WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque2’

Temer vai condicionar liberação de emendas parlamentares a votos em reforma da Previdência

Share Button
26/04/2017- Brasília- DF, Brasil- Entrevista concedida ao apresentador Ratinho do SBT. Foto: Marcos Corrêa / PR

Foto: Marcos Corrêa / PR

Em reunião com ministros, o presidente Michel Temer vai informar, ao meio-dia desta segunda-feira (8), que haverá liberação de emedas parlamentares em troca de apoio para votar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Segundo o jornalista Lauro Jardim, em O Globo, três ministros já foram avisados que suas pastas serão locais de liberação de verbas de emendas para parlamentares, em troca de apoio no plenário: Helder Barbalho (Integração Nacional), Bruno Araújo (Cidades) e Ricardo Barros (Saúde). Vale lembrar que o texto-base da reforma da Previdência foi aprovado no dia 3 de maio na comissão especial que discute o assunto na Câmara. Após quase dez horas de reunião, a comissão especial aprovou, por 23 votos a 14, o parecer do relator Arthur Maia (DEM-BA).

Depoimento de Lula a Moro terá esquema de segurança de grandes proporções

Share Button
EX-presidente Lula durante entrevista a TVE. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Com o depoimento de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao juiz Sérgio Moro marcado para quarta-feira (10), está sendo montado um esquema de segurança de grandes proporções. A medida, que inclui a interdição de ruas próximas à sede do Judiciário, é para evitar brigas entre militantes de esquerda e oposicionistas do ex-presidente. Segundo informações da coluna Radar Online, da Veja, até os parentes dos presos da Lava Jato precisavam readequar suas visitas. Tradicionalmente às quartas, elas foram antecipadas para terça-feira (9), a fim de impedir que os familiares dos detentos passem por situações de sufoco em meio às manifestações.

Homem é morto na frente da mulher e da filha durante jantar em casa

Share Button
Alexandro Bispo Pereira, de 28 anos, foi morto durante o jantar com a esposa e as filhas | Foto: Tiago Bottino/ Itapetinga Agora

Alexandro foi morto durante o jantar com a esposa e as filhas | Foto: Tiago Bottino/ Itapetinga Agora

Um homem foi morto a tiros dentro de casa, em Itapetinga, no Centro-Sul da Bahia, na noite desta quinta-feira (4). O crime aconteceu por volta das 18h30, durante o jantar. Segundo o G1, Alexandro Bispo Pereira, de 28 anos, estava com a esposa e as filhas quando a casa foi invadida por um homem armado, que atirou contra ele. De acordo com a polícia, a vítima morreu na hora. A mulher e as crianças não ficaram feridas. O corpo dele foi levado ao Departamento de Polícia Técnica de Itapetinga para necropsia. A polícia ainda não sabe o motivo e autoria do crime, no entanto investiga o envolvimento de Alexandro com o tráfico de drogas. A vítima não tinha passagem pela polícia.

Suspeito de matar ex-namorada na cidade de Pindobaçu, no norte da Bahia, é preso

Share Button

Por G1 BA

Silvio de Freitas Santana foi detido por policiais militares nesta quinta-feira (4) (Foto: Imagem/TV Bahia)

Silvio de Freitas Santana foi detido por policiais militares nesta quinta-feira (4) | Foto: Imagem/TV Bahia

O ex-namorado suspeito de matar Jucimaria Souza Santos, de 27 anos, a tiros, na cidade de Pindobaçu, norte da Bahia, foi preso na manhã desta quinta-feira (4), de acordo com informações da Polícia Civil. Silvio de Freitas Santana foi localizado pela Polícia Militar por volta das 5h, no assentamento de Itapicuru, em cumprimento a um pedido de prisão preventiva. O suspeito foi levado para o complexo policial de Senhor do Bonfim, onde deve prestar depoimento. A arma usada no crime e moto de Silvio já havia sido apreendida pela polícia na quarta-feira (3). O crime aconteceu na tarde de terça-feira (2). Silvio estava inconformado com o fim do relacionamento com a vítima, de acordo com a família da jovem. O irmão de Jucimaria, Gilmário Souza, diz que a relação, que durou cerca de dois anos entre o suspeito e a vítima, tinha terminado há cerca de duas semanas. “Ele já procurava ela para tentar voltar. Ela não queria mais, porque eles viviam brigando. Ele já chegou a bater nela antes deles terminarem. Eles voltaram e terminaram de novo”, conta. Gilmário afirma ainda que Jucimaria não chegou a denunciar à polícia a agressão que sofreu antes de terminar o relacionamento porque tinha medo. Jucimaria trabalhava como balconista em uma farmácia da cidade e os moradores ficaram abalados com a morte dela. A vítima foi baleada no caminho de volta para o trabalho, depois de ter ido em casa almoçar. O crime ocorreu na Rua Regis Pacheco, em via pública. O suspeito fugiu do local de motocicleta.

Polícia Federal deflagra a 40ª fase da Lava Jato e cumpre 25 mandados

Share Button
Foto: Tânia Rêgo Agência Brasil

Foto: Tânia Rêgo Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (4) a 40ª fase da Operação Lava Jato nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro (nas cidades de Niterói, Duque de Caxias e na capital). A Justiça expediu 25 mandados, sendo dois de prisão preventiva, dois de prisão temporária, 16 de busca e apreensão e cinco mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. Batizada de Asfixia, a ação tem como alvo principal a investigação de empresas e seus respectivos sócios na operacionalização de um esquema de repasses ilegais de empreiteiras para funcionários da Petrobras em decorrência da obtenção de contratos a empresa. Os investigados responderão pela prática dos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros. Segundo a PF, o nome Asfixia é uma referência à tentativa de cessar as fraudes e o desvio de recursos públicos em áreas da Petrobras destinadas à produção, distribuição e comercialização de gás combustível. Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Notícias de Santaluz

WhatsApp apresenta instabilidade para alguns usuários

Share Button
WhatsApp fica fora do ar para usuários do mundo todo, segundo relatos de redes sociais (Foto: Sam Azgor / Flickr)

WhatsApp fica fora do ar para usuários do mundo todo, segundo relatos de redes sociais | Foto: Sam Azgor / Flickr

WhatsApp apresenta instabilidade para alguns usuários nesta quarta-feira (3). Segundo relatos nas redes sociais, o aplicativo está fora do ar, o que impossibilita o envio e recebimento de mensagens. As reclamações afirmam que o app não está funcionando tanto em conexões 3G e 4G quanto em redes Wi-Fi. Nos testes feitos pelo G1, o aplicativo também não funcionava às 18h. O site Down Detector, que agrega relatos de problemas de conexão com sites e aplicativos, mostra que reclamações com o WhatsApp nesta quarta começaram por volta das 17h. Um mapa feito pela página mostra que os relatos se concentram na Europa ocidental e no Brasil. Na seção de comentário do site, porém, usuários de todo o mundo afirmam que o aplicativo está fora do ar em seus respectivos países. Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa do WhatsApp afirmou que a empresa ainda não se posicionou sobre o caso.

Ministro do Supremo nega habeas corpus a Antonio Palocci

Share Button
Antonio Palocci foi preso na 35ª fase da Operação Lava-Jato, em setembro do ano passado - Geraldo Bubniak / Agência O Globo

Antonio Palocci foi preso na 35ª fase da Operação Lava-Jato, em setembro do ano passado – Foto: Geraldo Bubniak / Agência O Globo

O relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin, negou nesta quarta-feira habeas corpus ao ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, preso em Curitiba desde setembro do ano passado por ordem do juiz Sérgio Moro. No mês passado, o ministro já tinha negado o benefício ao petista. Segundo O Globo, o novo pedido da defesa de Palocci foi formalizado na última sexta-feira. Segundo os advogados, o petista está preso há mais de sete meses sem que tenha sido condenado por um tribunal de segunda instância. A decisão de Fachin foi tomada no dia seguinte ao julgamento da Segunda Turma do STF que resultou na libertação de outro réu da Lava-Jato, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. À decisão, ainda cabe recurso que será julgado pela Segunda Turma do tribunal, a mesma que determinou a libertação de Dirceu, ontem, e na semana passada do empresário José Carlos Bumlai e do ex-assessor João Cláudio Genu.

Passageiro de caminhão é atingido por pedra e morre dentro de veículo

Share Button

Por G1 BA

Pedra foi arremessada por pneu de carreta que estava à frente do caminhão em que vítima estava | Foto: Tiago Bottino/Itapetinga Agora

Pedra foi arremessada por pneu de carreta que estava à frente do caminhão em que vítima estava | Foto: Tiago Bottino/Itapetinga Agora

Um homem de 48 anos que estava no carona de um caminhão morreu após ser atingido por uma pedra na BA-263, no perímetro urbano de Itapetinga, no sudoeste da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, a pedra foi arremessada pelo pneu de outro caminhão que estava à frente do veículo que a vítima estava. O acidente ocorreu na manhã desta quarta-feira (3). Ainda segundo polícia, os dois veículos estavam saindo de Itapetinga no momento do acidente. A vítima estava do lado do carona e viajava como ajudante do caminhoneiro. Ele morreu na hora, ainda dentro do veículo. O motorista que estava ao lado da vítima foi ouvido e liberado. A carreta que teria arremessado a pedra contra o caminhão que estava a vítima seguiu viagem e não percebeu o ocorrido. O corpo da vítima foi levado para o Departamento de Polícia Técnica da cidade de Itapetinga.

Palocci interrompe negociação de delação premiada após STF decidir soltar Dirceu

Share Button
Foto: Rodolfo Buhrer / Reuters

Libertação do colega petista José Dirceu faz Palocci repensar acordo com a Lava Jato | Foto: Rodolfo Buhrer / Reuters

Os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato foram avisados que o ex-ministro Antonio Palocci (PT), preso em Curitiba, suspendeu pouco a negociação para firmar um acordo de delação premiada. A decisão do Supremo Tribunal Federal de libertar do ex-ministro José Dirceu, tomada no final da tarde desta terça-feira (02), mudou a situação. As informações são do site da Revista Época. Segundo a publicação, Palocci alimenta a esperança de também ser solto por um recurso apresentado ao Supremo. Isso não significa que Palocci não vá mais colaborar com a Lava Jato: ele pode fazer isso mesmo solto. Mas a negociação recuou duas ou três casas, segundo os procuradores. A delação de Palocci é a mais temida por petistas, banqueiros, deputados e outros grandes empresários. Um dos mais prejudicados se Palocci falar é o ex-presidente Lula.

Juiz determina que Eike Batista pague fiança de R$ 52 milhões ou volte à prisão

Share Button
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil (31/1/2017)

Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil 

O juiz federal Marcelo Bretas, do 7ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, decretou nesta terça-feira (2) fiança no valor de R$ 52 milhões para o empresário Eike Batista. O milionário deve pagar o valor em até cinco dias, ou pode deixar o regime de prisão domiciliar e retornar ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio. As informações são do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. “Assim, considerando a finalidade que o artigo 336 do CPP preceitua, e em razão do poder cautelar geral que é imanente ao exercício regular da jurisdição, entendo necessária a decretação de medida cautelar adicional e fixo para o acusado Eike Fuhrken Batista a fiança de R$52.000.000,00 (cinquenta e dois milhões de reais) nos termos dos arts. 321 e 326 do CPP, a qual, ao lado das medidas cautelares anteriormente fixadas, substituirá a prisão preventiva inicial”, diz trecho da decisão do magistrado, segundo o colunista.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia