WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Caçamba de lixo perde freio, atropela e mata gari no sul da Bahia; outros três ficam feridos

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução/Água Preta News

Foto: Reprodução/Água Preta News

Quatro garis foram atropelados e um deles, uma mulher, morreu em um acidente envolvendo uma caçamba coletora de lixo, na manhã desta terça-feira (5), na cidade de Itanhém, extremo sul da Bahia. Cerca de dez garis estavam sentados na calçada, quando o caminhão desceu de ré. Seis conseguiram correr e quatro foram atingidos. A gari Neuzeni Araújo de Sousa, de 45 anos, ficou com o corpo todo debaixo dos pneus traseiros e morreu. Os três garis feridos ficaram presos às ferragens e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O resgate contou com ajuda da população e de uma retroescavadeira. As vítimas foram levadas para o Hospital Maria Moreira Lisboa. O estado de saúde dos garis não foi revelado. O corpo de Neuzeni foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT). A polícia não soube informar se o motorista também ficou ferido.

Posto de SP vende gasolina pela metade do preço em protesto contra impostos

Share Button
Litro do combustível é vendido a R$ 1,96 em ação organizada por entidades | Foto: Reprodução/G1

Litro do combustível é vendido a R$ 1,96 em ação organizada por entidades | Foto: Reprodução/G1

Um posto de combustíveis na Avenida dos Bandeirantes, na Zona Sul de São Paulo, vende gasolina sem impostos na manhã desta terça-feira (5) em protesto contra a carga tributária do país. Foram disponibilizados 6 mil litros de gasolina, que está sendo vendida a R$ 1,96 desde as 8h. Segundo os organizadores, este é o valor do combustível se descontada a carga de 55% de impostos. De acordo com o G1, a ação é realizada pela Rede Liberdade, uma parceria entre as entidades Mises Brasil, Instituto de Formação de Líderes, Movimento Endireita Brasil e Ranking dos Políticos. “Esse é o décimo ano que fazemos o Dia da Liberdade de Impostos. Hoje marca o fim dos 156 dias do ano em que trabalhamos para o governo, ou seja, só para pagar impostos. Essa ação é para alertar as pessoas sobre o peso da carga tributária no valor final do produto”, afirma Ricardo Sales, presidente do Endireita Brasil. “A primeira medida que pedimos, no caso da gasolina, é que seja tirado o monopólio da Petrobras para permitir que haja concorrência neste mercado. E para diminuir os impostos, também é preciso reduzir a máquina governamental. Cortar os gastos do governo”, diz.

Exército irá ouvir candidatos sobre propostas ligadas à Defesa

Share Button

Por O Globo

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, participa de comissão do Senado - Ailton de Freitas/Agência O Globo/22-06-2017

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, participa de comissão do Senado – Ailton de Freitas/Agência O Globo/22-06-2017

O comando do Exército irá se reunir com os principais candidatos à Presidência para discutir temas ligados à Defesa. Um documento com propostas está sendo elaborado para ser apresentado aos políticos. O comandante do órgão, general Eduardo Villâs Boas, participará dos encontros. “Estamos produzindo um paper onde apresentaremos aos candidatos nossas características e necessidades, além de estimular a discussão sobre o tema Defesa no âmbito da sociedade”, explica um general ligado ao comando do Exército. A informação foi antecipada pelo jornal “O Estado de São Paulo”. Devem ser convidados para as conversas os candidatos Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB), entre outros. Entre os militares, há uma preocupação em garantir recursos para projetos em andamento, como a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro e a conclusão da compra dos caças suecos Gripen. Outro projeto, a contrução de novas corvetas, foi afetado pelos cortes realizados pelo governo em diversos ministérios para garantir a redução do preço do diesel. O Ministério da Defesa perdeu R$ 500 milhões.

Depois do susto com o diesel, Governo fica em alerta com insatisfação sobre preço da gasolina

Share Button

Por Gerson Camarotti | G1

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Depois do susto com a paralisação dos caminhoneiros em protesto contra o preço do óleo diesel, o governo passou a ficar em alerta permanente para evitar um novo movimento na sociedade, desta vez em relação ao preço da gasolina. Nas palavras de um interlocutor próximo do presidente Michel Temer, a ordem é se antecipar ao problema para evitar uma onda de protestos. O monitoramento do governo indica que apesar da solução encontrada para garantir o preço do diesel por 60 dias, há insatisfação em outros segmentos da sociedade por causa dos reajustes sucessivos da gasolina. Há o reconhecimento que isso pode gerar forte reação popular. Diante desse diagnóstico, o governo passou a estudar a possibilidade de reajuste mensal da gasolina, como revelou o blog do jornalista Valdo Cruz. Segundo ele, depois que o diesel passar a ter reajustes mensais, a avaliação dentro do governo Temer, com certa concordância da própria Petrobras, é que o preço da gasolina também deve ser determinado a cada mês e não variar quase que diariamente. Para assessores do presidente Temer, o reajuste diário ficou “insustentável” num ambiente de turbulências no mercado financeiro por causa da instabilidade nos cenários externo e interno.

Homem é assassinado após ter casa invadida em Conceição do Coité

Share Button
Foto: SNNotícias/Reprodução

Foto: SN Notícias/Reprodução

Um homem identificado como Thiago Caetano Battisttela, de 37 anos, foi morto a tiros dentro da própria casa na madrugada desta terça-feira (5), em uma chácara localizada no distrito de Bandiaçu, em Conceição do Coité, na região sisaleira da Bahia. Segundo a Polícia Militar, familiares de Thiago contaram que ele foi atingido por disparos de arma de fogo após entrar em luta corporal com cerca de três indivíduos armados e encapuzados que teriam invadido a residência perguntando sobre drogas. A vítima morreu no local. Ainda segundo informações da PM, com base em relatos de familiares da vítima, os criminosos fugiram levando um veículo Fiat/Punto, além de aparelhos celulares e uma arma de fogo pertencentes à Thiago. A Polícia Civil da cidade investiga a autoria e motivação do crime. Até publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso.

Notícias de Santaluz

Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial em 1º e 2º turnos, diz pesquisa

Share Button

Por Reuters

Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados

O pré-candidato do PSL à Presidência, deputado Jair Bolsonaro (RJ), lidera a disputa presidencial com apoio que varia de 21 a 25 por cento dependendo do cenário, tendo como rival mais próximo o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) com 12 por cento, enquanto os tucanos Geraldo Alckmin e João Doria têm empate técnico com 7 e 6 por cento, de acordo com pesquisa DataPoder360 divulgada nesta terça-feira. Bolsonaro também vence todos os adversários nas simulações de segundo turno, com ao menos 10 pontos de vantagem contra todos os concorrentes. O deputado venceria a ex-ministra Marina Silva (Rede) por 35 a 25 por cento dos votos, derrotaria Ciro por 34 a 21 e também venceria o tucano Alckmin (31 a 20) e o petista Fernando Haddad (35 a 20), segundo levantamento feito por telefone – o que gera controvérsia entre os grandes institutos de pesquisa -, publicado no site Poder360. O DataPoder360, divisão de pesquisas do portal de notícias Poder360, entrevistou 10.500 pessoas em 349 cidades das cinco regiões do país, de 25 a 31 de maio. O levantamento tem margem de erro de 1,8 ponto percentual, segundo o portal.

Após Gilmar Mendes mandar soltar 19, juiz diz ao ministro que corrupção não pode ser vista como crime ‘menor’

Share Button

Por TV Globo

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio (Foto: GloboNews/Reprodução

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio | Foto: GloboNews/Reprodução

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, enviou um ofício ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), no qual afirmou que a corrupção não pode ser vista como um crime “menor”. Procurado, Gilmar Mendes informou que não vai comentar o assunto. Bretas enviou o documento a Gilmar Mendes após o ministro mandar soltar, nos últimos dias, 19 pessoas presas por ordem do juiz do Rio. Todas elas foram presas na Lava Jato ou em desdobramentos da operação. “A repressão à organização criminosa que teria se instalado nos governos do estado e município do Rio de Janeiro haveria, como de fato houve, de receber deste juízo o rigor previsto no Ordenamento Jurídico nacional e internacional”, diz trecho do documento. “Casos de corrupção e delitos relacionados não podem ser tratados como crimes menores, pois a gravidade de ilícitos penais não deve ser medida apenas sob o enfoque da violência física imediata. Os casos que envolvem corrupção de agentes públicos têm enorme potencial para atingir, com severidade, um número infinitamente maior de pessoas”, acrescenta Bretas a Gilmar. Somente nas duas últimas semanas, Gilmar Mendes mandou soltar, por exemplo, quatro doleiros presos na Lava Jato; dois integrantes do governo Sérgio Cabral; dois presos na operação Pão Nosso; e um empresário suspeito de fraudar o sistema penitenciário do Rio. Em todos os casos, o ministro argumenta que as prisões não se justificam e determina medidas cautelares aos investigados.

Sindicombustíveis estima que greve gerou prejuízo de R$ 610 milhões na Bahia

Share Button

Por Bahia Noticias

Foto: Maiana Belo / G1

Foto: Maiana Belo / G1

O Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energia Alternativa e Lojas de Conveniência do Estado da Bahia (Sindicombustíveis Bahia) estimou que os revendedores baianos tiveram prejuízos de R$610 milhões nas vendas de gasolina, álcool e diesel durante a greve dos caminhoneiros. O valor tem como base o cálculo dos preços médios dos combustíveis, divulgados pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) de 21 a 30 de maio, e a venda média dos postos, neste período. Além dos prejuízos com a venda de combustíveis no período da greve, as mudanças na legislação e a alta nos preços fizeram o setor pagar 57,8% a mais de tributos federais nos quatro primeiros meses do ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo informações da Receita Federal.  De janeiro a abril, o setor de combustíveis pagou R$ 22,121 bilhões em tributos federais em valores corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), contra R$ 14,017 no mesmo período do ano passado. “Os revendedores estão amargando prejuízos que têm colocado o negócio em risco. Alguns postos na Bahia já fecharam ou estão à beira da falência. Difícil sobreviver com uma carga tributária tão elevada”, comenta o presidente do Sindicombustíveis Bahia, Walter Tannus.

Acidentes nas rodovias estaduais da BA têm redução de 44,8% no feriado de Corpus Christi

Share Button
Foto: Alberto Maraux/GOVBA

Foto: Alberto Maraux/GOVBA

A Polícia Militar da Bahia, por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário, concluiu, na manhã desta segunda-feira (4) a Operação Corpus Christi, com a redução de 44,8% nas rodovias estaduais em comparação com o mesmo período do ano passado. Em 2018 aconteceram 13 acidentes, que envolveram uma vítima fatal (-33%), duas com ferimentos graves (-50%) e quatro leves (-36%). De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública do estado, a PM abordou 1.516 veículos e 3.135 pessoas e, dentre os automóveis vistoriados, foram extraídos 242 autos de infração e feitas 948 autuações por excesso de velocidade com a utilização dos radares. Também houve o recolhimento de sete Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e de dois Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). “Em razão do menor fluxo de veículos nas estradas, no feriado de Corpus Christi deste ano, ocorreu uma redução do número de acidentes e de vítimas”, destacou o coronel Sérgio Freire, comandante do BPRv, esclarecendo, entretanto, que “isso não minimiza o empenho das nossas unidades de policiamento rodoviário em todo o estado”.

Notícias de Santaluz

Petrobras anuncia redução de 0,68% no preço da gasolina nas refinarias

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução EPTV

Foto: Reprodução EPTV

A Petrobras anunciou a redução de 0,68% do preço da gasolina comercializada nas refinarias. A empresa tem uma política de reajustes diários no preço do combustível, baseada no preço de mercado internacional. Com a alteração, o litro da gasolina A nas refinarias passará de R$ 2,0113 para R$ 1,9976, a partir desta terça-feira (5). O corte acontece após 2 altas seguidas. Desde o início de maio, já foram anunciadas 14 altas e 7 quedas no preço da gasolina. Em um mês, o combustível acumula alta de 11,64% nas refinarias. 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia