Share Button

Por G1 BA

Suspeito foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), após ser espancado por populares | Foto: João Souza/G1

Suspeito foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), após ser espancado por populares | Foto: João Souza/G1

Um homem foi preso após matar os pais a facadas e incendiar a casa, na tarde de segunda-feira (1°), na localidade de Coqueiros de Arembepe, em Camaçari, região metropolitana de Salvador. Conforme a Polícia Civil, o suspeito, identificado como Marcos Vitor Souza Bezerra, chegou a ser espancado por populares depois de fugir para o bairro do Nordeste de Amaralina, na capital baiana. Segundo informações da polícia, Marcos Vitor tentou incendiar a casa para esconder os corpos de Raimunda da Conceição Souza e Inaldo Cesar Bezerra. Ainda não há informações sobre o que motivou o suspeito a cometer o crime. Os corpos das vítimas foram encontrados dentro da casa, depois que equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram apagar as chamas. O imóvel não foi destruído. Marcos Vitor foi encontrado no Nordeste de Amaralina, após policiais militares receberem a informação de um homem espancado na região. De acordo com a Polícia Civil, ele foi socorrido, levado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e depois encaminhado para a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Os corpos de Raimunda da Conceição Souza e Inaldo Cesar Bezerra foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador. Não há informações sobre velório e sepultamento das vítimas.