WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

Comemoração do dia dos evangélicos com Damares em 2016 motiva pedido de cassação de diploma de prefeita e vice de Santaluz em 1ª instância, mas ambos seguem no cargo

Share Button
Prefeita Quitéria durante evento com o grupo de idosos da melhor idade | Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

Prefeita Quitéria durante evento com o grupo de idosos da melhor idade | Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

Uma decisão da Justiça Eleitoral da 145ª Zona determinou a cassação do diploma da prefeita de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, Quitéria Carneiro Araújo, e do vice Márcio Evangelista de Oliveira, conhecido também como ‘Marcinho da CLN’. Ambos ainda podem recorrer da sentença proferida em primeira instância pela juíza substituta Lisiane Sousa Alves Duarte e, portanto, seguem no comando da prefeitura de Santaluz

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) foi proposta pela coligação ‘Renasce a Esperança’, que perdeu a eleição municipal de 2016 nas urnas, contra Quitéria e Marcinho, além do ex-prefeito Zenon Nunes da Silva Filho, o ‘Zenonzinho’.

A sentença publicada nesta sexta-feira (14) diz que a ação foi motivada pela contratação da cantora gospel Damares para fazer um show durante o evento em comemoração ao dia do evangélico, realizado no dia 25 de setembro de 2016, quando Quitéria e Marcinho ainda eram candidatos.

A coligação que teve como candidato a prefeito Joélcio Martins da Silva alega que o evento religioso teve como finalidade favorecer Quitéria e Marcinho na disputa do pleito eleitoral.

Procurado, o ex-prefeito Zenonzinho afirmou que não houve qualquer participação pessoal sua na organização da festa promovida pelo Conselho de Pastores e Obreiros Evangélicos de Santaluz, tampouco a aplicação de recursos públicos.

Em entrevista à reportagem, a prefeita Quitéria disse que não foi notificada oficialmente sobre a decisão da juíza e também negou envolvimento com o evento. Demonstrando estar bem tranquila, a prefeita, que cumpriu normalmente a sua agenda de compromissos nesta sexta-feira, afirmou que confia na justiça de Deus e dos homens, e que seus advogados já estão tomando as providências cabíveis confiantes que a verdade vai prevalecer.

A reportagem tentou contato com o vice-prefeito Marcinho, mas não obteve sucesso até a publicação desta matéria.

Notícias de Santaluz

1 resposta para “Comemoração do dia dos evangélicos com Damares em 2016 motiva pedido de cassação de diploma de prefeita e vice de Santaluz em 1ª instância, mas ambos seguem no cargo”

Deixe seu comentário







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia