WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Anuncie aqui



Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Idosa aprende a ler durante aulas virtuais do neto na pandemia: ‘grande passo’

Share Button

Por G1 SC

Marlene Hinckel de 63 anos aprendeu nas aulas remotas do neto, Eduardo Hinckel, de 7 anos, a ler | Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação

Foi durante a pandemia de Covid-19 que Marlene Hinckel, de 63 anos, conseguiu aprender a ler as primeiras palavras em sua vida. A moradora de Florianópolis aproveitou as visitas diárias da filha e do neto de 7 anos a sua casa durante o ano passado para acompanhar os conteúdos das aulas virtuais do menino, que estava em processo de alfabetização.

“Imagina que me empolguei com a ideia de aprender também, e passei a assistir às aulas e usar os livros da escola dele para tentar ler.[…] Hoje já consigo ler as músicas e versos bíblicos utilizados no culto diário da família. Para mim, isso já é um grande passo”, diz a idosa.

Em 2019, Marlene, que mora sozinha na região do Sul da Ilha, se matriculou e começou a ter aulas na Educação para Jovens e Adultos (EJA). Segundo a filha, Karina Hinckel, a EJA despertou na mãe a vontade de estudar, pois tinha contato presencial com mais alunos na mesma faixa de idade e que queriam aprender, além de ser estimulada pelas professoras e de conhecer o alfabeto. Mesmo assim, a idosa não se alfabetizou. A situação se agravou com a pandemia, quando ela não conseguiu acompanhar as atividades à distância.

“Fiquei em casa isolada, sem sair para lugar nenhum e estava muito depressiva, pois antes da pandemia estava frequentando a EJA”, detalhou.

Em 2020, com o filho Eduardo em período integral em casa por causa do coronavírus, Karina saiu do emprego e começou a se dedicar a auxiliá-lo nos estudos. Eles passaram a visitar Marlene diariamente para que a idosa não se sentisse sozinha.

Era na casa da avó que o menino assistia às aulas virtuais, sempre com a matriarca atenta a tudo. O apoio de Karina para complementar as explicações das aulas de Eduardo eram estendidas à avó, que usava o material do neto. Assim, Marlene aprendeu a ler.

“A EJA foi fundamental para tudo isso. O apoio veio da escola, das professoras, por isso que ela não quis desistir e está indo em frente, foi graças ao EJA, e esse contato com pessoas tão bacanas, que trataram ela sempre com tanto amor e carinho, que deram tanto valor para essa necessidade e esse sonho dela”, diz a filha.

Vida na roça

Marlene é natural de Bom Retiro, cidade na Grande Florianópolis. Ela conta que os pais priorizaram o trabalho dos filho na roça e que trabalhou com eles até completar 25 anos.

“Não tinha escola próxima a nossa casa, tínhamos que caminhar por horas até chegar na única escola, mas meus pais não achavam importante estudar e preferiam manter os filhos trabalhando na roça”, lembra.

Depois da roça, veio o casamento e os filhos. “Casei cedo e engravidei em seguida. Por falta de orientação, tive três filhos em seguida, o que me impediu na época de estudar. Mas foi na fase em que meus filhos começaram a frequentar a escola que senti ainda mais a falta dos estudos, pois eu sequer podia ajudá-los”, relembra.

Aprendizado já auxilia nas compras

Segundo a idosa, sem saber ler, até as compras no supermercado eram difíceis. Ela conta que não conseguia diferenciar o frasco do shampoo e o do condicionador. Agora consegue comprar os dois produtos. A lista das palavras que a idosa já consegue ler, além de shampoo e condicionador, inclui dado, dia, lua, dedo e casa.

“Nas sextas-feiras havia um projeto da escola onde as crianças liam textos que a professora escolhia e assim, fui lendo os textos e lendo cada dia melhor. Ele logo aprendeu a ler e escrever; já eu, estou tentando [escrever]”, afirma Marlene.

O neto, que estuda em uma unidade particular, já retornou para as aulas presenciais esse ano. Com isso, Marlene está sem as atividades remotas do garoto para acompanhar, mas se sente mais motivada e segue estudando em casa com a ajuda da filha, enquanto aguarda a vacinação contra a Covid-19 e o retorno presencial de suas aulas para aprimorar a leitura.

