WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio






Laboratório Checap

drogaria_santana

:: ‘Destaque2’

Coronavírus: Detran suspende provas teóricas e práticas para primeira habilitação na Bahia

Share Button
Foto: Divulgação/Detran-BA

Foto: Divulgação/Detran-BA

Em comunicado a todas as unidades de atendimento do Departamento Estadual de Trânsito (DetranBA), na capital e no interior, o diretor-geral do órgão, Rodrigo Pimentel, anunciou a suspensão das provas teóricas e práticas para os candidatos à primeira habilitação, a partir desta quinta-feira (19), por 15 dias, prorrogáveis pelo mesmo período. Segundo a assessoria do Detran, a medida cumpre a determinação do decreto estadual que trata das ações de prevenção ao novo coronavírus. “A depender da evolução do quadro na crise da saúde, iremos avaliar se a suspensão das provas deverá ser ampliada ou não. Quando a situação voltar à normalidade, seguiremos uma ordem cronológica de agendamento dos candidatos. O mais importante, nesse momento, é o combate ao coronavírus”, declarou Pimentel.

Notícias de Santaluz

De máscara, Bolsonaro anuncia mais um ministro infectado pelo coronavírus

Share Button

Por Folha de S.Paulo

Foto: Reprodução/TV

Foto: Reprodução/TV

Vestindo máscara clínica, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quarta-feira (18) que o ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia) também está infectado pelo novo coronavírus. Albuquerque fez parte da comitiva presidencial que entre 7 e 10 de março viajou à Flórida (EUA). Ele já havia feito um primeiro exame, que deu negativo, mas todos que estiveram na missão seguem protocolo médico e estão realizando novas análises durante o período de incubação do vírus. Além do titular das Minas e Energia, o ministro Augusto Heleno (Segurança Institucional) também divulgou nesta quarta ter sido infectado. Bolsonaro comanda uma coletiva de imprensa para falar sobre a resposta do governo à pandemia. Nesta quarta, o governo pediu oficialmente ao Congresso que seja reconhecida a situação de calamidade pública no Brasil, diante da emergência sanitária. Também estão com Bolsonaro na coletiva, todos de máscara, os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Sergio Moro (Justiça), Paulo Guedes (Economia), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Rogerio Marinho (Desenvolvimento Regional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), além do diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres. Bolsonaro realizou seu segundo teste do coronavírus na terça (17), que deu negativo como o primeiro. Outros auxiliares que o acompanharam na comitiva contraíram o vírus, como o chefe da Secom, Fabio Wajngarten, o diplomata Nestor Forster e o secretário de comércio exterior, Marcos Troyjo.

Bolsa abre em forte queda; dólar dispara e vai a R$ 5,20

Share Button

O Estado de S.Paulo

Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, abriu as negociações do desta quarta-feira (18) com forte queda, superior a 8%. O dólar sustenta nesta semana o patamar de R$ 5, e, na abertura das negociações desta quarta, iniciou a cotação em R$ 5,16, um avanço superior a 3% em relação ao fechamento do dia anterior, estabelecendo novo recorde nominal – quando descontada a inflação. Poucos minutos após a abertura, a moeda americana estabeleceu novo recorde, atingindo R$ 5,20. Às 11h12, porém, tinha um leve recuo em relação à disparada que teve nos primeiros momentos de negociação, ficando cotada a R$ 5,07. Nas casas de câmbio, de acordo com levantamento do Estadão/Broadcast, o dólar turismo chegou a ser negociado a R$ 5,40. A moeda americana têm se valorizado fortemente frente ao real nas últimas semanas. Na quinta-feira passada, dia 12, ultrapassou pela primeira vez a marca de R$ 5, e, na segunda-feira (16), fechou, de maneira inédita, acima dos R$ 5. Este novo cenário de desvalorização da moeda brasileira segue a instabilidade dos mercados internacionais por conta da disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19.

‘Não vale garantir a economia com perda de vidas’, diz Rodrigo Maia ao rebater críticas de Bolsonaro

Share Button

Por O Globo

Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

A crise do coronavírus no país deixou mais explícita a turbulenta relação do Palácio do Planalto com o Congresso. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rebateu as críticas feitas ontem pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, pelo impacto na economia de medidas duras que governadores têm adotado no combate à doença. “Precisamos priorizar as vidas”, reagiu Maia. Questionado, no final da noite de ontem, sobre a decisão do governo de pedir a decretação de calamidade pública, o presidente da Câmara disse apoiar a iniciativa e prometeu celeridade na tramitação da matéria na Casa. Classificando a atual crise como “um tsunami”, Maia voltou a dizer que tanto ele, quanto o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), estão abertos ao diálogo. Questionado sobre a decisão de não parar as atividades do Congresso [mesmo diante do avanço da pandemia do coronavírus], Maia afirmou que “o Congresso é parte da solução da redução de danos que essa crise traz para o Brasil. O Brasil é uma democracia. Se o Parlamento se omite da sua responsabilidade, o que a sociedade vai imaginar? Que vai estar completamente desprotegida. O Parlamento não vai fechar. Fechou, infelizmente, na ditadura e não fechará nunca mais.”

Médico que atendeu paciente com coronavírus é o 17º caso confirmado na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou o 17º caso de contaminação por coronavírus, na manhã desta quarta-feira (18). Segundo Fábio Vilas-Boas, secretário de saúde da Bahia, a vítima é um médico que se contaminou cuidando de um dos primeiros pacientes também infectado pela doença. Segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o médico foi contaminado quando trabalhava em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Salvador. Apesar da situação, o secretario Fábio pontuou, em uma publicação nas redes sociais, que o paciente está em casa e com boa evolução. Também na publicação nas redes sociais, o secretario chamou atenção dos profissionais, pediu cuidado e que se atentem ao uso dos equipamentos de proteção. “Precisamos reforçar o chamamento à atenção ao uso de equipamentos de proteção individual das equipes de saúde nas emergências”, disse na postagem. Dos casos registrados na Bahia, até esta terça, sete foram em Salvador, outros cinco foram na cidade de Feira de Santana, três foram registrados em Porto Seguro e um em Prado. A primeira paciente infectada no estado foi liberada de isolamento domiciliar, na sexta-feira (13). Ela passou por um novo exame do coronavírus, e o resultado deu negativo para o vírus.

Homem em isolamento por coronavírus na Bahia deixa imóvel e é detido pela polícia

Share Button

Por G1 BA

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Um homem que não teve identidade revelada foi capturado pela polícia após deixar o imóvel onde seguia em isolamento por coronavírus. O caso ocorreu na madrugada desta terça-feira (17) em Trancoso, distrito de Porto Seguro, conforme informou a Polícia Militar.

De acordo com policiais militares do 8º Batalhão, eles foram acionados com a denúncia de que um homem com coronavírus e que estava isolado em uma residência de Trancoso tinha deixado o confinamento sem autorização da Vigilância Sanitária. A cidade baiana possui três casos confirmados da doença.

O homem saiu do isolamento dirigindo um carro sem destino definido. A PM disse que a guarnição interceptou o veículo, na BA-001, próximo a Arraial D’Ajuda, a cerca de 28 km de Trancoso.

O homem foi detido e conduzido ao local onde se encontrava isolado, informou a PM. Durante a diligência, os policiais militares tomaram todas as medidas necessárias e recomendadas para evitar um eventual contágio, inclusive, utilizando-se de luvas, máscaras de proteção, sem contato físico, nem aproximação do suspeito de contaminação.

O advogado e doutor em direito penal Leandro Vargas explica que o homem não poderia ter fugido, e que é crime desrespeitar o isolamento e a quarentena.

“É crime. Ele tem previsão no artigo 132 do Código Penal, que se trata de expor a vida ou saúde de outra pessoa a perigo direto e iminente. E ele traz uma pena de detenção de três meses a um ano”, explicou.

O advogado alertou que o homem poderia ter tornado a situação mais grave em caso de contágio. “O simples fato de sair já está cometendo o crime, mesmo que não tenha infectado ninguém. Em caso de contágio, e caso a pessoa infectada morra, o homem [que fugiu] pode até responder por homicídio ou tentativa de homicídio, porque ele assumiu o risco da situação ao saber que estava doente e ainda assim se expôs”, explicou.

Leandro explica que o interesse social prevalece sobre o interesse individual particular, em situações como a de pandemia e o poder público tem de impor regras, por isso, o homem pôde ser detido.

“O poder público não está violando o direito de ir e vir. Em situações como essas, que são situações atípicas de pandemia, o interesse coletivo tem que prevalecer”, disse.

Embasa flagra ‘gato de água’ em Riachão do Jacuípe

Share Button
Foto: Divulgação/Embasa

Foto: Divulgação/Embasa

Funcionários da Embasa identificaram uma ligação irregular em um imóvel na travessa Sabino Alves Sampaio, bairro Bela Vista, em Riachão do Jacuípe, na manhã desta terça-feira (17). Segundo a distribuidora, a estimativa é de que, em três meses, o imóvel tenha desviado 45 metros cúbicos de água, volume que seria suficiente para abastecer, por um mês, cerca de sete residências. Segundo a Embasa, o responsável pelo imóvel, que não foi encontrado no local, teve o fornecimento de água suspenso por falta de pagamento, mas fez um desvio na rede distribuidora para evitar que a água consumida fosse contabilizada pelo hidrômetro. A fraude encontrada é denominada ‘bypass’. Segundo a Embasa, além de causar prejuízo financeiro, esse tipo de irregularidade também prejudica o abastecimento dos moradores vizinhos, já que os fraudadores utilizam a água exageradamente, considerando que não serão cobrados pelo volume consumido. A Embasa informou que será registrado boletim de ocorrência na delegacia da cidade e o responsável pelo imóvel, além de responder pela fraude, será notificado e multado.

Notícias de Santaluz

Organização Mundial de Saúde recomenda não usar ibuprofeno para tratar Covid-19

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendou, nesta terça-feira (17), que as pessoas não usem ibuprofeno para tratar possíveis sintomas de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

“Em casos suspeitos, recomendamos paracetamol, e não ibuprofeno”, declarou um dos porta-vozes da organização, Christian Lindmeier. A orientação serve para casos em que a ingestão dos medicamentos é feita sem orientação médica.

A recomendação da entidade veio depois que o ministro da Saúde francês alertou, no sábado (14), contra o uso da substância, que é encontrada em anti-inflamatórios. Especialistas ouvidos pelo G1 também não aconselharam o remédio para tratar a Covid-19.

As orientações foram feitas depois da publicação de uma pesquisa, na semana passada, sugerindo que pacientes com diabetes e hipertensão que eram tratados com ibuprofeno tinham mais riscos de desenvolver quadros severos da doença.

Para o infectologista Celso Granato, professor da Unifesp e diretor clínico do grupo Fleury, em São Paulo, a evidência mostrada na pesquisa não é forte, mas, mesmo assim, significa que precisa haver cuidado.

“A orientação que nós temos é: procure não usar ibuprofeno. Existem vários outros anti-inflamatórios, antitérmicos – por exemplo, paracetamol – que têm o mesmo efeito e não têm evidência de que têm esse problema”, lembrou Granato.

Além do ibuprofeno, os especialistas também não recomendam o uso de aspirina e corticoides.

Rui publica decreto com isolamento obrigatório para pessoas com Covid-19

Share Button
Foto: Gov/BA

Foto: Gov/BA

Os decretos com medidas restritivas anunciadas pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (16) foram publicadas no Diário Oficial desta terça-feira (17). A restrição determinada pelo governo da Bahia suspende eventos religiosos, esportivos e culturais com mais de 50 pessoas nas cidades de Salvador, Feira de Santana e Porto Seguro. Segundo o Bahia Notícias, em um dos trechos do decreto estadual fica determinado o isolamento domiciliar obrigatório para pessoas com quadro de covid-19 confirmado laboratorialmente. Os pacientes, segundo o decreto, não poderão sair do isolamento sem liberação explícita da autoridade sanitária local, representada por médico ou equipe técnica da vigilância epidemiológica. Fica autorizada também a realização de despesas para a contratação de profissionais e pessoas jurídicas da área de saúde, aquisição de medicamentos, leitos de UTI e outros insumos.

Homem que assassinou 19 deficientes é condenado à morte no Japão

Share Button

Por France Presse

Foto: Masonari Inagaki/ Yomiuri Shimbun / AFP

Foto: Masonari Inagaki/ Yomiuri Shimbun / AFP

Um tribunal do Japão condenou, nesta segunda-feira (16), à morte um homem considerado culpado de assassinar 19 pessoas com deficiência mental em 2016, num dos piores massacres da história recente do país. Satoshi Uematsu, de 30 anos, reconheceu ser o autor do massacre cometido com arma branca na residência para pessoas com deficiência mental de Sagamihara, na periferia oeste de Tóquio, onde havia trabalhado no passado. “Tirou a vida de 19 pessoas. É extremamente grave”, declarou o juiz Kiyoshi Aonuma. “Não cabe a clemência”, estimou. A Promotoria havia solicitado a pena de morte. Os advogados de Uematsu afirmaram durante o julgamento que o seu cliente não poderia ser responsabilizado pelo crime pois sofria de “transtornos mentais” no momento dos fatos vinculados ao uso de drogas. “Planejou seu ato de forma antecipada e tinha a intenção extrema de matar”, considerou o juiz nesta segunda-feira (16). Julgado por seis acusações, incluindo assassinato, Uematsu afirmou que não tem a intenção de recorrer da sentença, segundo a imprensa japonesa. Mas também considerou que não merecia a pena de morte. Em 26 de julho de 2016 à noite, o jovem foi de quarto em quarto no centro de Sagamihara para esfaquear os residentes, com um saldo de 19 mortos e 26 feridos, metade deles graves. O massacre de Sagamihara comoveu o Japão, onde as taxas de criminalidade são muito baixas.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia