WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque2’

Fachin ordena arquivamento de citações a Aécio Neves em delação

Share Button
Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

Foto: Marcos Oliveira/ Agência Senado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou arquivamento das citações ao senador Aécio Neves na delação do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. Relator da Lava Jato, Fachin atendeu a pedido da Procuradoria-Geral da República. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Em depoimento, Machado contou sobre suposto esquema de corrupção quando ele ainda era líder do PSDB no Senado, em 1998, para eleger o atual presidente da legenda, Aécio Neves, à presidência da Câmara em 2000. O dinheiro usado para a operação teria sido obtido por meio de propinas e de recursos ilícitas da campanha do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu arquivamento porque “o prazo para o exercício da pretensão punitiva se encerrou, nos termos do art. 109, II, do Código Penal, no ano de 2016”. O processo foi arquivo pois o Estado perdeu o prazo para julgar Aécio.

Lula e Dilma estão em lista de pedidos de abertura de inquérito, diz site

Share Button
Foto: Lula Marques/ Agência PT

Foto: Lula Marques/ Agência PT

Os nomes dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff estão entre os incluídos na lista de pedidos de abertura de inquérito enviada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (14). De acordo com o site Jota, também compõem a relação os ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega, que atuaram no Palácio do Planalto durante as gestões dos petistas. Os quatro não possuem foro privilegiado. Portanto, seus processos não ficarão nas mãos do STF caso os pedidos de abertura de inquérito sejam aceitos. As investigações seriam repassadas ao juiz natural da causa, possivelmente o juiz Sérgio Moro.

Selfie de bebê brasileiro ‘sorrindo’ após parto viraliza no Instagram

Share Button
Selfie de bebê 'sorrindo' viraliza na web | Foto: Reprodução/Instagram/thaisedemari

Selfie de bebê ‘sorrindo’ viraliza na web | Foto: Reprodução/Instagram/thaisedemari

A foto de um bebê brasileiro que aparece dando um enorme sorriso logo após o seu nascimento ganhou os holofotes na última semana na mídia internacional. De acordo com a RedeTV!, a selfie em que a recém-nascida Carmel aparenta gargalhar ao lado da família foi publicada no Instagram pela mãe, a empresária Thaise de Marie, em janeiro, mas viralizou somente agora. Carmel veio ao mundo em dezembro e já tem três meses de vida. A mamãe, no entanto, esperou um mês para compartilhar o registro inusitado com seus mais de 200 mil seguidores. “E de repente a foto da minha vida é sem produção, sem resolução, sem preocupação com cabelo, maquiagem ou ângulo! Eu inchada e com cara de choro, papai com cara de babão e Carmel já mostrando nos primeiros segundos para o que veio… para fazer uma família FELIZ!”, escreveu a empresária na legenda da foto, que recebeu mais de 13 mil curtidas. 

Realize seus sonhos na Casa do Consórcio!

Share Button
casado-consorcio

A Casa do Consórcio fica localizada na Rua Alan Kardec, nº 77, próximo ao Hospital Municipal de Santaluz.

Já está em pleno funcionamento em Santaluz a ‘Casa do Consórcio’. Sua opção para todo tipo de consórcio: carros e motos (novos ou usados), cirurgias, viagens, festas de casamentos ou 15 anos, casas, terrenos, reformas, construção, máquinas agrícolas, caminhões, ônibus e muito mais. Revenda autorizada dos consórcios Yamaha Brasil e Canopus. Confira tudo em nosso escritório localizado na Rua Alan Kardec, nº 77, próximo ao hospital municipal, ou pelos telefones: (75) 99967-9745 Vivo/Zap; 99231-3504 Tim; 98252-4934 Claro. Fale com a consultora de vendas Cinara e agende uma visita a domicílio. Casa do Consórcio: Santaluz e Serrinha.

Informe Publicitário

Queimadas: mulheres e movimentos sociais ocupam agência da Previdência Social em ato contra a PEC 287

Share Button
17200068_824314344387302_1501365299_o

Protesto organizado por sindicatos e movimentos sociais reuniu mais de 100 pessoas | Foto: Notícias de Santaluz

Um grupo formado por homens e mulheres trabalhadores rurais e integrantes de diversos sindicatos e movimentos sociais realizou, na manhã desta sexta-feira (10), em Queimadas, uma manifestação contra a reforma na Previdência Social (PEC 287) elaborada pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB), que, entre outros pontos, equipara a idade mínima para a aposentadoria para homens e mulheres em 65 anos. Além disso, a reforma na previdência prevê que os trabalhadores rurais deverão fazer contribuições obrigatórias para a Previdência Social para ter direito a aposentadoria.

O ato em alusão ao Dia Internacional da Mulher foi organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais (Straf/Queimadas), ONG Humanas Brasil, Instituto Aliança, Sindicato dos Trabalhadores de Nordestina, coordenação da Frente Sindical e Popular de Luta Contra a PEC da Reforma da Previdência, lideranças sindicais e movimentos populares.

17200205_824316591053744_1531155402_o

Após rápida parada na Câmara de Vereadores, grupo seguiu para a agência da Previdência, e ocupou o local | Foto: Notícias de Santaluz

Com cartazes e faixas, o grupo com mais de 100 pessoas se concentrou em frente à sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, e saiu caminhada em direção a Câmara de Vereadores, onde ocorria uma sessão extraordinária que foi interrompida por cerca de dez minutos.

Em seguida, os manifestantes foram até a agência da Previdência Social da cidade. Os servidores tiveram que paralisar as atividades por mais de uma hora após o local ter sido ocupado pelo grupo. Segundo a organização, participam do ato dentro da agência cerca de 60 pessoas em um movimento pacífico.

17236941_824317491053654_706235113_o

Atividades na agência foram paralisadas após local ser ocupado por grupo em movimento pacífico | Foto: Notícias de Santaluz

O presidente do Straf/Queimadas, Domício Araújo, disse que lamenta que a reforma atinja diretamente as mulheres das classes menos favorecidas. “Nós estamos nas ruas manifestando a nossa contrariedade contra a reforma, que atinge mulheres pobres, e as que vivem no campo e estão na informalidade, desempregadas e não vamos parar de realizar outros atos em prol de todos”, afirmou.

17236821_824317267720343_74059724_o

Mulheres e movimentos sociais ocupam a agência da Previdência Social em Queimadas | Foto: Notícias de Santaluz

Para a presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Nordestina, Rosilda Alves, que também participou da manifestação, “este ato é muito importante, pois não podemos ficar de braços cruzados vendo a usurpação dos nossos direitos. As mulheres já sofrem, no dia a dia, vários tipos de violência que denigrem a sua imagem. Não podemos aceitar mais essa violência estabelecida pelo presidente Michel Temer. Nós mulheres continuaremos brigando pelos nossos direitos. Vamos à luta”.

Notícias de Santaluz

Pesquisadores concluem que doença que deixa urina escura é causada por consumo de peixe

Share Button
Foto: Reprodução / TV Bahia

Foto: Reprodução / TV Bahia

Os médicos baianos passarão a tratar pacientes da doença que deixa urina escura como doença de Haff. A definição é baseada em estudos realizados por pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (Ufba) a partir de amostras de fezes, urina e sangue de 15 pacientes. Segundo informações do G1, 14 deles ingeriram peixe – a maioria Olho de Boi (Seriola spp) e Badejo (Mycteroperca spp) – antes de apresentarem os sintomas. A única paciente que não relatou consumo do animal havia ingerido comida baiana. Com o resultado, a possibilidade de um novo vírus ou bactéria como causa da doença fica descartada. No entanto, não foi possível determinar a substância responsável pela intoxicação. Antonio Carlos Bandeira, um dos autores do artigo, afirmou que um pedaço do peixe consumido por um dos pacientes foi encaminhado ao Ministério da Saúde e, em seguida, a um laboratório dos Estados Unidos para análise. Os resultados não foram divulgados. A doença de Haffé caracterizada por dores musculares intensas, urina escura e insuficiência renal. Os sintomas costumam aparecer menos de 24 horas após o consumo de peixe.

Pai adapta bicicleta e pedala quase 40 km por dia para levar filha na escola

Share Button

Do G1 São Carlos e Araraquara

Trajeto de bicicleta começa na madrugada | Foto: Reprodução/ EPTV

Trajeto de bicicleta começa na madrugada | Foto: Reprodução/ EPTV

Para não deixar que a filha de 3 anos fique longe dos estudos, Juracir Ferreira Faustino de Souza adaptou uma bicicleta e pedala diariamente quase 40 quilômetros para levar e buscar a criança da zona rural até a escola, no Jardim Cruzeiro do Sul, em São Carlos (SP). Segundo a Secretária de Educação, a menina  tem direito ao transporte escolar, mas por ter menos de 6 anos, precisa estar acompanhada por um responsável. Maria da Vitória dos Santos Rocha está matriculada no Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Otávio de Moura. Souza, natural da Paraíba, está desempregado e mora com a família há três meses em São Carlos, em uma fazenda às margens da Rodovia Professor Luis Augusto de Oliveira (SP-215).

O trajeto de ida, que começa por volta das 5h20 e dura uma hora e meia, passa por estrada de terra, rodovia e trânsito urbano. Depois de deixar a filha na escola, o pai retorna para casa e faz novamente o trajeto no final da aula, para buscar a menina. “Quero dar a ela o que eu não tive, porque eu não tive essa oportunidade”, declarou Souza.

Determinado, ele afirma que fará o percurso todo dia até conseguir uma vaga no ônibus. “Não dá certo uma criança fora da escola, se não der certo [o ônibus] eu continuo trazendo ela todo santo dia. Tem que ter a escola pra criança”. Para Souza, a alternativa oferecida pela prefeitura, que ele acompanhasse a filha no ônibus, é inviável. “Teria que fazer um sacrifício, que é o de ficar o dia todinho com fome na porta do colégio, aí quando ela saísse vir embora junto”.

Mais da metade dos municípios da Bahia sofre com a seca prolongada

Share Button

Correio da Bahia

rtemagicc_seca03editada-jpg

Em Morrinhos, o vaqueiro José Antônio de Jesus, 65, alimenta o gado com mandacarú | Foto: Mauro Aki Nassor/ Arquivo CORREIO

A seca que atinge a Bahia nos últimos seis anos levou mais de 210 municípios a decretarem situação de emergência no estado. A falta de chuva está reduzindo a produção agrícola, deixando a população com sede e matando os animais. Há cinco anos a Bahia registra chuvas abaixo da média e, segundo os especialistas, não há previsão de quando a situação vai melhorar. 

Segundo o superintendente de Proteção e Defesa Civil da Bahia, Paulo Sérgio Luz, o estado já homologou o decreto de situação de emergência de 101 municípios. A seca se intensificou entre os anos de 2011 e 2012 e o problema está se agravando por conta da estiagem prolongada. “Na próxima semana vamos publicar um decreto com mais 113 municípios que estão em situação de emergência por conta da seca. O problema ganhou notoriedade nos jornais em 2012, mas, desde então, só tem piorado. A falta de chuva reduziu a produção agrícola em mais de 80% e afetou a atividade pecuária de bovinos, ovinos e caprinos. É grave”, afirmou.

rtemagicc_seca07editada-jpg

Moradores do interior do estado sofrem com a falta de água | Foto: Mauro Akin Nassor/ Arquivo CORREIO

A região do semiárido é a mais afetada. De acordo com a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Cláudia Valéria, essa região do estado tem um ciclo de chuvas diferente da região litorânea. “Enquanto em Salvador o período de chuva é entre abril e junho, por exemplo, nessa região é o contrário: esse é o período de seca. As chuvas acontecem entre novembro e março, ou até a primeira quinzena de abril, mas o que temos notado nos últimos cinco anos é que elas estão acontecendo sempre abaixo da média”, afirmou.

A pecuária está sendo prejudicada com a morte dos animais por conta da seca | Foto: Mauro Akin Nassor/ Arquivo CORREIO

A pecuária está sendo prejudicada com a morte dos animais por conta da seca | Foto: Mauro Akin Nassor/ Arquivo CORREIO

Clima anormal
Cláudia Valéria explicou que em 2016 a seca na Bahia foi intensificada por alterações na temperatura provocadas por um fenômeno climático chamado de El Niño. Ele provoca o aquecimento das águas superficiais do Oceano Pacífico Tropical e altera o clima das regiões temperadas. A meteorologista informou que a influência do El Niño passou, mas os primeiros meses de 2017 ainda registraram chuvas inferiores ao esperado. “Janeiro, fevereiro e março tiveram chuvas abaixo da média”, afirmou. 

A seca prolongada e a baixa estiagem provocaram danos em muitos municípios. Segundo o superintende de Defesa Civil, se não chover nos próximos 90 dias cerca de 80 cidades baianas correm o risco de ficarem sem água até para beber. “A estiagem coincidiu com o aumento na temperatura do planeta, o que vem acontecendo nos últimos dez anos. Está mais quente, então, as pessoas, as plantas e os animais consomem mais água. É normal que algumas cidades decretem situação de emergência durante os seis meses de estiagem, mas muitas delas já estão em emergência no período que ainda deveria ser de chuva”, afirmou.

rtemagicc_seca04editada-jpg

População de cerca de 80 cidades corre o risco de ficar sem água para beber | Foto: Mauro Akin Nassor/ Arquivo CORREIO

Soluções temporárias
Dos 101 municípios que tiveram os decretos de emergência homologados pelo estado, 85 já foram reconhecidos pelo Governo Federal. Atualmente, o Exército brasileiro está atuando em 138 municípios da Bahia, usando 1.158 carros-pipa para abastecer 815 mil baianos. Outros 68 municípios também recebem carros-pipas para auxiliar no abastecimento, através de uma parceria entre os governos estadual e federal. Em média, são quatro veículos por cidade mais os carros do próprio município. 

Segundo a Defesa Civil, a agricultura familiar é a área mais prejudicada e os agricultores estão dependendo de programas sociais como o Seguro Safra e o Bolsa Família para sobreviver. A instalação de poços artesianos e a construção de cisternas nas residências são algumas das ações paliativas adotadas para amenizar o problema. 

A questão da seca atraiu a atenção de especialistas e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea) vai realizar um fórum “para debater alternativas a essa realidade”, no próximo dia 17 de março, no Espaço Cultural Arlindo Fragoso, na Escola Politécnica da Ufba. O objetivo é que palestrantes nacionais e internacionais discutam o problema. Essa será a segunda edição do Programa Agenda de Desenvolvimento Bahia.

Mulher é presa transportando 100 kg de maconha em ônibus na BR-116

Share Button
mulher_maconha

Mulher contou que receberia R$ 6 mil para levar a droga de São Paulo até Caruaru, em Pernambuco | Foto: Divulgação/ PRF

Uma passageira de um ônibus que seguia de São Paulo (SP) para o município de Arco Verde (PE) foi presa com cerca de 100 kg de maconha no KM 830 da rodovia BR-116, trecho de Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia, no início da noite desta quarta-feira (8). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, durante abordagens e fiscalização ao veículo, os policiais encontraram a droga acondicionada em quatro caixas. Ainda de acordo com a corporação, a mulher, que não teve o nome revelado, foi identificada como proprietária do entorpecente e, ao ser questionada pelos policiais, admitiu que estava transportando a droga da cidade de São Paulo para Caruaru, em Pernambuco, e que receberia R$ 6 mil pelo serviço. Ela foi levada para a delegacia da Polícia Civil de Vitória da Conquista, e deverá responder por tráfico de drogas.

Notícias de Santaluz

Embasa inicia testes em obra emergencial para abastecimento de água em Queimadas e Santaluz

Share Button
img-20170307-wa0013

Concluída a fase de testes, a nova adutora será colocada em operação, visando garantir maior segurança hídrica aos moradores de Queimadas e Santaluz| Foto: Divulgação

Entrou em operação no último sábado (4), ainda em fase de testes, a nova estrutura construída emergencialmente para reforçar o abastecimento de água nos municípios de Queimadas e Santaluz, informou ao Notícias de Santaluz a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). As obras, iniciadas há pouco mais de um mês, envolvem  a implantação de equipamentos para captação a partir do Rio Jacurici – com cessão do açude do distrito de Rômulo Campos – e de uma nova adutora, que levará a água do manancial até a Estação de Tratamento de Queimadas. A Barragem da Leste, que abastece os dois municípios, estava entrando em colapso por causa da estiagem e da baixa disponibilidade hídrica no Rio Itapicuru. “Diante da situação critica, foi necessário viabilizar a captação em outro manancial para complementar o volume da Barragem da Leste e assim assegurar o fornecimento de água à população”, informa o gerente regional da Embasa, Euvaldo dos Santos Neto. A Embasa e o Governo do Estado estão investindo R$ 3,3 milhões para garantir o abastecimento e reduzir os impactos da falta de chuvas na região. Concluída a fase de testes, a nova adutora será colocada em operação, visando garantir maior segurança hídrica aos moradores dos dois municípios.

Notícias de Santaluz





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia