Share Button
Foto: Sincovat/divulgação

Foto: Sincovat/Divulgação

Setenta e um por cento dos consumidores brasileiros esperam promoções e saldões para adquirir bens de maior valor, como eletrodomésticos, móveis, celulares, eletrônicos e automóveis, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (14) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Conforme o Bahia Notícias, os números revelam aumento no hábito do consumidor em esperar promoções. O percentual daqueles que diziam aguardar saldões para fazer as compras era 64%, em 2013, contra os 71% de 2019. De acordo com a CNI, quanto menor a renda familiar maior o costume de esperar promoções. Segundo a pesquisa, 75% dos brasileiros com renda familiar de até um salário mínimo esperam um saldão, enquanto o percentual entre os brasileiros com renda familiar superior a cinco salários mínimos é de 60%. A CNI avalia que a crise econômica impacta diretamente no aumento do percentual de consumidores que esperam por promoções. A pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira sobre o perfil do consumidor foi feita com 2 mil pessoas em 126 municípios, entre 19 e 22 de setembro de 2019.