WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque2’

Em propaganda na TV, PMDB vai dizer que ‘perseguição’ contra Temer passou dos limites

Share Button
MIchel Temer na Abertura da Semana Global do Empreendedorismo – SGE 2017. Foto: Alan Santos/PR

Michel Temer na Abertura da Semana Global do Empreendedorismo – SGE 2017 | Foto: Alan Santos/PR

O PMDB vai divulgar uma propaganda partidária nesta quinta-feira (16) dizendo que a “perseguição” contra o presidente Michel Temer “ultrapassou todos os limites”. A Folha de S. Paulo teve acesso ao vídeo que vai ao ar em rede nacional. Segundo a publicação, não há citação nominal ao ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, mas um narrador afirma que a “trama” para “derrubar” o presidente foi “desmontada”. Janot apresentou duas denúncias contra Temer, uma por corrupção passiva e outra por obstrução da Justiça e organização criminosa. Ambas foram barradas em votação na Câmara. “A verdade é libertadora e não só nos livra das injustiças como nos dá ainda mais força, vontade e coragem para seguir em frente. É isso que vamos fazer com muita convicção, porque agora é avançar”, diz Temer durante a gravação. Ainda segundo a Folha de S. Paulo, dez vídeos de 30 segundos serão exibidos ao longo da semana.

MP pede bloqueio de R$ 24 milhões de Lula e do filho Luís Cláudio na Operação Zelotes

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação/Montagem

O Ministério Público Federal de Brasília pediu para a Justiça o bloqueio de R$ 24 milhões em bens e valores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do seu filho caçula, Luís Cláudio. De acordo com informações da TV Globo, o valor de bloqueio solicitado pra Lula é de R$ 21,4 milhões e o do filho, Luís Cláudio, de R$ 2,5 milhões. O pedido do MP foi feito dentro de uma ação da Operação Zelotes em que Lula e o filho são réus. Lula é acusado de editar uma medida provisória para favorecer empresas do setor automotivo em troca de recebimento de propina. Luís Cláudio era ligado às empresas, de acordo com apurações da polícia. Lula e o filho são investigados também por suspeita de favorecimento a um grupo sueco nas negociações que levaram à compra pelo governo brasileiro de 36 caças do modelo Gripen.

Joaquim Barbosa pode concorrer à presidência pelo PSB, diz colunista

Share Button
Foto:Nelson Jr./SCO/STF (01/07/2014

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa cogita concorrer na próxima eleição presidencial pelo PSB. De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o recém-filiado Aldo Rebelo, ex-ministro dos governos Lula e Dilma Rousseff, admite disputar as prévias da legenda contra o ex-magistrado. Barbosa teria dito a dirigentes do PSB que responderá ao convite em janeiro.

Papa Francisco ganha Lamborghini e decide leiloá-lo para ajudar projetos humanitários

Share Button

Auto Esporte

O Papa Francisco e seu Lamborghini (Foto: L'Osservatore Romano/Pool Photo via AP

O Papa Francisco e seu Lamborghini | Foto: L’Osservatore Romano/Pool Photo via AP

O Papa Francisco foi presenteado nesta quarta-feira (15) com um carro da marca de luxo Lamborghini, de cor branca e com detalhes em amarelo (cores da bandeira do Vaticano), que será leiloado para financiar quatro projetos humanitários, informou a Santa Sé. O pontífice benzeu o carro, modelo Huracán, e assinou o capô, diante de diretores da marca presentes no Vaticano. O preço do modelo gira em torno de 200 mil euros (mais de R$ 780 mil), mas se espera que o carro do papa seja arrematado por um valor mais alto. Francisco determinou que o dinheiro arrecadado seja usado para financiar um projeto de reconstrução de residências, locais de culto e infraestrutura pública na planície de Nínive, no Iraque, a fim de ajudar os cristãos que fugiram da guerra a recuperar “suas raízes e sua dignidade”, indicou a Santa Sé. O Lamborghini do Papa também irá financiar uma associação italiana que ajuda vítimas de redes de prostituição, bem como duas associações italianas atuantes na África, entre elas um grupo internacional de cirurgiões. O Papa, que costuma receber presentes curiosos, já havia leiloado, com fins de caridade, uma motocicleta Harley Davidson.

Escritor de Araci vence prêmio nacional de literatura falando sobre sertão, mistérios da morte e falsos moralismos: ‘Céus e Terra’

Share Button

Por G1 BA

Franklin Carvalho, de 49 anos, durante cerimônia de premiação em São Paulo, no dia 6 de novembro (Foto: Divulgação

Franklin Carvalho, de 49 anos, durante cerimônia de premiação em São Paulo, no dia 6 de novembro | Foto: Divulgação

O solo rachado, os mitos do mato e o silêncio do sertão envolvem histórias que estão entre “Céus e Terra”, título do novo livro de Franklin Carvalho, autor baiano [da cidade de Araci] que está entre os vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura. A obra foi considerada o melhor romance de 2016 entre os escritores estreantes com mais de 40 anos. Para os jurados, o enredo trouxe à tona um realismo fantástico, onde as “forças da natureza irreversíveis se recriam e ultrapassam os eventos humanos”. De fato, uma síntese da história que envolve os mistérios entre a vida e a morte. “É um livro sobre as economias da vida e da morte. Se fala sobre as dificuldades, sobre os choques, sobre os lutos”, detalha Carvalho.

Tudo se desenrola na década de 1970, no município de Araci, que fica no nordeste baiano. É neste período que uma criança morre decapitada em um acidente e como alma passa a ouvir o que as pessoas pensam sobre os mistérios entre os céus e a terra. Embora tenha tentado fugir de referências autobiográficas, Carvalho confessa que a inspiração para o enredo partiu de uma inquietação permanente com a morte e com a religião. Como pano de fundo estão algumas lembranças da infância em Araci, especialmente após a perda do pai, quando tinha apenas seis anos de idade (1974).

“A morte e o modo como as pessoas lidam com a religião é algo que me intriga até hoje. Em momentos de medo, as pessoas recorrem a diversas religiões ao mesmo tempo, não numa visão de sincretismo (fusão de diferentes doutrinas), mas de clientelismo (interesse em troca de favores). É um caldo cultural muito apavorado. Somos cheios de religiosidade e cheios de medo”.

Nessa relação entre a religião e a morte, Carvalho enxerga um cruzamento permanente entre a fé, os mitos, as superstições e os falsos moralismos. Quando se volta à década de 1970, o autor se lembra da forte tradição católica do município de Araci, que durante décadas se manteve quase que impenetrável a outras correntes de espiritualidade.

“O catolicismo tradicional se marcou muito e as religiões africanas e indígenas ficaram marginalizadas, muito por conta da falta de demanda por mão de obra que existia no sertão. As práticas dessas outras religiões eram recorridas em segredo e chamadas de curandeirismo”.

Carvalho avalia que as histórias ouvidas por Galego – menino morto que é o personagem central do livro que se passa há mais de 40 anos -, revelam muito sobre os nossos dias. “Fazendo uma reflexão, ainda estamos em 1974. Enxergamos isso nas nossas concepções, nos moralismos, na situação econômica. Não por acaso, esse livro vem nessa fase que atravessamos. Hoje, temos refletido sobre coisas que supúnhamos que eram passadas”.

Livro "Céus e Terra" foi lançado em 2016 (Foto: Divulgação

Livro “Céus e Terra” foi lançado em 2016 | Foto: Divulgação

Literatura
Antes do livro “Céus e Terra” (2016), Franklin Carvalho já tinha lançado uma obra de contos urbanos chamada “Câmara e Cadeia” (2004), além do livro “Encourado” (2009), que é conto sobre um vampiro no sertão.

Em outubro deste ano, ele foi um dos convidados da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), no recôncavo baiano. Por coincidência, compôs uma mesa ao lado da escritora paulista e radicada em João Pessoa (PB) Maria Valéria Rezende, que também no Prêmio São Paulo de Literatura deste ano sagrou-se ganhadora na categoria Melhor Livro do Ano, com a obra “Outros Cantos”. “A Flica mais uma vez sinalizou que está antenada com a literatura brasileira. Ela teve a felicidade de pegar dois autores que estão se projetando, antes mesmo da premiação em São Paulo”, disse Carvalho.

Sobre os concorrentes na categoria de estreantes com mais de 40 anos, o escritor disse que enxergou algo em comum entre as obras.

“Eu concorri com outras 55 pessoas. Cinco passaram para a final. Li esses cinco. Me parece que todos têm uma capacidade muito grande de narrar o Brasil. Nenhum de nós se esquivou de falar das memórias, da ditadura, dos moralismos. Não se houve pudor em retratar o Brasil”.

Franklin Carvalho e Maria Vaéria Rezende na Flica deste ano; mesa foi mediada por Milena Brito (centro) (Foto: Paolo Paes

Franklin Carvalho e Maria Vaéria Rezende na Flica deste ano; mesa foi mediada por Milena Brito (centro) | Foto: Paolo Paes

Rui anuncia mil vagas para concurso da Polícia Civil

Share Button
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Durante uma transmissão ao vivo pela rede social Facebook, o governador Rui Costa confirmou a publicação do edital do concurso da Polícia Civil ainda este ano, na primeira quinzena de dezembro, e deu mais detalhes sobre o processo. “Me reuni nesta semana com o secretário da Segurança Pública, com o secretário da Administração do Estado e também com o secretário da Fazenda, e nós batemos o martelo, e o concurso público será realizado com mil vagas para a Polícia Civil, entre agentes policiais civis e delegados”, afirmou o governador. De acordo com a assessoria do governo do estado, o concurso vai abrir 880 vagas para investigador de polícia, 82 para delegado e 38 para escrivão. A Polícia Civil solicitou a abertura do concurso em função da aposentadoria, exonerações e falecimento de policiais. A previsão para o ingresso dos novos policiais civis na corporação é em julho de 2018. Antes de serem convocados os candidatos vão fazer provas objetivas e discursivas. Depois precisam passar por exames médicos e teste de aptidão física, fases que também são eliminatórias. Serão submetidos também a exames psicotécnicos e passarão por investigação social.

Notícias de Santaluz

Caixa lança campanha para clientes renegociarem dívidas em atraso com o banco

Share Button
Agência da Caixa Econômica Federal em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

Agência da Caixa Econômica Federal em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

A Caixa Econômica Federal lançou uma campanha para clientes que possuem pagamentos atrasados com o banco renegociarem suas dívidas. A campanha vale tanto para pessoas físicas como jurídicas, e é possível participar tanto pessoalmente quanto pela internet. Em Santaluz, a ação conta com o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Segundo a Caixa, é possível renegociar dívidas pendentes há mais de 360 dias. Até dezembro desse ano, as pessoas ou empresas inadimplentes podem quitar a pendência de forma parcelada ou à vista. Para quem optar pela segunda forma de pagamento, o banco oferece descontos de até 90%. Os clientes interessados podem se dirigir a agência da Caixa em Santaluz, que fica localizada na Avenida Nilton Oliveira Santos, na região central da cidade, ou a qualquer uma das agências do banco em outros municípios. Há ainda a opção de ser atendido pelo telefone 0800 726 8068 (opção 8). Mais informações no site da Caixa www.caixa.gov.br.

Informe Publicitário

Homem é preso e menor é apreendido por suspeita de roubar carro do Sedex com encomendas em Salvador

Share Button
Dupla foi pega com carro do Sedex e encomendas roubadas (Foto: Divulgação/SSP-BA

Dupla foi pega com carro do Sedex e encomendas roubadas | Foto: Divulgação/SSP-BA

Um homem foi preso e um adolescente apreendido por serem suspeitos de roubar um carro do Sedex com encomendas, no bairro da Lapinha, em Salvador. Segundo o G1, as informações são da Secretaria de Segunça Pública da Bahia (SSP-BA). De acordo com o órgão, a polícia encontrou com eles um revólver calibre 38, munições e outro veículo que seria utilizado para a fuga, além do material roubado. Milson Assis Santos Silva, de 23 anos, e o menor de 14 anos, foram localizados após populares informarem a uma guarnição que fazia ronda de que o carro do Sedex havia sido roubado. Os dois tentaram fugir, mas foram alcançados pelos policiais. Milson foi encaminhado para Superintendência da Polícia Federal em Água de Meninos, no Comércio. Lá, foi constatado que ele já tinha três passagens pela polícia, sendo duas por receptação e uma por roubo. O adolescente foi encaminhado para a Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), no bairro de Brotas. Segundo a SSP, ele havia saído recentemente da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (CASE), após 45 dias de internação. A SSP não informou para onde o material apreendido foi levado.

Deputado quer proibir uso de celular durante o trabalho e sugere punições

Share Button
Foto: Reprodução/O Globo

Foto: Reprodução/O Globo

O deputado federal Heuler Cruvinel (PSD-GO) apresentou um projeto de lei que visa proibir o uso de aparelhos eletrônicos portáteis – entre eles, celulares – durante o expediente no trabalho. Estão fora da regra os casos em que o funcionário usa aparelho fornecido pelo empregador com fins específicos de trabalho. “Na atual realidade a questão tempo e produção de excelência é o ponto alto nas relações profissionais do dia a dia, porém assistimos todos os dias a falta de atenção de funcionários em razão do uso privado do telefone celular”, diz um dos argumentos usados por Cruvinel. De acordo com O Globo, o texto destaca que, no âmbito trabalhista, a proibição do uso de celulares já é algo possível e facultado ao empregador em decorrência do que chamam do Poder Diretivo do Empregador, podendo resultar em penalidades disciplinares. Neste caso, se houver descumprimento da cláusula contratual ou norma interna da empresa a cerca do assunto, o projeto sugere que sejam aplicadas ao empregado penalidades disciplinares como dvertências, suspensões, ou mesmo a justa causa quando a aplicação as penas mais leves não tiverem efeito. A proposta foi a Plenário na última quinta-feira e aguarda despacho do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Polícia Federal e INSS deflagram operação para combater fraudes à Previdência Social

Share Button
Foto: Divulgação/ PF

Foto: Divulgação/ PF

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (13) a operação Contrafeito, com o cumprimento de nove mandados de busca e apreensão em Salvador para combater a atuação de um grupo suspeito de fraudes à Previdência Social. O prejuízo já soma R$ 500 mil. A ação, com apoio do Núcleo de Inteligência Previdenciária da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda, conta com 50 policiais federais e 12 servidores da Previdência Social. De acordo com as investigações, o grupo atuava desde 2012. Os envolvidos utilizavam documentos, relatórios e exames médicos falsos para dar entrada em processos de requerimento de benefícios previdenciários, com o auxílio de servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), também envolvidos nas fraudes. O grupo, de acordo com a polícia, vai responder pelos crimes de estelionato contra a Previdência Social (Art. 171 §3 e Art. 288 Código Penal), os quais preveem penas de um a cinco anos de reclusão e multa.

Notícias de Santaluz



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia