Share Button
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente Jair Bolsonaro resiste a liberar seus ministros da Casa Civil e Secretaria de Governo, os generais Walter Braga Netto e Luiz Eduardo Ramos, respectivamente, para uma reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). Segundo o jornal O Globo, Bolsonaro avalia que os ânimos entre Executivo e Legislativo ainda estão acirrados e, por isso, seria melhor postergar o encontro entre os ministros e o presidente da Câmara. Uma reunião estava marcada para esta semana, mas foi adiada sem nova data. Na quinta-feira (23), o presidente Bolsonaro irá ter um encontro com o prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, partido de Rodrigo Maia, ACM Neto.