Share Button
Foto: Reprodução/JN Agências

Foto: Reprodução/JN Agências

Um professor foi encontrado morto pela policia francesa nas imediações de uma escola no subúrbio de Paris na tarde desta sexta-feira (16). A suspeita é de que o crime tenha sido cometido pelo pai de um dos alunos da vítima. O professor de história teria dado uma aula sobre a liberdade de expressão onde mostrou caricaturas de Maomé, conforme apuração do jornal francês Le Monde. O suspeito de cometer o crime foi morto pela polícia na cidade de Ergany, vizinha à capital francesa, enquanto tentava fugir. Informações dão conta de que o homem não cumpria a ordem de baixar a arma, uma faca de cozinha, possivelmente utilizada no crime, e resistiu agressivamente à prisão. O caso é tratado como terrorismo. Há ainda a informação de que o criminoso chegou a publicar imagens da ação violenta em seu perfil em uma rede social antes de ser alcançado pela polícia.