Share Button
O DJ Adam Sky durante um show | Foto: Instagram

O DJ Adam Sky durante um show | Foto: Instagram

O DJ australiano Adam Sky foi encontrado morto em meio a uma poça de sangue após ser vítima de um acidente bizarro na Indonésia. De acordo com o jornal inglês The Guardian, o músico de 42 anos morreu enquanto tentava socorrer sua amiga e assistente Zoia Lukiantceva, que havia caído no chão instantes antes e aparentemente quebrado uma perna e tido outras lesões pelo corpo. A publicação britânica relata que o artista, com o nome de batismo Adam Neat, viu a mulher no chão, correu para socorrê-la e chocou-se contra uma porta de vidro. A porta se quebrou e um dos cacos de vidro cortou um dos braços de Sky, que acabou morrendo vítima de perda excessiva de sangue. Os familiares e os assessores de Adam Sky utilizaram a conta do artista no Instagram para confirmar a morte do músico. “É com grande pesar que confirmamos que Adam Neat foi vítima de um acidente fatal enquanto tentava socorrer uma amiga que havia sofrido várias fraturas”, diz o texto. O Guardian relata que as autoridades da Indonésia descartaram a possibilidade de que o DJ ou sua assistente estivessem sob o efeito de drogas nos instantes de seus respectivos acidentes. Nascido na Austrália, Adam Sky era um dos DJs mais cultuados e populares na Ásia, sendo costumeiramente listado como o terceiro DJ mais popular no continente. Residindo há anos na Ásia, ele tinha em seu currículo parcerias com músicos de fama mundial como o também DJ e produtor musical David Guetta e com o DJ holandês Afrojack.