WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque3’

Bolsonaro diz que ministro da Educação não foi ‘prudente’ ao participar de ato a favor do governo

Share Button
Foto: PR/Marcos Corrêa

Foto: PR/Marcos Corrêa

Para o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, “não foi muito prudente” ao comparecer a um ato em apoio ao governo no domingo (14), em Brasília. O protesto ocorreu um dia após apoiadores do governo lançarem fogos de artifício contra o prédio do Supremo Tribunal Federal (STF). “Quanto à participação do ministro no dia seguinte num grupamento de pessoas, que não foram as pessoas que soltaram fogos para cima do Supremo Tribunal Federal, eu acho que ele não foi muito prudente ao participar dessa manifestação, apesar de nada de grave ele ter falado ali. Mas não foi um bom recado. Por quê? Ele não estava representando o governo, estava representando a si próprio”, afirmou Bolsonaro em entrevista à Band News, segundo informações do G1. Vale ressaltar que o próprio presidente costuma participar de atos com pautas antidemocráticas, como o fechamento do STF e do Congresso, ao lado de apoiadores do seu governo. Mas essa crítica a Weintraub ocorre no momento em que a ala política do governo defende a demissão do titular do MEC. Ministros do STF, inclusive, já ouviram que ele será demitido, segundo a coluna de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo. Além disso, os magistrados não descartam a possibilidade dele ser preso, uma vez que é investigado no inquérito das fake news conduzido pela Corte.

Pizzaria Nordestinha é inaugurada em Santaluz

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Santaluz ganhou mais uma opção na área gastronômica: a Nordestinha Pizzaria. A inauguração aconteceu na última sexta-feira (12), em pleno Dia dos Namorados, e de acordo com a direção foi um sucesso!

A pizzaria funcionará de terça-feira a domingo, das 18h às 24h, em um ambiente agradável e bem decorado, localizado na Avenida Nova Esperança, no bairro Deloda. No entanto, devido ao cenário de pandemia do novo coronavírus e à necessidade de isolamento social, o atendimento está sendo realizado em sistema de delivery, uma opção segura em tempos de Covid-19, sem risco de contaminação — os cuidados com higienização fazem parte da rotina dos colaboradores, garante a direção da Nordestinha.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O pedido pode ser feito pelo telefone (75) 99155-9630 ou de maneira mais fácil e intuitiva pelo WhatsApp — basta salvar o número (75) 98298-9584 e solicitar o cardápio para conferir os mais de 60 sabores, além de tipos de borda e ofertas disponíveis.

Por falar nisso, as promoções do momento são pizza pequena a partir de R$ 9,50, média a partir de R$ 14,50, grande a partir de R$ 18,50 e família a partir de R$ 23,50. A Nordestinha também tem o ‘cartão fidelidade’, que dá uma pizza grande para o cliente que acumula 10 compras.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Confira mais novidades no Instagram da Nordestinha (clique aqui e acesse).

Estados Unidos cancelam permissão para uso da cloroquina em pacientes com coronavírus

Share Button
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A autorização para o uso de cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes com coronavírus foi suspensa nos Estados Unidos. A decisão foi tomada pelo FDA, órgão americano equivalente à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta segunda-feira (15). Os medicamentos foram liberados de forma emergencial ainda no começo da pandemia no país, a partir de um pedido de urgência feito pelo presidente Donald Trump. Já a revogação agora ocorre após o FDA rever estudos internacionais sobre o uso das substâncias. Segundo o portal Metrópoles, o documento divulgado pelo órgão americano indica que o uso do remédio “não parece produzir nenhum efeito antiviral” e “não mostrou benefícios na mortalidade, diminuição de tempo de internação ou necessidade de ventilação mecânica em pacientes com Covid-19”.

PF prende ativista bolsonarista em investigação sobre atos antidemocráticos

Share Button

Por TV Globo e G1

Foto: Lucas Nanini / G1

Foto: Lucas Nanini / G1

A ativista Sara Winter foi presa pela Polícia Federal, em Brasília, na manhã desta segunda-feira (15). A prisão foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Winter é líder do grupo 300 do Brasil, de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A prisão ocorre dentro do inquérito que investiga o financiamento de protestos antidemocráticos e não tem relação com a investigação sobre a produção fake news. O mandado atende a um pedido da Procuradoria Geral da República (PGR). Ao todo, seis pessoas foram presas. As identidades dos outros cinco detidos não haviam sido divulgadas até a publicação desta reportagem. Ao autorizar a abertura do inquérito, em maio, Moraes disse que “é imprescindível a verificação da existência de organizações e esquemas de financiamento de manifestações contra a Democracia e a divulgação em massa de mensagens atentatórias ao regime republicano, bem como as suas formas de gerenciamento, liderança, organização e propagação que visam lesar ou expor a perigo de lesão os Direitos Fundamentais, a independência dos Poderes instituídos e ao Estado Democrático de Direito, trazendo como consequência o nefasto manto do arbítrio e da ditadura”.

Bebê morre após escorregar e ficar preso em cinto de segurança de carrinho infantil na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução/Pixabay/Ilustração

Foto: Reprodução/Pixabay/Ilustração

Um bebê morreu após escorregar e ficar preso no cinto de segurança de um carrinho infantil, no bairro Mimoso, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, sudoeste da Bahia, neste domingo (14). De acordo com a Polícia Civil, a criança dormia no momento do acidente. Ela chegou a ser socorrida para uma unidade de saúde, mas já chegou no local sem vida. A causa da morte, idade e gênero da criança ainda não foram divulgadas. Ainda segundo a polícia, uma perícia será feita para determinar o que aconteceu, mas o caso é tratado como morte acidental. O caso é acompanhado pela Delegacia de Luís Eduardo Magalhães.

Justiça suspende lote de sabão em pó por usar combate ao coronavírus em anúncio

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Um lote do sabão em pó da marca Tixan-Ypê teve a comercialização suspensa pela Justiça nesta quinta-feira (11) por dar a entender que seu produto teria eficácia contra o novo coronavírus. Segundo a decisão, não há comprovação científica que endosse a afirmação, implícita na peça de marketing ao dizer que o sabão “combate e mata o vírus”. A liminar determina a retirada de comercialização do produto, recolhimento das unidades que estejam no mercado e proibição de realizar novas campanhas publicitárias que façam alusão a eliminar “o vírus”. A multa é de R$ 50 mil por dia de descumprimento. A ação foi movida pela Unilever, dona da marca Omo, contra a Química Amparo, fabricante da Tixan-Ypê. Cabe recurso. A Ypê alega que o slogan não faz referência direta ao coronavírus. De acordo com a juíza Renata Mota Maciel, contudo, qualquer pessoa no atual contexto faria uma correlação neste sentido, exceto um especialista em virologia. “Toda e qualquer pessoa, (…) imediatamente fará associação da propaganda ao combate do coronavírus”, diz a magistrada. “Não vejo como não vincular a figura de um vírus e a expressão ‘o vírus’ a outra coisa que não seja o coronavírus Sars-CoV-2.” Ainda de acordo com a juíza, nenhuma peça de marketing da empresa havia usado como mote o combate a qualquer tipo de vírus antes de que o país fosse atingido pela pandemia de Covid-19.

Maia defende a criação de renda mínima permanente após pandemia

Share Button

Por Uol

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, defendeu nesta quinta-feira (11) a prorrogação do prazo do auxílio emergencial de R$ 600, que está em fase de liberação do segundo dos três pagamentos previstos, e disse ser inevitável a discussão a respeito da criação de uma renda mínima permanente como maneira de contornar os efeitos da crise econômica da pandemia, principalmente em relação aos trabalhadores informais. “Um grupo de parlamentares está analisando os programas do governo já existentes e estamos vendo a melhor maneira de alocar recursos, mas criar uma renda permanente não é tão simples: temos que encontrar uma fonte no orçamento e essa discussão tem que avançar este ano”, disse, em entrevista à Globo News. Maia mencionou, entre as possíveis fontes de financiamento desses programas, a redução de subsídios tributários, uma “repactuação” das deduções previstas hoje no Imposto de Renda e mudança no uso de recursos previstos hoje para outros fins, como salário de servidores públicos — medida que, segundo ele, teria que ser adotada por todos os Poderes e atingir apenas os salários mais altos.

Covid-19: Prefeitura de Santaluz abre seleção com 56 vagas para médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Prefeitura de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, lançou nesta quarta-feira (10) edital para contratação temporária de 56 profissionais da área de saúde para atuar no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Clique aqui para acessar o edital.

São ofertadas 20 vagas para médico, 16 para enfermeiro e 20 para auxiliar ou técnico em enfermagem, com jornadas de 12 ou 24 horas. O período do contrato será de três meses, prorrogáveis por mais três, ou até o final do estado de calamidade pública em decorrência da pandemia.

As inscrições vão de 15 a 19 de junho, exclusivamente pela internet, mediante preenchimento de formulário no site santaluz.ba.gov.br.

A seleção será realizada por meio de análise de experiência profissional via currículo, que deverá ser entregue pessoalmente no Auditório Municipal Lindaura Carneiro, localizado na Rua Getúlio Vargas, ao lado do Centro Educacional Nilton Oliveira Santos, no mesmo período das inscrições, das 8h às 12h e das 13h3 às 17h30.

Quanto aos vencimentos, serão pagos, por cada plantão de 12 horas, R$ 1.250 para médico, R$ 250 para enfermeiro e R$ 120 para auxiliar ou técnico em enfermagem.

Notícias de Santaluz

‘Não é hora de discutir impeachment’ de Bolsonaro, diz Maia

Share Button

Por O Globo

Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), descartou a abertura de um processo de afastamento do presidente Jair Bolsonaro neste momento. Na avaliação de Maia, o foco do Congresso e dos demais poderes deve ser o combate aos efeitos provocados pelo novo coronavírus. A afirmação foi feita durante uma entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta quarta-feira. “Não é hora de discutir impeachment. É hora de discutir a união do Brasil, de salvar vidas, de salvar empregos. Eu como sempre fui contra as manifestações no período da pandemia, não contra manifestação, mas contra aglomeração neste momento, eu também não posso ser a favor de novas manifestações. Eu acho que neste momento, as aglomerações vão gerar uma aceleração da contaminação e perdas de vidas”, disse ao ser questionado sobre os protestos que pedem a saída do presidente. Maia lembrou que o Brasil deve atingir a marca de 40 mil mortes em breve e defendeu unificar as ações para passar por esse “momento difícil” sem pensar em 2022, ano de eleição. “É muito importante que a gente unifique o que nos une nesse momento tão difícil para que a gente possa passar por esse momento. O segundo momento, o movimento contra o presidente Bolsonaro pode crescer ou não, o movimento pró Bolsonaro pode crescer ou não, isso é outro momento. O que a gente não pode é estar olhando 2022 em meio a uma pandemia”, declarou Maia. O presidente da Câmara afirmou também que cabe ao Executivo fazer a coordenação do combate à pandemia e cobrou do governo federal atitudes que unifiquem as ações contra a doença.

Homem é preso após invadir sede da TV Globo e fazer repórter refém

Share Button

Por G1 Rio

Foto: Divulgação / Metrópoles

Foto: Divulgação / Metrópoles

Na tarde desta quarta-feira (10), um homem invadiu a sede da TV Globo, no Jardim Botânico (RJ), portando uma faca. Ele fez a repórter Marina Araújo refém. A equipe de segurança da Globo rapidamente agiu, isolou o local e chamou a PM. O comandante do 23° batalhão da corporação, coronel Heitor Henrique Pereira, compareceu rapidamente à emissora e conduziu a negociação. O homem, que ameaçava a jornalista, liberou a repórter após alguns minutos. Marina e todos os funcionários que estavam no local não se feriram e passam bem. A Globo disse que repudia com veemência todo tipo de violência e informou que o ocorrido “foi obra de alguém com distúrbios mentais, sem nenhuma conotação política”. Um homem que exigia ver a jornalista Renata Vasconcellos. Seguindo instruções do comandante Heitor, Renata compareceu ao local onde estava Marina e o invasor. Tão logo ele a viu, largou a faca e libertou Marina. Foi preso imediatamente. As duas profissionais estão bem.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia