10462549_702243009902134_1872626854381910815_n

Manifestação realizada na terça-feira | Foto: Wesley SIlva

Após quatro dias, terminou no início da tarde desta quinta-feira (5) a manifestação de moradores do município de Itapicuru, região nordeste da Bahia, em trechos da BR-349. De acordo com o G1, os protestos, que começaram na última segunda (2), foram feitos para chamar a atenção à má conservação da rodovia. De acordo com informações da Polícia Militar, os manifestantes entraram em acordo com a prefeitura da cidade, que se comprometeu em realizar obras de melhoria na rodovia. Ainda conforme a Polícia Militar, as obras de reparo tiveram início logo após os populares liberarem os quatro trechos da rodovia que estavam fechados – três entre os municípios de Itapicuru e Olindina, e um nas proximidades da divisa com a cidade de Tobias Barreto, em Sergipe. O G1 informou que tentou contato com a prefeitura de Itapicuru, nesta quinta-feira (5), mas não obteve êxito.

Transtornos
Na quarta-feira (4), moradores informaram que, como somente a BR-349 liga os municípios de Itapicuru a Olindina, muitas pessoas ficaram “ilhadas” nas cidades e sem trabalhar desde o início dos atos. Na terça-feira (3), os manifestantes chegaram a queimar pneus na pista e somente a passagem de ambulâncias foi permitida. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que, apesar de se tratar de uma BR, a rodovia é de responsabilidade do estado.