WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


:: ‘Destaque2’

Motorista, mulher e filha ficam feridos após carreta tombar em Camaçari

Share Button

Por G1 BA

Carreta tombou em uma via na região do polo petroquímico de Camaçari (Foto: Polícia Militar/ Divulgação

Carreta tombou em uma via na região do polo petroquímico de Camaçari | Foto: Polícia Militar/ Divulgação

Um motorista, a mulher dele e a filha ficaram feridos após a carreta em que estavam capotar na cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. De acordo com o Centro de Comunicação Integrada da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o acidente ocorreu em uma via que fica no polo petroquímico, por volta das 11h30. Os três ficaram presos às ferragens e foram resgatados por equipes do Corpo de Bombeiros e socorristas. A mulher e a criança foram atendidas por equipes que estavam no local e, em seguida, levadas para um hospital particular. Segundo a SSP, o motorista da carreta teve politraumatismo, com lesões nos braços e pernas. Ele foi levado em um helicóptero do Gruppamento Aéreo da PM para o Hospital do Subúrbio.

Comandante da PM processa Ministério Público após ser chamado de ‘pau mole’

Share Button
Coronel David Brandão | Foto: Bruno Zanardo / Secom

Coronel David Brandão | Foto: Bruno Zanardo/Secom

O comandante geral da Polícia Militar no Amazonas, coronel David Brandão, entrou com pedido de R$ 60 mil em indenização por dano moral ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM). O motivo é a publicação do dia 4 de junho no Diário Oficial do órgão, na qual Brandão é chamado de “coronel pau mole”. A Polícia Militar confirmou ao G1 a existência da ação cível e de uma representação junto ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Já o MP-AM disse que não vai se pronunciar. A reportagem também tentou contato com a defesa de David Brandão, mas não obteve retorno. A publicação que continha a ofensa, referente à portaria N° 002/2018, foi retirada do ar no dia seguinte. Brandão já foi chefe da Assessoria Militar do MP-AM. À época, o MP-AM definiu o erro como “grosseiro e ofensivo” e disse que foi determinada a apuração do fato. Não há informações sobre o atual status da investigação.

Preso posta fotos e até comenta em publicação sobre operação policial em redes sociais

Share Button

Por G1 GO

Preso posta foto em rede social de dentro do presídio de Luziânia | Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Preso posta foto em rede social de dentro do presídio de Luziânia | Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O preso Woshington de Deus Oliveira atualizava o perfil dele em uma rede social de dentro da unidade prisional de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. Ele postava fotos e ainda comentava em outras publicações. “Agora vai pagar pelo que fez, vai conhecer o inferno”, comentou o preso em uma foto de uma operação policial. O comentário foi feito na terça-feira (19), após uma ação realizada em Cristalina, também no Entorno do DF. Já a última foto postada foi no último dia 16, era uma “selfie” deitado em uma cama da cela. Woshington ainda usava um terço amarrado ao pulso. Após a TV Anhanguera questionar a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) sobre o fato, o perfil do detento foi excluído. Em nota, o órgão informou que apreendeu o celular e isolou o preso, que vai responder a processo disciplinar.

Medida provisória de Temer retira R$ 1 bi do Fies para financiar Segurança Pública

Share Button

Bahia Notícias

O presidente Michel Temer e os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Segurança Pública, Raul Jungmann, durante reunião com ministros do núcleo social, no Palácio do Planalto.Valter Campanato/Agencia Brasil

O presidente Michel Temer e os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Segurança Pública, Raul Jungmann | Foto: Valter Campanato/Agencia Brasil

O Financiamento Estudantil (Fies) terá um rombo de quase R$ 1 bilhão por conta da medida provisória do governo do presidente Michel Temer (MDB) que destina recursos das loterias federais para o Fundo Nacional da Segurança Pública (FNSP). O valor é 15% do valor repassado pelo Tesouro Nacional ao programa no ano passado, que foi de R$ 6,3 bilhões. A medida provisória também irá cancelar recursos repassados à Cruz Vermelha, à Associação de Pais e Amigos dos Exepcionais (Apae) e às Santas Casas. O texto da medida provisória prevê mudanças na arrecadação de loterias esportigas, da Mega Sena, LotoFácil, Timemania e a Lotex. Repasses ao FNSP, que não estavam previstos, são criados, gerando uma arrecadação de até R$ 800 milhões para a segurança em 2018. 

Número de mortes por H1N1 sobe para 26 na Bahia; 199 casos foram registrados

Share Button
Foto: André Borges/Agência Brasília

Foto: André Borges/Agência Brasília

Até o dia 16 de junho deste ano, 26 pessoas morreram por conta da gripe H1N1 na Bahia, segundo balanço divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nesta quarta-feira (20). Em relação ao último boletim, com dados até o dia 9 de junho, foram registrados 4 novas mortes. Os dados da Sesab também apontam que 199 casos da doença foram confirmados em 50 municípios e os óbitos ocorreram em 14 deles: Salvador (13); Apuarema (1); Camaçari (1); Feira de Santana (1); Irará (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (1); Monte Santo (1); Retirolândia (1); Saúde (1); Sapeaçu (1); Serrinha (1); Uruçuca (1) e Vitória da Conquista (1). Segundo a Sesab, a faixa etária de maior ocorrência ficou os maiores de 60 anos e os menores de cinco anos, sendo que 61,53% dos óbitos ocorreram nesses grupos. A campanha de vacinação contra a gripe acontece até esta sexta-feira (22). A data de encerramento, que seria no dia 15, foi prorrogada pelo Ministério da Saúde, devido à baixa adesão.

Notícias de Santaluz

Homem é preso acusado de tentar roubar policial militar com arma de brinquedo

Share Button
Foto: Divulgação/SSP

Foto: Divulgação/SSP

Um homem identificado como Edmilson da Penha, de 52 anos, foi preso acusado de tentar roubar um soldado da Polícia Militar com um simulacro de pistola – arma falsa – na noite desta terça-feira (19), em Salvador. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), uma equipe do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto) da 39ª Companhia Independente da Polícia Militar foi acionada e localizou o acusado na Avenida Pinto de Aguiar, no bairro de Pituaçu. Com Edmilson foram apreendidos, além da arma falsa, um canivete, celulares e R$ 220, segundo a SSP. O caso foi registrado na 9ª Delegacia Territorial, localizada no bairro da Boca do Rio. A SSP não informou detalhes sobre a tentativa de roubo ao policial militar.

Notícias de Santaluz

Canadá é primeiro país a legalizar uso da maconha em todo território nacional

Share Button
Foto: Maj. Will Cox/Released/Georgia Army National Guard

Foto: Maj. Will Cox/Released/Georgia Army National Guard

O Senado do Canadá aprovou nesta terça-feira (19) a legalização do uso recreativo de maconha em todo o território do país. Foram 52 votos favoráveis e 29 contrários. Com isso, segundo a Agência Brasil, o Canadá se tornou o primeiro país do mundo a legalizar a maconha nacionalmente. A legalização da maconha no país já havia sido aprovada no começo do mês, mas com a tramitação na Câmara e no Senado, foram feitas emendas e modificações, por ambas as casas. O projeto agora seguirá para sanção da governadora-geral do país, Julie Payette, representante da Coroa Britânica no Canadá. Segundo a imprensa local, o processo de legalização deverá durar cerca de quatro meses.

STF absolve Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

Share Button

Por G1

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministro Paulo Bernardo, marido dela | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministro Paulo Bernardo, marido dela | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu nesta terça-feira (19) a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o ex-ministro Paulo Bernardo da acusação de corrupção e lavagem de dinheiro em um dos processos da Operação Lava Jato. Também foi absolvido o empresário Ernesto Kugler Rodrigues, apontado como emissário do casal no recebimento do dinheiro. Ao denunciar o casal, a Procuradoria Geral da República afirmou que Gleisi e Paulo Bernardo pediram e receberam R$ 1 milhão desviado da Petrobras para a campanha dela ao Senado, em 2010. Mas, ao julgar o caso, os ministros da Segunda Turma do STF consideraram não haver provas de que o casal recebeu propina em troca da manutenção de Paulo Roberto Costa como diretor de Abastecimento da Petrobras à época. Votaram pela absolvição total os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. O relator da ação, Edson Fachin, e o revisor, Celso de Mello, também votaram pela absolvição dos crimes de corrupção e lavagem, mas votaram pela condenação de Gleisi pelo crime de caixa dois eleitoral (não declaração de dinheiro recebido em campanha). A Procuradoria Geral da República pode recorrer da decisão ao próprio STF.

Diretor da Fifa admite ‘erro’ em gol de empate da Suíça contra o Brasil

Share Button
Marco Van Basten admite 'erro' em gol de empate suíço | Foto: Divulgação/FIFA

Marco Van Basten admite ‘erro’ em gol de empate suíço | Foto: Divulgação/FIFA

O holandês Marco van Basten, ex-jogador de futebol e atual diretor-técnico da Fifa, entendeu que houve falta sobre o zagueiro Miranda, no jogo entre Brasil e Suíça, disputado no último domingo (17), e foi fruto de muita polêmica. O lance foi validado pelo juiz mexicano César Ramos, que não consultou o árbitro de vídeo.  “Tive várias discussões com pessoas dentro da Fifa sobre esse assunto nos últimos dias”, revelou em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo “Acho que precisamos aprender com esse caso (…) Não acho que o juiz deveria ter dado aquele gol. Essa é minha opinião pessoal”,  acrescentou.  O duelo terminou empatado em 1 a 1.  O próximo compromisso do Brasil é contra a Costa Rica, sexta-feira (22), às 9h, no estádio de São Petersburgo.

Moro repreende ex-presidente do PT que elogiou Lula em audiência

Share Button
Foto: Lula Marques / AGPT

Foto: Lula Marques / AGPT

O juiz federal Sérgio Moro repreendeu novamente uma testemunha de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando ele falava sobre Lula. O ex-presidente do PT, Rui Falcão, afirmou estar preocupado com Lula por ele estar sendo perseguido para não ser candidato, depois de ter perguntado sobre sua relação com o ex-presidente. “Não é propaganda política aqui Senhor Rui. Não é o momento de o senhor fazer isso”, afirmou Moro. Em resposta, Falcão afirmou que apenas estava respondendo à pergunta da defesa. Moro disse que não parecia o caso e o orientou a se limitar a responder as perguntas. Foi a segunda vez em que Moro repreendeu uma testemunha por supostamente fazer propaganda de Lula durante audiência. Semana passada, o escritor Fernando de Morais relatou um elogio de Bono Vox ao ex-presidente. Falcão negou que Lula ou o PT tenha feito qualquer ato ilícito para compra de apoio político e afirmou que não tinha conhecimento sobre vantagens indevidas pagas pela Odebrecht e OAS.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia