Share Button
Foto: Reprodução / Blog do Geraldo José

Foto: Reprodução / Blog do Geraldo José

O diretor do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (Saae) de Juazeiro, no Sertão do São Francisco, Joaquim de Medeiros Neto, foi denunciado por homicídio. Segundo o Blog do Geraldo José, o gestor é acusado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) pela morte do ex-coordenador da Defesa Civil Adalberto Gonzaga. A informação foi veiculada nesta quarta-feira (25). Joaquim de Medeiros Neto nega a acusação. Ele diz que o MP-BA se baseou em boato espalhado por um radialista, “notório inimigo político nosso e já condenado por calúnia e difamação” . O crime ocorreu no dia 23 de fevereiro de 2017. Outros dois homens também foram denunciados: David Roger Paixão Reis e Gabriel Gomes Amaral. Os acusados teriam chegado em uma moto e efetuado vários disparos de arma de fogo contra a vítima, na residência dela, no bairro de Piranga. Em nota, o diretor da Saae disse ainda estar indignado com a acusação e que vai provar a inocência dele. Joaquim Neto declarou também que não tinha inimizade com Adalberto Gonzaga nem motivo para atentar contra ele.