Share Button
Foto: Lúcio Adolfo/Boa Esporte

Foto: Lúcio Adolfo/Boa Esporte

O juiz Tarcisio Moreira de Souza, da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Varginha, em Minas Gerais, atualizou o atestado de pena do ex-goleiro Bruno Fernandes com os dias remidos por tempo trabalhado e por estudo, de acordo com o G1. O pedido de progressão, no entanto, não é concedido de imediato, já que precisa ser analisado também pelo Ministério Público. Ele pode pedir a progressão de pena para o regime semiaberto domiciliar a partir do dia 13 de outubro, e deixar o sistema prisional. Bruno foi preso em 2010 e depois condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio e por sequestro e cárcere privado do filho Bruninho.