Do InfoMoney

rs_lula_hotel_jaragua_foto_ricardo_stuckert_15092016013

Foto: Ricardo Stuckert

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, aceitou denúncia e abriu ação penal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o empresário Marcelo Odebrecht e outras nove pessoas. Com isso, os envolvidos se tornam réus e passam a responder a ação penal. Todos são acusados pelos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, tráfico de influência e organização criminosa. Segundo o MPF (Ministério Público Federal), Lula atuou junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) para favorecer a Odebrecht em empréstimos para obras de engenharia realizadas em Angola. Com a decisão, Lula passa a ser réu em três ações penais. Além dessa, envolvendo contratos do BNDES, há outra sobre uma suposta tentativa de obstruir a Operação Lava Jato. Na terceira, ele é acusado de receber vantagens indevidas da OAS, como reforma no tríplex do Guarujá e armazenamento do acervo pessoal. Lula nega todas as acusações.