WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap

drogaria_santana


:: ‘Destaque3’

Homem mais velho do mundo morre aos 113 anos no Japão

Share Button

Por G1

 Foto: Reuters

Foto: Reuters

O japonês Masazo Nonaka, que com seus 113 anos era considerado o homem mais velho do mundo, morreu neste domingo (20) enquanto dormia em sua casa, informaram veículos de imprensa locais. O falecimento aconteceu na cidade de Ashoro, no extremo norte do país, segundo confirmaram seus familiares, que disseram que se deram conta de sua morte quando foram acordá-lo. Segundo a família, Nonaka, que se deslocava em cadeira de rodas, gostava de assistir a duelos de sumô na televisão, lia os jornais diariamente e banhava-se uma vez por semana em um manancial de águas termais. O ancião recebeu o recorde do Guinness por ser o homem mais velho do mundo no dia 10 de abril do ano passado. Masazo Nonaka nasceu em 25 de julho de 1905 em Ashoro, a mesma cidade na qual faleceu. A pessoa com a idade mais avançada que vive ainda hoje é outra japonesa, Kane Tanaka, que tem 116 anos.

Palocci: Lula pediu R$ 30 milhões para Delfim e Bumlai em obra de Belo Monte

Share Button

Por Estadão Conteúdo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro Antonio Palocci | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-ministro Antonio Palocci | Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci afirmou, em delação premiada, que Delfim Netto recebeu R$ 4 milhões de um acerto de R$ 15 milhões de propinas ao PT supostamente repassados pela Andrade Gutierrez. Primeiro delator do núcleo político de comando do esquema de corrupção sistêmica nos governos do PT revelado pela Lava Jato, Palocci detalhou sua atuação no acerto de R$ 135 milhões em propinas em Belo Monte – equivalente a 1% do contrato de R$ 13,5 bilhões. O valor dividido de forma igualitária, 50% cada, entre o PT e o MDB. E incriminou Lula e Dilma no esquema. Palocci afirma que Lula “se envolveu diretamente” na corrupção em Belo Monte. Segundo o delator, o ex-presidente exigiu que o amigo José Carlos Bumlai, pecuarista com livre acesso ao Planalto em seu governo, e Delfim Netto recebessem “milhões” no negócio, por terem formulado o consórcio vencedor do contrato. Em nove de março de 2018, Delfim foi alvo de buscas e apreensões no âmbito da Operação Buona Fortuna, 49ª fase da Lava Jato.

Morre Marcelo Yuka, fundador do Rappa, aos 53 anos no Rio

Share Button
Marcelo Yuka e Cibelle durante o festival Rock in Rio 2011| Foto: Raul Aragão/Grudaemmim/Rock in Rio

Marcelo Yuka durante o festival Rock in Rio 2011| Foto: Raul Aragão/Grudaemmim/Rock in Rio

Um dos fundadores da banda O Rappa, o músico e compositor Marcelo Yuka, morreu no fim da noite de sexta-feira (18), aos 53 anos, no Rio de Janeiro. Yuka estava internado em estado grave com um quadro de infecção generalizada. O músico sofreu um acidente vascular-cerebral (AVC) no começo do ano. De acordo com o G1, no meio do ano passado, Yuka já havia tido outro AVC. Em 2000, ele ficou paraplégico ao ser atingido por nove tiros enquanto acontecia um assalto a uma mulher na Tijuca, na Zona Norte do Rio. O músico nasceu em 1965 e era o baterista e principal compositor do Rappa até sua saída, em 2001. Como conta a reportagem, Yuka escreveu letras sobre temas como violência urbana, racismo e desigualdades sociais. “Minha alma (a paz que eu não quero)”, “Me deixa” e “Todo camburão tem um pouco de navio negreiro”, por exemplo, foram compostas por ele.

Incêndio atinge Instituto do Coração em São Paulo

Share Button
Foto: Reprodução/TV Globo

Foto: Reprodução/TV Globo

Um incêndio atingiu a área externa do Instituto do Coração (Incor), próximo à Avenida Paulista, em São Paulo, na manhã desta sexta-feira (18). Segundo o instituto, o incêndio ocorreu num duto de refrigeração, e não atingiu o interior do edifício. De acordo com informações do G1 e TV Globo, parte do prédio foi evacuado e alguns pacientes e funcionários tiveram que ser transferidos de ala em razão da fumaça. Do alto de prédios no entorno do instituto era possível identificar chamas em equipamentos de refrigeração do edifício. Por volta de 11h15, o fogo já estava controlado. Não há informações sobre feridos, segundo o Corpo de Bombeiros. 

Homem é surpreendido por PM ao tentar assaltar em velório e deixa arma cair durante fuga na Bahia

Share Button
Suspeito deixou arma cair durante a fuga, ao perceber a aproximação da polícia | Foto: Polícia Militar/ Divulgação

Suspeito deixou arma cair durante a fuga, ao perceber a aproximação da polícia | Foto: Polícia Militar/ Divulgação

Um homem invadiu um velório e tentou assaltar as pessoas que estavam na cerimônia, no município de Itabuna, no sul da Bahia. De acordo com a polícia, o suspeito se assustou e deixou a arma cair ao perceber a aproximação de uma viatura da PM. De acordo com o G1, ele conseguiu fugir. Ainda segundo a polícia, nenhum pertence das pessoas que participavam do velório foi levado. A arma usada pelo suspeito, um revólver calibre 32, foi apreendido pela polícia. O homem é procurado.

Acidente entre carreta e ônibus que levava pacientes para consultas deixa feridos na BR-101

Share Button

Por G1 BA

O veículo tinha 29 pessoas que seguiam para consultas médicas em Salvador | Foto: Blog Voz da Bahia

O veículo tinha 29 pessoas que seguiam para consultas médicas em Salvador | Foto: Blog Voz da Bahia

Vinte e três pessoas ficaram feridas durante uma colisão entre um ônibus da Secretaria de saúde de Laje e uma carreta, na madrugada desta quinta-feira (17), na BR-101, em Laje, a cerca de 235 km de Salvador. De acordo com a polícia, o acidente aconteceu por volta de 1h desta quinta, quando os veículos colidiram próximo ao entroncamento da cidade. Com o impacto, o ônibus despencou de uma ponte e caiu no matagal. A polícia não soube informar a causa do acidente. Vinte nove pessoas estavam no veículo na hora do acidente. Os passageiros seguiam para consultas médicas em Salvador. Dois dos feridos foram levados para o Hospital Regional de Laje, enquanto os outros 21 feridos foram encaminhados para uma unidade hospitalar de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano. A polícia informou também que o motorista da carreta fugiu do local. O G1 disse que entrou em contato com a prefeitura de Laje, mas até a publicação da reportagem não obteve retorno.

Ministro do STF suspende investigação sobre Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro

Share Button

Por O Globo

Foto: Reprodução/ O Globo

Foto: Reprodução/ O Globo

O deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro obteve na quarta-feira uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender as investigações sobre as movimentações atípicas envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor de seu gabinete. Na reclamação feita ao Supremo, Flávio argumentou que deveria ser processado no STF pelo fato de que assumirá o mandato no Senado em poucos dias. A decisão é do ministro Luiz Fux, que decidiu pela suspensão da investigação por entender que cabe ao relator sorteado no STF, ministro Marco Aurélio, decidir em que foro o caso deve prosseguir. O caso corre em sigilo. A partir de fevereiro, Flávio passa a ter foro privilegiado no STF, mas a Corte terá que analisar o destino do processo de acordo com a nova regra decidida no ano passado de que só ficam no Supremo casos que aconteceram durante o mandato e em razão da função parlamentar. O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) informou nesta quinta-feira que “em razão de decisão cautelar” foi determinada a suspensão do procedimento “até que o Relator da Reclamação se pronuncie”. Queiroz faltou a quatro depoimentos convocados pelo Ministério Público. A família dele também não foi prestar depoimento nas datas marcadas.

Brasil vive ‘epidemia’ de casos de violência doméstica, diz ONG

Share Button

Por G1

Violência contra a mulher gera concessões de medidas protetivas | Foto: Doidam10/Freepik

Violência contra a mulher gera concessões de medidas protetivas | Foto: Doidam10/Freepik

O Brasil enfrenta uma epidemia de violência doméstica e a superlotação do sistema carcerário, aponta a ONG Human Rights Watch. Nesta quinta-feira (17), a ONG divulgou os resultados de um relatório anual sobre problemas no respeito aos direitos humanos em 90 países. O estudo destaca o problema da violência generalizada contra as mulheres no Brasil. Ele indica que a polícia não investiga devidamente milhares de casos de agressões, de maneira que muitos dos responsáveis não são processados. No fim de 2017, mais de 1,2 milhão de casos estavam pendentes nos tribunais. O diretor para a divisão das Américas da Human Rights Watch, José Miguel Vivanco, denunciou ao Bom Dia Brasil uma “epidemia de violência contra a mulher”. Segundo ele, a Lei Maria da Penha, de 2006, é uma das melhores do mundo para combater esse tipo de violência, mas a estrutura precária não consegue fazer com que ela seja aplicada como deveria. “Lamentavelmente, podemos dizer que no Brasil há uma epidemia de violência doméstica, que não é suficientemente abordada, protegida, atendida pela parte do Estado”, afirmou Vivanco ao Bom Dia Brasil . O relatório cita dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública que indicam 4.539 mortes de mulheres em 2017, sendo que a polícia registrou 1.133 como feminicídios (ou seja, casos em que a morte da mulher foi motivada pela condição de gênero). O relatório aponta que o número de feminicídios está provavelmente subnotificado. Em todo o país, onde vivem mais de 200 milhões de habitantes, o número de casas que oferecem acolhimento para as mulheres vítimas de violência caiu de 97 para 74.

Após flexibilização da posse, deputados querem facilitar o porte de armas de fogo

Share Button
Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

Um grupo de deputados federais se articula para viabilizar a aprovação de um projeto de lei que flexibiliza o porte de armas. De acordo com informações da jornalista Julia Duailibi, os deputados da chamada bancada da bala querem aproveitar a disposição do governo em tratar o assunto. Nesta terça-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto flexibilizando as regras para a posse de armas. No entanto, é necessária uma mudança na legislação, alterando o Estatuto do Desarmamento, para facilitar o porte. O Estatuto do Desarmamento permite o porte de armas apenas em casos específicos, como ser integrante das Forças Armadas, de órgãos de segurança pública ou de empresa de segurança privada. A expectativa da bancada da bala é revogar essa legislação e criar regras mais flexíveis para o uso de armas de fogo.

PT e PSOL pretendem recorrer ao STF para tentar derrubar decreto de posse de armas

Share Button
Foto: Nelson Jr./STF

Foto: Nelson Jr./STF

O PT e o PSOL, oposição ao governo federal, pretendem tentar derrubar o decreto que regulamenta e flexibiliza a posse de armas no Brasil, assinado nesta terça-feira (15) pelo presidente da República Jair Bolsonaro. De acordo com O Globo, os partidos anunciaram que vão tentar suspender o novo texto recorrendo ao Supremo Tribunal Federal (STF) e também com uma medida a ser apresentada ao Congresso Nacional. De acordo com o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), a sigla vai ingressar ainda nesta semana com a ação em que questiona a constitucionalidade da medida ao STF. “Nós entendemos que esse decreto extrapola os limites da lei. Vamos entrar com o projeto de decreto legislativo (no Congresso, para revogar a medida), mas vamos também ao Judiciário”, disse Pimenta. “[A medida] extrapola as competências previstas na legislação ao Poder Executivo de regulamentar aquilo que a lei prevê. Ela invade competências do Poder Legislativo. Portanto, esta matéria não pode ser tratada por decreto”, argumentou o petista.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia