WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap drogaria_santana

SANTALUZ: NAS ÚLTIMAS DUAS DÉCADAS, IDHM DO MUNICÍPIO CRESCE ACIMA DA MÉDIA DE CRESCIMENTO NACIONAL E ESTADUAL

DIVERSAS 480

Santaluz saiu de 0,458 em 2000 para 0,598 em 2010. Uma taxa de crescimento de 30,57%, em dez anos. (Foto: João Garcia / Foto Luz Stúdio)

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Brasil apresentou um crescimento de 47,5% no período entre 1991 e 2010, subindo de 0,493 para 0,727. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (29) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) em parceria com o Ipea.

O IDHM – inspirado no Índice de Desenvolvimento Humano Global – é composto por três variáveis e o desempenho de uma determinada localidade é melhor quanto mais próximo o indicador for do número um. O IDHM usa três dimensões – Longevidade, Renda e Educação – para criar um número que vai de 0 (pior) a 1 (melhor).

Segundo o Censo 2010 o IDHM de Santaluz passou de 0,458 em 2000 para 0,598 em 2010, numa escala onde o limite máximo do índice, é 1. O que significa uma taxa de crescimento de 30,57%.

Santaluz teve um incremento no seu IDHM de 93,53% nas últimas duas décadas, acima da média de crescimento nacional (47,46%) e acima da média de crescimento estadual (70,98%).

IDHM dos Municípios do território do Sisal também avançam

Os municípios que compõem o território do Sisal também avançaram no IDHM de 2010 se comparado aos números de 2000.  Serrinha registrou IDHM de 0,634; Conceição do Coité (0,611); Valente (0,637); Araci (0,534); Monte Santo (0,506); Tucano (0,579); Itiúba (0,544); Cansanção (0,557); Riachão do Jacuípe (0,628); Queimadas (0,592); Quijingue (0,544); Teofilândia (0,566); Pé de Serra (0,587); Biritinga (0,538); Barrocas (0,610); Capela do Alto Alegre (0,599); Lamarão (0,518); Nordestina (0,560); Retirolândia (0,636); Candeal (0,587); São Domingos (0,640); Nova Fátima (0,597); Ichu (0,631); Gavião (0,599).

Redação Notícias de Santaluz

SANTALUZ: GUARDA CIVIL MUNICIPAL LANÇA O PROJETO RONDA ESCOLAR

A Guarda Civil Municipal de Santaluz lançou nesta segunda-feira (29) o projeto “RONDA ESCOLAR”. Segundo informações da GCM o projeto visa garantir a segurança de funcionários e alunos das escolas da rede pública municipal, através de ações preventivas de combate à violência.

“Infelizmente cenas de alunos brigando entre si, agredindo professores ou sendo atacados por profissionais que deveriam ensiná-los são cada vez mais comuns nas redes sociais e em noticiários da TV. Sendo assim é de suma importância que programas educativos que envolvam a comunidade sejam criados, acreditando que a presença da Guarda Civil Municipal nas escolas apresentará resultados positivos na redução da violência”, disse o Comandante da GCM, Ricardo Noronha Brasil Júnior.

As escolas da rede municipal receberão periodicamente as visitas da GCM, estabelecendo através da Ronda Escolar uma parceria em prol da promoção de assistência e ajuda à comunidade escolar, no sentido de auxiliar as dificuldades presentes no seu dia a dia. A Ronda Escolar tem a função primordial de aproximação entre o jovem e a comunidade escolar, ela procura prevenir os atos ilícitos dentro das escolas, com isso, crianças e jovens adquirem maior confiança e segurança na instituição da Guarda Civil Municipal.

