Share Button
aula_pec241

Foto: Leitor BN / WhatsApp

Professores e estudantes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) fizeram uma manifestação na manhã desta quinta-feira (3). A universidade está ocupada há três dias. Como os dois maiores portões de acesso à unidade estavam fechados, docentes de um congresso de História aproveitaram a reunião e realizaram uma “aula pública”, na frente da universidade, às margens da BR-116. De acordo com o Bahia Notícias, os temas foram a PEC 241, que limita gastos públicos em até 20 anos; e a reforma do ensino médio, dois projetos defendidos pelo atual governo Temer e criticado por movimentos sociais. A aula foi puxada por docentes da Associação Nacional de História, seção Bahia (Anpuh). Segundo o reitor Evandro Nascimento, que apoia a causa dos estudantes, nesta sexta-feira (4) será protocolado um pedido de pauta pelos alunos. A partir daí, a universidade definirá o funcionamento da instituição, como calendário, aulas e outros itens, enquanto ocorrem as discussões e manifestações sobre os projetos criticados. “Esse é um momento importante porque abriremos o diálogo entre reitoria e estudantes”, disse em entrevista ao Bahia Notícias.