WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque2’

Bombeiro diz que havia 10 sobreviventes em avião da Chapecoense

Share Button
7bb03i8j27_231ti65wwd_file

Acidente vitimou mais de 70 pessoas em Mendellin, na Colômbia | Foto: Fredy Builes/29.11.2016/Reuters

Em entrevista à “Blu Rádio”, Juan Diego Gómez, um dos bombeiros que trabalhou no resgate das vítimas da queda do avião que levava a Chapecoense para a Colômbia, informou que mais pessoas haviam sobrevivido à queda – mas não resistiram aos ferimentos. Segundo Gómez, 10 pessoas foram socorridas, mas apenas sete conseguiram ser levadas para hospitais da região. De acordo com informações da agência Ansa, uma dessas pessoas, era um membro da comissão técnica, que não teve o nome revelado, e o piloto, Miguel Luis Quiroga. “Eu pude resgatar Miguel Luis, mas ele logo faleceu”, contou o bombeiro. Das sete pessoas salvas, seis ainda estão hospitalizadas. O goleiro Danilo chegou a ficar algumas horas no centro médico, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O resgatista ainda informou que um menino de “cerca de 15 anos que nos guiou” até o lugar do acidente e que um jovem ajudou nos resgates. “Quando chegamos, o menino não estava e quando começamos a resgatar os corpos, ele apareceu”, disse Gómez.Agora, a imprensa local tenta saber quem era o menino que ajudou os socorrista

Lula será ouvido por Moro pela primeira vez nesta quarta-feira

Share Button
politica-3-moro-e-lula-1024x576

Montagem/ Reprodução

O juiz federal Sérgio Moro deve ouvir testemunhas durante toda esta quarta-feira (30), nas ações penais que têm como alvos principais o ex-deputado federal Eduardo Cunha e o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois respondem a processos que foram derivados de investigações da Operação Lava Jato. De acordo com o G1, Moro deverá falar com o ex-presidente Lula, que também foi arrolado pela defesa de Cunha como testemunha, assim como o presidente Michel Temer (PMDB). Esta será a primeira vez que Lula falará ao juiz Sérgio Moro. O depoimento será tomado por videoconferência. O ex-presidente estará em São Bernardo do Campo. À tarde, a partir das 14h, Moro retoma a audiência do processo contra Lula para ouvir mais três testemunhas de acusação. Dessas, duas são ex-executivos da construtora OAS, que trabalhavam na empresa à época em que as supostas irregularidades teriam ocorrido.

Coité: jovem é preso e irmão adolescente apreendido suspeitos de tráfico de drogas

Share Button
irmaos_droga

Foto: Notícias de Santaluz

Jeferson de Oliveira Santos, o ‘Gegueu’, 18 anos, foi preso, e o irmão dele, de 16, foi apreendido por suspeita de tráfico de drogas na ‘Rua do Matadouro’, em Conceição do Coité, nesta segunda-feira (28). Segundo a Polícia Militar, após denúncia anônima, eles foram encontrados com seis papelotes de cocaína e duas trouxinhas de maconha. Com a chegada dos militares, a dupla tentou fugir, mas foi capturada. Antes, eles dispensaram a droga, segundo a PM. Os irmãos, que são naturais de Riachão do Jacuípe, foram encaminhados à delegacia local, onde a ocorrência foi registrada.

Redação Notícias de Santaluz

Ministro da Educação diz que Fies será reformulado e terá mais vagas em 2017

Share Button
not_18102016_fies

Foto: Divulgação / MEC

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse nesta segunda-feira (28) que pretende reformular e aumentar o número de vagas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). “Nosso compromisso com relação ao Fies é que a gente possa ter um Fies turbinado e que seja sustentável no médio e longo prazo”, disse após dar palestra na Associação Comercial de São Paulo. Segundo a Agência Brasil, em 2017, o programa que facilita o acesso ao ensino superior deverá ir além das 225 mil vagas oferecidas neste ano. “Nós pretendemos ter mais vagas para o próximo ano. Mas eu não posso fixar enquanto nós não concluirmos essa avaliação”, acrescentou Mendonça sobre os trabalhos que devem ser concluídos entre o final deste ano e o início do próximo.

Lula teria embarcado em voo com malas suspeitas, diz revista

Share Button
02/09/2016- São Paulo- SP, Brasil- O ex-presidente Lula partica da Reunião da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) em São Paulo. Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria embarcado com seu jato particular no dia 3 de junho de 2015, do Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo, com bagagens suspeitas, que não passaram pelo raio X. A denúncia foi feita pela Revista Veja, que conta que a aeronave chegou a ser cercada por uma operação da Receita Federal, que foi interrompida quando detectaram que um dos cinco passageiros era Lula. Os fiscais não concluíram as averiguações, mas a ação suspeita está agora sendo investigada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. Além de Lula, estariam no avião o piloto, o co-piloto, um segurança, um fotógrafo particular, um assessor de imprensa e um tradutor.

Justiça determina uso de força policial se Uesb não for desocupada em 24h

Share Button
uebs

Decisão é referente ao campus da UESB em Vitória da Conquista | Foto: Blog do Anderson

Os estudantes que ocupam o prédio da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, em Vitória da Conquista, em protesto contra a PEC do teto dos gastos públicos, receberam o prazo de 24 horas para deixar a unidade de ensino. De acordo com o G1, se a determinação não for atendida, o uso de força policial será permitido no processo de desocupação. A decisão foi tomada pelo juiz da comarca municipal, Ricardo Frederico Campos, na manhã desta sexta-feira (25). O campus da Uesb de Vitória da Conquista está ocupado desde 21 de outubro. Os estudantes protestam contra a PEC 55, antes denominada PEC 241, que tramita no Senado e estabelece limites aos gastos públicos. Também há ocupações nos campi de Jequié e Itapetinga, mas a decisão da Justiça de Vitória da Conquista é apenas referente ao campus do município.

Após conversa com Temer, amigos aconselham Geddel a pedir demissão

Share Button
naom_5833368869d22

Foto: Ueslei Marcelino/ Reuters

Após as denúncias do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, sobre pressões do ministro Geddel Vieira Lima referentes ao empreendimento La Vue, em Salvador, amigos do peemedebista aconselharam o secretário de Governo a pedir demissão, após conversarem com o presidente Michel Temer. Segundo informações do Blog do Moreno, do jornal O Globo, os interlocutores de Geddel argumentam que a situação se tornou insustentável, sobretudo após Calero prestar depoimento à Polícia Federal – de acordo com o colunista Kennedy Alencar, ele disse a PF que teria gravado conversas com Geddel, Temer e com o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil). Geddel nega ter sido procurado por ministros para discutir o problema. “Não tenho motivo nenhum para pedir demissão”, afirmou, acrescentando que os rumores se devem a “assessores palacianos que acreditam que sua saída seja melhor para o governo”. Calero também citou o próprio presidente, que rebateu as acusações. A PGR estuda incluir Temer e Padilha em um inquérito para apurar a conduta de Geddel.

Promotoria espanhola pede prisão de Neymar, o pai e a mãe dele por fraude em contratação

Share Button

EFE

2016-02-02t160942z_2125896401_gf10000293304_rtrmadp_3_soccer-spain-fraud_1

Foto: Reprodução/ Reuters

A Promotoria espanhola pediu nesta quarta-feira (23) 2 anos de prisão e 10 milhões de euros de multa para Neymar e 5 anos para o ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell por crimes de corrupção e fraude na contratação do atacante, uma queixa realizada pelo fundo brasileiro DIS, que possuía 40% de seus direitos federativos. No documento que consta a acusação, o promotor da Audiência Nacional José Perals, que pediu o arquivamento da causa para o presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, por falta de indícios contra ele, reivindica, além disso, o pagamento de 8,4 milhões de euros de multa para o clube espanhol e 7 milhões para o Santos. As autoridades também solicitaram dois anos de prisão para o pai de Neymar e um ano para sua mãe, ambos pelo crime de corrupção, e pede além disso uma multa de 1,4 milhão de euros para a empresa familiar N&N, além de reivindicar a cada um deles a mesma multa de 10 milhões de euros que o promotor pediu para o jogador.

Geddel chora ao falar sobre polêmica envolvendo liberação de obra

Share Button
geddelnjd

Foto: Bruna Castelo Branco/ Bahia Notícias

Depois de receber a confirmação de que permanecerá à frente da Secretaria de Governo, Geddel Vieira reconheceu que tratou com o então ministro da Cultura, Marcelo Calero, sobre um projeto imobiliário na Bahia, mas negou que o tenha pressionado a produzir um parecer técnico para liberar o empreendimento. Durante entrevista à Folha de S. Paulo, ele chegou a chorar e confirmou que, no ano passado, fez uma promessa de compra e venda de uma unidade no condomínio e afirma que, justamente por ter conhecimento do impasse imobiliário, tinha legitimidade para levar a questão ao então ministro da Cultura. A cena de emoção já havia ocorrido em 1994, quando Geddel era deputado federal, e caiu várias vezes no choro durante depoimento à CPI do Orçamento, que investigou fraudes envolvendo recursos da união. Geddel acabou inocentado.

Comissão de Ética da Presidência abre processo para investigar conduta de Geddel

Share Button
ac_geddel_reuniao_basealiada_camara_201606143424-850x565

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A Comissão de Ética Pública da Presidência decidiu, por unanimidade, abrir um processo de investigação do ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima no caso que acarretou a demissão do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero. Geddel foi acusado por Calero de tentar intervir na decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) de proibir a construção deum prédio de 30 andares em área tombada de Salvador. De acordo com o G1, a sindicância aberta pela Comissão de Ética vai analisar a suposta pressão feita pelo ministro, que comprou um apartamento no empreendimento. Mesmo com a polêmica, o presidente Michel Temer decidiu manter Geddel no cargo. Dos 7 integrantes da comissão, 5 já haviam votado a favor da abertura da investigação, mas um deles pediu vista, o que adiaria a decisão para o dia 14 de dezembro. Porém, o próprio Geddel teria pedido aos conselheiros que analisassem o caso de forma acelerada.  “Liguei para o presidente da Comissão e pedi para que fosse revista a iniciativa de adiar a decisão sobre o processo. Vamos fazer isso logo”, contou.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia