WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


:: ‘Destaque2’

Presidente da Portela e candidato a vereador é morto a tiros no Rio de Janeiro

Share Button
imagem_noticia_5

Foto: Reprodução / Facebook

O presidente da escola de samba Portela, Marcos Falcon, de 52 anos, foi morto a tiros durante a tarde desta segunda-feira (26) no Rio de Janeiro. Ele também era subtenente da Polícia Militar e candidato a vereador na cidade pelo PP. Segundo informações do jornal Extra, o assassinato aconteceu perto do seu comitê de campanha. Quatro homens encapuzados e armados com fuzis invadiram o local e deram início aos disparos. Hoje, o candidato a vereador teria um encontro com o prefeito Eduardo Paes. Em março deste ano, o jornal O Dia divulgou informações apontando que uma delegacia investigava um plano para assassinar Falcon.

Caminhão carregado de leite de coco tomba na ‘curva da morte’ na BR-242

Share Button

Do G1 BA

samu3

Carga ficou espalhada após veículo tombar na BR-242 | Foto: Blog do Sigi Vilares

Um caminhão carregado de leite de coco e coco ralado tombou na altura do km-778 da BR-242, em Barreiras, município da região oeste da Bahia. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu domingo (25), depois que o motorista perdeu o controle do veículo em uma localidade conhecida como “curva da morte”. O homem sofreu apenas ferimentos leves. Ainda de acordo com a PRF, uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e prestou os primeiros socorros à vítima, que foi encaminhada para o Hospital do Oeste. Não existem informações sobre o estado de saúde da vítima nesta segunda-feira (26). Apesar do veículo ter saído da pista, uma faixa precisou ser interditada e deixou o trânsito lento na região. Na manhã desta segunda, o veículo já havia sito removido e a situação não afetava mais o fluxo de veículos do local. A carga não foi saqueada. 

Mulher é assassinada a tiros em bar e suspeito é espancado em Feira de Santana

Share Button
imagem_noticia_5-3

Foto: Aldo Matos / Acorda Cidade

Uma mulher foi morta a tiros na tarde deste domingo (25) na Praça da Paquera, bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana. De acordo com informações do site Acorda Cidade, a vítima foi identificada como Vera Lúcia da Silva Alves, de 56 anos. O crime aconteceu por volta das 15h e a mulher vivia no bairro Feira VII. Segundo relatos de testemunhas, três homens estavam debaixo de um toldo em frente ao bar onde a vítima estava, quando um deles sacou uma arma e efetuou um disparo, que atingiu a cabeça da vítima. O levantamento cadavérico foi feito por peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT).  Capturado por pessoas que presenciaram o crime, um dos suspeitos foi espancado e entregue à polícia. Ele foi encaminhado para uma policlínica no bairro Feira X. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

Após conquistar três medalhas olímpicas, Isaquias Queiroz ganha ouro no Brasileiro

Share Button
isaquias_queiroz

Maico Santos, Isaquias Queiroz e Lucas Santos no pódio | Foto: Fernando Gallo/Divulgação

O baiano Isaquias Queiroz segue conquistando medalhas na canoagem de velocidade. Após fazer história nos Jogos Olímpicos ao se tornar o primeiro brasileiro a subir três vezes no pódio em uma única edição olímpica, Isaquias conquistou nesta sexta-feira (23) o ouro na categoria C1 1000m do Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade, disputado no Parque Iguaçu, em Curitiba. Após avançar em primeiro na fase classificatória no dia anterior, Isaquias terminou a decisão com o tempo de 4min19s920, 01s704 à frente de Maico Santos, que ficou com a prata. Lucas Santos completou o pódio. Na Rio-2016, o baiano de Ubaitaba foi medalha de prata nesta categoria. O também baiano e ex-parceiro de Isaquias, Erlon de Souza, também foi campeão nesta sexta. Após encerrar a dupla com o conterrâneo, Erlon levou o oruro ao lado de Ronilson de Oliveira, na prova C2 1000m com o tempo de 3min58s948. Isaquias e Erlon voltam a competir no sábado (24), desta vez como adversários, na final do C1 500m. 

Radialista é detido após descumprir decisão judicial e emitir opinião política em rádio

Share Button
imagem_noticia_5-1

Foto: Reprodução / Ipiaú Online

O radialista Nailton Borges foi detido pela Justiça Eleitoral na noite desta quinta-feira (22), por descumprir decisão judicial. O ex-assessor de comunicação da prefeitura de Ipiaú foi liberado por volta das 21h30. De acordo com o site Ipiaú Online, o radialista emitiu opiniões político-partidárias na emissora de rádio FM Ipiaú, de propriedade do candidato a prefeito Cleraldo Andrade. Uma alegação do juiz Hilton Cintra estabeleceu a proibição do ato, oficializando multa de R$ 50 mil com possibilidade de prisão a cada descumprimento da advertência.

Professora chama aluno negro de macaco durante briga em escola no Rio

Share Button
5323163

Foto: Reprodução

Um estudante negro de 14 anos foi chamado de macaco por uma professora dentro do Instituto de Educação Clélia Nanci, em São Gonçalo, Rio de Janeiro. O caso foi na segunda e a professora em questão foi afastada nesta quarta-feira (21). A cena foi gravada por alunos. De acordo com o Extra, a família do adolescente registrou queixa por injúria racial contra a docente.  A mãe do aluno, Ana Silva, chamou a Polícia Militar quando soube do fato, mas a professora não foi presa. Ana foi orientada a procurar uma delegacia e registrar o caso, o que fez, e depois confrontou a docente em reunião da escola. A professora negou ter chamado o aluno de “macaco”, mas quando viu o vídeo admitiu, pediu desculpas e justificou que estava nervosa. “Eu não desculpo. Fazer isso com um adolescente não tem desculpa. Ela ainda disse que mataria meu filho. Que professora é essa?”, questiona. Em nota, a Secretaria de Educação afirmou que não compactua com discriminação e diz que a profissional foi afastada. Assista o vídeo abaixo:

Homem é preso suspeito de estuprar enteadas de 16 e 17 anos na Bahia

Share Button

Do G1 BA

preso

Homem foi preso após denúncia de uma das enteadas sobre estupro | Foto: Blog do Sigi Vilares

Um homem de 29 anos foi preso sob suspeita de estuprar as enteadas, duas adolescentes de 16 e 17 anos, no município de Correntina, região Oeste da Bahia, na manhã desta quarta-feira (21). Segundo informações da polícia, uma das meninas chegou a engravidar, mas foi forçada pelo agressor a realizar o aborto em março deste ano. Ainda de acordo com a polícia, o homem já era investigado, mas a prisão aconteceu depois que uma das vítimas realizou uma denúncia. Durante o cumprimento do mandado de prisão, foi encontrado uma espingarda na casa onde o agressor morava junto com a mulher e as enteadas. As vítimas contaram ainda que o homem usava a arma para fazer ameaças. O agressor está preso na delegacia de Correntina, mas deve ser encaminhado para Santa Maria da Vitória ainda nesta quarta.

Policial fica preso nas ferragens de viatura após capotamento na Bahia

Share Button

Correio24horas

aratuo-nline-bahia-e1474456616808

Acidente ocorreu no município de Simões Filho | Foto: Reprodução/ Aratu Online

Um policial rodoviário estadual ficou preso nas ferragens de uma viatura, após o veículo capotar na BA-526, no município de Simões Filho, região metropolitana de Salvador, na tarde desta terça-feira (20). As informações são da Polícia Militar. De acordo com a PM, o policial, que não teve a identidade revelada, fazia rondas na região, acompanhado de outros dois agentes, quando por volta das 15h30 um outro carro colidiu na lateral da viatura. O homem foi socorrido por uma guarnição do Corpo de Bombeiros e levado para um hospital da região. A PM informou que ele não sofreu fraturas e segue em observação médica. Ainda conforme a PM, os outros dois policiais e o condutor do outro carro envolvido no acidente sofreram pequenas escoriações e foram atendidos no local. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o trânsito na rodovia não foi afetado com o acidente.

Um a cada 3 brasileiros culpa vítima em caso de estupro, diz Datafolha

Share Button

Do G1, em São Paulo

estupro_2

Faixas contra a cultura do estupro | Foto: Reprodução/TV Globo

Um em cada três brasileiros acredita que, nos casos de estupro, a culpa é da mulher, de acordo com pesquisa Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgada nesta quarta-feira (21). Segundo o levantamento, entre os homens o pensamento ainda é mais comum: 42% deles dizem que a violência sexual acontece porque a mulher não se dá ao respeito ou usa roupas provocativas. A culpabilização da vítima também acontece entre as mulheres, que são as que mais sofrem com o crime: 32% concordam com a afirmação.

O levantamento foi realizado pelo instituto Datafolha, que entrevistou, entre os dias 1º e 5 de agosto, 3.625 pessoas de 217 cidades espalhadas por todo o Brasil. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa apontou que 65% dos brasileiros temem sofrer algum tipo de violência sexual. O temor é muito maior entre as mulheres e é sentido por 85% delas. O medo de ser estuprada também varia conforme a região do Brasil. No Nordeste, por exemplo, o índice de mulheres que receiam ser vítimas do crime chega a 90%. No Sul do país, é de 78%.

O estudo também fez um levantamento com base na idade dos entrevistados. Neste recorte, os brasileiros com 60 anos ou mais aparecem como os que mais tendem a culpar as vítimas. Enquanto 44% dos idosos alegam que mulher com roupa curta não pode reclamar de estupro, a quantidade de pessoas entre 16 e 34 anos que concordam com o pensamento é de 23%. O nível educacional é outro fator que, de acordo com a pesquisa, influencia em um posicionamento sobre o assunto. Quase metade (47%) dos brasileiros que cursaram apenas o ensino fundamental colocam as vítimas como responsáveis pela violência sexual. Entre os entrevistados com ensino superior, o número não chega a 20%. Para a maioria da população, as leis nacionais protegem os estupradores, ainda segundo o estudo. 

estr2

Arte: Reprodução/ G1

Moro aceita denúncia e Lula vira réu por lavagem e corrupção na Lava Jato

Share Button

Do Uol, em Brasília

15set2016-o-ex-presidente-luiz-in

Foto: Nelson Antoine/Estadão Conteúdo

O juiz federal Sergio Moro aceitou nesta terça-feira (20) a denúncia feita pelo MPF (Ministério Público Federal) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Com a decisão, Lula vira réu na Operação Lava Jato. Os procuradores sustentam que Lula e Marisa receberam vantagens ilegais pagas pela empreiteira OAS que, por sua vez, obteve recursos a partir de contratos obtidos de forma irregular junto a empresas públicas como a Petrobras, sustentam os procuradores. A denúncia da Lava Jato aponta que Lula seria o “comandante máximo” do esquema de corrupção que atingiu a estatal. O MPF apontou que Lula foi um dos responsáveis diretos pelo desvio de pelo menos R$ R$ 87,6 milhões. Segundo o MPF, as vantagens indevidas pagas a Lula somariam R$ 3,8 milhões. Segundo a Lava Jato, as vantagens indevidas atribuídas a Lula pelo MPF são as obras de reforma de um apartamento tríplex no Guarujá (SP) e um contrato para o armazenamento de bens pessoais do ex-presidente pagos pela OAS. Também tornaram-se réus Marisa Letícia, mulher de Lula; Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS; Paulo Gordilho, arquiteto; Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula; Agenor Franklin Magalhães, ex-executivo da OAS; Fábio Hori Yonamine, ex-presidente da OAS Investimentos; e Roberto Moreira Ferreira, ligado à OAS.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia