WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque2’

INSS gastou R$ 1,1 bilhão em benefícios pagos a mortos, diz relatório

Share Button
Relatório do Ministério da Transparência aponta rombo bilionário em contas do INSS | Foto: Almeida Rocha/Folhapress

Relatório do Ministério da Transparência aponta rombo bilionário em contas do INSS | Foto: Almeida Rocha/Folhapress

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) registrou, em 2016, um rombo de pelo menos R$ 1,1 bilhão em aposentadorias e pensões pagas a beneficiários mortos – o deficit previdenciário fechou 2016 em R$ 149,73 bilhões, pior patamar desde 1995. A informação consta de um relatório elaborado por técnicos do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União ao qual o Uol obteve acesso. O levantamento feito entre janeiro e agosto de 2016 detectou que o INSS pagou benefícios a 101.414 pessoas que constavam como mortos no SISOBI (Sistema Informatizado de Óbito), operado pela Secretaria de Previdência Social. Esse mesmo levantamento identificou 1.256 beneficiários cujas mortes tinham sido constatadas em 2005, mas que recebiam benefícios em 2016. Em média, segundo esse estudo, o INSS levou quatro meses para suspender o benefício. O prejuízo apenas nesse período dos oito primeiros meses de 2016 foi de R$ 460 milhões. Em dezembro de 2016, o rombo totalizou R$ 1,134 bilhão. A constatação dos gastos irregulares surge em meio às tentativas do governo federal de aprovar no Congresso Nacional sua proposta de Reforma da Previdência. Entre os principais argumentos a favor das mudanças, está o deficit nas contas previdenciárias, que estaria orçado em R$ 184 bilhões em 2017, segundo o próprio governo. 

Alicia Keys recebe líder indígena no Rock in Rio e público vibra com “Fora, Temer”

Share Button
Alicia Keyes chamou ao palco a índia Sonia Guajajara, que discursou contra contra a liberação de terras para exploração mineral na Amazônia | Pablo Jacob / O Globo

Alicia Keyes chamou ao palco a índia Sonia Guajajara, que discursou contra contra a liberação de terras para exploração mineral na Amazônia | Pablo Jacob / O Globo

Diva é diva e Alicia Keys não precisa de muito para fazer um show à altura de seu talento. Engajada com diversas causas sociais, a artista cedeu seu espaço no principal palco do Rock in Rio para a líder indígena Sônia Guajajara fazer um discurso a favor da demarcação de terras na Amazônia. De acordo com o Uol, a líder indígena foi apresentada pela artista norte-americana ao público de cerca de 100 mil pessoas no meio da execução da música “Kill Your Mama”, que fala justamente sobre a devastação do meio ambiente, e fez um discurso incisivo e um apelo aos senadores brasileiros. Gritos de “Fora, Temer” vindos da multidão diante do palco acompanharam Sônia. “Existe uma guerra conta a Amazônia. Os povos indígenas e o meio ambiente estão sendo brutalmente atacados. O governo quer colocar à venda uma gigantesca área de reserva mineral. No próximo dia 20 haverá uma votação no Senado de um decreto legislativo que pode barrar todo esse absurdo. S enadores, vocês têm a chance de evitar isso e nós estaremos de olho. Porque não existe Plano B, essa é a mãe de todas as lutas, a luta da mãe terra. O mundo inteiro precisa vir para a linha de frente. Vamos pressionar. Acesse 342amazonia. Demarcação já!”, disse Guajajara, que foi ovacionada.

Eleições 2018: Alckmin avalia eventual disputa de segundo turno contra Bolsonaro

Share Button
Foto: Diogo Moreira/A2img/

Foto: Diogo Moreira/A2img/

O PSDB ainda não anunciou seu candidato à Presidência da República em 2018, mas o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, já fez um prognóstico em que disputaria um segundo turno. Na segunda fase da disputa, ele coloca o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) como oponente, segundo informações da coluna Radar Online, da Veja. Assim, Alckmin deixa de fora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apontado nas pesquisas de intenção de votos como o favorito ao pleito. No entanto, Lula já foi condenado a nove anos e meio de prisão e corre o risco de ser preso antes das eleições. Com essa atitude, o governador também ignora a disputa interna no PSDB, que tem o nome do prefeito de São Paulo, João Doria, também cotado para concorrer ao cargo. 

PM apreende mil pés de maconha após denúncia anônima no norte da Bahia

Share Button
Foto: Divulgação / SSP

Foto: Divulgação / SSP

Uma denúncia anônima ajudou guarnições da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto/Paulo Afonso) do 20° Batalhão da Polícia Militar a localizarem na manhã deste sábado (16) uma roça com pouco mais de mil pés de maconha. A droga estava plantada no povoado de Baixa das Pedras, município de Glória, na divisa da Bahia com os estados de Pernambuco e Alagoas. No local foram capturados Carlos José de Sá, o ‘Carlão’, e Franciel de Melo Sá, mais conhecido como ‘Ciel’. Com a dupla a polícia apreendeu duas espingardas calibre 36, um revólver calibre 38, munições e 11 quilos de maconha prensada. Carlão e Ciel foram autuados por tráfico de drogas e porte ilegal de arma, na sede da 18a Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Paulo Afonso.

Notícias de Santaluz

Agência bancária é explodida e fica destruída na Bahia

Share Button
Agência teve estrutura completamente destruída após explosão, na madrugada deste sábado (Foto: Lucas Paulo Monteiro da Silva/ Arquivo pessoal

Agência teve estrutura completamente destruída após explosão, na madrugada deste sábado | Foto: Lucas Paulo Monteiro da Silva/ Arquivo pessoal

Uma agência bancária do Banco Bradesco ficou destruída após ser explodida por um grupo de criminosos na madrugada deste sábado (16) na cidade de Itagimirim, sul da Bahia, de acordo com a Polícia Civil. Segundo o G1, a ação foi por volta das 1h50. Cerca de nove homens chegaram no local e explodiram caixas eletrônicos da agência. Eles fugiram pela BR-101, sentido Eunápolis. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Ilhéus foi acionado para fazer perícia no local. Não há informações sobre a identidade dos autores do ataque. Até a manhã deste sábado ninguém foi preso.

Tite chama Diego do Fla, Cássio, Tardelli e Arthur; confira lista completa

Share Button

Por GloboEsporte.com

Tite anuncia a convocação da Seleção para as eliminatórias (Foto: Pedro Martins / MoWA Press

Tite anuncia a convocação da Seleção para as eliminatórias | Foto: Pedro Martins / MoWA Press

O técnico Tite divulgou nesta sexta-feira (15) a lista com 24 jogadores convocados para os dois últimos compromissos da seleção brasileira nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 contra Bolívia e Chile, dias 5 e 10 de outubro, respectivamente. Entre os atletas chamados, a maior novidade é o meia Arthur, do Grêmio, que recebe a primeira chance. E nomes como Fred (Shakhtar Donetsk), Diego Tardelli (Shangdong Luneng) e Diego (Flamengo) estão de volta de volta. Danilo, lateral do City, entrou na vaga de Fagner, do Corinthians. O jogo contra os bolivianos será em La Paz, e o duelo com os chilenos será realizado na Arena Palmeiras, em São Paulo. A seleção brasileira garantiu de forma antecipada a classificação para a Copa do Mundo da Rússia, além da primeira colocação nas eliminatórias. A equipe de Tite soma 37 pontos e tem dez a mais do que o Uruguai, segundo colocado com 27 pontos.

Confira a lista de convocados:

Goleiros: Alisson (Roma), Cássio (Corinthians) e Ederson (Manchester City); Zagueiros: Marquinhos (PSG), Miranda (Inter de Milão), Thiago Silva (PSG) e Jemerson (Monaco); Laterais: Daniel Alves (PSG), Danilo (Manchester City), Marcelo (Real Madrid) e Filipe Luis (Atlético de Madrid); Meias: Arthur (Grêmio), Diego (Flamengo), Casemiro (Real Madrid), Fernandinho (Manchester City), Paulinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan), Philippe Coutinho (Liverpool), Willian (Chelsea) e Fred (Shakhtar Donetsk); Atacantes: Diego Tardelli (Shangdong Luneng), Neymar (PSG), Gabriel Jesus (Manchester City) e Roberto Firmino (Liverpool).

Geddel vem pagando um preço muito alto pelas acusações, avalia ACM Neto

Share Button

Bahia Notícias

Divulgação

Divulgação

O prefeito ACM Neto comentou nesta quinta-feira (14) que Geddel Vieira Lima “vem pagando um preço muito alto” pelas acusações apresentadas contra ele nos últimos dias. Questionado sobre o seu posicionamento em relação à denúncia oferecida mais cedo contra o ex-ministro, ele preferiu evitar fazer um julgamento sobre o caso antes de analisar o conteúdo do documento. “Não sei se pode ficar mais grave a situação dele, sobretudo porque nesse momento ele está preso, e, portanto, vem pagando publicamente um preço muito alto pelas acusações que foram apresentadas contra ele. Não tenho conhecimento jurídico e técnico sobre o conteúdo da denúncia, por isso mesmo prefiro esperar para fazer um julgamento não só meu, mas partidário sobre o conteúdo dessa denúncia”, disse o prefeito, pouco antes da cerimônia de entrega do título de cidadão soteropolitano ao presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Angelo Coronel, na Câmara Municipal. A denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Geddel também tem como alvo o presidente Michel Temer.

Casal preso mais de 30 vezes por assalto a coletivo é detido mais uma vez pelo mesmo crime

Share Button
Foto: Divulgação / SSP

Foto: Divulgação / SSP

Um casal foi preso nesta quarta-feira (13) depois de cometer furtos e roubos em transportes coletivos em Salvador. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Manuela Silva Tavares, de 38 anos, e Silas Pereira dos Santos, 30, foram levados para a delegacia do Grupo Especial de Repressão a Roubo em Coletivos (Gerrc), na Baixa do Fiscal, para onde já foram conduzidos mais de 30 vezes pelos mesmos crimes. Objetos robados nesta quarta-feira foram encontrados com eles. De acordo com a SSP, o casal sempre utiliza armas brancas pra ameaçar as vítimas, e já responde a dez inquéritos por furtos e roubos e a cinco processos criminais. Eles foram encaminhados para audiência de custódia, onde será definido se responderão ao inquérito presos ou em liberdade.

Notícias de Santaluz

Aliado de Geddel diz à PF que quer colaborar com investigação

Share Button
Ferraz se diz traído por Geddel e detalha como buscou mala com dinheiro para ex-ministro - Agência O Globo

Ferraz se diz traído por Geddel e detalha como buscou mala com dinheiro para ex-ministro – Agência O Globo

Preso em razão das digitais em pacotes de dinheiro apreendidos num “bunker” em Salvador, o advogado Gustavo Ferraz (PMDB) afirmou à Polícia Federal (PF) que deseja colaborar com as investigações. Ferraz deu detalhes sobre como buscou uma mala com notas de R$ 100 em São Paulo e disse que se sentiu “traído” pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), também preso preventivamente em Brasília em razão dos indícios de que é o responsável pelos R$ 51 milhões encontrados na capital baiana. Gustavo e Geddel são aliados políticos e as digitais dos dois foram encontradas em pacotes apreendidos. Agora, Gustavo vem se candidatando a implodir a parceria e a entregar o que está por trás da maior apreensão de dinheiro já feita no país. O Globo revelou na edição de terça-feira que o advogado admitiu em depoimento à PF ter viajado a São Paulo em 2012, a mando do ex-ministro, para buscar quantias em espécie. Na ocasião, Geddel era vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, nomeado pela presidente Dilma Rousseff. O episódio foi citado pela PF para embasar o pedido de prisão preventiva da dupla – o dinheiro teria sido repassado por um emissário do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). De acordo com O Globo, o aliado de Geddel afirmou que ele e o ex-ministro abriram a mala em Salvador e notaram a existência de diversos pacotes de dinheiro. De Geddel ouviu que as quantias iriam abastecer campanhas de candidatos do PMDB da Bahia. Por haver indícios de que o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel, tem ligação com o “bunker” dos R$ 51 milhões, o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira encaminhou ontem o caso para análise do Supremo Tribunal Federal (STF). Lúcio pode ser acusado de lavagem de dinheiro.

Coreia do Norte ameaça ‘afundar’ Japão com arma nuclear e reduzir EUA a ‘cinzas’

Share Button
Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte, em imagem de arquivo (Foto: Reuters/KCNA

Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte, em imagem de arquivo | Foto: Reuters/KCNA

Um órgão estatal da Coreia do Norte ameaçou nesta quinta-feira (14) usar bombas nucleares para “afundar” o Japão e reduzir os EUA a “cinzas e escuridão”, em reação à decisão do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), na última segunda-feira, de aprovar novas sanções contra Pyongyang (entenda). De acordo com o Estadão Conteúdo, as sanções, aprovadas por unanimidade, vieram após o regime norte-coreano ter realizado seu sexto e maior teste nuclear, no dia 3. O Comitê norte-coreano para a Paz da Ásia-Pacífico, que lida com assuntos externos de Pyongyang, também defendeu o desmantelamento do Conselho de Segurança e o descreveu como “ferramenta do mal”, segundo comunicado divulgado pela agência de notícias norte-coreana KCNA. 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia