Por Alexandre Lozetti – GloboEsporte.com
CUDwoZGWEAA2O6S

O Brasil vence com gols de Filipe Luís, Renato Augusto e Douglas Costa e sobe para a terceira colocação | Foto: Reprodução/CBF

Uma atuação segura, uma vitória sem sustos, um novo titular e um esquema tático diferente. Assim terminou o irregular ano de 2015 da seleção brasileira. Renato Augusto e o 4-1-4-1, dois elementos vistos no Corinthians campeão brasileiro, entraram e colaboraram para o triunfo de 3 a 0 sobre o Peru. O meia fez o segundo, Douglas Costa (outro que ganhou chance nesta terça) e Filipe Luís os outros. O Brasil não encantou, mas mostrou larga evolução: mais compacto, uma transição mais rápida, com tentativas de triangulações e de uma posse de bola menos inútil, mais impositiva. Willian e Douglas Costa, com arrancadas e dribles, destruíram o Peru, que teve uma chance no início com Guerrero, e depois assistiu sem pagar ingresso. O próximo rival será o Uruguai, já em março do ano que vem, no Brasil, pela quinta rodada das eliminatórias. A partida vale a segunda colocação.