“Meu plano é continuar aprendendo a ler. É muito difícil, dá insegurança e, às vezes, parece que esqueço tudo o que aprendi. Mas quero muito um dia pegar um livro e ler sem precisar de alguém para me corrigir. Ler e entender, esse é o objetivo”, afirma.

Em 24 horas, Santaluz faz apenas 11 testes rápidos contra a Covid; indicativo de baixa testagem tem despertado a atenção da população

Share Button

Teste rápido é considerado uma estratégia importante no controle da pandemia | Foto: Freepik

Duas curas clínicas de pacientes diagnosticados com Covid-19 foram registradas em Santaluz nesta terça-feira (20), segundo o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. Com isso, a cidade passa a contabilizar 2.436 casos positivos, 2.328 curas e 33 mortes em decorrência da Covid-19 desde o início da pandemia. Há ainda 75 pacientes com o vírus ativo. Uma situação que continua despertando a atenção da população é a pouca quantidade de testes rápidos realizados cada vez com mais frequência pelo município – somente onze foram feitos nas últimas 24 horas. Especialistas alertam que a baixa testagem não permite saber o real tamanho da pandemia, o que aumenta as chances do coronavírus se propagar, já que pessoas com sintomas leves ou assintomáticas não são identificadas e continuam a circular, podendo infectar quem faz parte dos grupos de risco.

Bahia tem 4.283 novos casos de Covid-19 em 24 horas e mais 85 óbitos pela doença

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.283 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 4.014 recuperados (+0,5%). O boletim epidemiológico desta terça-feira também registra 85 óbitos. Apesar das mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 868.047 casos confirmados desde o início da pandemia, 834.831 já são considerados recuperados, 15.760 encontram-se ativos e 17.456 tiveram óbito confirmado.

Notícias de Santaluz

Moraes anula decisão que transformou Temer e Moreira Franco em réus na Lava Jato

Share Button

Por TV Globo

Michel Temer e Moreira Franco em foto de 2018 | Crédito: Isac Nóbrega/Arquivo Presidência da República

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes anulou nesta terça-feira (20) a decisão do juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato do Rio, que recebeu denúncia e transformou em réus o ex-presidente Michel Temer e o ex-ministro Moreira Franco. Em 2019, Temer, Moreira Franco e outros 12 viraram réus pelos supostos desvios em Angra 3. O ministro entendeu que Bretas não era competente para analisar a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra os políticos na operação Descontaminação – desdobramento da Lava Jato no Rio. Os dois chegaram a ser presos pela operação, mas foram soltos em seguida. Moraes atendeu a um pedido da defesa de Moreira Fraco. O ministro do STF concordou com a tese dos advogados de que os fatos investigados têm conexão com outra investigação em andamento na Justiça Federal em Brasília, que apura se uma suposta organização criminosa composta por políticos do MDB se uniram para atuar em desvios em vários órgãos da administração pública. Segundo o ministro, como a Lava Jato do Rio não era competente para julgar o processo, todos os atos decisórios devem ser tornados nulos. Agora, o processo será analisado pela Justiça Federal em Brasília. 

Durante visita a Feira de Santana, ACM Neto diz que vai retomar viagens para debater a Bahia

Share Button

Foto: Max Haack/Divulgação

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, disse na segunda-feira (19), em Feira de Santana, que vai retomar as viagens ao interior do estado, que foram suspensas em função do agravamento da pandemia da Covid-19. No início do ano, Neto promoveu reuniões técnicas sobre gestão pública nas cidades de Eunápolis, Luís Eduardo Magalhães e Santo Antônio de Jesus.

“A gente tinha suspendido as viagens por conta do agravamento da pandemia. Agora que as coisas estão ficando mais estáveis, vamos retomar a agenda no interior com todo cuidado e respeitando as medidas sanitárias. Vamos tratar dos problemas de cada região, ouvindo as pessoas, para que possamos construir um projeto de futuro para o estado”, afirmou Neto.

O democrata ressaltou que, ao viajar ao interior, percebe claramente o desejo das pessoas de apoiar uma eventual candidatura dele ao governo estadual. “Existe tanto essa expectativa quanto o desejo no que se refere a possibilidade de consolidarmos uma pré-candidatura e depois uma candidatura vitoriosa”.

ACM Neto deixou claro, no entanto, que ainda não é pré-candidato. “Temos que respeitar as pessoas que estão sofrendo com a pandemia, as pessoas que estão desempregadas. Não podemos colocar o calendário eleitoral à frente disso. No momento certo, ainda este ano, teremos condições de confirmar uma pré-candidatura”, salientou.

Mistério: Bombeiros seguem com buscas por menino de 11 anos que sumiu em Itiúba

Share Button

Foto: Arquivo Pessoal

O menino Davi Lima Silva, de 11 anos, segue desaparecido, após sair da casa de um tia, no dia 28 de março, em Itiúba, na região sisaleira da Bahia. A informação é do Corpo de Bombeiros, que atua na operação para encontrar a criança.

Quatro dias depois, as buscas por Davi tinham sido encerradas por decisão das forças de salvamento que atuavam no caso. Entretanto, as ações foram retomadas no dia 3 de abril e seguem sem desfecho.

Em entrevista ao G1, o tenente-coronel Tarcísio Ribeiro, comandante do 9ºGBM, contou que todas as possibilidades de encontrar e resgatar o menino já foram tentadas e não houve sucesso. Agora, a equipe refaz os mesmos passos para tentar encontrar Davi.

“As forças estão aqui, todos os dias o Corpo de Bombeiros está presente, tem um capitão à frente, mas infelizmente chegamos à exaustão com relação a encontrar essa criança”, disse.

As buscas já contaram com o apoio de brigadistas, policiais militares e civis, além de voluntários. Também já foram usados um helicóptero do Graer, drone e até cães farejadores.

“Apesar das intensificações desses órgãos juntos, chegou-se a conclusão que é um caso de polícia. Por isso que, hoje, apenas os Bombeiros continuam as buscas. E quem entrou no cenário também foi a Polícia Civil para fazer a investigação, que instaurou o inquérito. Há uma suposição de rapto, de um sequestro”, contou o tenente-coronel.

O G1 disse que entrou em contato com a Polícia Civil e aguarda posicionamento sobreo caso.

O tenente-coronel informou que o local onde Davi é procurado é considerado de difícil acesso.

“A área é de difícil acesso, são serras cheias de pedras, muitos espinhos, cactos, enfestada de cobras peçonhentas, cascavel. É muito difícil o acesso, uma área de montanha, morros”.

Mistério

Foto: Reprodução/TV São Francisco

Davi foi visto pela última vez no dia 28 de março, após sair da casa de uma tia em direção à residência da avó. Os imóveis são próximos um do outro e, segundo os familiares, o menino fazia o percurso com frequência.

De acordo com a tia do garoto, no dia do desaparecimento, ele estava muito agitado. Davi estava usando uma camisa de cor cinza e um short estampado no dia em que desapareceu.

Ainda segundo a família, um vizinho informou que ele seguiu em direção a uma serra próxima ao povoado, mas desde então não há informações sobre o garoto.

Familiares disseram que uma pessoa teria ouvido gritos de socorro em uma região de mata, na localidade de Laje da Cruz, também em Itiúba. Mas, como ela não sabia que alguém na área estava desaparecido, não foi averiguar.

Enfermeiro defensor da cloroquina morre de Covid no RJ

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução/Redes sociais

Morreu no domingo (18), vítima da Covid-19, o enfermeiro e ex-diretor do Hospital da Criança em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, Anthony Ferrari Penza, de 45 anos. O profissional estava internado no Hospital Municipal São José, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, referência no tratamento para a doença. Anthony Ferrari era enfermeiro há 15 anos e atuou como diretor do Hospital da Criança em Cabo Frio em 2016. Nas últimas eleições municipais, em 2020, se candidatou a vereador de Cabo Frio pelo Partido Social Democrático (PSD), mas não foi eleito. Nos últimos meses, Anthony ficou conhecido nas redes sociais por publicar vídeos com informações falsas sobre a pandemia. Em algumas publicações, o enfermeiro chegou a desaconselhar a vacinação e defender o uso de medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid-19, como a hidroxocloroquina. Devido à divulgação de fake news, o Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro chegou a abrir um processo contra o profissional.

Mulher fica gravemente ferida após carro bater em guard rail e ferragem atravessar veículo

Share Button

Por G1 BA

Foto: Lay Matos/Achei Sudoeste

Uma mulher ficou gravemente ferida após o veículo em que ela viajava como passageira bater contra o guard rail de proteção da BA-148, na cidade de Brumado, no sudoeste da Bahia. O acidente ocorreu na madrugada de segunda-feira (19), próximo ao distrito de Itaquaraí.

Com o impacto, o guard rail atravessou o veículo, entrando pelo para-brisa e saindo pela janela do fundo do carro. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a mulher foi levada em estado grave para o Hospital Municipal de Brumado, onde está intubada. O motorista do veículo não teve ferimentos graves.

A dupla havia saído de Livramento de Nossa Senhora, cidade vizinha, com sentido a Brumado, quando o homem perdeu a direção do veículo e bateu na ferragem de proteção na via. O carro ficou quase todo destruído. A frente e o teto foram as partes mais atingidas.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e prestou socorro às vítimas.

Não há informações sobre nome ou idade das vítimas. Depois do acidente, o motorista esteve no posto da PRE para prestar mais informações sobre a ocorrência.

Agência bancária é explodida em São Gonçalo dos Campos

Share Button

Por G1 BA e TV Bahia

Foto: Reprodução/TV Bahia

Uma agência bancária da Caixa Econômica foi explodida no centro da cidade de São Gonçalo dos Campos, cerca de 110 km de Salvador, na madrugada desta terça-feira (20). Não há registro de feridos. O crime aconteceu por volta das 3h, na unidade que fica na região da praça J.J. Seabra. Moradores relataram que homens fortemente armados fecharam as ruas que dão acesso à praça, para impedir a passagem das pessoas pelo local, que ficou completamente destruído. As explosões atingiram, principalmente, a parte da frente da agência, onde ficam os caixas eletrônicos. O impacto das explosões foi tão intenso, que há a preocupação de que dois prédios vizinhos também tenham sido atingidos. Ainda não há detalhes se o grupo conseguiu levar o dinheiro da agência, nem a quantia. A Caixa Econômica ainda não se pronunciou sobre a situação.

Santaluz tem 77 casos ativos de Covid e 72 suspeitas de infecção sendo investigadas

Share Button

Foto: Freepik

Seis novos casos de Covid-19 foram registrados em Santaluz nesta segunda-feira (19), de acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. A cidade contabiliza agora 2.436 diagnósticos positivos da doença desde o começo da pandemia. Também foram registradas treze curas clínicas, chegando a 2.326 o total de pessoas recuperadas. Ao todo, 77 pessoas estão com o vírus ativo e outras 72 aguardam resultados de exames.

Notícias de Santaluz

Dupla é presa suspeita de matar homem com picareta e enterrar corpo em quintal na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Dois homens foram presos na manhã desta segunda-feira (19), na cidade de Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, suspeitos de matar um homem com golpes de picareta. Um dos homens confessou a autoria do crime, ocorrido no dia 1º de abril. De acordo com o delegado Felipe Néri, responsável pelas investigações, a vítima, identificada como Ricardo Luiz Bispo da Silva, conhecido como Tita, estava em uma casa consumindo bebida alcoólica com os dois suspeitos, quando reclamou do sumiço do telefone celular. Uma discussão foi iniciada e o dono do imóvel segurou Ricardo, enquanto o companheiro desferiu golpes com uma faca. Na sequência, os dois aplicaram pancadas utilizando uma picareta. Após matarem o homem, eles enterraram o corpo no quintal da própria casa, onde deixaram por 10 dias. Depois, eles retiraram os restos mortais da vítima e levaram para outro local. “No dia 1º de abril foi registrado o desaparecimento de Ricardo Luis. Começamos a investigação e no dia 11 encontramos ele em uma cova rasa, com parte do corpo do lado de fora, no final da Rua Carrapichel”, explicou. “Mataram o homem com requintes de crueldade, motivo fútil. O que impressionou foi a frieza de enterrarem no quintal de casa, desenterrarem e levaram em um carrinho de mão. E depois taparam o buraco e plantaram um pé de banana no local”, disse o delegado. Os homens estão custodiados na delegacia de Senhor do Bonfim. Eles irão responder pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia