Share Button

Do Uol

Imagem: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Imagem: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

O pesquisador e coordenador do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância da Fiocruz Brasília, Cláudio Maierovitch, afirmou nesta sexta-feira (17) que a instituição não recomenda o uso de cloroquina ou hidroxicloroquina para tratar pacientes com coronavírus. Em entrevista ao canal GloboNews, o sanitarista disse que não há estudos que comprovem a eficácia do medicamento, ao ser questionado sobre o Ministério da Saúde ter enviado um ofício orientando a Fiocruz a divulgar amplamente e recomendar o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento precoce de pacientes da covid-19. “A Fiocruz orienta profissionais, ela afirma que não há base científica para a cloroquina, pelo contrário, há evidências de que não deve ser utilizada. Mas, se recebe comunicado do Ministério da Saúde, não pode deixar de informar seus profissionais”, declarou Maierovitch. Atualmente, a Fiocruz participa de um estudo que avalia medicamentos que eventualmente possam ser utilizados no tratamento da covid-19 e a cloroquina não faz parte desse estudo, disse Maierovitch.