WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos

Gil Lingerie e Confecções


:: ‘Destaque3’

Mãe é presa por consentir estupro da filha de 12 anos em Ribeira do Pombal; vítima engravidou do padrasto

Share Button

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Uma mulher acusada de consentir e obrigar a própria filha a manter relação sexual com o padrasto foi presa pela Guarda Civil Municipal de Ribeira do Pombal, cidade localizada na região nordeste da Bahia. A prisão ocorreu na segunda-feira (26) e foi divulgada pela Polícia Civil na manhã desta quinta (29). A acusada passou por exames de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT) e seguirá para sistema prisional. De acordo com a Polícia Civil, o crime de estupro aconteceu no ano de 2013, quando a vítima tinha 12 anos. Na ocasião, conforme a polícia, a menina engravidou do padrasto. Ela e o filho estão com familiares. O titular da 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Euclides da Cunha), delegado Paulo Jason Mello, informou que os investigadores continuam as diligências para tentar localizar acusado, que teve prisão preventiva decretada pela Justiça e está foragido.

Notícias de Santaluz

Suspeito de estuprar enteada durante 17 anos é preso na Bahia; vítima engravidou

Share Button

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 42 anos, suspeito de estuprar a enteada durante dezessete anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (28), em Juazeiro, no norte da Bahia. Segundo a Polícia Civil, a vítima, que tem 29 anos, relatou que era abusada desde os 12. De acordo com a delegada Licelma Bonfim, titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Juazeiro, a jovem engravidou do suspeito em 2018 e foi obrigada a mentir para sua mãe, dizendo que o filho era fruto de um relacionamento com um homem que a abandonou. “Nessa ocasião ele ameaçou matar a criança caso ela não o deixasse registrar como pai”, informou a delegada. Conforme a Polícia Civil, a vítima ainda relatou que constantemente também era ameaçada de morte pelo suspeito. Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva o homem foi submetido aos exames de corpo de delito e deve ser encaminhado ao Conjunto Penal de Juazeiro.

Notícias de Santaluz

Bolsonaro oficializa nomeação de Ciro para Casa Civil e recria ministério para Onyx

Share Button

Por G1

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o senador Ciro Nogueira (PP-PI) ministro chefe da Casa Civil. O ato foi publicado na edição desta quarta-feira (28) do Diário Oficial da União (DOU). Nogueira ocupa agora a vaga que era de Luiz Eduardo Ramos, transferido e nomeado também nesta quarta como ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República. Essas mudanças também alteraram o rumo de Onyx Lorenzoni no governo. Ele era ministro da Secretaria-Geral da Presidência e foi nomeado, também nesta quarta e no mesmo DOU, ministro do recém-criado Ministério do Trabalho e Previdência. As mudanças integram a minirreforma ministerial mais simbólica da gestão Bolsonaro. Pela primeira vez, o Centrão comandaria um dos ministérios mais importantes do governo. O objetivo das mudanças é conter a vulnerabilidade de Bolsonaro no Congresso e tentar frear também a onda desfavorável provocada pela CPI da Covid. Ciro Nogueira, que apoiou governos petistas e o do ex-presidente Michel Temer (MDB), aproximou-se de Jair Bolsonaro em meados de 2020. Desde então, passou a fazer parte da comitiva do presidente durante viagens ao Nordeste para inauguração de obras e se tornou um dos principais defensores de Bolsonaro no Congresso.

Morador de rua é preso por matar homem a facadas na Bahia

Share Button

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um morador de rua, de 33 anos, foi preso na segunda-feira (26) suspeito de matar um homem em um bar no bairro Malhado, em Ilhéus, cidade do sul da Bahia. A vítima foi morta com uma facada no pescoço. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi cometido por vingança. Ao chegarem no local, os investigadores conseguiram localizar uma peça de roupa usada pelo suspeito, que foi encontrado horas depois e confessou o crime, afirmando que havia tido um desentendimento anterior com a vítima. A polícia não divulgou detalhes sobre o que motivou a vingança. Autuado em flagrante por homicídio, o homem permaneceu preso à disposição da Justiça.

Notícias de Santaluz

Covid-19: Prefeitura de Salvador anuncia cadastro para vacinação de crianças e adolescentes de 12 a 17 anos

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciou nesta terça-feira (27) que vai abrir cadastro para vacinar crianças e adolescentes de idades entre 12 e 17 anos, com comorbidades, contra a Covid-19. O cadastro será disponibilizado a partir da quarta-feira (28).

No dia 11 de junho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou que pessoas a partir dos 12 anos sejam vacinados com o imunizante da Pfizer.

De acordo com Bruno, o público adulto, com idades até 18 anos, deve ser vacinado totalmente até o dia 30 de agosto. Com isso, a capital baiana já deve iniciar a vacinação entre crianças e adolescentes.

Essa vacinação, no entanto, depende ainda de autorização do governo federal. Os detalhes sobre o cadastramento serão divulgados pela prefeitura ainda nesta terça-feira.

“Se o governo federal confirmar o cronograma de vacinas que foi apresentado em última reunião que eu tive com o ministro, há 15 dias atrás, que chegaria aos 50 milhões de doses em julho e 100 milhões de doses em agosto, a nossa expectativa é até 30 de agosto vacinar a população adulta, de 18 anos. Muito provavelmente vai se reduzir [a vacinação] para 12 anos”.

“A Anvisa já aprovou, e eu quero anunciar que amanhã [quarta, 28] nós estaremos abrindo cadastro para as crianças e adolescentes de 12 a 17 anos que têm comorbidades, e para crianças e adolescentes com deficiência, para que possam já se cadastrar”.

Coronel defende ‘inversão’ no grupo político ao citar candidatura do PSD na Bahia

Share Button

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Quadro importante do PSD na Bahia, o senador Angelo Coronel defende que o partido tenha candidatura própria ao governo do estado nas eleições de 2022. Por aqui, a legenda compõe a base de apoio do governador Rui Costa, do PT, que deve lançar o senador Jaques Wagner como pré-candidato ao pleito. Para Coronel, no entanto, a escolha de um nome do PSD seria uma “inversão” no grupo político.

“Eu sempre digo que time que não joga não tem torcida. Eu defendo candidatura própria dentro do nosso partido, PSD. E essa candidatura que eu defendo é a de Otto Alencar. Eu vejo Otto com uma mudança no protagonismo, já que o PSD vem sempre apoiando os governos do PT (Wagner e Rui Costa), eu defendo agora uma inversão, que a gente tenha Otto Alencar para o governo e ainda Rui Costa possa vir também compor a chapa para o Senado”, afirmou Coronel em entrevista ao Bahia Notícias.

Nos últimos dias, o presidente do PSD, Gilberto Kassab, fez afagos ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), ao citar o democrata como nome pacificador do país na eleição para presidente. Questionado sobre como essa movimentação, caso efetivada, pode influenciar as alianças do PSD na Bahia, Angelo Coronel foi objetivo: “partido é partido”.

“Evidentemente que se um partido tem um candidato a presidente, espero que o partido tenha palanque em todo o estado do Brasil, é natural”, disse o senador.

Pesquisa aponta que 132 cidades baianas desejam voltar às aulas presenciais só em 2022

Share Button

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Em torno de 132 municípios baianos pretendem voltar às aulas presenciais só ano que vem. De acordo com o Bahia Notícias, o número foi apurado em levantamento feito pela seccional da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Segundo a organização, a pesquisa alcançou 415 dos 417 municípios do estado. Quando foram questionados em qual mês poderiam retomar as aulas nas escolas, 283 municípios responderam que devem voltar ainda em 2020. No entanto, apenas dez desejam voltar às aulas ainda em julho, e 58 em agosto. O restante sinalizou o retorno em setembro, 87 em outubro, 14 em novembro e 4 em dezembro.

Ainda conforme o apurado, apenas 58 municípios informaram que já aplicaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Em relação à primeira dose, 208 informaram que já concluíram a primeira imunização contra o novo coronavírus.

Em decreto, o governador Rui Costa determinou a volta às aulas presenciais no estado nesta segunda-feira (26). Segundo o G1, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) afirma que os profissionais só retornarão às salas quando a categoria estiver imunizada em duas doses, o que deve acontecer a partir do mês de setembro. Já governador informou que, quem não retornar às escolas para o ensino híbrido, terá corte salarial dos dias não trabalhados.

Bolsonaro diz buscar partido para ‘chamar de meu’ e cogita filiação ao PP, símbolo do centrão

Share Button

Por Folha de S.Paulo

Bolsonaro durante audiência com o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP | Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta sexta-feira (23) que está a procura de um partido que possa controlar e afirmou que o PP é uma possibilidade de filiação.

A sigla é comandada pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI), líder do centrão convidado para assumir a Casa Civil, principal ministério do Palácio do Planalto.

“Tentei e estou tentando um partido que eu possa chamar de meu e possa, realmente, se for disputar a Presidência, ter o domínio do partido. Está difícil, quase impossível”, afirmou Bolsonaro em uma entrevista à Rádio Grande FM, de Mato Grosso do Sul, transmitida também por uma das redes sociais do presidente. “Então, o PP passa a ser uma possibilidade de filiação nossa.”​

Bolsonaro se aproximou ainda mais do centrão em um momento de extrema fragilidade, quando se vê ameaçado por mais de cem pedidos de impeachment e pelo avanço da CPI da Covid sobre supostos casos de corrupção envolvendo o governo.

Antes de ficar fragilizado e se ver obrigado a se unir ao grupo de partidos que têm como uma das principais características o fisiologismo, Bolsonaro e aliados recriminavam o centrão e a prática do toma lá, dá cá.

“Qual é a nossa proposta? É indicar as pessoas certas para os ministérios certos. Por isso, nós não integramos o centrão, tampouco estamos na esquerda de sempre”, disse o candidato Bolsonaro, em propaganda política antes de assumir a Presidência.

Academia Brasileira de Letras inclui ‘feminicídio’, ‘sororidade’ e ‘home office’ em vocabulário atualizado da língua portuguesa

Share Button

Por G1

Ao todo, mil palavras novas foram incluídas, levando o número de palavras oficialmente reconhecidas no português a 382 mil | Foto: Freepik

A Academia Brasileira de Letras (ABL) lançou, nesta semana, a sexta edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), que não era atualizado desde 2009.

Foram incluídas mil entradas novas, levando o número de palavras oficialmente reconhecidas no português a 382 mil. É possível consultar a grafia delas on-line.

A ABL acrescentou palavras como “feminicídio”, “sororidade”, “negacionismo” e “pós-verdade”, além de “crossfit”, “pós-verdade” e outras relacionadas à pandemia de Covid-19, como “home office”, “lockdown” e o próprio nome da doença, grafado com letra minúscula (“covid-19”) pela Academia.

Veja, abaixo, alguns exemplos e seus significados, segundo a ABL:

Home office: no Brasil, significa trabalhar de casa, mas, no inglês, a expressão equivalente seria “work from home”. Literalmente, em inglês, “home office” significa “escritório de casa”. (A ABL não traz uma definição para o termo).

Infodemia: volume excessivo de informações, muitas delas imprecisas ou falsas (desinformação), sobre determinado assunto (como a pandemia, por exemplo), que se multiplicam e se propagam de forma rápida e incontrolável, o que dificulta o acesso a orientações e fontes confiáveis, causando confusão, desorientação e inúmeros prejuízos à vida das pessoas.

Feminicídio: delito de homicídio praticado contra mulher decorrente de violência doméstica ou familiar e/ou por motivo de menosprezo ou discriminação de gênero.

Necropolítica: uso do poder político e social, especialmente por parte do Estado, de forma a determinar, por meio de ações ou omissões (gerando condições de risco para alguns grupos ou setores da sociedade, em contextos de desigualdade, em zonas de exclusão e violência, em condições de vida precárias, por exemplo), quem pode permanecer vivo ou deve morrer. O termo foi cunhado pelo filósofo, teórico político e historiador camaronês Achille Mbembe, em 2003.

Pós-verdade: Informação ou asserção que distorce deliberadamente a verdade, ou algo real, caracterizada pelo forte apelo à emoção, e que, tomando como base crenças difundidas em detrimento de fatos apurados, tende a ser aceita como verdadeira, influenciando a opinião pública e comportamentos sociais. Também pode ser um contexto em que asserções, informações ou notícias verossímeis, caracterizadas pelo forte apelo à emoção e baseadas em crenças pessoais, ganham destaque, sobretudo social e político, como se fossem fatos comprovados ou a verdade objetiva.

Sororidade: sentimento de irmandade, empatia, solidariedade e união entre as mulheres, por compartilharem uma identidade de gênero; conduta ou atitude que reflete este sentimento, especialmente em oposição a todas as formas de exclusão, opressão e violência contra as mulheres.

Funcionária de hospital é demitida por justa causa após recusar vacina contra a Covid

Share Button

Por Bom Dia SP

Vacinas contra a Covid-19 aplicadas no Brasil | Foto: Reprodução/RPC

A Justiça de São Paulo confirmou, em segunda instância, a demissão por justa causa de uma auxiliar de limpeza que não quis se vacinar contra a Covid-19. A mulher trabalhava em um hospital de São Caetano do Sul, no ABC. Ela foi demitida por justa causa, entrou na Justiça, e perdeu a ação. Ela recorreu e perdeu novamente. O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo entendeu que o interesse particular dela não poderia prevalecer sobre o coletivo e que sem se imunizar ela colocaria em risco a saúde de colegas de trabalho e dos pacientes do hospital. O recurso foi recusado por unanimidade. Em fevereiro deste ano, o Ministério Público do Trabalho (MPT) tinha orientado que os trabalhadores que se recusassem a tomar a vacina contra a Covid-19 e não apresentassem razões médicas documentadas para isso poderiam receber demissão por justa causa.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia