WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap drogaria_santana

Carreta pega fogo em acidente que deixou um ferido na BR-116, na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Carreta tombou e pegou fogo após tentar desviar de outro veículo que tentava fazer ultrapassagem na BR-116 | Foto: Site Bahia 10

Carreta tombou e pegou fogo após tentar desviar de outro veículo que tentava fazer ultrapassagem na BR-116 | Foto: Site Bahia 10

Um acidente envolvendo pelo menos duas carretas deixou uma pessoa ferida na BR-116, no trecho do município de Santa Teresinha, distante cerca de 200 km de Salvador, na manhã desta terça-feira (21). De acordo com a Via Bahia, concessionária que administra a rodovia, uma das carretas tombou na pista, na altura do km 503, após tentar desviar de outra que havia tentado fazer uma ultrapassagem. O veículo que tombou pegou fogo e ficou atravessada na via, o que provocou a interdição da pista nos dois sentidos. Conforme a Via Bahia, por causa do bloqueio, houve um congestionamento de cerca de 5 km em casa sentido da pista, que foi liberada por volta das 15h, quando as carretas envolvidas foram retiradas da via e colocadas no acostamento. Por volta das 16h, o trânsito já fluía normalmente na região. O homem ferido foi socorrido por uma equipe da Via Bahia para o Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana. Não há detalhes do estado de saúde dele.

Governadores de 13 estados e do DF divulgam carta aberta contra decreto de armas de Bolsonaro

Share Button

Por Andréia Sadi – Repórter da TV Globo e da GloboNews

Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto: Marcos Corrêa/PR

Governadores de 13 estados e do Distrito Federal divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês.

Na avaliação do grupo, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país.

“Achamos que isso não vai ajudar, pelo contrário. O que aguardamos é sermos chamados pelo governo federal para debatermos a política de segurança pública do país”, afirmou ao blog o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), um dos signatários do documento.

Na carta (veja abaixo), as autoridades de 13 estados e mais o Distrito Federal afirmam que “as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”.

Camilo Santana disse que não há previsão de entrega direta ao presidente Bolsonaro, com quem os governadores do Nordeste estarão reunidos na sexta-feira, na primeira viagem do presidente à região.

Além de Santana, assinam a carta Ibaneis Rocha (DF), Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), Renato Casagrande (ES), Helder Barbalho (PA), entre outros.

Nesta segunda-feira (21), o Jornal Nacional revelou que o decreto de Bolsonaro que regulamenta o uso e porte de armas no país libera compra de fuzil por qualquer cidadão.

O documento permite que as pessoas consigam comprar arma produzida pela Taurus. O Fuzil T4 foi criado em 2017 e se enquadra em novas especificações.

O decreto das armas está em vigor desde o início de maio. Ainda não há um cronograma para regulamentação, mas, desde que foi anunciado, o decreto dividiu opiniões.

O Ministério Público Federal, em Brasília, pediu a suspensão do decreto. Atualmente, existem três ações contra o decreto na Justiça Federal e três no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a íntegra da carta dos governadores:

Carta dos Governadores sobre o Decreto Presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e a Regulação Responsável de Armas e Munições no País

Como governadores de diferentes estados do país, manifestamos nossa preocupação com a flexibilização da atual legislação de controle de armas e munições em razão do decreto presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e solicitamos aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União que atuem tanto para sua imediata revogação como para o avanço de uma efetiva política responsável de armas e munição no país.

Sabemos que a violência e a insegurança afetam grande parte da população de nossos estados e que representam um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento humano e econômico do Brasil. Nesse contexto, a grande disponibilidade de armas de fogo e munições que são usadas de maneira ilícita representa um enorme desafio para a segurança pública do país e é preciso enfrentá-lo.

Por essa razão, é urgente a implementação de ações que melhorem a rastreabilidade das armas de fogo e munições durante toda a sua existência, desde sua produção. Também é fundamental aumentar os meios de controle e fiscalização para coibir os desvios, enfrentar o tráfico ilícito e evitar que as armas que nascem na legalidade caiam na ilegalidade e sejam utilizadas no crime. Reconhecemos que essas não são soluções mágicas, mas são condições necessárias para a melhoria de nossa segurança pública.

Diante deste cenário, e a partir das evidências disponíveis, julgamos que as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias.

As soluções para reverter o cenário de violência e insegurança no país serão fortalecidas com a coordenação de esforços da União, Estados e Municípios para fortalecer políticas públicas baseadas em evidências e para implementar o Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, fortalecendo a prevenção focalizada nas populações e territórios mais afetados pela violência e a repressão qualificada da criminalidade.

Reforçamos nosso compromisso com o diálogo e com a melhoria da segurança pública do país. Juntos, podemos construir um Brasil seguro para as atuais e futuras gerações.

IBANEIS ROCHA

Governador do Distrito Federal

FLÁVIO DINO

Governador do Estado do Maranhão

WELLINGTON DIAS

Governador do Estado do Piauí

PAULO CÂMARA

Governador do Estado de Pernambuco

CAMILO SANTANA

Governador do Estado do Ceará

JOÃO AZEVEDO

Governador do Estado da Paraíba

RENATO CASAGRANDE

Governador do Estado do Espírito Santo

RUI COSTA

Governador do Estado da Bahia

FÁTIMA BEZERRA

Governadora do Estado do Rio Grande do Norte

RENAN FILHO

Governador do Estado de Alagoas

BELIVALDO CHAGAS

Governador do Estado de Sergipe

WALDEZ GÓES

Governador do Estado do Amapá

MAURO CARLESSE

Governador do Estado do Tocantins

HELDER BARBALHO

Governador do Estado do Pará

De volta a prisão, José Dirceu passa a dividir cela com Eduardo Cunha

Share Button
Foto: Vagner Souza/Arquivo BNews

Foto: Vagner Souza/Arquivo BNews

Preso novamente na última sexta-feira (17), José Dirceu agora está dividindo cela com o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Os dois estão detidos no Complexo-Médico Penal, na região metropolitana de Curitiba, no Paraná. Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, todos os 38 detentos da Lava Jato e de outros crimes ligados à corrupção que estão no presídio foram transferidos da Galeria 6 para uma ala do hospital penitenciário. Antes, a divisão de espaço era de dois presos por cela, agora é de seis por cada compartimento. De acordo com a publicação, os colchões estão distribuídos no chão e os pertences pessoais estão colocados em cima de caixotes. Cada cela tem seu próprio banheiro com privada. José Dirceu é acusado de receber propina por contratos superfaturados da Petrobras com a empresa Apolo Tubulars. Já Cunha cumpre pena desde 2016 pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Os dois ainda dividem o espaço com o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, o ex-senador Gim Argello e outros três detentos.

Lavrador de 51 anos tem pedra de 1,3 Kg e 18 cm retirada da bexiga em cirurgia na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Um lavrador de 51 anos passou por uma cirurgia em um hospital de Jacobina, na região norte da Bahia, para a retirada de uma pedra de mais de 1,3 Kg e com 18 cm de comprimento que estava na bexiga.

O procedimento ocorreu no Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, na segunda-feira (20). O médico que realizou o procedimento, o cirurgião João Cleber Coutiunho, disse que essa é uma das maiores pedras em bexiga já registradas.

O médico afirmou que o paciente relatou que há 10 anos sentia ardência ao urinar e um peso no pé da barriga, mas somente em janeiro ele procurou saber as causas. Exames identificaram um cálculo de 10 cm na bexiga e o paciente, então, foi encaminhado para Salvador, onde foi alertado sobre a necessidade de realização da cirurgia.

O procedimento cirúrgico durou cerca de 1h e, além do médico João Cleber, outros cinco especialistas participaram da operação.

O paciente, que não teve nome divulgado, ainda está internado, mas segundo os médicos, está bem e falando.

O médico explica que as pedras na bexiga geralmente são causadas pela inflamação do órgão. Isso ocorre quando o corpo está desidratado ou a urina está muito concentrada, fazendo com que ela forme cristais na bexiga, que podem acumular ao longo do tempo e criar uma pedra cada vez maior.

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Outros casos

Em 2017, um americano de 64 anos teve uma pedra de 12 cm removida de sua bexiga. A pedra, de 770 gramas, foi comparada a um ovo de avestruz. Em 2012, um paciente de 43 anos que vinha se queixando de dores urinárias teve uma pedra de 1,025 kg retirada da bexiga em Wuhan, na província de Hubei, na China. A equipe médica ficou surpresa quando descobriu a massa em um raio-X realizado no paciente de 43 anos, que vinha se queixando de dores urinárias. Três anos antes, em 2009, médicos retiraram uma pedra de 2,4 quilos de uma mulher de 40 anos também China.

Detento rompe tornozeleira eletrônica e coloca dispositivo em poste

Share Button
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma imagem obtida pela TV Anhanguera mostra uma tornozeleira eletrônica presa a um poste em frente ao Terminal Garavelo, em Goiânia. A situação foi flagrada na segunda-feira (20) e, horas depois, o dispositivo foi retirado do local pela Polícia Militar e devolvido à Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP). O órgão informou, por meio de nota, que soube do rompimento ainda na segunda, quando o dispositivo foi removido do corpo de um detento. Segundo o texto, o homem que usava a tornozeleira agora é considerado foragido da Justiça e está sendo procurado pelas polícias de Goiás. Segundo a diretoria, ele não havia sido encontrado até o início da manhã desta terça-feira (21). Ainda conforme o órgão, “foram tomadas as medidas cabíveis em relação ao reeducando que rompeu a tornozeleira eletrônica”. O detento cumpria pena pelos crimes de roubo e furto. Não foi informado pela DGAP há quanto tempo ele estava com o dispositivo.

Caixa vai começar a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014

Share Button
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Os candidatos aprovados no concurso da Caixa realizado em 2014 começam a ser chamados a partir do dia 3 de junho deste ano. De acordo com o banco, a convocação será feita conforme a necessidade e estratégia da instituição financeira. Segundo a Agência Brasil, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que as contratações têm por objetivo o fortalecimento da rede de agências, valorizando o atendimento aos clientes. “É importante focar em colocar as pessoas na rede, que é o principal contato da Caixa com os mais de 93 milhões de clientes que temos”. Nessa segunda-feira (20), o banco colocou em execução o Programa de Desligamento de Empregado. O prazo para adesão dos funcionários interessados é até 7 de junho.

Prefeito de cidade francesa vai distribuir Viagra para estimular fertilidade

Share Button

Por RFI

Viagra foi aprovado pela FDA nos EUA em 27 de março de 1998 | Foto: HO/AFP

Viagra foi aprovado pela FDA nos EUA em 27 de março de 1998 | Foto: HO/AFP

O prefeito Jean Debouzy tomou a decisão para estimular os moradores da cidade francesa de Montereau, no centro do país, a terem filhos. De acordo com o decreto, “o prefeito é favorável à distribuição das ‘pequenas pílulas azuis’, que serão disponibilizadas aos casais entre 18 e 40 anos para que tenham todas as possibilidades de conceber e preservar a escola de duas cidades”. A solução é “bem-humorada”, admite o prefeito, mas tem um motivo sério. Com apenas 600 habitantes, a escola que Montereau divide com o município vizinho de Cour-Marigny pode fechar as portas por falta de alunos. “Uma ou duas das quatro classes poderão fechar as portas. Os alunos poderão ter que estudar em outras cidades. Gostaríamos que eles ficassem aqui”, disse o prefeito ao canal de TV France 3. “Foi um jeito que encontrei para falarem da escola”, disse Jean Debouzy. “Todo mundo sabe o que são essas pílulas azuis, não preciso explicar. É preciso um pouco de bom humor às vezes”, explicou.

Baiano, Dinho do Mamonas Assassinas será homenageado por sua cidade natal

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O líder da banda Mamonas Assassinas, Fabrício Alecsander Alves Leite, mais conhecido como Dinho, será homenageado em Irecê, na Bahia, sua cidade natal. Dinho faleceu em um acidente de avião em 1996, na Serra da Cantareira, em São Paulo, quando os demais integrantes do grupo também morreram. A Praça da Juventude, uma das obras da gestão do prefeito Elmo Vaz (PSB), receberá o nome completo do cantor. A informação foi anunciada pelo deputado estadual Jacó (PT), nesta segunda-feira (20), em sessão ordinária na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). A obra da Praça da Juventude foi iniciada em 2011, na gestão do ex-prefeito José das Virgens, com emenda do deputado Edson Duarte, mas só foi finalizada este ano. De acordo com o deputado, a praça terá campo de areia, quadra poliesportiva, pista de skate, vestiários e estátuas do artista plástico Jailson Paiva. Outra obra importante para Irecê, a Praça Doutor Mario Dourado Sobrinho será inaugurada no aniversário de 86 anos de emancipação política da cidade, no dia 31 de maio. O local terá ciclovia, estacionamento e traz de volta, recuperado, o monumento “Nesta terra em se plantando tudo dá”.

Bolsonaro chama empresários de ‘heróis’ e promete não ‘atrapalhá-los’

Share Button

Por G1 Rio

Foto: Alan Santos/PR

Foto: Alan Santos/PR

Ao receber uma homenagem na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) nesta segunda-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro elogiou empresários, chamando-os de “heróis”, e prometeu não “atrapalhá-los”. “Dentro do trabalho que queremos fazer, em primeiro lugar, é não atrapalhá-los. Já estaria de bom tamanho, do ponto de vista burocrático, que os senhores têm que enfrentar no seu dia a dia”, declarou ele na cerimônia, na qual recebeu, do presidente da entidade, a Medalha do Mérito Industrial do Estado do Rio de Janeiro. Bolsonaro completou: “O que eu tenho a oferecer aos senhores: o patriotismo, a humildade, eu tenho coragem de enfrentar o corporativismo das empresas. É uma vontade enorme de colocar o Brasil no lugar onde ele merece – e grande parte desse sonho passa pelos senhores, empreendedores. Tenho dito: os senhores são verdadeiros heróis, perto daqueles que têm que enfrentar autoridades municipais, estaduais e do executivo federal”. O presidente também afirmou que “quanto menos a gente tributa, mesmo sabendo da dificuldade do mercado, quanto menos a gente interfere, maior [o] desenvolvimento”. No discurso, ao se dirigir ao presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, defendeu ainda a aprovação da reforma da Previdência. “Agora o problema que nós temos lá, prezado presidente, às vezes é dinheiro. Não podemos desenvolver muita coisa por falta de recurso, por isso precisamos da reforma da Previdência. Ela é salgada para alguns, mas estamos combatendo privilégios. Não dá para continuar mais, o Brasil nessa tremenda carga nas suas costas. Se não fizermos isso, [em] 2023, 23, 24 vai faltar recursos para pagar quem está na ativa.”

Itabuna: TJ-BA mantém esposa e sobrinho de prefeito como secretários de gestão

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução / Ipiaú Online

Foto: Reprodução / Ipiaú Online

Um acórdão da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) mantém tanto a esposa como o sobrinho do prefeito de Itabuna, no sul baiano, Fernando Gomes, entre os secretários da gestão. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (20). Assim, Sandra Nilma continua como secretária de assistência social e Dinailson Nascimento segue secretário da pasta de administração. Os dois chegaram a ter o afastamento determinado pela Justiça no ano passado, após ação do Ministério Público do Estado (MP-BA) que apontava nepotismo [favorecimento de parentes]. Para o MP-BA, os casos eram vetados pela Súmula Vinculante 13 do Supremo Tribunal Federal (STF) que proíbe a contratação de parentes até o terceiro grau [até tios e sobrinhos, por exemplo]. Na decisão desta segunda, a Quarta Câmara do TJ-BA aceitou, por unanimidade, o recurso da prefeitura. Conforme o TJ-BA, as nomeações são de natureza política, situação em que não há restrição. A prefeitura também argumentou que os secretários também tinham qualificação técnica para os cargos.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia