Share Button

Por BBC

As mandíbulas longas, finas e afiadas do peixe atravessaram o pescoço do adolescente | Foto: Reprodução/Facebook/BBC

As mandíbulas longas, finas e afiadas do peixe atravessaram o pescoço do adolescente | Foto: Reprodução/Facebook/BBC

Um adolescente indonésio contou pela primeira vez como se salvou depois que um peixe-agulha saltou do mar e atravessou seu pescoço. Muhammad Idul, de 16 anos, que participava de uma pescaria noturna com um amigo de escola, caiu do barco e afundou na água escura. “O barco de Sardi partiu primeiro, eu fui depois em outro barco”, relembra. “A cerca de 500 metros da praia, Sardi acendeu a lanterna. Um peixe-agulha saltou de repente da água e cravou meu pescoço.” Os meninos conseguiram nadar de volta à praia e Muhammad foi levado às pressas para o hospital, a cerca de 90 minutos de carro.

Muhammad Idul estava pescando com um amigo quando o peixe-agulha saltou da água | Foto: BBC

Muhammad Idul estava pescando com um amigo quando o peixe-agulha saltou da água | Foto: BBC

Os médicos foram capazes de cortar o peixe, mas não conseguiram remover o bico do pescoço de Muhammad, porque não tinham o equipamento adequado. Por causa disso, eles precisaram ir para ainda mais longe, até outro hospital em Makassar, onde cinco especialistas removeram cuidadosamente o que restava do peixe em uma cirurgia de uma hora. O incidente não diminuiu o amor de Mohamed pela pesca. “Só preciso ter mais cuidado da próxima vez. O peixe-agulha não tolera luz – foi por isso que ele saltou da água e me furou”, disse o jovem.