Share Button

Por G1 BA

Layla Nascimento foi estuprada e morta a pauladas | Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Layla Nascimento foi estuprada e morta a pauladas | Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Uma criança de 11 anos foi estuprada e morta, na sexta-feira (6), em Prado, cidade do sul da Bahia. Um homem de 53 anos, que é marido da avó da menina, foi preso e confessou o crime. De acordo com informações levantadas na delegacia de Itamaraju, que investiga o crime, o próprio homem, identificado como José Raimundo Nascimento, chamou a polícia para dizer que Layla Nascimento estava desaparecida. Durante depoimento, ele teria entrado em contradição e a polícia suspeitou dele, iniciando a investigação do caso. O homem então confessou que tinha estuprado e escondido o corpo da criança. Ainda de acordo com a polícia, o corpo de Layla foi encontrado pela noite, com marcas de pauladas e sinais de estupro, em um matagal na estrada que liga Guarani a Corumbau, em Prado. O corpo da menina foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itamaraju, onde será periciado. José Raimundo está preso na delegacia de Itamaraju.