WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio






Laboratório Checap

drogaria_santana

:: ‘Destaque2’

Presidente do Equador diz que mulher só reclama de assédio de homem feio

Share Button

Por France Presse

Lenín Moreno, presidente do Equador | Foto: Jason DeCrow/Arquivo/AP Photo

Lenín Moreno, presidente do Equador | Foto: Jason DeCrow/Arquivo/AP Photo

O presidente do Equador, Lenín Moreno, fez declarações machistas durante um encontro com investidores na sexta-feira (31) e depois foi às redes sociais para pedir desculpas. “Os homens são constantemente sujeitos a acusações de assédio. Vejo que as mulheres frequentemente denunciam assédio, é verdade, é bom que o façam, mas às vezes vejo que estão com raiva dessas pessoas feias”, disse o presidente durante uma reunião com investidores na cidade de Guayaquil. “Isso quer dizer que o assédio é quando se trata de uma pessoa feia, mas se a pessoa é bem apresentada de acordo com os padrões, ela geralmente não pensa necessariamente que é um assédio. Já no caso da minha idade, não seria assédio, seria ocaso sexual”, acrescentou. Em seu pedido de desculpas em uma rede social, ele negou que pretendesse minimizar a violência contra a mulher ou denúncias de abusos. “No meu comentário sobre assédio, [eu] não pretendia minimizar um assunto tão sério como violência ou abuso. Peço desculpas se foi entendido dessa maneira. Rejeito a violência contra as mulheres em todas as suas formas!”, disse o presidente na noite da própria sexta-feira. Moreno enfrenta uma onda de críticas nas redes sociais por causa das declarações.

Bomba de posto de gasolina explode e incendeia carros e uma loja de conveniência

Share Button
Um dos carros incendiados e atingidos após a explosão da bomba de gasolina | Foto: Fabiano Rocha / O Globo

Um dos carros incendiados e atingidos após a explosão da bomba de gasolina | Foto: Fabiano Rocha/O Globo

Uma bomba de abastecimento de gás natural veicular (GNV) explodiu em um posto de gasolina, na manhã desta sexta-feira (31), em Irajá, zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com o Extra, os bombeiros foram acionados por volta das 9h32min para conter as chamas no local, após dois carros ficarem incendiados assim como uma loja de conveniência. O fogo foi extinto e o trabalho foi finalizado às 12h08min. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma pessoa recebeu atendimento no local, possivelmente por ter inalado fumaça ou pelo choque. Os agentes fizeram uma vistoria no local e nenhuma vítima veio a óbito. A Defesa Civil vai fazer uma perícia estrutural do posto para determinar as causas do incidente.

Mulher tem casamento adiado após perder vestido de noiva e documentos em assalto na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Foto: Pixabay/Ilustração

Foto: Pixabay/Ilustração

Uma moradora de Itabuna, no sul da Bahia, teve o casamento adiado, depois que ela foi assaltada e teve o vestido de noiva e documentos levados pelo bandido. Segundo informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 20h30 da última sexta-feira (24). De acordo com familiares da vítima, que não quis ter a identidade revelada, a cerimônia de casamento aconteceria na primeira semana de fevereiro, mas teve que ser adiada. O crime ocorreu na rua Travessa dos Vianas. Durante a abordagem, o suspeito levou da vítima uma sacola, onde estavam o vestido de noiva e uma bolsa com cartão, documentos e celular. Ainda segundo a PM, o criminoso fugiu em seguida, no sentido ao bairro da Califórnia. A família disse que a vítima não reagiu ao assalto e também não ficou ferida, mas está traumatizada. O caso é investigado na delegacia da cidade.

Rodrigo Maia diz que ‘Ministro da Educação atrapalha o Brasil’ e é um ‘desastre’

Share Button

Por G1 SP e GloboNews

Foto: J. Batista/ Câmara dos Deputados

Foto: J. Batista/ Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), voltou a criticar nesta quinta-feira (30) o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmando que o ministro “atrapalha o Brasil”. “O ministro da Educação atrapalha o Brasil, atrapalha o futuro das nossas crianças, está comprometendo o futuro de muitas gerações. Cada ano que se perde com a ineficiência, com um discurso ideológico de péssima qualidade na administração, acaba prejudicando os anos seguintes. Mas quem demite e quem nomeia ministro é o presidente”, afirmou Maia após participar de um evento sobre economia e as reformas necessárias ao país em São Paulo. As críticas de Maia ocorrem após problemas na divulgação de resultados das provas do Enem e no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). “Ele é um desastre, acho que atrapalha o futuro de milhões de crianças. A situação é grave. Mas se vai demitir ou não, eu não tenho preocupação com isso. Este não é o meu papel. Perguntaram minha opinião e eu falei”, disse o presidente da Câmara. Maia já havia criticado Weintraub e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na quarta-feira (29), após deixar um evento com economistas, investidores e representantes do poder público, também em São Paulo.

Suzane Richtofen é aprovada em 8º no Sisu para curso de gestão de turismo

Share Button
Foto: Marcelo Goncalves/Sigmapress/Estadão

Foto: Marcelo Goncalves/Sigmapress/Estadão

Suzane Von Richtofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos próprios pais, foi aprovada no curso de Gestão de Turismo no Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Educação de São Paulo (IFSP) por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ela aparece em oitavo lugar na lista divulgada esta semana, de acordo com informações do jornal O Globo. O campus escolhido por Suzane é o de Campos do Jordão, a 40 quilômetros do presídio de Tremembé, onde ela cumpre a pena. Em regime semiaberto há cinco anos, Suzane concorreu para uma vaga no curso noturno. Sua pontuação média no Enem 2019 foi de 608.42 pontos. A nota é 24 pontos menor do que a da primeira colocada. Em 2016, Suzane chegou a receber autorização da Justiça para fazer curso superior de Administração na Universidade Anhanguera de Taubaté, no interior paulista. Ela iria pagar a faculdade com sua própria renda, advinda do trabalho na penitenciária. No entanto, ela não deu continuidade ao curso. De acordo com a legislação brasileira, presos em regime semiaberto podem deixar a prisão para estudar, desde que voltem para a cadeia após os horários de aulas. O mesmo pode ser feito em relação a trabalhos.

Cratera ‘engole’ 4 veículos em rodovia, e mulher desaparece

Share Button

Por G1 Zona da Mata e Integração Notícia

Foto: Rodrigo Neves/G1

Foto: Rodrigo Neves/G1

Uma mulher, de 36 anos, desapareceu e outras seis pessoas ficaram feridas depois que uma cratera se abriu na madrugada desta quarta-feira (29) na MG-133, próximo ao município de Tabuleiro. O asfalto que cedeu engoliu um caminhão, uma carreta e dois veículos de passeio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a pista abriu cerca de 15 metros em virtude de um alagamento na via. A hipótese trabalhada pelos bombeiros é que um açude próximo ao local tenha se rompido e inundado a via. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o acidente ocorreu por volta de 2h da manhã. No caminhão estavam três pessoas do sexo masculino; na carreta estava o condutor; no primeiro carro havia somente o motorista; e no último veículo estava a mulher e o marido. Todos caíram na cratera. Mas uma mulher foi arrastada pela correnteza e desapareceu. Viaturas da polícia e dos bombeiros foram para o local para fazer buscas pela vítima. O Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora foi acionado e levou os seis indivíduos do sexo masculino com ferimentos para hospitais em Ubá, Rio Pomba e Juiz de Fora.

Governo anuncia demissão do presidente do INSS

Share Button

Por O Estado de S.Paulo

Foto: Márcia Foletto

Foto: Márcia Foletto

O secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, anunciou nesta terça-feira, 28, a demissão do presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), Renato Vieira. Segundo o governo, a saída acontece a pedido do próprio Vieira. Ele será substituído pelo atual secretário de Previdência, Leonardo Rolim. Marinho também anunciou uma nova estratégia para tentar reduzir a fila de espera por benefícios do INSS com a edição de uma Medida Provisória em até uma semana para permitir a contratação de servidores aposentados. Marinho disse hoje que o pedido de demissão do presidente do INSS, Renato Vieira, se deu por “razões particulares”. “Não faltou da nossa parte apoio para que ele continuasse em sua atividade. A decisão está tomada, precisamos respeitar”, afirmou o secretário. Vieira assumiu o INSS em janeiro do ano passado, logo no início da gestão Jair Bolsonaro.

Bolsonaro diz que vai tirar de cargo secretário-executivo da Casa Civil que viajou à Índia em voo da FAB

Share Button

Por G1

O presidente Jair Bolsonar cumprimenta o ministro-chefe da Casa Civil em exercício, Vicente Santini, ao chegar na Índia | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonar cumprimenta o ministro-chefe da Casa Civil em exercício, Vicente Santini, ao chegar na Índia | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta terça-feira (28) que decidiu tirar Vicente Santini do cargo de secretário-executivo da Casa Civil. Número dois da pasta, ele viajou à Índia em uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), o que irritou o presidente. Santini utilizou o voo da FAB na condição de ministro em exercício, já que o titular Onyx Lorenzoni está em férias. Bolsonaro ficou irritado, pois Santini poderia ter viajado em voo comercial, como outros ministros fizeram. “Questão do avião da Força Aérea. Inadmissível o que aconteceu. Já está destituído da função de [secretário] executivo do Onyx. Decidido por mim. Tá, vou conversar com o Onyx, ver quais outras medidas podem ser tomadas contra ele. É inadmissível o que aconteceu. Ponto final”, disse Bolsonaro. Antes de ir para Índia, Santini foi a Davos, na Suíça, para participar do Fórum Econômico Mundial. Na sequência, ele seguiu para Nova Déli, onde se integrou à comitiva presidencial. Bolsonaro ficou contrariado com o custo da viagem e perguntou por que Santini não viajou em avião comercial, como fizeram os ministros Bento Albuquerque (Minas e Energia), e Tereza Cristina (Agricultura). “O que ele fez não é ilegal, mas é completamente imoral. Ministros antigos foram de avião comercial, classe econômica”, afirmou o presidente.

Cobrador de ônibus é agredido após reclamar com passageiro que pulou catraca do coletivo na Bahia

Share Button
Foto: Reprodução/BMD

Foto: Reprodução/BMD

O cobrador de um ônibus foi agredido no domingo (26), após reclamar com um passageiro que pulou a catraca do coletivo, na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia. O caso aconteceu por volta de 12h30, no veículo que faz a linha Teotônio Vilela – Nossa Senhora da Vitória, na Avenida Itabuna, próximo ao posto Dom Eduardo. Segundo informações do G1 e TV Bahia, um vídeo mostra a vítima sendo atacada com socos pelo agressor, que tentou fugir mas foi impedido por outro homem. O cobrador chegou a tentar agredir o suspeito mas caiu no chão e, aparentemente, foi atacado com mais socos do agressor. O suspeito fugiu em seguida. A vítima foi encaminhada para o Hospital Costa do Cacau, onde foi atendida e, posteriormente, liberada. Por meio de nota, a Viametro Transportes informou que a empresa prestou toda assistência ao cobrador. Uma ocorrência vai ser registrada e a vítima fará exame de corpo de delito. Não há informações se o suspeito já foi encontrado.

Policiais civis e penais da Bahia param atividades por 48 horas, diz sindicato

Share Button

Por G1 BA

Policiais civis e penais durante assembleia que definiu pela paralisação nesta segunda-feira (27) | Foto: Divulgação/Sinspeb

Policiais civis e penais durante assembleia que definiu pela paralisação nesta segunda-feira (27) | Foto: Divulgação/Sinspeb

Policiais civis e penais [que atuam em penitenciárias] fazem uma paralisação de 48 horas a partir desta segunda feira (27), conforme informou Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb). A decisão da paralisação ocorreu após assembleia unificada dos policiais civis e penais baianos, na última terça-feira (21), no auditório do Sindicato Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud), no bairro de Nazaré, em Salvador. A categoria protesta contra PEC 159/2020, que modifica as regras da Previdência Social da Bahia e pede ainda que seja garantido 100% da pensão por morte. De acordo com a presidência do Sinspeb, o policial civil e o penal que estão no fim da carreira recebem um salário em torno de R$ 6 mil a R$ 7 mil. Se for aplicada a média que contém na PEC, o salário será reduzido para cerca de R$ 4,5 mil do servidor que está no fim da carreira. Não há detalhes dos serviços que foram afetados nas delegacias por causa da paralisação. Já nas unidades prisionais da Bahia, o sindicato informou que com a paralisação de 48 horas, apenas 30% dos policiais penais estão em atividades. Com esse efetivo estabelecido pela Lei de Greve, os detentos só terão acesso às necessidades básicas. Já as visitas dos familiares, assistência educacional, jurídica, laboral e religiosa serão suspensas.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia