Share Button
Foto: Reprodução/Bom Dia Feira

Foto: Reprodução/Bom Dia Feira

No final da tarde de terça-feira (8) um grupo de policiais militares e bombeiros, reunidos, em Salvador, decidiram aderir ao movimento de paralisação denominado “Segurança por Segurança”. Porém, o comandante-geral da PM, Anselmo Brandão, nega existência de greve. Na manhã desta quarta-feira (9), o comandante do CPRL, coronel Luziel Andrade, informou ao Acorda Cidade que a situação em Feira de Santana, assim como em toda a Bahia, é de normalidade. Segundo ele, em Feira houve, inclusive, operações durante a madrugada, que resultou em apreensões de armas e morte em decorrência de intervenção policial no bairro Cidade Nova. “Infelizmente tivemos essa situação do pessoal que tentou fazer um movimento, mas o que a gente vê são interesses pessoais. Problemas nós temos e não escondemos. Nossa conduta é essa. Temos enfrentado os problemas e na Bahia em comparação com outros estados a situação é boa e tem que ser enfrentada com os pés no chão, com diálogo e não levando terror à sociedade”, afirmou. O comandante do CPRL ainda pediu que a população não compartilhe mensagens falsas através do Whatsapp. “Muitas informações com mensagem negativas estão circulando pelo WhatsApp e as pessoas precisam ficar atentas para não compartilhar mensagens mentirosas”.