Redação Notícias de Santaluz – Com informações da GCM

 

COITÉ: SEXTA EDIÇÃO DE SEMINÁRIO DEBATE ASPECTOS POLÍTICOS E SOCIAIS DO SERTÃO

Linguagens, Culturas e Sertões. Esse é o tema do VI Seminário Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão (Sipe), que será realizado pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão do Departamento de Educação do campus XIV da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Conceição do Coité. O evento, voltado para professores e estudantes e pesquisadores da área e afins, acontece entre os dias 17 a 19 de setembro, na unidade. Os interessados em submeter trabalhos devem efetuar inscrição até o dia 5 de agosto, no site do evento. Já aqueles que desejam se inscrever como ouvintes devem garantir participação até o dia 16 de setembro no mesmo endereço eletrônico. A taxa de inscrição é de R$ 10 (estudantes) e R$ 20 (professores e demais profissionais). Mais informações no site www.uneb.br. (Aratu Online)

FEIRA DE SANTANA: MOTOCICLISTA MORRE APÓS COLIDIR COM VAN

A famosa roubadinha no trânsito causou a morte do comerciante José Bonfim da Silva, 37 anos. O acidente ocorreu na noite de domingo, 28, na Avenida Rio de Janeiro, no Bairro Pedra do Descanso, em Feira de Santana (a 109 km de Salvador). O rapaz que pilotava uma moto colidiu, de frente, com um veículo modelo Van. Segundo informações da Superintendência Municipal do Trânsito (SMT), por volta das 18h30 a moto Honda Fan 125, placa JSS-0123, pilotada por José, colidiu com a Van de placa JRN-5095, que fazia transporte alternativo em uma localidade do KM 14 até o centro a cidade.

Populares informaram aos agentes da SMT que o acidente teria sido provocado pelo motociclista, que entrou na avenida pela contra mão. Com a colisão, o motociclista foi arremessado, quando bateu a cabeça no pára-brisa do veículo, morrendo em seguida. Com o impacto, o capacete de José Bonfim ficou preso no pára-brisa. O motorista da Van, identificado como Lourival Santana Duarte, fugiu após o acidente. José Lavoisier dos Santos, irmão da vítima, que esteve na manhã dessa segunda-feira, 29, no Departamento de Policia Técnica de Feira de Santana (DPT) para liberar o corpo, disse que passou no local do acidente por volta as 20hs. “Eu vinha da Chapada Diamantina e vi um corpo coberto com um pano e os dois veículos. Jamais imaginei que fosse o meu irmão. Só hoje pela manhã, recebi a triste notícia. Estou arrasado”, disse. O comerciante José Bonfim da Silva era recém-casado e não tinha filhos. (ATarde)

SERRA PRETA: MUNICÍPIO LUTA POR SINAL DE TELEFONIA CELULAR

O mais de 15 mil habitantes do município de Serra Preta, distante 60 km de Feira de Santana vem enfrentando há mais de três anos uma verdadeira batalha para contar com sinal de telefonia celular.

Diversas manifestações foram feitas pela população na tentativa frustrada, diga-se de passagem, de estabelecer diálogo com o governo estadual. 

Os moradores de Bravo, principal distrito de Serra Preta, com oito mil habitantes, organizaram várias manifestações, e chegaram inclusive a serem recebidos pelo governador Jaques Wagner e pelo Vice-governador Otto Alencar durante a inauguração de uma estrada no município de Pintadas. Naquela ocasião o governador estipulou um prazo de 90 dias para que o problema fosse resolvido. No entanto, de acordo com Alexsandro Matos, morador de Serra Preta, desde 2005 as operadoras Vivo e Claro instalaram cinco torres na região, porém, o raio de alcance do sinal é muito baixo e a empresa responsável pela instalação alegou inviabilidade técnica, e o sinal não foi estabelecido.

Em tempo, mediante a situação e indignados com o descaso do Poder Público, os moradores de Serra Preta e dos distritos de Bravo e Ponto de Serra Preta continuam cobrando uma intervenção do Governo do Estado a fim de que o problema seja solucionado.

Redação Notícias de Santaluz – Com informações da Tribuna da Bahia

NOTA

O município de Santaluz fez a adesão ao Programa Mais Médicos, do Governo Federal, e está devidamente cadastrado sob o nº 38447. Mas, devido a inconsistências no SGP – Sistema de Gerenciamento de Programas, do Ministério da Saúde, o município não teve o seu nome divulgado na lista dos municípios que aderiram ao Programa. Portanto, ressaltamos a importância do Programa Mais Médicos, no sentido de ajudar o município a suprir uma das principais carências dos pequenos municípios brasileiros, que é atrair profissionais da área. Ao tempo em que reafirmamos o respeito e o compromisso da Secretaria Municipal de Saúde de Santaluz com os direitos sociais do cidadão luzense.

Ascom – Secretaria Municipal de Saúde

MAIS UM MÊS NO VERMELHO: TERCEIRO REPASSE DO FPM SERÁ DEPOSITADO NESTA TERÇA-FEIRA

Ag. CNMSerá creditado nesta terça-feira (30) nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do FPM referente ao 3º decêndio do mês de julho que será de R$ 1.313.848.278,41 em valores já descontados a retenção do FUNDEB. Em valores brutos, incluindo a retenção do FUNDEB, o montante é de R$ 1.642.310.348,01.

De acordo com cálculo da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o repasse será 0,08% maior do que estimativa divulgada pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). No entanto, a soma dos três decêndios do mês não alcança o valor do montante distribuído em julho do ano passado. Em termos reais, o valor de R$ 4.308.370.043,68 é 3,3% menor do que o transferido no mesmo mês de 2012.

Balanço do departamento de Estudos Técnicos da Confederação sobre o FPM indica que o acumulado do ano continua a apresentar queda real. Agora, a cifra chega a ser 1,0% menor, em relação ao ano passado.

Principal fonte de arrecadação da maioria dos municípios brasileiros, o FPM é a parte do orçamento das cidades livre para que os prefeitos utilizem de acordo com as demandas municipais, como folha de pagamento, obras de infraestrutura, pagamento de contas e investimentos. Diferentes de verbas vinculadas, como as destinadas à saúde e educação, o FPM é utilizado por esses municípios de pequeno porte como combustível que move a administração pública. A recorrente queda neste repasse do Governo Federal vem gerando perdas no funcionamento das Prefeituras, prejudicando as contas das cidades, principalmente em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal.

Projeção de melhora para os próximos meses

Para agosto, a RFB projeta aumento de 22% em relação a julho. Já, em setembro espera-se uma queda de 12% em relação ao mês anterior.

Redação Notícias de Santaluz

REDUÇÃO DA CONTA DE LUZ PODE CUSTAR R$ 6,7 BI PARA O CONTRIBUINTE

A redução da conta de luz para os consumidores, que foi anunciada pela presidente Dilma Rousseff, custará R$ 6,7 bilhões nos próximos quatro anos para reembolsar as companhias de energia elétrica do País, de acordo com informações do jornal O Estado de S.Paulo publicadas nesta segunda-feira. Conforme o jornal, em maio, R$ 2,5 bilhões saíram do fundo Reserva Global de Reversão (RGR) para outro, a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que financia o gasto com as usinas térmicas, Luz para Todos e outros programas de subsídios. O jornal afirma ainda que os gastos previstos pelo governo para esse fim tiveram que ser aumentados porque Cesp, Cemig e Copel não quiseram renovar suas concessões. (Terra)

GATINHA MANHOSA E É XEKE BRILHAM NO ÚLTIMO DIA DOS FESTEJOS DE SENHORA SANTANA

SAM_0896

O último dia dos Festejos de Senhora Santana 2013 em Cansanção teve música para todos os gostos, porém os shows de Gatinha Manhosa e É Xeke marcaram o último dia de Festa.

O domingo de folia começou com pagode, por volta de meia noite a Banda É Xeke subiu no palco e fez um show de arrepiar, com um pagodão empolgante a banda que a cada dia conquista mais espaço na música baiana levou os foliões ao delírio.

Após É Xeke o forrozeiro Alcymar Monteiro botou a galera pra dançar ao som do legítimo Forró de Pé de Serra, em seguida o Cansançãoense Jô Oliveira conquistou o público com o seu empolgante Sertanejo Universitário.

A Banda Gatinha Manhosa subiu ao palco por volta das 4h15 da manhã, já era final de festa, porém milhares de foliões aguardavam ansiosos pelo show que foi um dos melhores da noite. Com muito romantismo Edson Lima e sua turma conquistaram o coração dos Cansançãoenses.

Para fechar os Festejos de Senhora Santana 2013 em alto estilo a dupla Frank & Alex veio na sequência e cantou até às 7h da manhã. (Portal de Notícias)

OFICINA 2907







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia