WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




rios

rios

drogaria_santana


Três suspeitos de integrar quadrilha de assalto a bancos são mortos em confronto com a polícia na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Duas pistolas, um revólver, celulares e relógios foram apreendidos — Foto: Divulgação/SSP-BA

Duas pistolas, um revólver, celulares e relógios foram apreendidos | Foto: Divulgação/SSP-BA

Três homens suspeitos de integrar uma quadrilha de assalto a bancos foram mortos a tiros durante um confronto com a polícia, nesta segunda-feira (8), na BA-093, em Mata de São João, município na região metropolitana de Salvador. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), foram apreendidos três veículos com restrição de roubo, duas retroescavadeiras e armas. De acordo com informações da SSP, os suspeitos identificados como Joselito da Conceição Soares, conhecido como Índio, Leonardo Nepomuceno Souza, o Pequeno, e outro homem de apelido Manicômio participavam de uma quadrilha envolvida em diversos crimes, como assalto a bancos, sequestros, homicídios e roubo de veículos. Conforme a Secretaria de Segurança Pública, os suspeitos estavam em um veículo que foi abordado pelos policiais na altura do município de Mata de São João. O confronto começou, segundo a polícia, após eles tentarem fugir do bloqueio policial. A SSP informou que os suspeitos foram encaminhados para o hospital do município, mas não resistiram aos ferimentos. Além do veículos, duas pistolas, um revólver, celulares, relógios e dois cordões detonadores com espoletas também foram apreendidos.

Mulher é presa com fuzil AR-15 dentro de ônibus na Bahia

Share Button
Foto: Divulgação/SSP-BA

Foto: Divulgação/SSP-BA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu no, final da tarde deste domingo (7), uma mulher que transportava um fuzil AR-15 calibre 5.56, com três carregadores dentro de um ônibus que fazia a linha Goiânia (GO) com destino a Salvador (BA). O flagrante ocorreu durante uma fiscalização da PRF no KM 225 BR-242, em Itaberaba. De acordo com a PRF, Ítala Jéssica Cunha Neves, de 30 anos, informou que recebeu a arma em Várzea Grande (MT) e pretendia levá-la até a rodoviária da capital baiana, onde entregaria a um homem. Ainda de acordo com a PRF, Ítala mora no bairro Vale das Pedrinhas, em Salvador. Ela foi levada para a Delegacia de Polícia Civil em Itaberaba.

Notícias de Santaluz

Foto: Divulgação/SSP-BA

Foto: Divulgação/SSP-BA

Homem flagrado se masturbando dentro de ônibus é preso pela PRF na Bahia

Share Button
Foto: Divulgação/PRF

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem acusado por outros passageiros de estar se masturbando dentro de um ônibus que faz linha entre as cidades baianas de Castro Alves e Salvador. O caso aconteceu no início da noite do último sábado (6), mas foi divulgado nesta segunda-feira (8). De acordo com a PRF, uma passageira do coletivo entrou em contato com o posto da corporação informando que estava testemunhando um homem se masturbar ao lado de uma mulher que transportava uma criança, com o seu órgão sexual à mostra. A equipe policial estava próximo ao local por onde o veículo trafegava e conseguiu abordar o ônibus, onde se deu o flagrante de importunação sexual. O indivíduo, que não teve a identidade revelada, foi levado preso para a Delegacia de Polícia Civil em Simões Filho. A vítima e a passageira que chamou a polícia também foram à delegacia para registrar a ocorrência. Segundo a PRF, o homem foi enquadrado por tentativa de estupro.

Notícias de Santaluz

Questionado sobre aceno aos eleitores de centro, Bolsonaro diz que não pode virar ‘Jairzinho paz e amor’

Share Button

Com informações do G1

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira (8) em entrevista à rádio Jovem Pan que no segundo turno das eleições vai continuar sendo a mesma pessoa e que não pode “virar o Jairzinho paz e amor” e se “violentar”. Após votação neste domingo (7), Bolsonaro foi ao segundo turno com o candidato do PT, Fernando Haddad. Bolsonaro falava a rádio sobre estratégia para o segundo turno e se pretendia fazer alguma sinalização aos eleitores de centro. “Olha só, eu não posso virar o Jairzinho paz e amor e me violentar. Eu tenho que continuar sendo a mesma pessoa”, disse. O candidato falou que já foi mal interpretado por fazer brincadeiras e que agora não faz mais. “De vez em quando eu falava palavrões e eu não falo mais”, disse. “Eu fiz uma brincadeira e me dei mal. […] É brincadeira que se faz. E eu não faço mais essas brincadeiras porque levaram para maldade, como se eu fosse inimigo das mulheres”, afirmou. O candidato afirmou ainda que não quer entrar em “briga LGBT” (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) e voltou a falar que a família é a união entre homem e mulher, de acordo com a Constituição, para efeito de proteção do estado. O candidato do PSL disse, ainda, que está tentando liberação da equipe médica para participar de debates com o opositor, Fernando Haddad, antes do segundo turno. Ele disse que não haverá dificuldade em debater com Haddad e criticou os governos do PT. “Debater com o PT não tem dificuldade. O que o PT fez ao longo de 13 anos, eu acredito que está vivo na memória de todo mundo e não queremos a volta disso daí. Eu represento, com quem está do meu lado, uma oposição”, disse.

‘Glória a Deus!’ – Com gastos declarados de R$ 808, Daciolo ficou à frente de Henrique Meirelles, que investiu R$ 53 milhões na campanha

Share Button

Por G1

Candidato do Patriota à Presidência da República, Cabo Daciolo visita feira religiosa em São Paulo — Foto: Marina Pinhoni/G1

Candidato do Patriota à Presidência da República, Cabo Daciolo visita feira religiosa em São Paulo | Foto: Marina Pinhoni/G1

Com uma campanha de poucas aparições públicas e R$ 808 em gastos declarados à Justiça Eleitoral, o candidato do Patriota à Presidência, Cabo Daciolo, ficou em 6º na corrida presidencial, à frente de nomes como Marina Silva (Rede), Henrique Meirelles (MDB) e Alvaro Dias (Podemos). Com quase 100% das urnas apuradas, Daciolo obteve 1.348.229 de votos. Daciolo é deputado federal e tem 42 anos. Neste ano, se candidatou pela primeira vez à Presidência, mas passou a maior parte da campanha eleitoral no alto de um monte no estado do Rio de Janeiro “em jejum e oração”, como disse. Seu único ato de campanha durante toda a corrida presidencial uma visita à Expo Cristã, na penúltima semana de campanha, em São Paulo. Além disso, ele fez algumas transmissões ao vivo por rede social. O candidato declarou gastos de R$ 808,92, o que o coloca como responsável pela campanha presidencial mais barata até o momento – a prestação final de contas pode ser feita até dezembro. Henrique Meirelles (MDB), dono da mais cara, com gastos de R$ 53 milhões, chegou em 7º. O candidato do Patriota se notabilizou pelo bordão “Glória a Deus” e pelas falas religiosas nos debates. Enquanto deputado, Daciolo organizava pequenos cultos e reuniões evangélicas no Congresso Nacional. Apesar de ter feito carreira política e militar no Rio de Janeiro, ele nasceu em Florianópolis (SC) e é filho de Manoel Fonseca, coronel-aviador reformado e procurador federal da Advocacia-Geral da União, e Neuza Daciolo.

Haddad vence em 411 das 417 cidades da Bahia

Share Button

Por G1 BA

Haddad ao lado do governador reeleito Rui Costa durante última caminhada da campanha de 1º turno Foto: Divulgação

Haddad ao lado do governador reeleito pela Bahia, Rui Costa (PT), durante última caminhada da campanha do 1º turno, em Feira de Santana | Foto: Divulgação

O candidato Fernando Haddad (PT) venceu em 411 das 417 cidades da Bahia, no 1º turno das eleições 2018. Jair Bolsonaro (PSL) ganhou em apenas 6 municípios. Nenhum outro candidato conquistou uma cidade além dos dois candidatos que irão ao 2º turno. Haddad só perdeu nas apurações de Luís Eduardo Magalhães, Buerarema, Itabuna, Eunápolis, Teixeira de Freitas e Itapetinga. As cidades pertencem às regiões oeste, sul e sudoeste do estado. Em Salvador, Haddad ganhou em 17 das 19 zonas eleitorais da cidade. Bolsonaro levou nas outras duas. O candidato do PSL ganhou na 1ª e 13ª zonas eleitorais, que englobam os bairros do Canela, Campo Grande, Barra, Vitória, Costa Azul, Itaigara, Pituba, Jardim Armação, Stiep, Parque Bela Vista e Jardim Brasil.

Após longas filas e lentidão, presidente do TRE-BA diz que 2º turno deverá ocorrer com maior tranquilidade

Share Button
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano | Foto: Divulgação/TRE-BA

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano | Foto: Reprodução/TV Bahia

Após o término da totalização dos votos no estado, no início da madrugada desta segunda-feira (8), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), desembargador José Edivaldo Rocha Rotondano, fez um balanço do primeiro turno do pleito e garantiu que o segundo turno presidencial, no próximo dia 28 de outubro, ocorrerá de forma mais tranquila. Segundo ele, a redução no número de votos, de 6 para 1, a familiaridade do eleitor com seu local de votação e com a biometria, agilizarão o processo. “As dificuldades encontradas neste primeiro turno serão, sem dúvida, superadas no segundo turno, que deverá ocorrer com maior tranquilidade”, disse. Quanto as dificuldades encontradas no primeiro turno da eleição, o presidente do TRE-BA esclareceu que três fatores contribuíram para as longas filas nas seções eleitorais: o extenso número de cargos eletivos, a votação cem por cento biométrica em mais de 90 municípios, incluindo a capital, e a necessária agregação de seções em virtude do quantitativo insuficiente de urnas eletrônicas. De acordo com Rotondano, tais fatores já eram conhecidos e suas consequências previstas, indicando que a votação seria mais lenta que o normal.

Notícias de Santaluz

Grupo armado explode agência bancária na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Parte interna da agência bancária ficou destruída — Foto: Fábio Santos/ Site Voz da Bahia

Parte interna da agência bancária ficou destruída | Foto: Fábio Santos/ Site Voz da Bahia

Um grupo de homens armados explodiu uma agência do Banco do Brasil, em Governador Mangabeira, cidade no Recôncavo da Bahia, na madrugada desta segunda-feira (8). Não houve reféns e ninguém foi ferido na ação. A parte interna da agência ficou destruída, após o ataque. De acordo com informações preliminares da Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 3h da manhã. Ainda segundo a polícia, o grupo invadiu a cidade efetuando muitos disparos. Eles também espalharam miguelitos [espécie de cruz formada por pregos entrelaçados para furar pneus de carros] pelas ruas, para impedir a circulação de veículos. Segundo a Secretária de Segurança Pública (SSP –BA), o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) está investigando o crime. Equipes da PM fazem estão realizado varreduras na região, para encontrar os bandidos

Rui Costa é o candidato a governador mais votado em Santaluz; Alex da Piatã e Otto Filho foram os deputados mais votados

Share Button
Rui visitou Santaluz no início da campanha à reeleição | Foto: Divulgação

Rui visitou Santaluz no início da campanha à reeleição | Foto: Divulgação

Com 14.459 votos (74,22% dos votos válidos), Rui Costa (PT) foi o candidato a governador mais votado em Santaluz. O petista foi apoiado pelo grupo da prefeita Quitéria Carneiro e do ex-prefeito Júnior do Max, e obteve quase o triplo de votos do candidato da oposição José Ronaldo  (DEM), que apoiado pelo grupo que acompanha o vice-prefeito Marcinho da CLN foi o segundo a obter mais votos entre os eleitores luzenses, somando 4.827 (24,78% dos votos válidos). O candidato João Santana, que é filiado ao MDB, mesmo partido do ex-prefeito Joelcio Martins, ficou em terceiro na opção dos eleitores de Santaluz, com 92 votos (0,47% dos votos válidos).

Wagner e Coronel foram os candidatos ao senado mias bem votados em Santaluz | Foto: Divulgação

Wagner e Coronel foram os candidatos ao senado mias bem votados em Santaluz | Foto: Divulgação

Na corrida para o senado, Wagner (PT) foi o preferido entre os luzenses, com 12.319 votos (35,35% dos votos válidos). Ângelo Coronel (PSD) foi o segundo colocado, com 12.113 votos (34,76% dos votos válidos). Em terceiro lugar, Irmão Lázaro obteve 5.235 voto (15,05% dos votos válidos).

Para presidente, Fernando Haddad obteve 13.344 votos em Santaluz (64,49% dos votos válidos). Jair Bolsonaro foi o segundo a obter mais votos, somando 3.761 (18,18% dos votos válidos).

Deputado federal

Entre os candidatos a deputado federal, os três melhores colocados em Santaluz foram: Otto Filho (PSD), com 6.505 votos (32,09% dos votos válidos); Elmar Nascimento (DEM), 2.509 votos (12,38% dos votos válidos) e Leur Lomanto Jr. (DEM), com 1.798 votos (8,87% dos votos válidos).

Candidatos a deputado apoiados pela prefeita Quitéria e o ex-prefeito Júnior do Max foram os mais votados em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

Candidatos a deputado apoiados pela prefeita Quitéria e o ex-prefeito Júnior do Max foram os mais votados em Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

Deputado estadual

Com 7.426 votos (36,47% dos votos válidos), Alex da Piatã (PSD) foi o candidato a deputado estadual mais bem votado entre os eleitores luzenses. Tom Araújo (DEM), com 2.947 votos (14,47% dos votos válidos), e Luciano Simões Filho (DEM), com 1.815 votos (8,91% dos votos válidos), foram o segundo e terceiro colocados, respectivamente.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 22.987 luzenses foram às urnas neste domingo (7). Ainda de acordo com o TSE, dos 30.060 eleitores luzenses aptos para votar no pleito, 7.073 não compareceram, o que representa uma abstenção de 23,53%. 

Notícias de Santaluz

Bolsonaro vence em 2,8 mil cidades e Haddad, em 2,6 mil

Share Button
Reprodução/Sérgio Lima/Poder360

Sérgio Lima/Poder360/Reprodução

O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, venceu em 2.850 municípios do Brasil. Seu adversário no segundo turno, Fernando Haddad (PT), levou a melhor em 2.613 cidades. Já Ciro Gomes (PDT), que terminou na 3ª colocação, saiu vitorioso em 103 cidades. Três cidades ainda não concluíram a apuração, segundo levantamento feito pelo G1 com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em apenas uma cidade do país, Amaporã (PR), houve um empate: Bolsonaro e Haddad tiveram 1.191 votos cada um. Bolsonaro venceu na maioria das cidades do Centro-Oeste, do Sudeste e do Sul. Já Haddad levou a melhor no Nordeste e em parte do Norte. Quase todas as cidades vencidas por Ciro estão no Ceará, seu estado natal e onde foi ex-governador.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia