Share Button

Por G1

Donald Trump discursa em Washington durante comemorações do 4 de Julho, Dia da Independência dos EUA | Foto: Joshua Roberts/Reuters

Donald Trump discursa em Washington durante comemorações do 4 de Julho, Dia da Independência dos EUA | Foto: Joshua Roberts/Reuters

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira (4) que o país vai à Lua e a Marte “em breve”. A declaração foi dada em discurso em Washington nas celebrações do 4 de Julho – Dia da Independência norte-americana. “Algum dia, em breve, nós vamos fincar a bandeira norte-americana em Marte”, disse Trump. O presidente mencionou os 50 anos da primeira vez que um homem pisou na Lua, em julho de 1969. “Nós vamos logo retornar à Lua”, afirmou. “Para norte-americanos, nada é impossível”, declarou Trump. Em dezembro de 2017, o governo dos EUA anunciou a retomada de um projeto para enviar norte-americanos à Lua e, depois, para Marte – onde nenhum humano jamais esteve. O então porta-voz da Casa Branca, Hogan Gidley, disse na ocasião que Trump ordenaria à agência espacial norte-americana, a Nasa, que liderasse “um inovador programa de exploração espacial para enviar astronautas americanos para a Lua e, finalmente, Marte”. A última das viagens de humanos à Lua ocorreu em dezembro de 1972, com a missão Apollo 17. Por serem considerados caros e pelo arrefecimento das tensões da Guerra Fria, as missões lunares foram interrompidas.