WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap drogaria_santana

Léo Rios, Luanzinho Moraes, Del Led, Merilson Souza e Toke Love são as atrações da festa ‘Sofrência Vip’, em Santaluz

Share Button
Divulgação

Festa é realizada por Gordinho Produções | Foto: Divulgação

Neste sábado (9), acontece no povoado do Calumbi, em Santaluz, a 5ª edição de uma das festas mais agitadas e badaladas da região sisaleira da Bahia: ‘Sofrência Vip’. Ingressos e bebidas podem ser pagos com cartão. Léo Rios e Luanzinho Moraes são as principais atrações do evento, que tem expectativa de casa cheia a exemplo dos anos anteriores. Além deles, nomes como Del Led, Merilson Souza e Toke Love também se apresentam a partir das 22h no Ouro Clube, que possui área ampla com segurança, estrutura de som, iluminação e bares exclusivos, além de estacionamento. Será colocado um ônibus à disposição de quem for para a festa. O veículo sairá da Praça de Alimentação, às 21h30. Para quem prefere ir de carro próprio, a organização do evento ressaltou que a estrada está em excelente estado.

Polícia diz que sindicalista morto em emboscada na Bahia foi assassinado a mando de mulher que queria cargo dele

Share Button

Por G1 BA

Presidente do sindicato foi morto a tiros — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Presidente do sindicato foi morto a tiros | Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil concluiu que o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da cidade de Central, no norte da Bahia, Aroldo Pereira de Souza, de 47 anos, morto a tiros no final de 2018, foi assassinado a mando de uma mulher que queria ocupar o cargo dele. A suspeita e um sobrinho dela, apontado como executor do crime, foram presos. Aroldo foi morto no sítio onde morava, no povoado de Larguinha, no dia 8 de novembro. O inquérito sobre o crime foi concluído e encaminhado pela Polícia Civil ao Ministério Público na segunda-feira (4), pelo delegado Michael Alves, titular da Delegacia Territorial (DT) de Central, que investigou o crime. De acordo com o delegado, durante as investigações foram feitas perícias e colhidos dezenas de depoimentos, até o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão dos autores. Sandra Ferreira da Rocha e o sobrinho Leandro Ferreira Rocha foram apontados como mandante e executor do crime, respectivamente. Sandra teve a prisão temporária cumprida na segunda-feira (28), enquanto Leandro foi preso 13 dias depois do crime. Conforme a Polícia Civil, tia e sobrinho eram sindicalizados, e Sandra almejava a presidência do sindicato. Aroldo sofreu uma emboscada e foi morto quando voltava para a roça onde morava. A Polícia Civil informou ainda que Leandro acumula passagens na polícia, já tendo sido preso por receptação de veículo roubado, e está sendo investigado por outro homicídio na região.

Jornada Pedagógica de Santaluz discute integração entre família, escola e comunidade

Share Button
Evento reuniu professores, gestores, coordenadores e toda a comunidade escolar | Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Com o tema ‘Família, escola e comunidade: espaços de formação cidadã’, a Jornada Pedagógica da rede pública municipal de ensino de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, foi iniciada na noite desta segunda-feira (4).

O evento que marcou a abertura oficial do ano letivo de 2019 foi realizado no Santaluz Sisal Clube e contou com a participação de professores, gestores, coordenadores e toda a comunidade escolar. Até a próxima sexta-feira (8), eles se reúnem para alinhar as ações e atividades a serem desenvolvidas ao longo do ano, visando a melhoria da aprendizagem.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Também participaram a prefeita Quitéria Carneiro e as secretárias municipais de Assistência Social, Aline Cunha, e de Educação, Maria Lucineide.

“O nosso foco é debater ações voltadas à melhoria da qualidade da educação e à valorização das práticas educativas. Além disso, também tem a proposta de trazer a sociedade e, consequentemente, a família para dentro da escola, para caminhar de mãos dadas com a comunidade escolar”, destaca Lucineide.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

O primeiro dia da jornada foi marcado pela palestra ‘Zona de mudança: servidores de alta performance’, ministrada pelo master coach e transformador comportamental Joval Lacerda, que destacou a importância do comprometimento e o trabalho em equipe.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Outro destaque do evento foi a assinatura do termo de adesão ao projeto ‘Fora da Escola Não Pode! – cada criança e adolescente tem o direito de aprender’, uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) que visa combater a exclusão escolar.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

O articulador municipal do Selo Unicef, Overlan Silva explica que as secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social irão trabalhar juntas, por meio da plataforma Busca Ativa Escolar, para identificar crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão e garantir o acesso deles ao estudo.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

“Além de buscar os que estão fora da escola, também vamos promover ações que tragam um diferencial e um estímulo a mais para que os estudantes em risco de evasão se sintam cada vez mais motivados ao aprendizado. Nosso objetivo é priorizar a vida escolar dessas crianças e adolescentes e tomar as providências necessárias para garantir a permanência deles na sala de aula”, afirma Overlan.

Estudantes que integram o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (Nuca), uma das ações do Selo Unicef, também participaram da abertura da Jornada Pedagógica.

Notícias de Santaluz

Deputado Pastor Sargento Isidório leva para Brasília projeto que declara Bíblia patrimônio cultural

Share Button
Deputado Pastor Sargento Isidório (ao centro) durante sessão de posse dos deputados federais | Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

Deputado Pastor Sargento Isidório (ao centro) durante sessão de posse na Câmara| Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil

O primeiro projeto apresentado na nova legislatura na Câmara dos Deputados é baiano e quer transformar a Bíblia em “Patrimônio Nacional, Cultural e Imaterial do Brasil e da Humanidade”. A proposta foi apresentada pelo deputado Pastor Sargento Isidório (Avante) nesta segunda-feira (4). Ao apresentar o projeto, Isidório justificou a intenção de transformar a Bíblia em patrimônio imaterial e cultural pelo fato de o livro ser o mais antigo e o “mais lido do mundo”. De acordo com o G1, o deputado federal baiano defendeu que a Bíblia “é mais do que apenas um bom livro, é a vontade de Deus escrita para a humanidade. Para os cristãos, nela se encontram, acima de tudo, as respostas para os problemas da humanidade e a base para princípios e normas de moral”. “É correto dizer e já na autoridade do Espírito Santo que o livro que passo a defender como Patrimônio Imaterial Cultural da Nação brasileira e da Humanidade já é reconhecido por seu vasto poder terapêutico, curador, histórico, libertador, restaurador, revelador e principalmente profético, cuja capacidade de milagres comprovados já ganhou legitimidade da ciência”, diz o deputado na justificativa. A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou em 2016 uma lei que declara a Bíblia como patrimônio imaterial da Bahia. O texto foi aprovado pelo plenário da Casa e escrito por Isidório quando ele ainda era um deputado estadual.

Rui diz que encomendou lei estadual para impedir construção de barragem ‘a montante’

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Manu Dias/GOVBA

Foto: Manu Dias/GOVBA

Diante do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, o governador Rui Costa (PT) disse que já encomendou uma lei estadual para impedir que barragens “a montante” sejam implantadas na Bahia. Era esse o modelo construído tanto de Brumadinho, que causou a morte de pelo menos 134 pessoas, quanto de Mariana, que fez 19 vítimas fatais. “Esse tipo de barragem será proibido aqui na Bahia. Ou seja, apesar do estado não licenciar, nós queremos transformar isso em lei porque entendemos que é o modelo utilizado porque é o mais barato, é mais rápido de fazer, mas é o modelo mais inseguro que tem e a segurança é tudo quando se trata de vida humana”, garantiu o petista. Além das mortes, a tragédia de Brumadinho deixou 199 pessoas desaparecidas. As equipes de resgate permanecem nas buscas, mas o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, o tenente Pedro Aihara, afirmou que a ação pode ser encerrada sem que todos os corpos sejam localizados.

Carro da Equipe Regi Mota capota na zona rural de Santaluz

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Um carro da Equipe Regi Mota – empresa que realiza bingos em várias cidades do interior da Bahia – capotou na tarde desta segunda-feira (4) na estrada vicinal que liga os povoados de Miranda e Serra Branca, zona rural de Santaluz, município localizado na região sisaleira do estado. Segundo o Notícias de Santaluz apurou, o carro modelo Uno Mille Fire, de cor branca, com placa de Valente (BA), ficou bastante danificado e o motorista sofreu ferimentos leves. Ele foi atendido no posto de saúde de Serra Branca e liberado logo em seguida. Os outros ocupantes do veículo não ficaram feridos. Não há detalhes sobre as causas do acidente.

Notícias de Santaluz

Homem é preso por estuprar sobrinha 12 de anos na Bahia; denúncia à polícia foi feita pela própria vítima

Share Button

Por G1 BA

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem foi preso em flagrante, na cidade de Santo Amaro, recôncavo da Bahia, suspeito de estuprar e agredir a sobrinha de 12 anos, no sábado (2). Segundo a Polícia Civil, a própria menina foi até a delegacia, acompanhada da irmã para denunciar o tio. Em depoimento, a vítima contou que estava em casa sozinha quando Manoel Messias Santos de Jesus forçou a entrada e a estuprou. Ainda segundo a menina, o tio ainda a agrediu com um soco no rosto depois de ter cometido o estupro. Ainda de acordo com a Polícia Civil, ao saber que a menina estava na delegacia, Manoel foi até a unidade policial e afirmou estar sendo acusado injustamente. “Um exame pericial confirmou a versão apresentada pela garota e efetuamos a prisão em flagrante”, explicou Adriano Moreira, titular da delegacia de Santo Amaro. A Polícia Civil informou ainda que estão sendo investigadas outras denúncias de violência sexual praticadas por Manoel. Pelo menos outras duas vítimas já acusaram o suspeito, entre elas a própria filha dele. No caso da sobrinha, Manoel vai responder por estupro de vulnerável.

Jovem de Santaluz é agredido com garrafada no rosto na zona rural de Araci; suspeitos capotam carro durante fuga

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

O jovem Romeu do Carmo Matos, que completou 23 anos no último sábado (2), ficou gravemente ferido após ser agredido por quatro indivíduos no povoado Roça de Dentro, zona rural do município de Araci, região sisaleira da Bahia. Segundo familiares de Romeu, a agressão ocorreu na noite deste domingo (3), quando a vítima estava com amigos em um bar da comunidade.

O jovem, que reside no povoado de Miranda, localizado na zona rural de Santaluz, foi atingido com uma garrafada no rosto no momento em que saía do banheiro do estabelecimento. Ainda de acordo com os relatos de parentes da vítima, Romeu não conhece os agressores e não houve qualquer tipo de provocação por parte dele.

A vítima foi socorrida por populares e levada para o hospital de Santaluz, onde permanecia internada até a publicação desta matéria, enquanto aguardava liberação da central estadual de regulação para ser transferido. Por causa da pancada na cabeça, ele deve ser submetido a uma tomografia. O jovem também sofreu ferimentos na testa e na região da boca. O estado de saúde dele é estável.

Segundo informações de populares, após a agressão os indivíduos fugiram em um carro Citroen Air Cross, de cor branca, com placa de Salvador, e capotaram o veículo em uma estrada vicinal. Ainda de acordo com populares, eles conseguiram desvirar o carro, que ficou bastante danificado, e seguiram viagem até o distrito de Pedra Alta, onde abandonaram o automóvel.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

A Polícia Militar disse que foi acionada por causa do abandono do veículo e quando se deslocava para Pedra Alta encontrou os suspeitos andando na estrada, sendo três moradores de Araci e um de Camaçari, onde o automóvel teria sido alugado. Entretanto, conforme a PM, ao serem questionados, eles contaram uma versão diferente, alegando que fugiram do povoado após serem ameaçados por populares, que teriam quebrado um dos vidros do carro.

Sobre o acidente, os indivíduos disseram que o condutor teria perdido o controle e capotado enquanto eram perseguidos por homens a bordo de duas motos. Contudo, segundo a polícia, os suspeitos não contaram nada sobre a agressão ao jovem e, por isso, foram liberados. Ainda de acordo com a Polícia Militar, no início da madrugada desta segunda-feira (4), os suspeitos foram deixados no hospital de Araci, já que um deles estava reclamando de dores na clavícula.

Familiares de Romeu informaram que vão procurar a polícia para registrar queixa contra os suspeitos. “Nós ficamos sabendo que eles tinham capotado o carro e abandonado o veículo em Pedra Alta, mas somente na manhã de hoje (segunda-feira) que soubemos que eles foram abordados pela Polícia Militar, mas foram liberados após omitir que estavam fugindo por causa da agressão. Já estamos tomando as providências para que a situação não fique impune”, afirmou um irmão de Romeu, que pediu para não ser identificado.

Notícias de Santaluz

Homem natural de Queimadas que teve casa destruída por incêndio em SP pede ajuda para recomeçar: “Só fiquei com a roupa do corpo”

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

No último sábado (2), um incêndio atingiu centenas de casas em uma ocupação na região do Capão Redondo, zona sul de São Paulo. Foram necessárias 17 viaturas do Corpo de Bombeiros para controlar as chamas. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas.

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Uma das vítimas é Dione dos Santos, de 42 anos, natural de Queimadas, na região sisaleira da Bahia, que teve o barraco de madeira onde morava há cerca de 4 anos totalmente destruído pelo fogo. Ele mora sozinho e não estava dentro do imóvel no momento do incêndio. “Tinha ido fazer um serviço em Embu das Artes e quando estava retornando recebi uma ligação, era o pessoal querendo saber se eu estava dentro da casa. Graças a Deus que não”, afirma.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Vivendo agora na casa das irmãs, Dione pede doações para tentar construir uma casa nova e recuperar o que perdeu. “Perdi tudo o que estava dentro do barraco, desde roupas, móveis e eletrodomésticos até um material que havia guardado para construir uma casa de blocos. Só fiquei com um short e uma camisa. Até um miaeiro com quase duas mil moedas de um real que eu vinha juntando há algum tempo desapareceu”, afirma o homem.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

“E para piorar ainda mais a situação, eu tinha acabado de comprar algumas roupas e sapatos para usar em uma viagem que estava programada para a Bahia, quando eu iria levar a minha mãe de volta para o distrito de Espanta Gado, em Queimadas, após ela ter passado alguns dias aqui em São Paulo cuidando da saúde. Só restou a conta pra pagar na loja, porque o material virou cinza. Nem consegui dormir de ontem (sábado) para hoje (domingo), fiquei aqui retirando o entulho com o pessoal. Muita gente também perdeu tudo o que tinha, inclusive veículos. O cenário é de destruição”, conta.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Dione disse que ele e as demais pessoas que tiveram as casas atingidas pelo fogo receberam da prefeitura coberta, colchão e cesta básica. “Ajuda no primeiro momento, mas não é nada diante de tudo o que a gente perdeu”, lamenta.

Quem se interessar em colaborar com qualquer doação pode entrar em contato com Dione pelo telefone (11) 98328-5046 ou com Renilda, na casa dela no distrito de Espanta Gado, em Queimadas, ou pelo número (75) 99856-1992.

Notícias de Santaluz

Homem diz ter furtado R$ 24 para comprar comida e se entrega à polícia: ‘Me arrependi’

Share Button

Por G1 RS

Homem se arrependeu de furtar dinheiro de loja e se entregou à polícia | Foto: Felipe Nyland/Agência RBS

Homem se arrependeu de furtar dinheiro de loja e se entregou à polícia | Foto: Felipe Nyland/Agência RBS

Depois de furtar R$ 24 de uma loja, no Centro de Canela, na Serra do Rio Grande do Sul, José Patrick Pereira de Oliveira, 25 anos, se entregou à polícia. “Fiquei com remorso. Me arrependi. Fiz errado”. Segundo o delegado que investiga o caso, Vladimir Haag Medeiros, ele não tem antecedentes criminais e vai responder por furto. “Foi sem violência e sem ameaça. Estou analisando os elementos do inquérito para avaliar se será indiciado ou não”. A pena, nesses casos, pode variar de 1 a 4 anos de prisão.

O homem justificou o assalto por estar passando por dificuldades para comprar comida. Na sexta-feira (25), depois de várias tentativas para conseguir um emprego, José Patrick decidiu cometer um assalto. “Eu sentei na rodoviária e fiquei pensando. ‘Não tenho nada para levar para casa’. Eu estava muito nervoso porque nunca fiz isso antes. A guria também estava nervosa. Eu só disse ‘passa’ e ela me deu o que tinha no caixa”.

Ele chegou a ser abordado por policiais, que o identificaram como suspeito, mas conseguiu ser liberado. Em casa, José Patrick entregou o dinheiro à esposa, mas não contou sobre o assalto. Os R$ 24 foram usados para comprar pão, carne e suco. “Eu disse que tinha conseguido o dinheiro emprestado, mas ela via meu nervosismo. À noite, eu disse para ela que iria no meu tio, mas fui direto para o presídio. Se eu tivesse dito a verdade, tinha magoado ela”.

No presídio, ele foi informado de que teria que ir até a delegacia. José contou aos policiais que, horas antes, havia furtado uma loja de roupas. “O policial disse que eu fiz o certo, me entregando. Se tivesse que ficar preso, eu ficaria. Sabia que estava errado. É melhor falar a verdade do que mentir”. Na semana passada, sem dinheiro para arcar com os R$ 500 de custo com aluguel, água e luz, e sem dinheiro para comer, ele entregou a casa onde morava com a mulher e o irmão, e ficou três dias dormindo na rua. “Fiquei com vergonha de falar com meu tio porque não tinha dinheiro para ajudar ele. Hoje eu vim para cá e pedi um lugar para ficar”.

Depois que o caso dele foi mostrado no programa Bom Dia Rio Grande, da RBS TV, nesta segunda-feira (4), ele recebeu a ligação de um empresário de Montenegro que ofereceu emprego numa fábrica de móveis, e moradia para ele e a esposa. “Eu vou aceitar. Só estou esperando ele ligar para confirmar. Vamos nos mudar para lá”. José Patrick pretende devolver o dinheiro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia