WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio






Laboratório Checap

drogaria_santana

:: ‘Destaque3’

‘Sempre acreditei na Justiça do meu país’, diz Aécio sobre decisão do STF

Share Button
Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

O senador Aécio Neves (PSDB-MFG) afirmou em nota divulgada nesta sexta-feira que recebeu com a ‘absoluta serenidade’ a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de determinar seu retorno ao Senado. Segundo O Globo, o tucano ressaltou que “sempre acreditou na Justiça” e que irá seguir no mandato com “seriedade e determinação”. A decisão para que o senador tucano volte aos trabalhos no Senado foi do ministro Marco Aurélio Mello (confira). Assim, ele poderá exercer novamente o mandato. Marco Aurélio também determinou a devolução do passaporte ao senador, o autorizou a se ausentar do Brasil e a manter contato com outros investigados. Por fim, rejeitou o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para prender Aécio. Aécio estava afastado do cargo desde 18 de maio, em razão das delações premiadas de executivos do frigorífico JBS. Marco Aurélio é o relator dos processos do senador baseados nessas colaborações. Ao devolver Aécio ao cargo, o ministro argumentou que deve haver harmonia entre os poderes, e que o Judiciário não pode interferir no Legislativo. Segundo ele, o afastamento é uma questão que deve ser resolvida dentro do próprio Senado.

Julho terá bandeira amarela e cobrança extra na conta de luz, informa Aneel

Share Button
Foto: Reprodução/ Portal Brasil

Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (30) que os consumidores de energia voltarão a pagar taxa extra na conta de luz em julho, cuja bandeira tarifária será amarela, o que significa a cobrança de R$ 2 a cada 100 quilowatts/hora (kWh) consumidos. Segundo a Aneel, “o fator que determinou para o acionamento da bandeira amarela foi o aumento do custo de geração de energia elétrica”. Ao longo do mês de junho, vigorou a bandeira amarela, ou seja, sem cobrança extra na conta. Em abril e maio, ela estava na cor vermelha (a cobrança extra nas contas de luz varia de R$ 3 a R$ 3,50 para cada 100 kWh usados). O sistema das bandeiras tarifárias estabelece uma cobrança extra nas contas de luz que é aplicada sempre que o custo de geração de energia no país sobe. Isso acontece quando é necessário ligar mais usinas termelétricas, que geram energia mais cara.

Notícias de Santaluz

Governo queria dinheiro da Educação para retomar emissão de passaportes

Share Button
Foto: iStock/ Reprodução

Foto: iStock/ Reprodução

O governo federal mandou ao Congresso Nacional proposta que abre crédito suplementar de R$ 102,4 milhões para regularizar a emissão de passaporte pelo Ministério da Justiça. O crédito também será usado para manter o serviço de controle do tráfego internacional e de registro de estrangeiros. Como explica a Agência Câmara, a proposta do governo previa que os recursos seriam remanejados do Ministério da Educação para o Ministério da Justiça. No entanto, o presidente da comissão, senador Dário Berger (PMDB-SC), entrou em acordo com o ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, para que os recursos sejam retirados de convênio com organismos internacionais. Para Dário Berger, a matéria é prioritária na comissão. “Tinha intenção de colocar em votação [nesta semana], porque é uma ação que atinge milhares de brasileiros, que não têm a menor culpa pela incompetência”. A proposta será analisada pela Comissão Mista de Orçamento e, em seguida, será votada pelo Plenário do Congresso. A emissão de passaportes está suspensa desde as 22 horas de terça-feira (27) porque já foram gastos todos os recursos para esse fim no Orçamento deste ano.

Jovem invade o Palácio da Alvorada e tem o carro alvejado por tiros

Share Button
Reprodução/Twitter

Foto: Reprodução/Twitter

Por volta das 19h desta quarta-feira (28), um rapaz dirigindo uma espécie de van ou SUV preta chegou à portaria do Palácio da Alvorada como se fosse se identificar para entrar. Na hora que o segurança foi abordá-lo, o rapaz acelerou, derrubou o portão de entrada do palácio e seguiu invadindo a residência oficial da Presidência da República. De acordo com o Estadão Conteúdo, o soldado do Exército que estava no local começou a disparar tiros de escopeta em direção ao carro. Foram cinco ou seis tiros e o motorista, que parecia menor de idade, só parou o carro perto da igrejinha do Alvorada. Após deixar o veículo, o rapaz saiu correndo e se escondeu nos jardins do palácio. A segurança vasculhou a área e o achou. O rapaz, que não foi atingido por nenhum tiro, falava frases desconexas quando foi abordado. Depois do incidente, o acesso ao Palácio da Alvorada foi fechado.

‘Governo Temer sufoca a PF’, diz procurador da Lava Jato após suspensão de passaportes

Share Button
O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba Foto: Pedro Filho/EFE

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba | Foto: Pedro Filho/EFE

O procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos responsáveis pela Operação Lava Jato no Paraná, criticou o governo de Michel Temer, um dia após a suspensão pela Polícia Federal da emissão de passaportes. Segundo O Estado de S. Paulo, Lima criticou, ainda, a redução da equipe responsável pela operação e sugeriu que isso pudesse prejudicar as investigações pelo País. “O governo Temer sufoca a Polícia Federal. Nem dinheiro para a emissão de um documento necessário como o passaporte”, escreveu o procurador em sua página no Facebook. “Imagine como está a continuidade das diversas investigações pelo País.” Segundo Lima, na operação Lava Jato “a equipe da polícia foi significativamente reduzida”. O procurador ainda questionou: “A quem isso interessa?”. De acordo com o G1, o governo vai propor nesta quarta-feira (28) ao Congresso Nacional um projeto de lei que abre um crédito suplementar de R$ 102,4 milhões ao Ministério da Justiça para regulizar a emissão de passaporte. O serviço está suspenso desde terça-feira à noite porque atingiu o limite de gastos previstos no Orçamento da União.

Jovem morre após passar mal em academia de Salvador

Share Button
Amigos usaram as redes sociais para lamentar a morte da jovem (Foto: Reprodução/Facebook

Amigos usaram as redes sociais para lamentar a morte da jovem | Foto: Reprodução/Facebook

Uma jovem de 25 anos morreu após passar mal enquanto praticava exercícios dentro de uma academia do bairro de Tancredo Neves, em Salvador. O caso ocorreu por volta das 20h de terça-feira (27), segundo informações do Centro Integrado de Comunicação da Secretaria de Segurança de Pública (Cicom). De acordo com o G1, Jéssica Avelino Morais ainda chegou a ser socorrida por populares para um posto médico do bairro, mas não resistiu. Ainda não há informações sobre as causas da morte. Em nota publicada na rede social Facebook, a academia On Shape lamentou o ocorrido. As atividades no local foram suspensas após a morte da aluna. “É com grande pesar que a direção comunica aos alunos que nesta quarta-feira, 28/06, academia não irá funcionar, em memória do falecimento de uma aluna. A direção agradece a compreensão de todos”, diz a nota. Conforme o Cicom, o corpo da mulher foi encaminhado para o Departamento de Polícia Ténica (DPT) e o caso será investigado pela 11ª Delegacia de Tancredo Neves. 

Temer cobra provas, ataca Janot e diz sofrer ‘infâmia de natureza política’

Share Button
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

O presidente Michel Temer afirmou na tarde desta terça-feira (27) que não há provas concretas na denúncia por corrupção passiva apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo ele, a peça acusatória é uma “ficção”. É a primeira vez na história do Brasil que um presidente da República é denunciado por corrupção durante o exercício do mandato. “Somos vítimas dessa infâmia de natureza política. […] Fui denunciado por corrupção passiva sem jamais ter recebido valores. Onde estão as provas concretas de recebimento desses valores? Inexistem”, afirmou o presidente, segundo informações do portal G1. “Criaram uma trama de novela. Digo sem medo de errar que a denúncia é uma ficção. […] Tentaram imputar a mim um ato criminoso e não conseguiram porque não existe, juridica ou politicamente”, complementou Temer, que se disse tranquilo, do ponto de vista jurídico. Isso porque, para ele, não há fundamentos que embasem a denúncia. Antes de ser apreciada pelo STF, caberá à Câmara (primeiro, na CCJ e, depois, no plenário) decidir sobre o prosseguimento da acusação.

Se eu for condenado, não vale a pena ser honesto no Brasil, diz Lula

Share Button
Foto: Bruno Santos/Folhapress

Foto: Bruno Santos/Folhapress

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (27) que, se ele for condenado na Lava Jato, “não vale a pena ser honesto no Brasil”. Segundo o Uol, a declaração foi dada durante entrevista à rádio Itatiaia, em Minas Gerais, ao ser questionado sobre uma possível condenação em uma das ações penais que está nas mãos do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos relativos à Operação Lava Jato na primeira instância. “Eu, sinceramente, se, tiver uma decisão que não seja a minha inocência, sabe? Eu quero dizer para você que não vale a pena ser honesto neste país. E quero dizer que não vale a pena você ser inocente, porque ser inocente é você não dar aos acusadores o direito de prova, então, eles ficam nervosos e vão te acusar mesmo que não tenham provas”, afirmou. A sentença de uma das cinco ações penais em que Lula é réu pode sair a qualquer momento. Desde o dia 21 de junho, Moro está com os autos do processo para decidir se o ex-presidente é culpado ou inocente. Nesse processo, Lula é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por ter recebido R$ 3,7 milhões em propina por meio da reforma de um tríplex no edifício Solaris, no Guarujá, litoral de São Paulo, e do armazenamento, entre 2011 e 2016, de presentes recebidos por Lula, da época que ele era presidente (2003-2010). 

‘Nada nos destruirá, nem a mim nem aos nossos ministros’, diz Temer

Share Button
Foto: Beto Barata/PR

Foto: Beto Barata/PR

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira (26) que o governo está implementando uma “agenda de modernização no país” para a qual, segundo ele, não há um “plano B”. Logo em seguida, Temer afirmou que “nada nos destruirá, nem a mim nem a nossos ministros”. Segundo o G1, ele deu a declaração ao final de um discurso em evento no Palácio do Planalto para sancionar a lei que permite aos comerciantes cobrarem preços diferentes para um mesmo produto, dependendo da forma como o cliente paga. O presidente é alvo de investigações autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal após as delações de executivos da JBS. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve até terça-feira (27) apresentar uma denúncia contra Temer. “O Brasil está nos trilhos, no caminho da responsabilidade e na rota da superação. Portanto, meus amigos, que ninguém duvide. Nossa agenda de modernização do Brasil é a mais ambiciosa em muito tempo. Tem sido implementada com disciplina, com sentido de missão. Não há plano B, há que seguir adiante. E nada nos destruirá, nem a mim, nem aos nossos ministros.”, afirmou Temer.

Lula lidera intenções de voto para 2018 e Marina e Bolsonaro empatam em segundo

Share Button
Montagem

Reprodução

Pesquisa realizada pelo Datafolha entre 21 e 23 de junho, referente às intenções de voto para a disputa presidencial de 2018, mostrou poucas diferenças na comparação com as últimas avaliações. O ex-presidente Lula (PT) manteve a liderança, com 29% a 30%, seguido por Marina Silva (Rede) e Jair Bolsonaro (PSC). O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (sem partido) aparece com 11%, em quarto. No cenário onde a disputa é com Alckmin, o petista fica com 30%, e o tucano, com 8%, em terceiro. Embolados em segundo aparecem Bolsonaro, com 16%, e Marina, com 15%. De acordo com a Folha de S. Paulo, numa disputa com Doria, o resultado é similar: Lula, na frente, tem 30%, Marina e Bolsonaro, 15% cada um, e o prefeito, 10%. Quando incluído, Joaquim Barbosa fica numericamente na quarta posição, à frente de ambos os tucanos, mas em empate técnico. Já na disputa com o juiz Sério Moro que aparece em segundo (14%), empatado com Marina (14%) e Bolsonaro (13%). Lula continua liderando com 29%, e Alckmin perde pontuação (6%).



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia