Share Button
Foto: Reprodução / Facebook

Foto: Reprodução / Facebook

Um feto de 24 semanas foi retirado do útero da mãe para uma cirurgia e devolvido depois para completar seu desenvolvimento. O caso aconteceu em Essex, na Inglaterra. A britânica Bethan Simpson, de 25 anos, descobriu que seu bebê apresentava uma malformação denominada espinha bífida. O problema é caracterizado pelo fechamento incompleto do tubo neural. Após o diagnóstico, segundo o jornal O Globo, Bethan e seu marido receberam três opções: interromper a gravidez, continuar com riscos para o bebê ou realizar uma cirurgia. Eles então optaram pelo procedimento, na tentativa de salvar a vida do filho. A cirurgia foi realizada no Great Ormond Street Hospital, em Londres, e foi um sucesso. Após a intervenção, a gestação segue normalmente, sem problemas. Bethan foi a quarta mulher a passar por esse procedimento no Reino Unido.