Com informações do G1/Fantástico
BDN

Beatriz está entre as menores recém-nascidas de que se tem notícia no Brasil | Foto: Reprodução

O Fantástico deste domingo (30) mostrou a história da Beatriz, de 10 meses. A Bia nasceu quando ainda estava no sexto mês de gestação, com apenas 345 gramas e enfrentou uma batalha complicadíssima pela vida. O pediatra Allan Chiaratti foi quem cuidou da bebê durante os dez meses em que ela ficou no hospital. E a Bia foi guerreira, enfrentou batalhas, dia após dia. “O primeiro contato que eu tive com a Beatriz, na incubadora, eu me assustei. Porque ela era muito pequena”, conta. Com três semanas de vida, Beatriz passou por uma cirurgia no coração. E não parou por aí. “Um dia, tinha que fazer alguma coisa pelo coração. No outro dia, fazer alguma coisa pelo pulmão. No outro dia, era fazer alguma coisa pelo rim”, conta o pai, Fernando Augusto Bucci. 

b3996820c5f4daa1c50338a4e78037934d1d43cd

É raríssimo sobreviver nessas condições, mas a Bia conseguiu. E foi para casa depois de dez meses na UTI | Foto: Reprodução

Há 12 dias, depois de dez longos meses, Beatriz teve alta e está em casa. Gordinha, nem parece que nasceu tão pequena. A mamãe Daniela Zanetti Bucci não sai de perto do berço. A menininha tem que ficar o tempo todo ligada a um tubo de oxigênio para respirar e usa sonda para se alimentar. Ela ainda não sabe engolir. O alívio para essa família está vindo aos poucos, mas ter a filha em casa já foi uma vitória. “Não foi só a Bia que renasceu a tudo. Acho que a nossa família foi uma família que se reinventou. A nossa história foi reescrita a partir do nascimento dela”, comemora Daniela.