WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Anuncie aqui


Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Duas pessoas internadas após beberem água em Araci são diagnosticadas com rotavírus; polícia investiga caso

Share Button

Por TV Bahia

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Duas das mais de 30 pessoas que passarem mal e foram hospitalizadas depois de beberem água na cidade de Araci, na região sisaleira da Bahia, foram diagnosticadas com o rotavírus, doença provocada pela ingestão de água ou alimentos contaminados por vírus. A informação é da secretária de Saúde da cidade. Um bebê morreu após apresentar sintomas. Um inquérito policial foi aberto para apurar o caso.

O caso ocorreu no povoado de Lagoa do Boi, que tem cerca de 700 moradores. Inicialmente, a suspeita era de que a água que abastece a localidade, há cerca de um ano, estivesse contaminada. A Empresa Baiana de Águas e Abastecimento (Embasa), responsável pelo fornecimento de água na região, no entanto, disse que os testes não apontaram contaminação. Por isso, a prefeitura da cidade investiga, também, se a caixa d’água está contaminada.

Os sintomas apresentados por alguns moradores foram: vômitos, diarreia e dores abdominais. Vinte e três deles precisaram ser internados, incluindo crianças. Até esta quarta, 11 continuavam no Hospital municipal de Araci. Outras cinco estão no Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana.

O resultado para o rotavírus, no entanto, foi dos pacientes que estão internados em Salvador.

“É um vírus que é muito comum na infância, mas também acomete os adultos”, disse Ana Ofélia Marques, secretária de Saúde de Araci.

Bebê de um ano e oito meses morreu após beber água em Araci, na Bahia | Foto: Reprodução/ TV Subaé

Bebê de um ano e oito meses morreu após beber água em Araci, na Bahia | Foto: Reprodução/ TV Subaé

A avó de uma das crianças que passaram mal falou que precisou acompanhar a neta porque outras pessoas da família também tiveram sintomas após beber a água.

O bebê que morreu após ingerir a água e passar mal se chamava David Raí dos Santos e tinha 1 ano e 8 meses. O óbito foi no dia 9 de setembro. A tia da criança fala da dor da família.

“Foi muita tristeza para a família toda. Perder um bebezinho tão sabido. Conversando tudo”, disse Joseane dos Santos, tia de David.

As amostras da água foram colhidas pela prefeitura e encaminhadas para serem examinadas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), em Salvador. Ainda não há previsão para divulgação do resultado.

A prefeitura solicitou e a Embasa suspendeu o abastecimento de água na zona rural do município, até que se descubra o que causou os sintomas nos moradores. Carros-pipa do Exército foram enviados para o local para abastecer a população.

Desde que o fornecimento foi interrompido, não houve registro de novos pacientes com os sintomas.

O que diz a Embasa

Por meio de nota, a Embasa disse que “desde que a suspeita de que a água distribuída na comunidade de Lagoa do Boi, no município de Araci, foi levantada pela Vigilância Sanitária, devido a episódios de mal-estar na população local seguidos de hospitalização e um óbito, a Embasa iniciou uma série de medidas visando a segurança da saúde da população local”.

A nota pontuou que, no “dia 11 (de setembro), a empresa interrompeu o abastecimento nas localidades rurais de Lagoa do Boi, Lagoa dos Cavalos e Jurema e iniciou uma investigação por meio da coleta de amostras no reservatório e na rede distribuidora local e de análise em laboratório para verificar se a água está dentro dos padrões de potabilidade determinados pelo Ministério da Saúde e se existem indícios de substâncias contaminantes na água”.

A empresa disse, também, que “os resultados obtidos até agora indicam que a água distribuída na localidade tem cloro residual dentro de padrão recomendado pelo Ministério da Saúde e não tem presença de microrganismos nocivos à saúde ou que coloquem em risco a saúde da população”.

Falou também que, nesta manhã, “técnicos da empresa coletaram amostras no reservatório do sistema de abastecimento para analisar mais parâmetros de potabilidade e chegar a evidências conclusivas sobre a qualidade da água distribuída nessas localidades”.

Pontuou que “o abastecimento vai continuar interrompido nas três localidades até que todas as evidências quanto à qualidade da água distribuída nessas localidades sejam apresentadas à Vigilância Sanitária”.

Vacinação para Covid-19 na Bahia só em março de 2021, diz secretário de Saúde

Share Button
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

A tão sonhada vacina para a covid-19 deve demorar. Ela só deve começar a ser aplicada nos baianos a partir de março de 2021. A estimativa foi feita por Fábio Vilas-Boas, secretário da Saúde da Bahia, nesta terça-feira (15) no programa Saúde & Bem-Estar, apresentado pelo jornalista Jorge Gauthier no Instagram do jornal Correio.

Apesar da Bahia ter a parceria com a Rússia em andamento para a distribuição de 50 milhões de doses da vacina, o secretário destacou que o prazo para o início da imunização ainda depende da aprovação e registro da vacina junto à Anvisa. “Através da Bahia, o Brasil terá prioridade de 50 milhões de doses. E ela só será vendida no país depois de aprovada pela Anvisa. A agência só aprova a partir de resultados clínicos positivos. A previsão mais racional é que a vacinação comece aqui apenas em março de 2021. E será uma vacina de duas doses – com intervalo estimado de 21 dias entre as doses. O que é preocupante, pois aderência à segunda dose, que acontecerá cerca de um mês depois, geralmente é menor. E vai faltar seringa no mundo, mas a Bahia já está se preparando”, afirmou o secretário.

Além disso, Vilas-Boas reforçou que, na rede pública, a vacina não terá como contemplar todos os baianos. “A prioridade serão as pessoas que são grupos de risco”, disse o secretário. Vilas-Boas destacou ainda que não acha seguro o retorno das aulas sem vacina, que os hospitais de campanha devem ser desativados progressivamente e reforçou a necessidade das pessoas continuarem usando as máscaras pois há um risco de uma segunda onda da pandemia a exemplo do que já aconteceu em países da Europa. O secretário falou também do legado de infraestrutura para a saúde do estado com a intenção de manutenção de 60% dos atuais leitos de UTI.

Idoso de 95 anos e mais quatro pessoas se recuperam da Covid-19 em Santaluz

Share Button
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Santaluz registrou nesta quarta-feira (16) mais cinco curas clínicas de pacientes diagnosticados com Covid-19 e agora tem 494 pessoas recuperadas da doença. Entre os novos curados há um homem e quatro mulheres, com idade entre 13 e 95 anos. Dois novos casos da doença foram confirmados, sendo que um deles já era suspeito. Trata-se de um paciente do sexo masculino de 21 anos e uma do sexo feminino de 30 anos, ambos residentes no centro da cidade. Com os novos registros, o município passa a contabilizar 585 diagnósticos positivos de contaminação pelo coronavírus desde o começo da pandemia. Agora, há 80 casos ativos e 22 suspeitas sob investigação.

Notícias de Santaluz

Dupla assalta joalheira na Bahia e em 30 segundos leva mais de R$ 30 mil em produtos

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma joalheria foi assaltada por dois homens armados em Eunápolis, cidade do extremo sul da Bahia, na segunda-feira (14). Imagens de câmeras de segurança mostram que a ação durou cerca de 30 segundos. A dupla conseguiu levar cerca de R$ 30 mil em produtos. As imagens mostram que um dos suspeitos entra no estabelecimento usando um capacete, tira a arma da cintura e aponta para as pessoas que estavam na loja. Em seguida, ele rende uma funcionária e também um cliente. Enquanto ele pega os produtos da vitrine, um outro homem armado entra na loja. O cliente tenta sair, mas é impedido. A dupla fugiu do local depois de roubar vários produtos. Segundo a polícia, parte do material já foi recuperada. Apesar da identificação de um dos suspeitos, nenhum dos dois homens foi preso. De acordo com a polícia, a suspeita é de que eles tenham roubado um carro em Porto Seguro, cidade da mesma região, para cometer o crime em Eunápolis.

Adolescente de 16 anos defende pitbull de agressão e é mordida pelo companheiro

Share Button

Por G1 Minas

Foto: Reprodução/TV Globo

Foto: Reprodução/TV Globo

Uma adolescente de 16 anos foi agredida no Morro do Papagaio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O principal suspeito do crime é o companheiro dela, de 18 anos, irritado por ela ter defendido o pitbull da família. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), no domingo (13), eles se preparavam para sair com o cachorro quando o animal se soltou e subiu no sofá de casa. O jovem não gostou e agrediu o bicho. A adolescente foi defender o pitbull, e o companheiro bateu nela e no cachorro. Ela teve o nariz quebrado e ficou com o olho inchado e um corte de faca no calcanhar esquerdo. Além disso, foi mordida pelo companheiro nos dois braços. A vítima desmaiou, foi socorrida por uma vizinha e levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O suspeito fugiu. A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) disse que abriu inquérito para investigar o caso e que a vítima foi ouvida e passará por exames.

Mulher morre após receber descarga elétrica enquanto estendia roupas; filha estava no colo e ficou ferida

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Uma dona de casa morreu após receber choque elétrico, enquanto estendia roupas em um varal, na última terça-feira (15), em Barreiras, cidade do oeste da Bahia. O caso aconteceu no bairro Morada Nova, quando a vítima, identificada como Edvânia Marques de Souza, de 23 anos, estendia roupas no varal com a sua filha de 1 ano e 6 meses no colo. Outras duas crianças que estavam no quintal da casa e gritaram por socorro. Um homem conhecido da família ouviu os gritos, pulou o muro e desligou a energia. A filha da vítima foi reanimada pelo homem, que tinha noções de primeiros socorros. A bebê teve queimadura nos pés, foi encaminhada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barreiras e não corre risco de morte. A perícia esteve no local e constatou que um fio energizado teve contato com o varal e provocou a descarga que matou a dona de casa.

Professora é presa suspeita de matar aluno após ele ameaçar publicar relacionamento nas redes sociais

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução / Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma mulher foi presa suspeita de matar um jovem de 22 anos no povoado de Marreca, zona rural da cidade Capela do Alto Alegre, distante 200 quilômetros de Salvador. A prisão ocorreu na terça-feira (15), mas as informações foram divulgadas nesta quarta (16) pela Polícia Civil.

O corpo de Otacílio Júnior Souza Santos, de 22 anos, foi achado dentro de uma casa abandonada, no dia 27 de agosto deste ano. Segundo investigação do titular da Delegacia Territorial (DT) de Capela do Alto Alegre, Hidelbrando Alves da Silva, o crime foi motivado por ameaças da vítima contra a autora.

De acordo com o delegado, Otacílio foi aluno da suspeita e eles tiveram um relacionamento amoroso. As investigações apontam que a vítima ameaçou publicar nas redes sociais e divulgar o caso com a professora. A polícia não soube informar em qual unidade de ensino ela lecionava e também que eles se conheceram.

O corpo de Otacílio foi encontrado com um ferimento causado por arma branca. Segundo a Polícia Civil, arquivos deixados por ele contribuíram para a elucidação do caso. “Familiares apresentaram um cartão de memória com áudios e outras provas, que apontaram a autoria”, complementou, em nota, o delegado Hidelbrando Alves da Silva.

A Polícia Civil informou que a mulher passou por exames de lesões corporais e segue presa, à disposição do Poder Judiciário. As investigações continuam, com a finalidade de esclarecer a possível participação de outros envolvidos.

STF declara inconstitucional a impressão do voto pela urna eletrônica

Share Button
Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu declarar, por maioria, inconstitucional a impressão de um comprovante de votação pela urna eletrônica, conforme previa a minirreforma eleitoral de 2015. A impressão do voto já se encontrava suspensa por força de uma liminar (decisão provisória) concedida também pelo plenário do Supremo, em junho de 2018, alguns meses antes da eleição presidencial daquele ano. De acordo com a Agência Brasil, a liminar havia sido pedida pela então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que entre outros argumentos disse haver o risco de o sigilo do voto ser violado. Seria o caso, por exemplo, das pessoas com deficiência visual, que necessitariam de auxílio para verificar as informações no voto impresso. Com a decisão de agora, torna-se definitivo o entendimento do relator da ação, ministro Gilmar Mendes, que concordou ser o voto impresso inconstitucional por ameaçar a inviolabilidade do sigilo da votação e ainda favorecer fraudes eleitorais. A impressão do voto foi aprovada em 2015 no Congresso com a justificativa de garantir meios para embasar eventuais auditorias nas urnas eletrônicas. A então presidente Dilma Rousseff chegou a vetar a medida, alegando entre outros pontos o “alto custo” de implementação, de R$ 1,6 bilhão, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O veto, entretanto, foi depois derrubado pelos parlamentares.

Líder do governo Bolsonaro e ex-ministro de Temer é alvo de mandado de busca e apreensão

Share Button
Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto: Marcos Corrêa/PR

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) cumpre um mandado de busca e apreensão no escritório do deputado federal Ricardo Barros (PP), em Maringá, no norte do Paraná, na manhã desta quarta-feira (16). As investigações envolvem fraudes na contratação de energia elétrica em 2019. Além do escritório de Barros, há um mandado de busca em São Paulo contra Delmo Sérgio Vilhena. Em nota, Ricardo Barros disse que está tranquilo e em total colaboração com as investigações. De acordo com o G1, o parlamentar reafirmou a sua conduta ilibada , e informou que solicitou acesso aos autos do processo para poder prestar mais esclarecimentos à sociedade e iniciar sua defesa. “Ricardo Barros, relator da lei de abuso de autoridade, repudia o ativismo político do judiciário”, diz trecho da nota. Barros é líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados desde agosto e foi ministro da Saúde de 2016 a 2018, durante o governo Temer. O parlamentar está no sexto mandato na Câmara e, antes, foi prefeito de Maringá.

Cinco pessoas são presas em operação de combate a desvio de energia elétrica na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Cinco pessoas foram presas na Bahia em uma operação de combate ao desvio de energia elétrica. O furto de energia foi identificado em 12 grandes propriedades entre as cidades de Juazeiro, Paulo Afonso e Senhor do Bonfim, no norte do estado, e Valença e Teixeira de Freitas, baixo-sul e sul do estado, respectivamente. Equipes da Polícia Civil e Neoenergia, grupo que subsidia a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), desativaram redes construídas clandestinamente e recuperaram, só na Bahia, 2,3 milhões de kWh de energia, equivalente ao consumo de 20 mil residências durante um mês inteiro. Os principais focos da operação foram indústrias do ramo de laticínio, fábricas de cerâmica, comércios e propriedades rurais, como fazendas de irrigação e plantação de café e cultivo de camarão. Além da Bahia, a operação aconteceu também em Pernambuco, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul, onde sete pessoas foram detidas, por desvios em 11 propriedades. No total, contando os quatro estados, a recuperação de energia elétrica foi de 3,5 milhões de kWh. Todos os detidos foram levados para delegacias de suas respectivas cidades. Furto de energia é crime e a pena pode chegar a oito anos de prisão.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia