explodem casa durante a madrugada em Valente

Share Button
casa-explodida-valente

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz/ Via WhatsApp

Um grupo de criminosos explodiu uma casa situada no bairro Petrolina, em Valente, na madrugada desta quarta-feira (11). Segundo testemunhas, os suspeitos chegaram ao local por volta da 1h e teriam feito disparos de arma de fogo antes de explodir o imóvel, que ficou destruído. O telhado e parte das paredes desabaram. Com a explosão, que teria sido causada por dinamite, a residência chegou a pegar fogo. A Polícia Militar não soube informar quantas pessoas estavam no interior da residência no momento em que ocorreu o crime, mas segundo testemunhas havia um casal e a filha deles, de três anos. Ninguém ficou ferido. De acordo com informações da Polícia Militar, um mercadinho que fica ao lado da casa também foi atingido pela explosão, mas não houve danos à estrutura do imóvel. Após a ação, os criminosos fugiram e, até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido localizado. Motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas, segundo a PM. Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica foi acionada para fazer perícia no local, que continua isolado. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil da cidade.

Notícias de Santaluz

Prefeitura de Santaluz tem conta do FPM ‘zerada’ por causa de dívida com o INSS

Share Button
prefeiturasantaluz

Foto: Notícias de Santaluz

A Previdência ‘sequestrou’, nesta terça-feira (10), mais de meio milhão de reais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de Santaluz, referente à dívida que o município tem com o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). Os R$ 512.802,44 ‘sequestrados’ nesta terça-feira, a retenção do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) [R$ 8.012,52] e as deduções dos valores destinados a Saúde [R$ 120.188,05] e ao financiamento da Educação (Fundeb) [R$ 160.250,74], se somados, chegam a R$ 801.253,75, deixando ‘zerada’ a conta do FPM da prefeitura, que recebeu nesta terça-feira o mesmo valor descontado. Somente em 2016, a União reteve pelo menos em doze oportunidades a receita do FPM de Santaluz, ou parte dela.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a prefeita Quitéria de Júnior explicou que as dívidas com o INSS são da gestão anterior e disse que lamenta a situação.

“Os valores que seriam repassados à Prefeitura de Santaluz, nesta terça-feira, dia 10 de janeiro, por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) foram bloqueados por causa de dívidas da gestão anterior com o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).

A retenção por parte da União da quantia de R$ 512.802,44 (quinhentos e doze mil e oitocentos e dois reais e quarenta e quatro centavos), somada às retenções e deduções constitucionais no valor de R$ 288.451,31 (duzentos e oitenta e oito mil e quatrocentos e cinquenta e um reais e trinta e um centavos), deixou zerada a conta do FPM, que recebeu R$ 801.253,75 (oitocentos e um mil e duzentos e cinquenta e três reais e setenta e cinco centavos), ou seja, o mesmo valor que foi retido e/ou deduzido.

Situações como essa, sobretudo no início de uma gestão, acabam gerando queda na receita e dificultando o cumprimento dos deveres e o bom andamento da administração municipal. Por isso tivemos que iniciar a gestão fazendo uma contenção de despesas para manter o equilíbrio. Entretanto, apesar do momento complicado que vivenciamos por causa da crise econômica que o país atravessa, essa é uma situação “momentânea” e temos trabalhado incessantemente desde o primeiro dia do nosso mandato adotando medidas para superá-la”.

Notícias de Santaluz

Santaluz: jovem é preso com 26 dolões de maconha no bairro Mãe Rufina

Share Button
buzinha1

Foto: Notícias de Santaluz

Eduardo de Oliveira Nery Junior, 19 anos, conhecido como ‘Buzinho’, foi preso por tráfico de drogas nesta terça-feira (10) em Santaluz, no bairro Mãe Rufina. De acordo com informações da Polícia Militar, uma guarnição da 5ª Companhia do Décimo Sexto Batalhão fazia patrulhamento de rotina pela localidade e viu o acusado em atitude suspeita. Com ele, segundo a PM, foram localizados três dolões de maconha. Durante a abordagem, o acusado confessou que estava vendendo a droga e mostrou onde guardava mais entorpecentes, dentro da casa onde mora, no mesmo bairro, conforme informou a PM. No local, os policiais encontraram mais 23 dolões de maconha. Eduardo foi encaminhado à delegacia da cidade juntamente com a droga e R$ 42 que também foram apreendidos.

Notícias de Santaluz

Camisa ensanguentada de Valdemiro Santiago é usada para ‘curar’ fiéis

Share Button
brasil-sp-religiao-valdemiro-santiago

Valdemiro Santiago recebe alta do hospital e repousa em casa, após ser esfaqueado em um culto | Facebook/Reprodução

A camisa ensaguentada que o pastor Valdemiro Santiago usava quando foi esfaqueado no pescoço já foi usada para “curar” fieis. Em seu canal de televisão, o líder da Igreja Mundial do Poder de Deus anunciou que quando uma fiel tocou no manto que estava em contato com a camisa, ela “aplumou”. “Foi curada. O demônio fez o serviço dele, mas acabou dando o contrário. No acerto de contas com o diabo, foi assim: ‘E aí, como é que foi com o Valdemiro? O saldo foi negativo, porque teve até gente que saiu curada'”, disse o pastor, de acordo com o site da revista Veja. “A unção está na nossa roupa, no nosso copo, no nosso relógio, na nossa aliança, no nosso chapéu, no nosso sangue”, explica Santiago, fazendo a ressalva de que o poder vem de Deus e não dele. No domingo (8), o pastor distribuía bênçãos aos fieis na “imposição de mãos” quando o ajudante-geral Jonathan Gomes Higino aproximou-se dele e o golpeou com um facão no pescoço. Jonathan foi detido em flagrante e teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. O pastor foi levado ao Hospital Sírio Libanês, onde levou 25 pontos, e recebeu alta.

Santaluz: após 7 meses, corpo de segundo professor encontrado carbonizado em porta-malas de carro é liberado pelo IML

Share Button
jeovanbandeira

Corpo de professor foi identificado e liberado sete meses após o crime | Foto: Arquivo Pessoal

O corpo do professor Jeovan Bandeira, 39 anos, que estava desaparecido desde o dia 10 de junho do ano passado, quando dois corpos foram encontrados carbonizados no porta-malas de um carro às margens da BA-120, em Santaluz, foi identificado e liberado nesta segunda-feira (9), pelo Instituto Médico Legal (IML) de Feira de Santana. A família esperava há sete meses pelo resultado de um exame de DNA.

De acordo com Fábio Bandeira, irmão de Jeovan, a urna funerária com os restos mortais do professor será retirada do IML na manhã desta quarta-feira (11) e levada para a casa da mãe do docente, no distrito de Pereira, onde a família planeja realizar o velório. Segundo Fábio, o enterro ocorrerá no mesmo dia, no cemitério local. “A sensação é de alívio. Mesmo após tanto tempo, conseguiremos fechar este ciclo de maneira digna”, desabafou o jovem.

8e999de6-9994-4638-b2d7-666d0cb292e5

Familiares de Jeovan durante ato em homenagem ao professor realizado no distrito de Pereira | Foto: Jonathas Ferreira/ Notícias de Santaluz

Fábio conta que ainda há a possibilidade de o corpo de Jeovan passar por Santaluz, onde deverá ser realizada uma rápida homenagem ao professor. “Era o desejo de todos que conviveram com ele, amigos, professores, colegas de trabalho, alunos. Chegaremos na quarta-feira bem cedo, em Feira de Santana, para buscar o corpo, e faremos o possível para que esta homenagem em Santaluz seja prestada a ele antes de seguirmos para o Pereira, onde faremos um rápido velório e o sepultamento”, revela.

O Crime
Dois corpos foram encontrados carbonizados dentro do porta-malas de um carro incendiado às margens da BA-120, em Santaluz, no dia 10 de junho. O veículo estava capotado na estrada que dá acesso ao município vizinho de Queimadas. Segundo a PM, guarnições da corporação e da Guarda Municipal foram acionadas após receberem a informação de que um acidente teria ocorrido e, quando chegaram ao local, na noite do dia 10 de junho, constataram que os corpos estavam no porta-malas.

dsc_0270-recuperado

Professores foram encontrados carbonizados dentro de porta-malas de carro em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

Na ocasião, o corpo do também professor Edivaldo Silva de Oliveira, 32 anos, conhecido como Nino, foi identificado por meio de prontuário odontológico, no DPT de Feira de Santana, e liberado para ser enterrado pela família. Já o outro corpo, que a família acreditava desde o início ser do professor Jeovan Bandeira, seguiu sem identificação até esta segunda-feira, um dia antes de o crime completar sete meses.

Jovem é presa e adolescente apreendido por participação no crime
Na manhã do dia 8 de dezembro do ano passado, quando a morte dos professores estava prestes a completar seis meses, a Polícia Militar prendeu uma jovem identificada como Gleice da Costa Anjos, de 19 anos, e apreendeu um adolescente de 17, após ambos confessarem envolvimento no crime.

img_6082

Jovem foi presa e adolescente apreendido após confessarem participação no crime | Foto: Notícias de Santaluz

Conforme a PM, a dupla apontou como mentor do crime o jovem identificado como Alan Militão Pires, morto dois dias antes na cidade de Valente, após deixar a delegacia local (lembrar), onde estava preso por tráfico de drogas. Segundo eles, os professores foram mortos após uma tentativa de sequestro mal sucedida. A jovem teve prisão preventiva decretada enquanto o menor foi internado em uma unidade de acolhimento.

Notícias de Santaluz

Santaluz: dois homens são mortos a tiros quase ao mesmo tempo em locais diferentes

Share Button
netinho

Primeira vítima foi morta enquanto jogava baralho em uma travessa na Rua Rosendo Lopes | Foto: Notícias de Santaluz

Dois homens foram assassinados com tiros de arma de fogo em locais diferentes em Santaluz, no fim da manhã desta segunda-feira (9). Os crimes ocorreram quase que simultaneamente. De acordo com relatos de testemunhas, o primeiro caso ocorreu por volta das 11h40, em uma travessa da Rua Rosendo Lopes, próximo a Embasa. Ainda de acordo com testemunhas, Emerson Felipe da Silva, 20 anos, conhecido como ‘Netinho Paulista’, estava jogando baralho com outras pessoas quando foi surpreendido por quatros suspeitos encapuzados que chegaram em duas motocicletas e efetuaram pelo menos seis disparos contra a vítima, que morreu na hora, e depois fugiram.

chapolin

Segunda vítima foi assassinada dentro de casa no bairro Mãe Rufina | Foto: Notícias de Santaluz

O segundo assassinato ocorreu na Rua Alto da Bela Vista, no bairro Mãe Rufina, minutos depois. Segundo testemunhas, criminosos armados e encapuzados chegaram a bordo de um carro e invadiram uma residência. Gleidson da Silva Machado, 23 anos, conhecido como ‘Chapolin’, foi executado a tiros de arma de fogo dentro do quarto onde estava dormindo. Os criminosos fugiram em seguida sem serem identificados. Os avós da vítima presenciaram o crime.

Até a publicação desta reportagem não havia informações sobre motivação ou sobre os autores do crime. A Polícia Militar realiza rondas pela região à procura dos suspeitos, mas ninguém foi preso até por volta das 12h40. Os casos deverão ser investigados pela Polícia Civil.

Notícias de Santaluz



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia