Share Button
Aparelho vai sinalizar toda vez que agressor estiver perto da vítima | Foto: Reprodução/TV Globo

Aparelho vai sinalizar toda vez que agressor estiver perto da vítima | Foto: Reprodução/TV Globo

A Secretaria de Administração Penitenciária iniciou o monitoramento de um novo equipamento que oferece uma chance a mulheres vítimas de agressão de se protegerem. Agora, o agressor vai receber uma tornozeleira eletrônica que enviará um sinal a um aparelho entregue à vítima sempre que ele se aproximar dela. Segundo o jornal Bom Dia Rio, da TV Globo, a distância que vai fazer com que o dispositivo sinalize a vítima sobre a proximidade do agressor será calculada de acordo com a determinação da Justiça para cada caso. Neste primeiro momento, 20 aparelhos foram disponibilizados e duas pessoas já estão usando o equipamento. Fernando Veloso, especialista em segurança, diz que medidas públicas ainda precisam ser tomadas em conjunto com a ação para que a responsabilidade não recaia totalmente em cima da vítima. “É um aviso, é uma forma da mulher buscar alguma ajuda. O que o Estado não pode abrir mão é de adotar medidas públicas de prevenção, de conscientização de jovens da necessidade de respeitar o direito da mulher”, afirma Veloso.