WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




rios

rios

drogaria_santana


Datafolha, votos válidos: Bolsonaro, 58%; Haddad, 42%

Share Button

Por G1

Candidatos ao segundo turno: Jair Bolsonaro, legislador de extrema direita do Partido Social Liberal e Fernando Haddad, do Partido dos Trabalhadores, de esquerda. REUTERS / Ricardo Moraes / Washington Alves

Candidatos ao segundo turno: Jair Bolsonaro e Fernando Haddad | REUTERS/Ricardo Moraes/Washington Alves

O Datafolha divulgou nesta quarta-feira (10) o resultado da primeira pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta quarta, dia 10, e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos. Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 58%; Fernando Haddad (PT): 42%. Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto. Nos votos totais, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 49%; Fernando Haddad (PT): 36%; Em branco/nulo/nenhum: 8%; Não sabe: 6%. 

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos; Entrevistados: 3.235 eleitores em 227 municípios; Quando a pesquisa foi feita: 10 de outubro; Registro no TSE: BR-00214/2018; Nível de confiança: 95%; Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”; O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Pesquisa aponta que Bolsonaro tem 54% dos votos válidos no segundo turno; Haddad, 46%

Share Button

Por Veja

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) | Fotos: Mauro Pimentel e Flavio Florido/AFP

Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) | Fotos: Mauro Pimentel e Flavio Florido/AFP

Na primeira pesquisa eleitoral do segundo turno, o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) lidera a corrida pelo Palácio do Planalto com 54% das intenções de votos válidos. O petista Fernando Haddad tem 46%. O levantamento foi feito pela consultoria de pesquisa Ideia Big Data em parceria com a revista Veja. A pesquisa ouviu presencialmente 2.036 eleitores das cinco regiões do país entre a última segunda e esta quarta-feira. A margem de erro é de 2,67% pontos percentuais para mais ou para menos. O número de registro no TSE é BR-09687/2018. Bolsonaro chegou ao segundo turno com a preferência de 46,03% do eleitorado (ou 49,2 milhões de votos). Haddad teve 29,28% dos votos válidos (31,3 milhões de votos). Ao considerar as respostas totais dos entrevistados, Bolsonaro tem 48% das intenções dos eleitores, enquanto Haddad, 41%. Votos brancos e nulos somam 7%, enquanto indecisos ou que não responderam atingiram 4%. “Esse segundo turno é pautado por duas candidaturas extremamente opostas. Será muito difícil conseguir votos dos adversários. Portanto, a busca será pelos poucos indecisos e a conversão do branco/nulo. O que torna mais difícil o caminho do candidato do PT”, avalia Mauricio Moura, sócio da Ideia Big Data.

Estudantes da UFBA brigam em sala de aula por política e caso vai parar na delegacia

Share Button

Por Correio24Horas

Colegas e professores de alunos envolvidos em confusão acompanham situação em delegacia | Foto: Marina Silva/Correio

Colegas e professores de alunos envolvidos em confusão acompanham situação em delegacia | Foto: Marina Silva/Correio

Dois estudantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) estiveram na 7ª Delegacia, no Rio Vermelho, em Salvador, nesta quarta-feira (10), após terem um desentendimento por causa de opiniões políticas, dentro da instituição, segundo informou a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Conforme o órgão, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada por um dos estudantes, que disse aos policiais que estava se sentindo ameaçado por um colega com quem tinha discutido sobre política. Ainda segundo a SSP, os dois estudantes, que não tiveram a identidade revelada, foram ouvidos na delegacia e liberados em seguida. Uma nova data foi marcada para dar seguimento às investigações do caso, disse a secretaria. Em nota, a UFBA informou que o caso ocorreu entre dois estudantes do curso de história, no campus de São Lázaro. Um dos alunos, conforme a instituição, se sentiu ofendido e ameaçado após a discussão, acionou a PM e retornou à universidade, com três policiais, para pegar os pertences que tinha deixado na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH). Ainda segundo a UFBA, mesmo depois de uma conversa com a mediação da diretora da faculdade, os dois estudantes decidiram ir à delegacia registrar o ocorrido. A universidade informou que advogados, professores da Faculdade de Direito da instituição acompanharam as oitivas dos alunos na unidade policial.

Papa compara fazer um aborto a ‘contratar um matador de aluguel’

Share Button

Por Reuters

© Mazur / catholicnews.org.uk

Foto: ©Mazu/catholicnews.org.uk

O papa Francisco comparou fazer um aborto a “contratar um matador de aluguel” para eliminar uma pessoa problemática. O aborto é uma batalha política intensa em vários países, inclusive nos Estados Unidos, onde muitos conservadores esperam que a Suprema Corte acabe revertendo o veredicto histórico de 1973 conhecido como Roe versus Wade, que legalizou a prática. Francisco fez os comentários sobre o aborto, alguns de seus mais contundentes até hoje, ao se dirigir a dezenas de milhares de pessoas reunidas na Praça São Pedro, nesta quarta-feira, para sua audiência geral semanal. O papa denunciou o que chamou de contradição de se permitir “a supressão da vida humana no ventre da mãe em nome da salvaguarda de outros direitos”. “Mas como um ato que suprime uma vida inocente e impotente que está germinando pode ser terapêutico, civilizado ou mesmo simplesmente humano?”, disse ele. “Pergunto a vocês: é certo ‘tirar’ uma vida humana para resolver um problema? O que vocês pensam? É certo? É certo ou não?”, indagou ele de improviso. Muitos presentes gritaram “Não”. “É certo contratar um matador de aluguel para resolver um problema? Você não pode, não é certo matar um ser humano, não importa quão pequeno seja, para resolver um problema. É como contratar um matador de aluguel para resolver um problema”, disse. A Igreja Católica ensina que a vida começa no momento da concepção e termina no momento da morte natural. Ela também proíbe a eutanásia, mas diz que um familiar ou paciente pode decidir parar de recorrer a meios extraordinários para manter uma pessoa viva. Pouco depois de se tornar papa, em março de 2013, Francisco pareceu minimizar a importância de temas da “guerra cultural”, como o aborto, a contracepção e o casamento gay, dizendo em uma entrevista que a Igreja se tornou “obcecada” por eles. “Não é necessário falar sobre estas questões o tempo todo”, afirmou ele na entrevista, acrescentando que a posição da Igreja a respeito delas é muito clara e que esta também tem que abordar questões sociais como a pobreza, a injustiça e a imigração.

Preso engole faca e finge briga para tentar fugir da Papuda

Share Button

Por TV Globo e G1 DF

Exame de scanner mostra que detento engoliu faca para fugir de presídio no DF | Foto: TV Globo/Reprodução

Exame de imagem mostra que detento engoliu faca | Foto: TV Globo/Reprodução

Um plano de fuga na Penitenciária do Distrito Federal II (PDF II), localizada no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, fracassou na tarde desta terça-feira (9). Para tentar forçar a fuga, dois presos – um de 31 anos e um de 28 – fingiram uma briga na travessia entre a cela e o banho de sol. Um deles chegou a engolir uma faca improvisada. A informação foi confirmada por agentes penitenciários. Imagens gravadas na Papuda mostraram um dos detentos com o nariz quebrado. O plano da dupla era de aproveitar o momento em que eles estivessem na viatura policial, a caminho do hospital, para abrir as algemas e atacar o policial no desembarque. Por isso, um dos presos tinha guardado na boca uma chave artesanal para abrir a algema. Outro deles engoliu a faca, que ficou pendurada por uma linha amarrada no dente. Ele pretendia puxar a arma quando fosse atacar o policial. O plano foi descoberto por uma policial da área de inteligência do sistema prisional. O caso é investigado pela 30ª DP (São Sebastião). Os dois presos que tentaram fugir são detentos sentenciados e estão no regime fechado. Ao G1 e à TV Globo, a Subsecretaria do Sistema Penitenciário disse que “não houve tentativa de fuga” e informou que eles ficarão ao menos 10 dias isolados. 

Médicos removem nove dentes do cérebro de menino de 5 anos

Share Button
Dentes removidos cirurgicamente do cérebro de paciente de 5 anos na China Foto: Reprodução

Dentes removidos cirurgicamente do cérebro de paciente de 5 anos na China | Foto: Reprodução

Médicos removeram nove dentes do cérebro de um menino de 5 anos depois que estruturas ósseas se desenvolveram em tumor que não havia sido detectado desde o nascimento, contou reportagem do jornal “Mirror”. Os pais do menino o levaram a um hospital depois que a criança caiu, começou a vomitar e a reclamar de fortes dores na cabeça. A cirurgia foi feita no Hospital Infantil da Universidade de Medicina de Zhejiang (China). A craniotomia levou seis horas. O pequeno paciente foi diagnosticado com um tumor chamado teratoma. “O cérebro humano é delicado como um tofu, ainda mais o de uma criança. Foi como retirar ossos de um ovo cru. Foi uma cirurgia muito complicada”, disse Shen Zhipeng, cirurgião responsável pelo caso. “Todos sabem que leucemia é o câncer mais comum em crianças, mas poucos sabem que tumores no sistema nervoso central são o segundo tipo mais frequente”, acrescentou ele. O teratoma é um tumor formado por vários tipos de células germinativas, que, após se desenvolverem, podem dar origem a diferentes tipos de tecido do corpo humano. Assim, é muito comum que no tumor surjam cabelos, pele, dentes, unhas e até dedos.

Médicos reavaliam quadro de Bolsonaro e vetam participação dele em debate na Band

Share Button

Com informações do G1 Rio

Após primeiro turno, Jair Bolsonaro (PSL) concede entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo | Foto: Reprodução

Após primeiro turno, Jair Bolsonaro (PSL) concede entrevista ao Jornal Nacional, da TV Globo | Foto: Reprodução

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), não foi liberado pela junta médica que o atende para participar do debate realizado pela TV Bandeirantes nesta quinta-feira (11). Segundo o cirurgião Antônio Luiz Bonsucesso Macedo, Bolsonaro perdeu 15kg e precisa recuperar massa magra. Por isso, não está liberado também para participar de outros atos de campanha. “Ele perdeu 15 quilos de massa muscular e ainda está fraco. Ele precisa de uma dieta de recuperação proteica”, disse o médico, ressaltando que na próxima quinta-feira (18) Bolsonaro deve ir ao hospital e provavelmente será liberado para campanha e debates. “Ele não tem mais inclusão de ferro na veia, como estava sendo feito, não tem mais antibiótico na veia, não tá mais com home care do Einstein o tempo todo, que nós temos mantido. Então ele vai fazer uma intensa reposição nutricional e fisioterapia e, com certeza, pelo que nós conhecemos dele, quinta-feira que vem vamos liberá-lo para tudo que for necessário”, garantiu o cirurgião. Ainda segundo os médicos, apesar do quadro de Bolsonaro ter evoluído bem, ele ainda apresenta quadro de anemia, o que impossibilita a liberação completa do paciente. O cirurgião Antônio Macedo e o cardiologista Echenique chegaram ao condomínio do capitão por volta das 9h30. Um terceiro médico, identificado como Marcelo, os acompanhava. Há uma semana, Macedo e Echenique estiveram com Bolsonaro e contraindicaram a ida dele ao debate da TV Globo com os presidenciáveis, no dia seguinte. O candidato acatou a sugestão e não foi ao encontro.

Ex-líder do Pink Floyd exibe #EleNão no telão e é vaiado e xingado durante show em São Paulo

Share Button

Por Folha de S.Paulo

Frase 'Ele Não' é exibida em show do ex-Pink Floyd Roger Waters, em SP | Foto: Reprodução

Frase ‘Ele Não’ é exibida em show do ex-Pink Floyd Roger Waters, em SP | Foto: Reprodução

Roger Waters, ex-líder do Pink Floyd, foi vaiado e xingado pela maioria do público no Allianz Parque, nesta terça (9), em São Paulo. Tudo aconteceu por volta das 23h30, quando, no telão, apareceu #EleNão. Antes disso, diversas palavras de ordem contra fascismo e governo autoritário foram exibidas. Em certo momento, o Brasil foi colocado como um dos países sob ameaça de fascismo -após muitos gritos a favor, foi a primeira ocasião de vaia. Ao terminar a canção, Waters começou a ser xingado de “lixo” e “filho da puta” e ouviu “vai tomar no c*”. No palco, visivelmente constrangido, ficou 5 minutos sem saber o que fazer. O ex-líder do Pink Floyd engatou, então, um discurso dizendo que não é possível um político que apoia um regime militar. As vaias e xingamentos redobraram. Parecendo recuar, Roger Waters chegou a dizer que não sabe exatamente o que acontece no país. Ele começou a apresentar a banda e engatou uma nova canção: “Mother”, um libelo antiguerra. Entretanto, nos primeiros segundos, #EleNão apareceu novamente no telão. Os xingamentos triplicaram. Mas a música se sobrepôs à gritaria. Logo após o show, fãs comentavam: “Estava tão bom até ele falar de política”. “Babaca”, respondia o outro. O lado político, com discursos e atuações, tem dado o tom da carreira de Roger Waters nas últimas décadas.

Mais de duas toneladas de maconha são apreendidas em caminhão e carro de luxo na Bahia

Share Button
Foto: Foto: Divulgação/SSP

Foto: Foto: Divulgação/SSP

Uma ação integrada entre equipes das polícias Militar e Federal apreendeu 2,3 toneladas de maconha na cidade de Cândido Sales, no centro-sul baiano, na noite desta terça-feira (9). A droga foi achada em um caminhão, durante abordagem policial, e também em um carro de luxo dentro de um galpão na região. Um homem e uma mulher foram presos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), após informações de um possível transporte de drogas, os policiais montaram um bloqueio na BR-116 e abordaram um caminhão que transportava bobinas de papel. Na ação, o cão farejador Zeus, da raça Pastor Malinois, da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Sudoeste, ajudou a localizar 1,8 toneladas de maconha prensada. Ainda de acordo com a SSP, o caminhoneiro Joaquim Carlos de Souza, que foi preso em flagrante, informou que pegou a droga no Paraná e que o destino final seria Salvador. Nesse momento, ele ainda contou aos policias sobre um local usado para armazenar entorpecentes, em Cândido Sales. No galpão foram encontrados 440 kg de maconha e um veículo de luxo com mais 60 kg da mesma droga. Segundo a secretaria, um homem conseguiu fugir pelo matagal quando os policias chegaram no local. Uma mulher, identificada como Marilene Pereira Porto Lima, também foi presa em flagrante. Eles foram levados para a sede da Polícia Federal, em Vitória da Conquista, junto com os veículos e a droga apreendidos.

Notícias de Santaluz

Mulher dá à luz em vaso sanitário na Bahia; bebê morreu

Share Button

Por TV São Francisco

Mulher foi levada para a maternidade de Juazeiro | Foto: Reprodução/TV São Francisco

Mulher foi levada para a maternidade de Juazeiro | Foto: Reprodução/TV São Francisco

Uma mulher deu à luz no vaso sanitário de casa, na madrugada desta terça-feira (9), na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, o bebê morreu. Segundo a polícia, uma equipe da Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada para atender Joseane Ribeiro de Oliveira, que estava passando mal, no bairro Vila Tiradentes. Após a equipe médica chegar no local, a dona da casa foi encontrada sentada no vaso sanitário do banheiro. Segundo a Polícia Civil, a equipe do Samu colocou Joseane em uma maca e, em seguida, percebeu que o bebê que ela esperava estava dentro do vaso sanitário, com a cabeça submersa na água, sem vida. A polícia informou que a mulher foi levada para a maternidade da cidade. Já o corpo do bebê foi para o Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela Polícia Civil.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia